SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 39
Baixar para ler offline
Pensamento Sociológico de:
Durkheim, Weber e Marx
As referências históricas para situar o pensamento sociológico.
A Revolução Francesa e as ideias
Iluministas.
“A Tomada da Bastilha”, quadro de
Jean Pierre Houël.
A Bastilha representava o poder absoluto dos reis. Era um
símbolo contra o Iluminismo e os ideais liberais da época.
A Revolução Francesa e a Revolução Industrial
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
Imagem: Jean-Pierre Houël / Domínio Público
Durante os anos de 1760 a 1860, a Revolução Industrial ficou
limitada, basicamente, à Inglaterra. Houve o surgimento de
indústrias de tecidos de algodão, com o uso do tear mecânico.
Nessa época, o aperfeiçoamento das máquinas a vapor
contribuiu para a continuação da Revolução.
Revolução Industrial
A Revolução Industrial retirou
das mãos dos artesãos e dos
ourives as ferramentas e os
meios de produção, e os
transformou em trabalhadores
assalariados, acentuando as
contradições do capitalismo.
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
Imagem: Herman Heyenbrock / Public Domain
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
ÉMILE
DURKHEIM
1858 – 1917
MAX WEBER
1864 – 1920
KARL MARX
1818 – 1883
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
Imagem:
Unknown
Author
/
Public
Domain
Imagem:
John
Mayall
/
Domínio
Público
Imagem:
Unknown
Author
/
Public
Domain
David Émile Durkheim
Durkheim, filósofo francês, foi um dos
pensadores que mais contribuiu para a
consolidação da Sociologia, tornando-se o
primeiro professor universitário dessa
disciplina.
Suas principais obras foram:
 A divisão do trabalho social;
 As regras do método sociológico;
 O suicídio;
 Formas elementares da vida
religiosa;
 Educação e Sociologia;
 Sociologia e Filosofia e
 Lições de Sociologia (obra póstuma).
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
Imagem: Unknown Author / Public Domain
Elementos que influenciaram o pensamento de Durkheim
Ideias positivistas
Augusto Comte.
(1798-1857)
A humanidade avança no sentido
de seu gradual aperfeiçoamento
governada pela lei do progresso.
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
As ideias de Durkheim sobre a sociedade
PRODUTO
DA
SOCIEDADE
INDIVÍDUO
SOCIEDADE PRECEDE
O
INDIVÍDUO
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
DURKHEIM DEFINIA A SOCIOLOGIA COMO CIÊNCIA,
ROMPENDO COM AS IDEIAS DE SENSO COMUM
O OBJETO DA SOCIOLOGIA SÃO OS FATOS SOCIAIS
Devem ser estudados como “coisas”, isto é, como algo com
existência própria, objetiva, e que atua de forma coercitiva sobre
os indivíduos.
A sociedade poderia ser compreendida da mesma forma que os
fenômenos da natureza. Ele acreditava que os fatos sociais
poderiam ser estudados através dos mesmos métodos científicos
empregados nas ciências naturais, isto é, havendo neutralidade.
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
Imagens:
Alex
Shunkov
and
formatted
by
Bcjordan
/
Creative
Commons
Atribuição
3.0
Unported
DURKHEIM E O FATO SOCIAL
Fato social são maneiras de agir, de pensar e de sentir.
Características:
Coerção Exteriores Generalidade
As regras sociais, os costumes, as leis, já existem antes do
nascimento das pessoas, são a elas impostos por mecanismos de
coerção social, como a educação.
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
http://sociologiadodireitounesp.b
logspot.com.br/2011_05_08_arc
hive.html
http://sociologiadodir
eitounesp.blogspot.c
om.br/2011_05_09_a
rchive.html
http://jornalismob.fil
es.wordpress.com/
2010/12/comunicac
ao-2.jpg
PRINCÍPIOS ESSENCIAS PARA DURKHEIM
CONSCIÊNCIA COLETIVA
IDEIAS MORAIS E NORMATIVAS
CRENÇAS E SENTIMENTOS,
COMUNS A UMA COMUNIDADE E
PERMANECE DE GERAÇÃO EM
GERAÇÃO.
SOLIDARIEDADE MECÂNICA
FUNDAMENTA-SE NA ADESÃO
TOTAL DO INDIVÍDUO AO GRUPO
AO QUAL PERTENCE.
SOLIDARIEDADE ORGÂNICA
FUNDAMENTA-SE NA COOPERAÇÃO
DOS INDIVÍDUOSE DOS GRUPOS.
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
PARA DURKHEIM EXISTEM DUAS CONSCIÊNCIAS
COLETIVA INDIVÍDUAL
COMPARTILHADA
EM GRUPO
É PRÓPRIA
DO INDIVÍDUO
MODO DE AGIR, SE COMPORTAR,
COMPREENDER AS COISAS,
INTERPRETAR A VIDA
NORMAS PADRONIZADAS DE
PENSAMENTO E CONDUTA
SOCIOLOGIA, 3º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
PARA DURKHEIM É O DESENVOLVIMENTO DA DIVISÃO DO
TRABALHO QUE PERMITE A TRANSFORMAÇÃO DA SOCIEDADE
DIVISÃO DO
TRABALHO
DIFERENÇAS
DAS
PESSOAS
NOVA
ORGANIZAÇÃO
SOCIAL
Durkheim concebe as sociedades
complexas como grandes organismos
vivos, onde os órgãos são diferentes
entre si (que neste caso corresponde à
divisão do trabalho), mas todos
dependem um do outro para o bom
funcionamento do ser vivo. A crescente
divisão social do trabalho faz aumentar
também o grau de interdependência
entre os indivíduos.
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
Durkheim e as Transformações na Estrutura Social
Implica
mudanças
Fundamentos
morais
Podem
levar a
estados de
anomia.
Estado de
enfraquecimento
ou ausência de leis
e normas.
O controle social
reforça o domínio da
sociedade sobre os
indivíduos.
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
Segundo Durkheim, a sociedade
É ANÁLOGA A UM ORGANISMO EM QUE AS PARTES
(INSTITUIÇÕES) COOPERAM PARA A MANUTENÇÃO DO TODO.
ESTUDOU O SUICÍDIO
Para Durkheim, a Sociologia tinha por finalidade não só explicar a
sociedade, como encontrar remédios para a vida social.
A sociedade, como todo organismo, apresentaria estados normais e
patológicos, isto é, saudáveis e doentios.
É praticado na maioria das
vezes em virtude da desilusão
do indivíduo com relação ao
meio social em que vive.
TEORIA FUNCIONALISTA
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
O conflito de classes expressa a realização incompleta
da solidariedade orgânica na recém-desenvolvida ordem
industrial.
Durkheim entende que as desigualdades sociais e
todas as demais anomias
são decorrentes e derivam das tensões inerentes à
transição da solidariedade mecânica para a
solidariedade orgânica.
Anormalidade são que desestabiliza o funcionamento
social e/ou as instituições sociais.
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
SISTEMA SOCIOLÓGICO DE
DURKHEIM:
Sociologia é uma ciência
independente das demais
CiênciasSociaisedaFilosofia.
A realidade social é formada
pelos fenômenos coletivos –
fatos sociais.
A causa de cada fato social
deve ser procurada entre os
fenômenos sociais que o
antecedem.
Os fatos sociais são exteriores
aos indivíduos e formam uma
realidade específica que
exerce sobre eles um poder
coercitivo.
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
Imagem:
John
Mayall
/
Domínio
Público
O PENSAMENTO DE KARL MARX (1818 -1883)
Filósofo,
cientista
social e
revolucionário
alemão.
Analisa e
critica a
organização
da sociedade
capitalista.
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
O PENSAMENTO DE KARL MARX (1818 -1883)
DIALÉTICA
O mundo deixa de ser considerado
como um complexo de coisas
acabadas e passa a ser entendido
como um complexo de processos,
como as coisas aparentemente
estáveis sofrem uma ininterrupta
mutação.
O movimento da realidade, que
ao invés de ser harmônico e linear
é tido como um movimento dos
CONTRÁRIOS.
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
MATERIALISMO
HISTÓRICO
O ser humano é resultado de um
conjunto das relações sociais
concretamente determinadas
pela história. Marx não está
interessado somente em
interpretar o mundo, mas sim em
transformá-lo.
O PENSAMENTO DE KARL MARX (1818 -1883)
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
MARX E A TEORIA DO MATERIALISMO HISTÓRICO
Sociedade
concreta
Relações
das
pessoas
No processo
produtivo de
bens materiais
O estágio de
desenvolvimento
econômico
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
O PENSAMENTO DE KARL MARX (1818 -1883)
INFRAESTRUTURA
Base material ou econômica
SUPERESTRUTURA
Influência direta na superestrutura
Instituições jurídicas,
políticas (as leis, o
Estado) e ideológicas
(as artes, a religião, a
moral).
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
KARL MARX E A LUTA DE CLASSES
Sociedade
capitalista
Propriedade
privada
Luta de Classes
Sociais
Classes Sociais
Burguesia
Proletariado
Exploração da
força de trabalho
Vende sua
força de trabalho
Luta ideológica Luta política Socialismo
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
MAIS-VALIA
Diferença entre o valor produzido pelo
trabalho e o salário pago ao trabalhador,
excluindo todos os custos de produção.
O PENSAMENTO DE KARL MARX (1818 -1883)
MAIS-VALIA
ABSOLUTA
Estender a duração da jornada de trabalho
mantendo o salário constante.
MAIS-VALIA
RELATIVA
Ampliar a produtividade física do trabalho
pela via da mecanização.
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
Imagem: Lydur Skulason / Creative Commons Attribution 2.0
Generic
.
O PENSAMENTO DE KARL MARX (1818 -1883)
FORÇA DE
TRABALHO
Para a produção da mais-valia é
necessário que o possuidor de
dinheiro compre uma mercadoria
única (força de trabalho), que
possui a virtude de ser uma
fonte de valor, cujo processo e
consumo seja ao mesmo tempo
processo de criação de valor.
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
Entendidas como a organização e interação das pessoas
e das classes na sociedade, tendo em vista a produção
material e a reprodução social, a manutenção e a
ampliação das relações sócio-político-econômicas.
São a terra, trabalho, capital e tecnologia: elementos
essenciais à produção capitalista.
As relações sociais de produção
As forças produtivas
O PENSAMENTO DE KARL MARX
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
" O CAPITAL Grande obra escrita por Marx
análise crítica do processo global
de produção capitalista.
As Relações Sociais de Produção
As Forças Produtivas
+ =
A Base
econômica das
sociedades
hierarquicamente
construídas
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
Crítico do Capitalismo e da sociedade burguesa, por ser um
sistema e uma sociedade que exploram o proletariado de
forma desumana em busca de lucro e tomada de poder.
Juntamente com
Engels redigi o
famoso
MANIFESTO
COMUNISTA
Engels
Marx
Trabalhadores
do mundo,
uni-vos!
Pela luta de classes o proletariado
iria implantar uma sociedade
socialista de transição para a
sociedade comunista.
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
Imagem: Σ / Public Domain
Imagem:
Unknown Author / Public Domain
MAX WEBER – 1864 – 1920
sociólogo alemão
Clássico da Sociologia
Criou uma nova disciplina,
a Sociologia da Religião
Desenvolveu estudo
comparativo
Entre a história
econômica e a
história das doutrinas
religiosas
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
MAX WEBER
O CONCEITO DE AÇÃO SOCIAL
• MODO SUBJETIVO DA
AÇÃO SOCIAL, PROCURA
FUNDAMENTAR-SE EM
CRITÉRIOS INTERIORES
AOS INDIVÍDUOS
PARTICIPANTES
Agentes da Ação Social
Ação social
É a
maneira
como o
ser
humano
se
comporta
Economia
Religião
Política
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
Imagem:
José
Cruz
/
Creative
Commons
License
Attribution
3.0
Brazil
Imagem:
w:User:J.J
/
Public
Domain
Imagem:
Mpb
eu
/
Creative
Commons
CC0
1.0
Universal
Public
Domain
Dedication
MAX WEBER
O sentido
da ação
Valores
sociais e
motivação
Indivíduo
por meio produz
Por mais individual que seja o sentido de uma ação, o fato de se
agir levando em consideração o outro dá um caráter social a
toda ação humana. Sendo assim, o social só se manifesta em
indivíduos, expressando-se sob forma de motivação interna e
pessoal.
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
Imagem:
Jleedev, Redrawn as SVG by
Ben Liblit / Public Domain
Tipo real ou existente de fato: referente a um caso historicamente
dado, ou como média num determinado número de casos.
Tipo ideal: formulação hipotética referente a uma dada situação.
Toda conduta humana, cujos sujeitos
vinculem a esta ação um sentido
subjetivo.
Pode ser real ou de tipo ideal.
Ação
Sentido
MAX WEBER
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
O objetivo da sociologia para Max Weber
É investigar a ação social, cada formação social adquire
especificidade e importância própria.
Consiste em entender o sentido que as ações de um indivíduo
contêm, e não apenas o aspecto exterior dessas mesmas ações.
O método compreensivo
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
Caracterização da ação social
Racional
(fins)
MAX WEBER
Racional
(valores)
Afetiva Tradicional
Condições ou
meios para
alcançar fins
próprios.
Racionalmente
avaliados e
procurados.
Através das crenças,
do conhecimento,
valores éticos,
estéticos e religioso.
Valores são próprios
de uma conduta
específica baseados
nos méritos desses
valores.
Pelo afeto e
o estado
emocional.
Atua de forma
satisfazer suas
necessidades
para alcançar
algo que almeja.
Costumes
tradicionais.
Atitudes
tradicionalmente
enraizadas nos
costumes.
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
Max Weber
A sociologia é a ciência que pretende desenvolver a
compreensão interpretativa da ação social para, desta
maneira, explicá-la causalmente em termos de seu
desenvolvimento e efeitos.
Os processos
e fenômenos
sociais.
Dinâmico
e
mutáveis.
Interpretados
para que se
extraia deles o
seu sentido.
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
Ética protestante e o espírito do capitalismo
Importante
livro de
Max Weber
Relaciona a história do
capitalismo a partir do
desenvolvimento da ética
protestante.
Ética surgida no contexto da
reforma protestante como
crítica ao catolicismo.
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
Imagem: Max Weber, Ética Protestante
e o Espírito do Capitalismo,
Companhia das Letras /
http://www.livrariacultura.com.br/scripts
/resenha/resenha.asp?nitem=747389&
sid=21520225114814292302177211
Considerações Finais
Durkheim
O social prevalece sobre o sujeito. A sociedade
é independente do indivíduo e confere a ele
suas percepções individuais.
Weber
O sujeito prevalece sobre o social. O conjunto de
percepções individuais é que confere à
sociedade sua materialidade.
Marx
Propõe transformar a ordem. O social prevalece
sobre o sujeito. As relações materiais da sociedade
(que não é independente do indivíduo) vão
determinar as consciências individuais
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA
• MARTINS, Carlos Benedito. O que é Sociologia. 38ª ed. – São Paulo:
Brasiliense, 1994.
• OLIVEIRA, Pérsio Santos. Introdução a Sociologia. Série Brasil. 25ª ed. –
São Paulo: Ática. 2007.
• VASCONCELOS, Ana. Manual compacto de Sociologia. 1º ed. – São
Paulo: Rideel. 2010.
• MENDES, Jéferson. Durkheim e Sociologia. Consciência.org. Disponível
em < http://www.consciencia.org/durkheim-e-a-sociologia > Acesso em: 04
junho 2012.
• Luta de Classes. NetsaberResumo. Disponível em <
http://www.netsaber.com.br/resumos/ver_resumo_c_2699.html > Acesso em:04
junho 2012.
• CABRAL, João Francisco P. A definição de ação social de Max Weber.
Brasil Escola. Disponível em < http://www.brasilescola.com/filosofia/a-
definicao-acao-social-max-weber.htm > Acesso em 05 junho 2012.
SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio
PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
Tabela de Imagens
n° do
slide
direito da imagem como está ao lado da
foto
link do site onde se consegiu a informação Data do
Acesso
2 Jean-Pierre Houël / Domínio Público http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Prise_de_la
_Bastille.jpg?uselang=pt-br
15/08/2012
3 Herman Heyenbrock / Public Domain http://commons.wikimedia.org/wiki/File:1890heyen
brock.jpg
15/08/2012
4.a, 5 Unknown Author / Public Domain http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Emile_Durk
heim.jpg
16/08/2012
4.b, 17 John Mayall / Domínio Público http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Karl_Marx.j
pg?uselang=pt-br
16/08/2012
4.c, 28 Unknown Author / Public Domain http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Max_Webe
r_1894.jpg
16/08/2012
6 Unknown Author / Public Domain http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Auguste_Co
mte.jpg
16/08/2012
8 Alex Shunkov and formatted by Bcjordan /
Creative Commons Atribuição 3.0 Unported
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Astronomer
.svg?uselang=pt-br
16/08/2012
24 Lydur Skulason / Creative Commons
Attribution 2.0 Generic
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Workers_at
_power_plant_in_Olkaria_Kenya.jpg
16/08/2012
27 Σ / Public Domain http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Marx_and_
Engels.jpg
16/08/2012
29.a José Cruz / Creative Commons License
Attribution 3.0 Brazil
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Urna_eletr
%C3%B4nica.jpeg
16/08/2012
Tabela de Imagens
n° do
slide
direito da imagem como está ao lado da
foto
link do site onde se consegiu a informação Data do
Acesso
29.b w:User:J.J / Public Domain http://commons.wikimedia.org/wiki/File:USCurrency
_Federal_Reserve.jpg
16/08/2012
29.c Mpb eu / Creative Commons CC0 1.0
Universal Public Domain Dedication
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Cross_fo_th
e_Boris_I_of_Bulgaria_.jpg
16/08/2012
30 Jleedev, Redrawn as SVG by Ben Liblit /
Public Domain
http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Stick_Figure.svg 16/08/2012
35 Max Weber, Ética Protestante e o Espírito do
Capitalismo, Companhia das Letras /
http://www.livrariacultura.com.br/scripts/re
senha/resenha.asp?nitem=747389&sid=215
20225114814292302177211
http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/re
senha.asp?nitem=747389&sid=21520225114814292
302177211
16/08/2012

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Pensamento Sociológico de Durkheim, Weber e Marx (3).ppt

Fatos sociais
Fatos sociaisFatos sociais
Fatos sociaisAnalia
 
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)e neto
 
CLÁSSICOS DA SOCIOLOGIA
CLÁSSICOS DA SOCIOLOGIACLÁSSICOS DA SOCIOLOGIA
CLÁSSICOS DA SOCIOLOGIAHisrelBlog
 
Video aula -Sociologia
Video aula -SociologiaVideo aula -Sociologia
Video aula -SociologiaAlan Rodrigues
 
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensivaSociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensivaDaniele Rubim
 
Sociologia para o vestibular
Sociologia para o vestibularSociologia para o vestibular
Sociologia para o vestibularEdenilson Morais
 
Sociologia introducao as teorias sociologicas
Sociologia   introducao as teorias sociologicasSociologia   introducao as teorias sociologicas
Sociologia introducao as teorias sociologicasGustavo Soares
 
Os classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheimOs classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheimunisocionautas
 
Teóricos da sociologia. as perspectívas sociológicas clássicas
Teóricos da sociologia. as perspectívas sociológicas clássicasTeóricos da sociologia. as perspectívas sociológicas clássicas
Teóricos da sociologia. as perspectívas sociológicas clássicasOtávio Miécio Santos Sampaio
 
As Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos (1).ppt
As Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos (1).pptAs Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos (1).ppt
As Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos (1).pptPriscilaFrana28
 

Semelhante a Pensamento Sociológico de Durkheim, Weber e Marx (3).ppt (20)

Émile Durkheim
Émile Durkheim Émile Durkheim
Émile Durkheim
 
Fatos sociais
Fatos sociaisFatos sociais
Fatos sociais
 
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
 
Clássicos da sociologia
Clássicos da sociologiaClássicos da sociologia
Clássicos da sociologia
 
CLÁSSICOS DA SOCIOLOGIA
CLÁSSICOS DA SOCIOLOGIACLÁSSICOS DA SOCIOLOGIA
CLÁSSICOS DA SOCIOLOGIA
 
Video aula -Sociologia
Video aula -SociologiaVideo aula -Sociologia
Video aula -Sociologia
 
Cp aula 2
Cp aula 2Cp aula 2
Cp aula 2
 
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensivaSociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
 
Aula 1 soc em
Aula 1   soc emAula 1   soc em
Aula 1 soc em
 
Sociologia
SociologiaSociologia
Sociologia
 
Capítulo 6 - Pensando a Sociedade
Capítulo 6 - Pensando a SociedadeCapítulo 6 - Pensando a Sociedade
Capítulo 6 - Pensando a Sociedade
 
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO.pptx
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO.pptxSOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO.pptx
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO.pptx
 
Sociologia para o vestibular
Sociologia para o vestibularSociologia para o vestibular
Sociologia para o vestibular
 
Sociologia introducao as teorias sociologicas
Sociologia   introducao as teorias sociologicasSociologia   introducao as teorias sociologicas
Sociologia introducao as teorias sociologicas
 
Karl Marx
Karl MarxKarl Marx
Karl Marx
 
Mam 251
Mam 251 Mam 251
Mam 251
 
Os classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheimOs classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheim
 
Os classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheimOs classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheim
 
Teóricos da sociologia. as perspectívas sociológicas clássicas
Teóricos da sociologia. as perspectívas sociológicas clássicasTeóricos da sociologia. as perspectívas sociológicas clássicas
Teóricos da sociologia. as perspectívas sociológicas clássicas
 
As Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos (1).ppt
As Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos (1).pptAs Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos (1).ppt
As Ciências Sociais e os Primeiros Sociólogos (1).ppt
 

Último

UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSUM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSdjgsantos1981
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º BimestreProfaCintiaDosSantos
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceSimulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceRonisHolanda
 

Último (20)

UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSUM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceSimulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
 

Pensamento Sociológico de Durkheim, Weber e Marx (3).ppt

  • 2. As referências históricas para situar o pensamento sociológico. A Revolução Francesa e as ideias Iluministas. “A Tomada da Bastilha”, quadro de Jean Pierre Houël. A Bastilha representava o poder absoluto dos reis. Era um símbolo contra o Iluminismo e os ideais liberais da época. A Revolução Francesa e a Revolução Industrial SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO Imagem: Jean-Pierre Houël / Domínio Público
  • 3. Durante os anos de 1760 a 1860, a Revolução Industrial ficou limitada, basicamente, à Inglaterra. Houve o surgimento de indústrias de tecidos de algodão, com o uso do tear mecânico. Nessa época, o aperfeiçoamento das máquinas a vapor contribuiu para a continuação da Revolução. Revolução Industrial A Revolução Industrial retirou das mãos dos artesãos e dos ourives as ferramentas e os meios de produção, e os transformou em trabalhadores assalariados, acentuando as contradições do capitalismo. SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO Imagem: Herman Heyenbrock / Public Domain
  • 4. PENSAMENTO SOCIOLÓGICO ÉMILE DURKHEIM 1858 – 1917 MAX WEBER 1864 – 1920 KARL MARX 1818 – 1883 SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO Imagem: Unknown Author / Public Domain Imagem: John Mayall / Domínio Público Imagem: Unknown Author / Public Domain
  • 5. David Émile Durkheim Durkheim, filósofo francês, foi um dos pensadores que mais contribuiu para a consolidação da Sociologia, tornando-se o primeiro professor universitário dessa disciplina. Suas principais obras foram:  A divisão do trabalho social;  As regras do método sociológico;  O suicídio;  Formas elementares da vida religiosa;  Educação e Sociologia;  Sociologia e Filosofia e  Lições de Sociologia (obra póstuma). SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO Imagem: Unknown Author / Public Domain
  • 6. Elementos que influenciaram o pensamento de Durkheim Ideias positivistas Augusto Comte. (1798-1857) A humanidade avança no sentido de seu gradual aperfeiçoamento governada pela lei do progresso. SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 7. As ideias de Durkheim sobre a sociedade PRODUTO DA SOCIEDADE INDIVÍDUO SOCIEDADE PRECEDE O INDIVÍDUO SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 8. DURKHEIM DEFINIA A SOCIOLOGIA COMO CIÊNCIA, ROMPENDO COM AS IDEIAS DE SENSO COMUM O OBJETO DA SOCIOLOGIA SÃO OS FATOS SOCIAIS Devem ser estudados como “coisas”, isto é, como algo com existência própria, objetiva, e que atua de forma coercitiva sobre os indivíduos. A sociedade poderia ser compreendida da mesma forma que os fenômenos da natureza. Ele acreditava que os fatos sociais poderiam ser estudados através dos mesmos métodos científicos empregados nas ciências naturais, isto é, havendo neutralidade. SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO Imagens: Alex Shunkov and formatted by Bcjordan / Creative Commons Atribuição 3.0 Unported
  • 9. DURKHEIM E O FATO SOCIAL Fato social são maneiras de agir, de pensar e de sentir. Características: Coerção Exteriores Generalidade As regras sociais, os costumes, as leis, já existem antes do nascimento das pessoas, são a elas impostos por mecanismos de coerção social, como a educação. SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO http://sociologiadodireitounesp.b logspot.com.br/2011_05_08_arc hive.html http://sociologiadodir eitounesp.blogspot.c om.br/2011_05_09_a rchive.html http://jornalismob.fil es.wordpress.com/ 2010/12/comunicac ao-2.jpg
  • 10. PRINCÍPIOS ESSENCIAS PARA DURKHEIM CONSCIÊNCIA COLETIVA IDEIAS MORAIS E NORMATIVAS CRENÇAS E SENTIMENTOS, COMUNS A UMA COMUNIDADE E PERMANECE DE GERAÇÃO EM GERAÇÃO. SOLIDARIEDADE MECÂNICA FUNDAMENTA-SE NA ADESÃO TOTAL DO INDIVÍDUO AO GRUPO AO QUAL PERTENCE. SOLIDARIEDADE ORGÂNICA FUNDAMENTA-SE NA COOPERAÇÃO DOS INDIVÍDUOSE DOS GRUPOS. SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 11. PARA DURKHEIM EXISTEM DUAS CONSCIÊNCIAS COLETIVA INDIVÍDUAL COMPARTILHADA EM GRUPO É PRÓPRIA DO INDIVÍDUO MODO DE AGIR, SE COMPORTAR, COMPREENDER AS COISAS, INTERPRETAR A VIDA NORMAS PADRONIZADAS DE PENSAMENTO E CONDUTA SOCIOLOGIA, 3º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 12. PARA DURKHEIM É O DESENVOLVIMENTO DA DIVISÃO DO TRABALHO QUE PERMITE A TRANSFORMAÇÃO DA SOCIEDADE DIVISÃO DO TRABALHO DIFERENÇAS DAS PESSOAS NOVA ORGANIZAÇÃO SOCIAL Durkheim concebe as sociedades complexas como grandes organismos vivos, onde os órgãos são diferentes entre si (que neste caso corresponde à divisão do trabalho), mas todos dependem um do outro para o bom funcionamento do ser vivo. A crescente divisão social do trabalho faz aumentar também o grau de interdependência entre os indivíduos. SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 13. Durkheim e as Transformações na Estrutura Social Implica mudanças Fundamentos morais Podem levar a estados de anomia. Estado de enfraquecimento ou ausência de leis e normas. O controle social reforça o domínio da sociedade sobre os indivíduos. SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 14. Segundo Durkheim, a sociedade É ANÁLOGA A UM ORGANISMO EM QUE AS PARTES (INSTITUIÇÕES) COOPERAM PARA A MANUTENÇÃO DO TODO. ESTUDOU O SUICÍDIO Para Durkheim, a Sociologia tinha por finalidade não só explicar a sociedade, como encontrar remédios para a vida social. A sociedade, como todo organismo, apresentaria estados normais e patológicos, isto é, saudáveis e doentios. É praticado na maioria das vezes em virtude da desilusão do indivíduo com relação ao meio social em que vive. TEORIA FUNCIONALISTA SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 15. O conflito de classes expressa a realização incompleta da solidariedade orgânica na recém-desenvolvida ordem industrial. Durkheim entende que as desigualdades sociais e todas as demais anomias são decorrentes e derivam das tensões inerentes à transição da solidariedade mecânica para a solidariedade orgânica. Anormalidade são que desestabiliza o funcionamento social e/ou as instituições sociais. SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 16. SISTEMA SOCIOLÓGICO DE DURKHEIM: Sociologia é uma ciência independente das demais CiênciasSociaisedaFilosofia. A realidade social é formada pelos fenômenos coletivos – fatos sociais. A causa de cada fato social deve ser procurada entre os fenômenos sociais que o antecedem. Os fatos sociais são exteriores aos indivíduos e formam uma realidade específica que exerce sobre eles um poder coercitivo. SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 17. Imagem: John Mayall / Domínio Público O PENSAMENTO DE KARL MARX (1818 -1883) Filósofo, cientista social e revolucionário alemão. Analisa e critica a organização da sociedade capitalista. SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 18. O PENSAMENTO DE KARL MARX (1818 -1883) DIALÉTICA O mundo deixa de ser considerado como um complexo de coisas acabadas e passa a ser entendido como um complexo de processos, como as coisas aparentemente estáveis sofrem uma ininterrupta mutação. O movimento da realidade, que ao invés de ser harmônico e linear é tido como um movimento dos CONTRÁRIOS. SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 19. MATERIALISMO HISTÓRICO O ser humano é resultado de um conjunto das relações sociais concretamente determinadas pela história. Marx não está interessado somente em interpretar o mundo, mas sim em transformá-lo. O PENSAMENTO DE KARL MARX (1818 -1883) SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 20. MARX E A TEORIA DO MATERIALISMO HISTÓRICO Sociedade concreta Relações das pessoas No processo produtivo de bens materiais O estágio de desenvolvimento econômico SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 21. O PENSAMENTO DE KARL MARX (1818 -1883) INFRAESTRUTURA Base material ou econômica SUPERESTRUTURA Influência direta na superestrutura Instituições jurídicas, políticas (as leis, o Estado) e ideológicas (as artes, a religião, a moral). SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 22. KARL MARX E A LUTA DE CLASSES Sociedade capitalista Propriedade privada Luta de Classes Sociais Classes Sociais Burguesia Proletariado Exploração da força de trabalho Vende sua força de trabalho Luta ideológica Luta política Socialismo SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 23. MAIS-VALIA Diferença entre o valor produzido pelo trabalho e o salário pago ao trabalhador, excluindo todos os custos de produção. O PENSAMENTO DE KARL MARX (1818 -1883) MAIS-VALIA ABSOLUTA Estender a duração da jornada de trabalho mantendo o salário constante. MAIS-VALIA RELATIVA Ampliar a produtividade física do trabalho pela via da mecanização. SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 24. Imagem: Lydur Skulason / Creative Commons Attribution 2.0 Generic . O PENSAMENTO DE KARL MARX (1818 -1883) FORÇA DE TRABALHO Para a produção da mais-valia é necessário que o possuidor de dinheiro compre uma mercadoria única (força de trabalho), que possui a virtude de ser uma fonte de valor, cujo processo e consumo seja ao mesmo tempo processo de criação de valor. SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 25. Entendidas como a organização e interação das pessoas e das classes na sociedade, tendo em vista a produção material e a reprodução social, a manutenção e a ampliação das relações sócio-político-econômicas. São a terra, trabalho, capital e tecnologia: elementos essenciais à produção capitalista. As relações sociais de produção As forças produtivas O PENSAMENTO DE KARL MARX SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 26. " O CAPITAL Grande obra escrita por Marx análise crítica do processo global de produção capitalista. As Relações Sociais de Produção As Forças Produtivas + = A Base econômica das sociedades hierarquicamente construídas SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 27. Crítico do Capitalismo e da sociedade burguesa, por ser um sistema e uma sociedade que exploram o proletariado de forma desumana em busca de lucro e tomada de poder. Juntamente com Engels redigi o famoso MANIFESTO COMUNISTA Engels Marx Trabalhadores do mundo, uni-vos! Pela luta de classes o proletariado iria implantar uma sociedade socialista de transição para a sociedade comunista. SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO Imagem: Σ / Public Domain
  • 28. Imagem: Unknown Author / Public Domain MAX WEBER – 1864 – 1920 sociólogo alemão Clássico da Sociologia Criou uma nova disciplina, a Sociologia da Religião Desenvolveu estudo comparativo Entre a história econômica e a história das doutrinas religiosas SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 29. MAX WEBER O CONCEITO DE AÇÃO SOCIAL • MODO SUBJETIVO DA AÇÃO SOCIAL, PROCURA FUNDAMENTAR-SE EM CRITÉRIOS INTERIORES AOS INDIVÍDUOS PARTICIPANTES Agentes da Ação Social Ação social É a maneira como o ser humano se comporta Economia Religião Política SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO Imagem: José Cruz / Creative Commons License Attribution 3.0 Brazil Imagem: w:User:J.J / Public Domain Imagem: Mpb eu / Creative Commons CC0 1.0 Universal Public Domain Dedication
  • 30. MAX WEBER O sentido da ação Valores sociais e motivação Indivíduo por meio produz Por mais individual que seja o sentido de uma ação, o fato de se agir levando em consideração o outro dá um caráter social a toda ação humana. Sendo assim, o social só se manifesta em indivíduos, expressando-se sob forma de motivação interna e pessoal. SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO Imagem: Jleedev, Redrawn as SVG by Ben Liblit / Public Domain
  • 31. Tipo real ou existente de fato: referente a um caso historicamente dado, ou como média num determinado número de casos. Tipo ideal: formulação hipotética referente a uma dada situação. Toda conduta humana, cujos sujeitos vinculem a esta ação um sentido subjetivo. Pode ser real ou de tipo ideal. Ação Sentido MAX WEBER SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 32. O objetivo da sociologia para Max Weber É investigar a ação social, cada formação social adquire especificidade e importância própria. Consiste em entender o sentido que as ações de um indivíduo contêm, e não apenas o aspecto exterior dessas mesmas ações. O método compreensivo SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 33. Caracterização da ação social Racional (fins) MAX WEBER Racional (valores) Afetiva Tradicional Condições ou meios para alcançar fins próprios. Racionalmente avaliados e procurados. Através das crenças, do conhecimento, valores éticos, estéticos e religioso. Valores são próprios de uma conduta específica baseados nos méritos desses valores. Pelo afeto e o estado emocional. Atua de forma satisfazer suas necessidades para alcançar algo que almeja. Costumes tradicionais. Atitudes tradicionalmente enraizadas nos costumes. SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 34. Max Weber A sociologia é a ciência que pretende desenvolver a compreensão interpretativa da ação social para, desta maneira, explicá-la causalmente em termos de seu desenvolvimento e efeitos. Os processos e fenômenos sociais. Dinâmico e mutáveis. Interpretados para que se extraia deles o seu sentido. SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 35. Ética protestante e o espírito do capitalismo Importante livro de Max Weber Relaciona a história do capitalismo a partir do desenvolvimento da ética protestante. Ética surgida no contexto da reforma protestante como crítica ao catolicismo. SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO Imagem: Max Weber, Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo, Companhia das Letras / http://www.livrariacultura.com.br/scripts /resenha/resenha.asp?nitem=747389& sid=21520225114814292302177211
  • 36. Considerações Finais Durkheim O social prevalece sobre o sujeito. A sociedade é independente do indivíduo e confere a ele suas percepções individuais. Weber O sujeito prevalece sobre o social. O conjunto de percepções individuais é que confere à sociedade sua materialidade. Marx Propõe transformar a ordem. O social prevalece sobre o sujeito. As relações materiais da sociedade (que não é independente do indivíduo) vão determinar as consciências individuais SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 37. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA • MARTINS, Carlos Benedito. O que é Sociologia. 38ª ed. – São Paulo: Brasiliense, 1994. • OLIVEIRA, Pérsio Santos. Introdução a Sociologia. Série Brasil. 25ª ed. – São Paulo: Ática. 2007. • VASCONCELOS, Ana. Manual compacto de Sociologia. 1º ed. – São Paulo: Rideel. 2010. • MENDES, Jéferson. Durkheim e Sociologia. Consciência.org. Disponível em < http://www.consciencia.org/durkheim-e-a-sociologia > Acesso em: 04 junho 2012. • Luta de Classes. NetsaberResumo. Disponível em < http://www.netsaber.com.br/resumos/ver_resumo_c_2699.html > Acesso em:04 junho 2012. • CABRAL, João Francisco P. A definição de ação social de Max Weber. Brasil Escola. Disponível em < http://www.brasilescola.com/filosofia/a- definicao-acao-social-max-weber.htm > Acesso em 05 junho 2012. SOCIOLOGIA, 1º Ano do Ensino Médio PENSAMENTO SOCIOLÓGICO
  • 38. Tabela de Imagens n° do slide direito da imagem como está ao lado da foto link do site onde se consegiu a informação Data do Acesso 2 Jean-Pierre Houël / Domínio Público http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Prise_de_la _Bastille.jpg?uselang=pt-br 15/08/2012 3 Herman Heyenbrock / Public Domain http://commons.wikimedia.org/wiki/File:1890heyen brock.jpg 15/08/2012 4.a, 5 Unknown Author / Public Domain http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Emile_Durk heim.jpg 16/08/2012 4.b, 17 John Mayall / Domínio Público http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Karl_Marx.j pg?uselang=pt-br 16/08/2012 4.c, 28 Unknown Author / Public Domain http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Max_Webe r_1894.jpg 16/08/2012 6 Unknown Author / Public Domain http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Auguste_Co mte.jpg 16/08/2012 8 Alex Shunkov and formatted by Bcjordan / Creative Commons Atribuição 3.0 Unported http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Astronomer .svg?uselang=pt-br 16/08/2012 24 Lydur Skulason / Creative Commons Attribution 2.0 Generic http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Workers_at _power_plant_in_Olkaria_Kenya.jpg 16/08/2012 27 Σ / Public Domain http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Marx_and_ Engels.jpg 16/08/2012 29.a José Cruz / Creative Commons License Attribution 3.0 Brazil http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Urna_eletr %C3%B4nica.jpeg 16/08/2012
  • 39. Tabela de Imagens n° do slide direito da imagem como está ao lado da foto link do site onde se consegiu a informação Data do Acesso 29.b w:User:J.J / Public Domain http://commons.wikimedia.org/wiki/File:USCurrency _Federal_Reserve.jpg 16/08/2012 29.c Mpb eu / Creative Commons CC0 1.0 Universal Public Domain Dedication http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Cross_fo_th e_Boris_I_of_Bulgaria_.jpg 16/08/2012 30 Jleedev, Redrawn as SVG by Ben Liblit / Public Domain http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Stick_Figure.svg 16/08/2012 35 Max Weber, Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo, Companhia das Letras / http://www.livrariacultura.com.br/scripts/re senha/resenha.asp?nitem=747389&sid=215 20225114814292302177211 http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/re senha.asp?nitem=747389&sid=21520225114814292 302177211 16/08/2012