CUIDADOS COM O ACERVO

931 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
931
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
230
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

CUIDADOS COM O ACERVO

  1. 1. Noções Básicas deConservação de MaterialBibliográficoMaterial gentilmente cedido pela Biblioteca daFaculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas – dez.2003
  2. 2. ConceituaçõesConceituações PreservaçãoPreservação Ação que visa a garantir a integridade e a perenidadeAção que visa a garantir a integridade e a perenidadede algo, como por ex., um bem cultural.de algo, como por ex., um bem cultural. ConservaçãoConservação Conjunto de medidas de caráter operacional –Conjunto de medidas de caráter operacional –intervenções técnicas e científicas, periódicas ouintervenções técnicas e científicas, periódicas oupermanentes – que visam a conter as deterioraçõespermanentes – que visam a conter as deterioraçõesem seu início.em seu início. RestauraçãoRestauração Conjunto de intervenções técnico-científicas, de caráterConjunto de intervenções técnico-científicas, de caráterintensivo, que visam garantir, no âmbito de umaintensivo, que visam garantir, no âmbito de umametodologia crítico-estética, a perenidade de ummetodologia crítico-estética, a perenidade de umpatrimônio cultural.patrimônio cultural.(FERREIRA, 1986)
  3. 3. Causas de Deterioração do AcervoCausas de Deterioração do AcervoBibliográfico – Agentes QuímicosBibliográfico – Agentes Químicos Poluentes AtmosféricosPoluentes Atmosféricos PoeiraPoeira Fatores relacionados com a produçãoFatores relacionados com a produçãodo papel (acidez, oxidação edo papel (acidez, oxidação ealcalinidade)alcalinidade)
  4. 4. Agentes Físicos /Físico –Agentes Físicos /Físico –MecânicosMecânicos LuzLuz Poluição (cuidados compoeira, gases e poluiçãoPoluição (cuidados compoeira, gases e poluiçãoatmosférica)atmosférica) Ausência de proteção para o armazenamentoAusência de proteção para o armazenamento Manuseio incorretoManuseio incorreto Desastres (danos provocados porfogo e água)Desastres (danos provocados porfogo e água)
  5. 5. Agentes BiológicosAgentes Biológicos Microorganismos (fungos e bactérias)Microorganismos (fungos e bactérias) Insetos (traças, baratas, piolho de livros,Insetos (traças, baratas, piolho de livros,cupins e brocas)cupins e brocas) RoedoresRoedores
  6. 6. Exemplo de MofoExemplo de Mofo
  7. 7. Exemplo de CupimExemplo de Cupim
  8. 8. Exemplo de BrocaExemplo de Broca
  9. 9. Ação do HomemAção do Homem ManuseioManuseio ArmazenamentoArmazenamento Utilização indevida do material (grifos,Utilização indevida do material (grifos,anotações, durex, clipes)anotações, durex, clipes) Acomodação emlocal impróprioAcomodação emlocal impróprio Reparos e encadernações indevidasReparos e encadernações indevidas
  10. 10. Exemplo de Armazenamento IncorretoExemplo de Armazenamento Incorreto
  11. 11. Exemplo de Armazenamento CorretoExemplo de Armazenamento Correto
  12. 12. ArmazemamentoArmazemamentoCorretoCorretoIncorretoIncorreto
  13. 13. Exemplo de Manuseio IncorretoExemplo de Manuseio Incorreto
  14. 14. ManuseioManuseioCorretoCorretoIncorretoIncorreto
  15. 15. Acidente comágua/chuvaAcidente comágua/chuva
  16. 16. Exemplo de Manuseio IncorretoExemplo de Manuseio Incorreto
  17. 17. Problemas detectados nosProblemas detectados nosacervosacervos Lombadas soltasLombadas soltas Capas soltasCapas soltas Costura quebradaCostura quebrada Costura frouxaCostura frouxa Folhas rasgadasFolhas rasgadas Reparos parciais (fitas adesivas, durex, fitaReparos parciais (fitas adesivas, durex, fitacrepe, isolantes etc.)crepe, isolantes etc.) Livros riscadosLivros riscados
  18. 18. Exemplo de Lombada danificada comfitaExemplo de Lombada danificada comfitacrepecrepe
  19. 19. Exemplo de Lombada danificada comdurexExemplo de Lombada danificada comdurex
  20. 20. Cuidados que a equipe deve tervisandoCuidados que a equipe deve tervisandoa preservação e conservação do acervoa preservação e conservação do acervo(I)(I) NÃOpegaros livros pela lombadaNÃOpegaros livros pela lombada NÃOdeixaro livro aberto voltado para baixoNÃOdeixaro livro aberto voltado para baixo NÃOjogaros livros nos carrinhos ou contêinerNÃOjogaros livros nos carrinhos ou contêiner NÃOapoiarsobre o livroNÃOapoiarsobre o livro NÃOapertaros livros nas estantesNÃOapertaros livros nas estantes NÃOusaro livro como base para escreverNÃOusaro livro como base para escrever NÃOusarfitas adesivas para efetuarreparos “zás-trás”NÃOusarfitas adesivas para efetuarreparos “zás-trás” NÃOusarclipes ou gramposNÃOusarclipes ou grampos
  21. 21. Cuidados que a equipe deve tervisandoCuidados que a equipe deve tervisandoa preservação e conservação do acervoa preservação e conservação do acervo(II)(II) NÃO pegaros livros com mão suja ou molhadaNÃO pegaros livros com mão suja ou molhada NÃO empilharmuitos livrosNÃO empilharmuitos livros NÃO utilizarsaliva e vaselina para folhearos livrosNÃO utilizarsaliva e vaselina para folhearos livros NÃO comere beberpróximo aos livrosNÃO comere beberpróximo aos livros Colocaros livros grandes na posição horizontal nas estantesColocaros livros grandes na posição horizontal nas estantes Comunicaros responsáveis quando verificarinfestação naComunicaros responsáveis quando verificarinfestação nacoleçãocoleção
  22. 22. Conservação PreventivaConservação PreventivaAçõesAções Limpeza mecânica dos documentosLimpeza mecânica dos documentos Climatização específica para diferentes áreas do acervoClimatização específica para diferentes áreas do acervo Instalação de brises para vedara luz solare calorInstalação de brises para vedara luz solare calor Instalação de desumidificadoresInstalação de desumidificadores Utilização de equipamentos especiais paraUtilização de equipamentos especiais para higienização dohigienização doacervoacervo
  23. 23. Preservação Defensiva ou Preventiva naPreservação Defensiva ou Preventiva naSeleção de Material para o AcervoSeleção de Material para o Acervo AquisiçãoAquisição Todos os itens adquiridos por compra devem ser conferidos,Todos os itens adquiridos por compra devem ser conferidos,verificando se há páginas faltando, observando o “tipo deverificando se há páginas faltando, observando o “tipo deimpressão”, entre outros. Caso hajam irregularidades devemimpressão”, entre outros. Caso hajam irregularidades devemser devolvidos antes do tombamento.ser devolvidos antes do tombamento. Doação /PermutaDoação /Permuta Verificar se há infestação por insetos ou microorganismosVerificar se há infestação por insetos ou microorganismos** Carimbos e etiquetas devemsercolocados cuidadosamente,Carimbos e etiquetas devemsercolocados cuidadosamente,nuncasobreo texto oufiguras do documento.nuncasobreo texto oufiguras do documento.
  24. 24. Trabalhos que podemserTrabalhos que podemserrealizados pelas Bibliotecasrealizados pelas Bibliotecas Reparos adequados no materialReparos adequados no materialbibliográfico (livros, mapas, entre outros)bibliográfico (livros, mapas, entre outros) Controle da limpeza dos acervosControle da limpeza dos acervos Congelamento de livros paraCongelamento de livros paradesinfestaçãodesinfestação Capacitação da equipe nas questões deCapacitação da equipe nas questões depreservação e conservaçãopreservação e conservação
  25. 25. AntesAntesConserto de página rasgada.Conserto de página rasgada.
  26. 26. DepoisDepoisConserto de página rasgada.Conserto de página rasgada.
  27. 27. Higienização de obraHigienização de obra
  28. 28. CarcelamentoCarcelamento“Recuperação de Páginas Soltas”“Recuperação de Páginas Soltas”
  29. 29. Costura de Livro emCadernosCostura de Livro emCadernos
  30. 30. Caixa para Preservação e ConservaçãoCaixa para Preservação e Conservação
  31. 31. Bibliografia ConsultadaBibliografia Consultada BECK, I. Manual de conservação de documentos. Rio de Janeiro :BECK, I. Manual de conservação de documentos. Rio de Janeiro :Arquivo Nacional, 1985. 34 p.Arquivo Nacional, 1985. 34 p. CASSARES, N. C. Como fazerconservação preventiva emarquivos eCASSARES, N. C. Como fazerconservação preventiva emarquivos ebibliotecas. São Paulo : Arquivo do Estado : Imprensa Oficial, 2000. 78bibliotecas. São Paulo : Arquivo do Estado : Imprensa Oficial, 2000. 78p.p. CONSERVAÇÃO e restauro. São Paulo : Comissão de PatrimônioCONSERVAÇÃO e restauro. São Paulo : Comissão de PatrimônioCultural, 1997. 99 p.Cultural, 1997. 99 p. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2.ed. rev. eFERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2.ed. rev. eaum. Rio de Janeiro : Nova Fronteira, 1986.aum. Rio de Janeiro : Nova Fronteira, 1986. GREENFIELD, J. Como cuidar, encadernare repararlivros. TraduçãoGREENFIELD, J. Como cuidar, encadernare repararlivros. TraduçãoFrancisco de Oliveira Faria. S. l. : Edições Cetop, 1988. 156 p.Francisco de Oliveira Faria. S. l. : Edições Cetop, 1988. 156 p. LUCCAS, L. , SERIPIERRI, D. Conservarpara não restaurar. Brasília :LUCCAS, L. , SERIPIERRI, D. Conservarpara não restaurar. Brasília :Thesaurus, 1995. 125 p.Thesaurus, 1995. 125 p.

×