Resenha Quase deuses

311 visualizações

Publicada em

...

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
311
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resenha Quase deuses

  1. 1. Filme : Quase Deuses Noiriel Ignácio Santos Leal METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA MODALIDADE EAD CURSOS DE GRADUAÇÃO Pró-Reitoria de Ensino ORGANIZADORAS: Aparecida Cristina Cardoso Cristina Herold Constantino Fabiana Sanches MARINGÁ – PR 2014
  2. 2. Reitor: Wilson de Matos Vice-Reitor: Wilson de Matos Silva Filho Pró-Reitor de Ensino: Valdecir Antônio Simão Presidente da Mantenedora: Cláudio Ferdinandi NÚCLEO DE FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E METODOLOGIA DA PESQUISA Gestora da disciplina: Cristina Herold Constantino Professoras mediadoras da disciplina: Aparecida Cristina Cardoso, Fabiana Sanches e Noiriel Leal (Liel)
  3. 3. situado.net INTRODUÇÃO Prezado acadêmico, Nesta semana teremos uma atividade diferenciada em relação às demais já apresentadas ao longo do ano. Vamos assistir a um filme. Sim, isso mesmo, o que propomos é que você veja o filme “Quase Deuses”, para que, a partir de todo conhecimento adquirido sobre a pesquisa científica até aqui, consiga identificar nas cenas como a ciência acontece. Todo conteúdo disponibilizado, embora teórico, teve como objetivo o seu aprendizado para a aplicação prática; que conseguisse visualizar o processo completo, os aspectos históricos, e, assim, percebesse que o desenvolvimento da pesquisa é contínuo e não deve ser estático, mas, ao contrário, ser incentivado, como aqui o fazemos. No entanto, pode estar se perguntando: qual a correlação existente entre o filme e a pesquisa científica? Bom, ao terminar de assisti-lo entenderá o porquê da aula, pois queremos que consiga identificar os aspectos sobre os quais estudou, assistiu aulas, sobre os quais respondeu às atividades; e consiga perceber como esse processo pode acontecer na comunidade, no social, e , até mesmo na academia. Reconhecer a ciência acontecendo na prática, os processos de transformação do conhecimento: desde quando é empírico, até o momento em que, pelos procedimentos, se torna científico.
  4. 4. Enfim, identificar, no meio de outras abordagens, como o ser humano tem a sede das soluções para os seus problemas e como a ciência, dentro dos parâmetros tão comentados em Metep, desde o começo, vem para suprir essa necessidade. Sendo assim, esperamos que goste do filme e que já seja capaz de perceber a ciência acontecendo, nas abordagens temáticas deste ano letivo. Bom filme! Profª. Liel/Noiriel
  5. 5. www.cpt.com.br 1. BREVE RESUMO O filme “Quase Deuses” se passa no período de 1931 a 1940, em um contexto cultural de crise econômica nos EUA. Narra a trajetória de vida de Vivian Thomas, um carpinteiro, que sonha em cursar Medicina. No entanto o Banco onde tem suas economias vai à falência e, assim, mesmo com dificuldades, consegue o emprego de faxineiro no laboratório do Dr. Blalock. Trabalhando no laboratório, ele tem acesso aos livros e experimentos do médico e, sendo autodidata, aumenta sua capacidade de aprendizagem que, aliada à técnica e métodos científicos das experiências, torna-se muito importante. O Dr. Blalock é convidado a trabalhar numa universidade e leva o assistente com ele, mesmo sabendo da má aceitação racial. Vivian não desanima e luta para ser reconhecido e receber como assistente. Neste mesmo local começam a estudar o caso de uma criança internada com problema de coração e enfrentam dificuldades para conseguirem realizar a operação, devido ao preconceito e descrédito que tal cirurgia pudesse lograr êxito. O filme ainda retrata a demora no reconhecimento de Vivian, que lhe chegou ainda em vida, após a morte do Dr. Banlock.
  6. 6. É uma história de luta e persistência, envolvida com racismo e preconceito de classes, além de contar o desenvolvimento da pesquisa em animais como auxílio na primeira cirurgia de coração do mundo. É um filme que nos remete ao universo científico, mostrando os caminhos que a busca pelo conhecimento pode trilhar, para conseguir alcançar seu objetivo de melhoria para a sociedade. 2. DADOS DO FILME O filme é um drama, produzido em 2004, por Joseph Sargent, baseado na história real de Vivian Thomas (1910-1985), um jovem negro, que trabalhava como carpinteiro e queria cursar Medicina e acaba trabalhando no laboratório do Dr. Alfred Blalock (1899-1964) . A história se passa no período de 1931 a 1943. O título original do filme é Something the Lord Made, feito nos Estados Unidos, com duração de 110 min. O elenco conta com atuação de Alan Rickman e Mos Def. nos papéis principais. Foi um filme produzido por Mike Drake e Julian Ainin, para a televisão, com fotografia de Donald M. Morgan. De acordo com Valente (2007) é um filme “Vencedor de três Emmy, incluindo melhor filme de TV, foi indicado ao Globo de Ouro como melhor minissérie e rendeu indicação de melhor ator a Mos Def.”
  7. 7. codinomebeija-flor-esfinge.blogspot.com 3. FACETAS DO FILME O filme em questão apresenta-nos temáticas polêmicas, as quais iremos comentar a seguir. Em um primeiro momento do filme está destacado o aspecto social no período da década de 30, quando ocorre a crise financeira nos EUA, que atinge a toda a população e, principalmente, a camada que possuía suas finanças guardadas ou pautadas nas entidades financeiras, como bancos. No caso do nosso personagem principal, foi esse o fato que o levou a desistir de seu sonho de fazer Medicina, uma vez que perdeu todas as suas economias e, por esse motivo, foi trabalhar como faxineiro no laboratório do Dr. Blalock. A diferença nas possibilidades de ascensão está demonstrada nas dificuldades que Vivian encontra ao longo do filme, tentando ser reconhecido em uma função com melhor remuneração econômica. Aliado a essas dificuldades, essa luta é agravada pelo preconceito mais evidente retratado no filme, que é justamente o racial; esse fator fazia com que os negros tivessem menos valor perante a comunidade de então e ficassem à margem da sociedade (branca), ou seja, nem os mesmos lugares poderiam ser frequentados, devido à segregação racial. Essa exclusão social, esse
  8. 8. desvinculamento baseado no preconceito, a separação das classes por cor, traz à tona um momento de nossa história, vivido como um confronto de conceitos. As características de caráter dos personagens, também, podem contribuir para desencadear processos que acentuam os dois fatores sociais, acima citados, pois o Dr. Blalock possui um perfil de arrogância e prepotência, que dificulta ainda mais a situação de Vivian, contudo, a persistência e força de vontade é o que marca o estigma desse assistente. A trama é inteligente e retrata bem as situações superadas pelos personagens para conseguirem alcançar o objetivo comum, o êxito no desempenho da Medicina. Claro, não poderíamos deixar de comentar que o filme apresenta o desenvolvimento da ciência de uma forma séria e abrange os aspectos da pesquisa com responsabilidade, mesmo quando aborda a referência sobre a utilização dos animais. É, então, um excelente material que exibe a ciência no seu contexto teórico, como começam as indagações, as tentativas, a busca pela solução e, então, as hipóteses, para terminar com a prática de sucesso. O que nos mostra como a ciência tem acontecido, como resultado de questionamentos e do esforço, neste caso, em conjunto, e que foi uma soma de conhecimentos e habilidades para a finalidade comum. ulbra-to.br
  9. 9. CONSIDERAÇÕES FINAIS Em suma, procuramos apresentar o panorama geral do filme, com os dados significativos de premiações que o acompanham; procuramos elencar os tópicos relevantes que aparecem nas cenas devido à sociedade da época; o preconceito racial e de classe que acontecem de forma muito enfática com o nosso personagem, por estar dentro dos dois patamares neste sentido; a superação pelo esforço, ou seja, como a persistência pode romper limites e extrapolar para se alcançar os objetivos pretendidos; na contramão, a arrogância do personagem que contracena dividindo o papel principal, que serve apenas para levantar barreiras e dificultar com a imposição de problemáticas. E, no viés principal dessa trama, o conhecimento acontecendo na prática, no dia a dia de pessoas comuns, que encontram na ciência a solução para um problema, até aquele momento, insolúvel; a pesquisa encontrando novos caminhos, de empírica tornando-se científica e trazendo os resultados esperados. Esperamos que você tenha acompanhado o processo no qual se desenvolve a ciência e percebido o seu crescimento manifestado nas ações do filme, e que esse fato o tenha levado a compreender a visão da superação pela busca, em um empenho contínuo, não esquecendo que a soma de conhecimentos pode nos levar muito mais longe. Então, o filme é um bom exemplo de como a ciência acontece. Profª. Liel/Noiriel
  10. 10. REFERÊNCIAS Quase deuses. Direção: Joseph Sargent. Roteiro: Peter Silverman e Robert Caswell. Produção: Mike Drake e Julian Krainin. Intérpretes: Alan Rickman; Mos Def; Mary Stuart; Kyra Sedgwick e outros. Hollywood, EUA: HBO, 2004. 1 DVD (110 min.), son. Color. Ivo Valente. Resenha crítica cinematográfica: Quase deuses (2004). Disponível em: <http://www.ceaec.org/conscientia/index.php/conscientia/article/viewFile/226/220>. Acesso em: 27 out. 2014. Resenha crítica do filme Quase deuses. Faculdade de Tecnologia e Ciências. Feira de Santana, dez. 2014. Disponível em: <http://pt.slideshare.net/nancyenf/resenha- crtica-do-filme-quase-deuses>. Acesso em: 27 out. 2014.

×