SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
3.1 – Justificativas;3.1 – Justificativas;
3.2 – Uma introdução didática;3.2 – Uma introdução didática;
3.3 – Grupos de contas do Ativo;3.3 – Grupos de contas do Ativo;
• Ativo Circulante.Ativo Circulante.
• Ativo Não-Circulante.Ativo Não-Circulante.
3.4 – Grupos de contas do Passivo.3.4 – Grupos de contas do Passivo.
• Passivo Circulante.Passivo Circulante.
• Passivo Não-Circulante.Passivo Não-Circulante.
• Patrimônio LíquidoPatrimônio Líquido
3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL
grupo de contasgrupo de contas
3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL
grupo de contasgrupo de contas
CONCEITO DE CURTO E LONGO PRAZOSCONCEITO DE CURTO E LONGO PRAZOS
Longo PrazoCurto Prazo
X1 X2
31.12.X131.12.X0
• Curto Prazo  até um ano (conceito geral)
• Longo Prazo  Período acima de um ano
2) Grau de Liquidez – Decrescente2) Grau de Liquidez – Decrescente: os itens de maior liquidez sãoos itens de maior liquidez são
classificados em primeiro plano e os de menor liquidez aparecem em último lugarclassificados em primeiro plano e os de menor liquidez aparecem em último lugar
3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL
grupo de contasgrupo de contas
3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL
grupo de contasgrupo de contas
JustificativasJustificativas
Regras para a distribuição deRegras para a distribuição de contascontas no Balanço Patrimonialno Balanço Patrimonial
1) Prazo:1) Prazo:
Circulante: as contas recebidas e pagas rapidamenteCirculante: as contas recebidas e pagas rapidamente
se renovam constantemente (estão sempre girando),se renovam constantemente (estão sempre girando),
assim, foi dado o nome deassim, foi dado o nome de CirculanteCirculante (corrente),(corrente),
tanto para o Ativo como para o Passivo.tanto para o Ativo como para o Passivo.
Circulante: as contas recebidas e pagas rapidamenteCirculante: as contas recebidas e pagas rapidamente
se renovam constantemente (estão sempre girando),se renovam constantemente (estão sempre girando),
assim, foi dado o nome deassim, foi dado o nome de CirculanteCirculante (corrente),(corrente),
tanto para o Ativo como para o Passivo.tanto para o Ativo como para o Passivo.
3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL
grupo de contasgrupo de contas
3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL
grupo de contasgrupo de contas
ATIVOATIVO PASSIVOPASSIVO
Circulante:Circulante: recebe rapidamenterecebe rapidamente
Itens que já são dinheiro ou queItens que já são dinheiro ou que
serão transformados em dinheiroserão transformados em dinheiro
rapidamente (Curto Prazo)rapidamente (Curto Prazo)
Não Circulante:Não Circulante:
Recebe lentamenteRecebe lentamente
Circulante:Circulante: paga-se rapidamentepaga-se rapidamente
Todas as contas que serão pagasTodas as contas que serão pagas
rapidamente, no Curto Prazo, ourapidamente, no Curto Prazo, ou
em até 1 ano.em até 1 ano.
Não Circulante:Não Circulante:
Demora-se muito tempo paraDemora-se muito tempo para
pagarpagar
Uma introdução didáticaUma introdução didática
ATIVO
CIRCULANTECIRCULANTE
Grupo que gera dinheiro para a empresa pagar suasGrupo que gera dinheiro para a empresa pagar suas
contas a curto prazo.contas a curto prazo.
- DisponívelDisponível (Caixa e Bancos)(Caixa e Bancos)
- Contas a receber:Contas a receber: são valores ainda não recebidos decorrentes de vendassão valores ainda não recebidos decorrentes de vendas
de mercadorias ou prestação de serviços a prazo.de mercadorias ou prestação de serviços a prazo.
- Estoques:Estoques: são mercadorias a serem vendidas. No caso de indústria, são ossão mercadorias a serem vendidas. No caso de indústria, são os
produtos acabados, bem como a matéria-prima e outros materiais secundários queprodutos acabados, bem como a matéria-prima e outros materiais secundários que
compõem o produto de fabricação.compõem o produto de fabricação.
-Investimento temporário:Investimento temporário: são aplicações realizadas normalmente no mercadosão aplicações realizadas normalmente no mercado
financeiro com excedente de caixa.financeiro com excedente de caixa.
- Deduções do circulante:Deduções do circulante: a parcela estimada pela empresa que não seráa parcela estimada pela empresa que não será
recebida em decorrência de maus pagadores (PDD).recebida em decorrência de maus pagadores (PDD).
3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL
grupo de contasgrupo de contas
3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL
grupo de contasgrupo de contas
Grupos de Contas do AtivoGrupos de Contas do Ativo
NÃO CIRCULANTENÃO CIRCULANTE
Realizável a Longo PrazoRealizável a Longo Prazo
Compreende itens que serão realizados em dinheiro aCompreende itens que serão realizados em dinheiro a
longo prazo (período superior a um ano), ou de acordolongo prazo (período superior a um ano), ou de acordo
com o ciclo operacional da atividade predominante.com o ciclo operacional da atividade predominante.
Os empréstimos que a empresa faz a diretores e aOs empréstimos que a empresa faz a diretores e a
coligadas são classificados neste grupocoligadas são classificados neste grupo.
 Adiantamentos concedidos às sociedades coligadas
ou controladas.
 Adiantamentos concedidos a diretores.
 Adiantamentos concedidos a acionistas.
ATIVO
3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL
grupo de contasgrupo de contas
3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL
grupo de contasgrupo de contas
Itens que dificilmente se transformarão em dinheiroItens que dificilmente se transformarão em dinheiro
InvestimentosInvestimentos
Não ligados à atividade-fim da empresa.Não ligados à atividade-fim da empresa. Ex: AçõesEx: Ações
outras Cias., Terrenosoutras Cias., Terrenos
ImobilizadoImobilizado
 Totalmente correlacionado com a atividade-fim.Totalmente correlacionado com a atividade-fim. Ex:Ex:
Prédios, Veículos, Máquinas.Prédios, Veículos, Máquinas.
IntangívelIntangível
 Itens que representam bens intangíveis (incorpóreos).Itens que representam bens intangíveis (incorpóreos).
Ex:Ex: marcas e patentes.marcas e patentes.
ATIVO
3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL
grupo de contasgrupo de contas
3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL
grupo de contasgrupo de contas
CirculanteCirculante
Conjunto deConjunto de obrigações exigíveisobrigações exigíveis da empresa.da empresa.
Dívidas que serão reclamadas a partir da data do seuDívidas que serão reclamadas a partir da data do seu
vencimento (até um ano)vencimento (até um ano)
 PASSIVO EXIGÍVEL (CAPITAL DE TERCEIROS)PASSIVO EXIGÍVEL (CAPITAL DE TERCEIROS)
 Recursos de Terceiros (dinheiro)Recursos de Terceiros (dinheiro);;
 Capital de TerceirosCapital de Terceiros;;
 Fornecedores (de mercadorias)Fornecedores (de mercadorias);;
 Funcionários (salários)Funcionários (salários);;
 Governo (impostos)Governo (impostos);;
 Bancos (empréstimos) etc.Bancos (empréstimos) etc.
PASSIVOPASSIVO
Evidencia o
endividamento
da empresa.
3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL
grupo de contasgrupo de contas
3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL
grupo de contasgrupo de contas
Grupos de Contas do PassivoGrupos de Contas do Passivo
Não CirculanteNão Circulante
Conjunto deConjunto de obrigações exigíveisobrigações exigíveis da empresa.da empresa.
Dívidas que serão liquidadas com prazo superior a umDívidas que serão liquidadas com prazo superior a um
anoano
 PASSIVO EXIGÍVEL (CAPITAL DE TERCEIROS)PASSIVO EXIGÍVEL (CAPITAL DE TERCEIROS)
 FinanciamentosFinanciamentos;;
 Títulos a pagarTítulos a pagar;;
 Empréstimos bancários;Empréstimos bancários;
 etc.etc.
PASSIVOPASSIVO
Evidencia o
endividamento
da empresa.
3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL
grupo de contasgrupo de contas
3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL
grupo de contasgrupo de contas
PASSIVOPASSIVO
PATRIMÔNIO LÍQUIDOPATRIMÔNIO LÍQUIDO
Não ExigívelNão Exigível
Total de recursos investidos pelos proprietários.Total de recursos investidos pelos proprietários.
Normalmente compostos de capital e lucros retidos (parteNormalmente compostos de capital e lucros retidos (parte
do lucro não distribuído aos donos mas reinvestido nado lucro não distribuído aos donos mas reinvestido na
empresa.empresa.
3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL
grupo de contasgrupo de contas
3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL
grupo de contasgrupo de contas
Visão sintética do balançoVisão sintética do balanço
3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL
grupo de contasgrupo de contas
3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL
grupo de contasgrupo de contas

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Ccnccap3

Ccnccap3 balanco patrimonial
Ccnccap3 balanco patrimonialCcnccap3 balanco patrimonial
Ccnccap3 balanco patrimonial
capitulocontabil
 
Cap 05 balanco.patrimonial...grupo.de.contas
Cap 05 balanco.patrimonial...grupo.de.contasCap 05 balanco.patrimonial...grupo.de.contas
Cap 05 balanco.patrimonial...grupo.de.contas
capitulocontabil
 
Artigo -_ndices_de_endividamento
Artigo  -_ndices_de_endividamentoArtigo  -_ndices_de_endividamento
Artigo -_ndices_de_endividamento
Jonathas Oliveia
 
Balanco patrimonial estrutura 02
Balanco patrimonial estrutura 02Balanco patrimonial estrutura 02
Balanco patrimonial estrutura 02
apostilacontabil
 
Apostila contabilidade avancada
Apostila contabilidade avancadaApostila contabilidade avancada
Apostila contabilidade avancada
zeramento contabil
 
Apostila contabilidade avancada
Apostila contabilidade avancadaApostila contabilidade avancada
Apostila contabilidade avancada
simuladocontabil
 
Analise financeira
Analise financeira Analise financeira
Analise financeira
Thelma Lopes
 
Balanço Patrimonial V 5
Balanço Patrimonial V 5Balanço Patrimonial V 5
Balanço Patrimonial V 5
ctccecbg
 
Faculdade alfredo nasser unifan - introdução à contabilidade - balanço pat...
Faculdade alfredo nasser   unifan -  introdução à contabilidade - balanço pat...Faculdade alfredo nasser   unifan -  introdução à contabilidade - balanço pat...
Faculdade alfredo nasser unifan - introdução à contabilidade - balanço pat...
Bruno Oliveira
 
Escrituração
EscrituraçãoEscrituração
Escrituração
albumina
 
Contabilidade i 13 - unidade xii- demonstração das origens e aplicações de ...
Contabilidade i   13 - unidade xii- demonstração das origens e aplicações de ...Contabilidade i   13 - unidade xii- demonstração das origens e aplicações de ...
Contabilidade i 13 - unidade xii- demonstração das origens e aplicações de ...
geral contabil
 
Apostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basicoApostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basico
apostilacontabil
 
Apostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basicoApostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basico
apostilacontabil
 

Semelhante a Ccnccap3 (20)

Ccnccap3 balanco patrimonial
Ccnccap3 balanco patrimonialCcnccap3 balanco patrimonial
Ccnccap3 balanco patrimonial
 
Balanço patrimonial
Balanço patrimonialBalanço patrimonial
Balanço patrimonial
 
Cap 05 balanco.patrimonial...grupo.de.contas
Cap 05 balanco.patrimonial...grupo.de.contasCap 05 balanco.patrimonial...grupo.de.contas
Cap 05 balanco.patrimonial...grupo.de.contas
 
Palestra- Conceitos Fundamentais- Contabilidade Geral.ppt
Palestra- Conceitos Fundamentais- Contabilidade Geral.pptPalestra- Conceitos Fundamentais- Contabilidade Geral.ppt
Palestra- Conceitos Fundamentais- Contabilidade Geral.ppt
 
Artigo -_ndices_de_endividamento
Artigo  -_ndices_de_endividamentoArtigo  -_ndices_de_endividamento
Artigo -_ndices_de_endividamento
 
Balanco patrimonial estrutura 02
Balanco patrimonial estrutura 02Balanco patrimonial estrutura 02
Balanco patrimonial estrutura 02
 
Introdução a disciplina de contabilidade
Introdução a disciplina de contabilidade Introdução a disciplina de contabilidade
Introdução a disciplina de contabilidade
 
Apostila contabilidade avancada
Apostila contabilidade avancadaApostila contabilidade avancada
Apostila contabilidade avancada
 
Apostila contabilidade avancada
Apostila contabilidade avancadaApostila contabilidade avancada
Apostila contabilidade avancada
 
Apostila de Contabilidade Empresarial v 300
Apostila de Contabilidade Empresarial v 300Apostila de Contabilidade Empresarial v 300
Apostila de Contabilidade Empresarial v 300
 
Analise financeira
Analise financeira Analise financeira
Analise financeira
 
Balanço Patrimonial V 5
Balanço Patrimonial V 5Balanço Patrimonial V 5
Balanço Patrimonial V 5
 
Faculdade alfredo nasser unifan - introdução à contabilidade - balanço pat...
Faculdade alfredo nasser   unifan -  introdução à contabilidade - balanço pat...Faculdade alfredo nasser   unifan -  introdução à contabilidade - balanço pat...
Faculdade alfredo nasser unifan - introdução à contabilidade - balanço pat...
 
Módulo 1 Contabilidade Gerencial
 Módulo 1   Contabilidade Gerencial Módulo 1   Contabilidade Gerencial
Módulo 1 Contabilidade Gerencial
 
Módulo 4 Contabilidade Gerencial
 Módulo 4   Contabilidade Gerencial Módulo 4   Contabilidade Gerencial
Módulo 4 Contabilidade Gerencial
 
Escrituração
EscrituraçãoEscrituração
Escrituração
 
Contabilidade i 13 - unidade xii- demonstração das origens e aplicações de ...
Contabilidade i   13 - unidade xii- demonstração das origens e aplicações de ...Contabilidade i   13 - unidade xii- demonstração das origens e aplicações de ...
Contabilidade i 13 - unidade xii- demonstração das origens e aplicações de ...
 
Atps de contabilidade intermediária
Atps de contabilidade intermediáriaAtps de contabilidade intermediária
Atps de contabilidade intermediária
 
Apostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basicoApostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basico
 
Apostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basicoApostila contabilidade geral manual basico
Apostila contabilidade geral manual basico
 

Último

O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
LuanaAlves940822
 

Último (20)

Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdfPLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em criançasSlide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
 
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalTrabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfDiálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
 

Ccnccap3

  • 1. 3.1 – Justificativas;3.1 – Justificativas; 3.2 – Uma introdução didática;3.2 – Uma introdução didática; 3.3 – Grupos de contas do Ativo;3.3 – Grupos de contas do Ativo; • Ativo Circulante.Ativo Circulante. • Ativo Não-Circulante.Ativo Não-Circulante. 3.4 – Grupos de contas do Passivo.3.4 – Grupos de contas do Passivo. • Passivo Circulante.Passivo Circulante. • Passivo Não-Circulante.Passivo Não-Circulante. • Patrimônio LíquidoPatrimônio Líquido 3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL grupo de contasgrupo de contas 3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL grupo de contasgrupo de contas
  • 2. CONCEITO DE CURTO E LONGO PRAZOSCONCEITO DE CURTO E LONGO PRAZOS Longo PrazoCurto Prazo X1 X2 31.12.X131.12.X0 • Curto Prazo  até um ano (conceito geral) • Longo Prazo  Período acima de um ano 2) Grau de Liquidez – Decrescente2) Grau de Liquidez – Decrescente: os itens de maior liquidez sãoos itens de maior liquidez são classificados em primeiro plano e os de menor liquidez aparecem em último lugarclassificados em primeiro plano e os de menor liquidez aparecem em último lugar 3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL grupo de contasgrupo de contas 3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL grupo de contasgrupo de contas JustificativasJustificativas Regras para a distribuição deRegras para a distribuição de contascontas no Balanço Patrimonialno Balanço Patrimonial 1) Prazo:1) Prazo:
  • 3. Circulante: as contas recebidas e pagas rapidamenteCirculante: as contas recebidas e pagas rapidamente se renovam constantemente (estão sempre girando),se renovam constantemente (estão sempre girando), assim, foi dado o nome deassim, foi dado o nome de CirculanteCirculante (corrente),(corrente), tanto para o Ativo como para o Passivo.tanto para o Ativo como para o Passivo. Circulante: as contas recebidas e pagas rapidamenteCirculante: as contas recebidas e pagas rapidamente se renovam constantemente (estão sempre girando),se renovam constantemente (estão sempre girando), assim, foi dado o nome deassim, foi dado o nome de CirculanteCirculante (corrente),(corrente), tanto para o Ativo como para o Passivo.tanto para o Ativo como para o Passivo. 3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL grupo de contasgrupo de contas 3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL grupo de contasgrupo de contas ATIVOATIVO PASSIVOPASSIVO Circulante:Circulante: recebe rapidamenterecebe rapidamente Itens que já são dinheiro ou queItens que já são dinheiro ou que serão transformados em dinheiroserão transformados em dinheiro rapidamente (Curto Prazo)rapidamente (Curto Prazo) Não Circulante:Não Circulante: Recebe lentamenteRecebe lentamente Circulante:Circulante: paga-se rapidamentepaga-se rapidamente Todas as contas que serão pagasTodas as contas que serão pagas rapidamente, no Curto Prazo, ourapidamente, no Curto Prazo, ou em até 1 ano.em até 1 ano. Não Circulante:Não Circulante: Demora-se muito tempo paraDemora-se muito tempo para pagarpagar Uma introdução didáticaUma introdução didática
  • 4. ATIVO CIRCULANTECIRCULANTE Grupo que gera dinheiro para a empresa pagar suasGrupo que gera dinheiro para a empresa pagar suas contas a curto prazo.contas a curto prazo. - DisponívelDisponível (Caixa e Bancos)(Caixa e Bancos) - Contas a receber:Contas a receber: são valores ainda não recebidos decorrentes de vendassão valores ainda não recebidos decorrentes de vendas de mercadorias ou prestação de serviços a prazo.de mercadorias ou prestação de serviços a prazo. - Estoques:Estoques: são mercadorias a serem vendidas. No caso de indústria, são ossão mercadorias a serem vendidas. No caso de indústria, são os produtos acabados, bem como a matéria-prima e outros materiais secundários queprodutos acabados, bem como a matéria-prima e outros materiais secundários que compõem o produto de fabricação.compõem o produto de fabricação. -Investimento temporário:Investimento temporário: são aplicações realizadas normalmente no mercadosão aplicações realizadas normalmente no mercado financeiro com excedente de caixa.financeiro com excedente de caixa. - Deduções do circulante:Deduções do circulante: a parcela estimada pela empresa que não seráa parcela estimada pela empresa que não será recebida em decorrência de maus pagadores (PDD).recebida em decorrência de maus pagadores (PDD). 3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL grupo de contasgrupo de contas 3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL grupo de contasgrupo de contas Grupos de Contas do AtivoGrupos de Contas do Ativo
  • 5. NÃO CIRCULANTENÃO CIRCULANTE Realizável a Longo PrazoRealizável a Longo Prazo Compreende itens que serão realizados em dinheiro aCompreende itens que serão realizados em dinheiro a longo prazo (período superior a um ano), ou de acordolongo prazo (período superior a um ano), ou de acordo com o ciclo operacional da atividade predominante.com o ciclo operacional da atividade predominante. Os empréstimos que a empresa faz a diretores e aOs empréstimos que a empresa faz a diretores e a coligadas são classificados neste grupocoligadas são classificados neste grupo.  Adiantamentos concedidos às sociedades coligadas ou controladas.  Adiantamentos concedidos a diretores.  Adiantamentos concedidos a acionistas. ATIVO 3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL grupo de contasgrupo de contas 3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL grupo de contasgrupo de contas
  • 6. Itens que dificilmente se transformarão em dinheiroItens que dificilmente se transformarão em dinheiro InvestimentosInvestimentos Não ligados à atividade-fim da empresa.Não ligados à atividade-fim da empresa. Ex: AçõesEx: Ações outras Cias., Terrenosoutras Cias., Terrenos ImobilizadoImobilizado  Totalmente correlacionado com a atividade-fim.Totalmente correlacionado com a atividade-fim. Ex:Ex: Prédios, Veículos, Máquinas.Prédios, Veículos, Máquinas. IntangívelIntangível  Itens que representam bens intangíveis (incorpóreos).Itens que representam bens intangíveis (incorpóreos). Ex:Ex: marcas e patentes.marcas e patentes. ATIVO 3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL grupo de contasgrupo de contas 3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL grupo de contasgrupo de contas
  • 7. CirculanteCirculante Conjunto deConjunto de obrigações exigíveisobrigações exigíveis da empresa.da empresa. Dívidas que serão reclamadas a partir da data do seuDívidas que serão reclamadas a partir da data do seu vencimento (até um ano)vencimento (até um ano)  PASSIVO EXIGÍVEL (CAPITAL DE TERCEIROS)PASSIVO EXIGÍVEL (CAPITAL DE TERCEIROS)  Recursos de Terceiros (dinheiro)Recursos de Terceiros (dinheiro);;  Capital de TerceirosCapital de Terceiros;;  Fornecedores (de mercadorias)Fornecedores (de mercadorias);;  Funcionários (salários)Funcionários (salários);;  Governo (impostos)Governo (impostos);;  Bancos (empréstimos) etc.Bancos (empréstimos) etc. PASSIVOPASSIVO Evidencia o endividamento da empresa. 3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL grupo de contasgrupo de contas 3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL grupo de contasgrupo de contas Grupos de Contas do PassivoGrupos de Contas do Passivo
  • 8. Não CirculanteNão Circulante Conjunto deConjunto de obrigações exigíveisobrigações exigíveis da empresa.da empresa. Dívidas que serão liquidadas com prazo superior a umDívidas que serão liquidadas com prazo superior a um anoano  PASSIVO EXIGÍVEL (CAPITAL DE TERCEIROS)PASSIVO EXIGÍVEL (CAPITAL DE TERCEIROS)  FinanciamentosFinanciamentos;;  Títulos a pagarTítulos a pagar;;  Empréstimos bancários;Empréstimos bancários;  etc.etc. PASSIVOPASSIVO Evidencia o endividamento da empresa. 3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL grupo de contasgrupo de contas 3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL grupo de contasgrupo de contas
  • 9. PASSIVOPASSIVO PATRIMÔNIO LÍQUIDOPATRIMÔNIO LÍQUIDO Não ExigívelNão Exigível Total de recursos investidos pelos proprietários.Total de recursos investidos pelos proprietários. Normalmente compostos de capital e lucros retidos (parteNormalmente compostos de capital e lucros retidos (parte do lucro não distribuído aos donos mas reinvestido nado lucro não distribuído aos donos mas reinvestido na empresa.empresa. 3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL grupo de contasgrupo de contas 3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL grupo de contasgrupo de contas
  • 10. Visão sintética do balançoVisão sintética do balanço 3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL grupo de contasgrupo de contas 3 – BALANÇO PATRIMONIAL3 – BALANÇO PATRIMONIAL grupo de contasgrupo de contas