Seminários

203 visualizações

Publicada em

Orientações para os Seminários de Literatura.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
203
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Seminários

  1. 1. Seminários: Como elaborar eSeminários: Como elaborar e apresentar?apresentar? O que é um seminário?O que é um seminário? O seminário é um método de estudo. De acordo comO seminário é um método de estudo. De acordo com alguns autores, o objetivo último de um seminário éalguns autores, o objetivo último de um seminário é levar todos os participantes a uma reflexão aprofundadalevar todos os participantes a uma reflexão aprofundada de determinado problema, a partir de textos e emde determinado problema, a partir de textos e em equipe.equipe. Sendo assim, todos os participantes têm de ter contatoSendo assim, todos os participantes têm de ter contato com o texto básico e saber substituir o colegacom o texto básico e saber substituir o colega encarregado de determinado tópico. Todos devem saberencarregado de determinado tópico. Todos devem saber a mensagem central do texto. (Se for literário ou não,a mensagem central do texto. (Se for literário ou não, leitura integral). Igualmente, todos devem estarleitura integral). Igualmente, todos devem estar preparados para julgamento e crítica do texto, além depreparados para julgamento e crítica do texto, além de estar preparados para fazer perguntas sobre o textoestar preparados para fazer perguntas sobre o texto para os ouvintes (instigando o raciocínio dospara os ouvintes (instigando o raciocínio dos participantes).participantes).
  2. 2. Roteiro de um seminárioRoteiro de um seminário 1. Deve-se apresentar material impresso com o tema1. Deve-se apresentar material impresso com o tema desenvolvido. No caso de textos literários, resumo dadesenvolvido. No caso de textos literários, resumo da biografia do autor, do texto em questão e da ideiabiografia do autor, do texto em questão e da ideia central do texto. Deve haver um trecho do texto,central do texto. Deve haver um trecho do texto, escolhido pelo grupo como central, sobre o qual seescolhido pelo grupo como central, sobre o qual se deve fazer uma leitura em voz alta.deve fazer uma leitura em voz alta. 2. Faça um roteiro do que será falado (incluindo os2. Faça um roteiro do que será falado (incluindo os temas do texto). No caso de ser um texto literário:temas do texto). No caso de ser um texto literário: resumo sobre autor, estilo, obra e temáticaresumo sobre autor, estilo, obra e temática problematizada da obra em questão.problematizada da obra em questão. 3. Faça um roteiro de leitura (escrito), com síntese dos3. Faça um roteiro de leitura (escrito), com síntese dos momentos lógicos essenciais do texto.momentos lógicos essenciais do texto. 4. Bibliografia: no caso da literatura, dicionários, obras4. Bibliografia: no caso da literatura, dicionários, obras clássicas de abordagem da história da literatura, etc.clássicas de abordagem da história da literatura, etc.
  3. 3. ApresentaçãoApresentação Após uma pequena introdução feita peloApós uma pequena introdução feita pelo professor, segue-se a apresentação, com oprofessor, segue-se a apresentação, com o professor passando a palavra ao seminaristaprofessor passando a palavra ao seminarista ou ao grupo de seminaristas, que devem terou ao grupo de seminaristas, que devem ter conhecimento das partes previamenteconhecimento das partes previamente divididas entre si.divididas entre si. Devem-se ter posturas críticas e conclusõesDevem-se ter posturas críticas e conclusões pessoais. Quanto mais pessoal for, maior apessoais. Quanto mais pessoal for, maior a contribuição dada à sala. Em literatura, acontribuição dada à sala. Em literatura, a interpretação é fundamental: "o salto parainterpretação é fundamental: "o salto para além do texto" (o que o texto quer dizer...).além do texto" (o que o texto quer dizer...).
  4. 4. Recursos audiovisuaisRecursos audiovisuais A linguagem predominante em umA linguagem predominante em um seminário é a verbal. Isso não significaseminário é a verbal. Isso não significa que não se possa fazer uso de outrosque não se possa fazer uso de outros recursos, como os audiovisuais, porrecursos, como os audiovisuais, por exemplo. Retroprojetor, filmes, slides,exemplo. Retroprojetor, filmes, slides, cds e datashow podem (e devem!) sercds e datashow podem (e devem!) ser usados numa apresentação, desde queusados numa apresentação, desde que não substituam a exposição oral.não substituam a exposição oral. Lembre-se de que tais recursos sãoLembre-se de que tais recursos são apenas apoios.apenas apoios.
  5. 5. Postura do(s) apresentador(es)Postura do(s) apresentador(es) O apresentador deve falar em pé, com o esquema nasO apresentador deve falar em pé, com o esquema nas mãos, olhando para o público como um todo, devendomãos, olhando para o público como um todo, devendo permanecer sempre de frente para a plateia, mesmopermanecer sempre de frente para a plateia, mesmo quando usar a lousa, o retroprojetor ou o datashow.quando usar a lousa, o retroprojetor ou o datashow. A fala do apresentador deve ser modulada, ou seja,A fala do apresentador deve ser modulada, ou seja, alta, clara, bem articulada e com entonação variada,alta, clara, bem articulada e com entonação variada, para que a explicação não fique monótona.para que a explicação não fique monótona. Se consultar o roteiro, o apresentador deve fazê-loSe consultar o roteiro, o apresentador deve fazê-lo sem baixar excessivamente a cabeça, para que a vozsem baixar excessivamente a cabeça, para que a voz não se volte para o chão, prejudicando, assim, anão se volte para o chão, prejudicando, assim, a audiência.audiência. O apresentador deve se mostrar seguro do temaO apresentador deve se mostrar seguro do tema estudado. Além disso, estar atento ao tempo previstoestudado. Além disso, estar atento ao tempo previsto para sua apresentação.para sua apresentação.
  6. 6. A oralidadeA oralidade Embora a modalidade usada nosEmbora a modalidade usada nos seminários seja, obviamente, a falada,seminários seja, obviamente, a falada, recomenda-se que o apresentador eviterecomenda-se que o apresentador evite certos usos da linguagem oral, tais comocertos usos da linguagem oral, tais como os marcadores conversacionaisos marcadores conversacionais né?né?,, tá?tá?,, ahn...ahn..., pois, devido ao fato de o, pois, devido ao fato de o seminário ser uma atividade mais formal,seminário ser uma atividade mais formal, tem-se a predominância da variedadetem-se a predominância da variedade padrão da língua, havendo, assim, certapadrão da língua, havendo, assim, certa proximidade com a escrita.proximidade com a escrita.
  7. 7. Últimas consideraçõesÚltimas considerações - Prepare tudo como se fosse assistir ao seu- Prepare tudo como se fosse assistir ao seu próprio seminário.próprio seminário. - Prepare tudo como se os ouvintes fossem- Prepare tudo como se os ouvintes fossem alunos que nada sabem sobre o conteúdo.alunos que nada sabem sobre o conteúdo. - Não leia fichas apenas, mas apresente após- Não leia fichas apenas, mas apresente após decorar, treinar, ensaiar.decorar, treinar, ensaiar. - Ignore o professor e fale para a plateia.- Ignore o professor e fale para a plateia. - Jamais apresente o seminário se não estiver- Jamais apresente o seminário se não estiver a par de todos os tópicos, incluindo oa par de todos os tópicos, incluindo o vocabulário (no caso da literatura, sobretudo ovocabulário (no caso da literatura, sobretudo o vocabulário do texto).vocabulário do texto). - Dificuldades enfrentadas pelo grupo podem- Dificuldades enfrentadas pelo grupo podem fazer parte das conclusões.fazer parte das conclusões.

×