O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Clima, tempo e vegetação 6º ano, Ensino Fundamental II

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 40 Anúncio

Clima, tempo e vegetação 6º ano, Ensino Fundamental II

Baixar para ler offline

Apresentação pensada originalmente para uma turma do 6º ano do Ensino Fundamental II. Procura apresentar de forma didática os conceitos e temas pertinentes às áreas da geografia física (clima, tempo e vegetação).

Apresentação pensada originalmente para uma turma do 6º ano do Ensino Fundamental II. Procura apresentar de forma didática os conceitos e temas pertinentes às áreas da geografia física (clima, tempo e vegetação).

Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Semelhante a Clima, tempo e vegetação 6º ano, Ensino Fundamental II (20)

Anúncio

Mais recentes (20)

Clima, tempo e vegetação 6º ano, Ensino Fundamental II

  1. 1. ProfºJacianeAnízio
  2. 2. AAtmosfera  A atmosfera é a camada de gases que envolve parte dos planetas.  A atmosfera terrestre possui aproximadamente 800 Km de espessura.  É composta por 78% de nitrogênio, 21% de oxigênio e 1% de outros gases (argônio, gás carbônico, hélio etc.)
  3. 3.  A atmosfera se divide em quatro camadas de acordo com a latitude: Estratosfera Mesosfera Troposfera Termosfera.
  4. 4. O tempo atmosférico  Estado momentâneo da atmosfera em determinado lugar da superfície terrestre. Um dia nublado por exemplo, é uma característica do tempo atmosférico, afinal, ele não fica assim o tempo todo.
  5. 5. O Clima  É definido por elementos como a temperatura, a umidade do ar e a pressão atmosférica.  Os principais fatores que influenciam o clima são:  Altitude;  Latitude;  Marítimidade;  Continentalidade.
  6. 6. Tipos de chuva  Chuva convectiva: ocorrem pela ascensão do ar que contém vapor de água, que se resfria em contato com as camadas mais frias da troposfera.
  7. 7.  Chuva orográfica: conhecidas como chuvas de relevo, pois elas ocorrem nas encostas de serras e montanhas.
  8. 8.  Chuva frontal: ocorrem quando a movimentação da atmosfera coloca em contato volumes de ar frio e de ar quente e úmido.
  9. 9. Radiação solar e pressão atmosférica  Três zonas térmicas:  Intertropical,  Temperada.  Polar.
  10. 10.  Pressão atmosférica  Corresponde ao peso que a atmosfera exerce sobre a superfície terrestre. Essa pressão não é uniforme (desigual), variando de acordo com a temperatura e a altitude do lugar.
  11. 11. A circulação atmosférica global  As diferenças de pressão atmosférica entre os lugares possibilitam o deslocamento do ar, que origina os ventos, que se movem das áreas de alta pressão para as áreas de baixa pressão.
  12. 12. Ventos locais  As brisas são ventos litorâneos diários causados pela diferença de pressão e temperatura entre as superfícies oceânicas e continentais.  Como o continente se aquece mais rápido do que as águas oceânicas, durante o dia os ventos se deslocam do mar para o continente (brisa marítima).  A noite, o continente se esfria mais rápido que as águas oceânicas, assim, inverte-se a direção, e os ventos se deslocam do continente para o oceano (brisa continental)
  13. 13. As correntes marítimas  São extensas massas de água que se deslocam pelos oceanos e apresentam condições específicas de temperatura e salinidade.  As correntes marítimas influenciam o clima e se diferenciam em correntes quentes, originadas em regiões próximas a linha do equador, e correntes marítimas frias, formadas em regiões próximas aos pólos.
  14. 14. As massas de ar  São grandes porções de ar da troposfera que apresentam características específicas de temperatura, pressão e umidade.  Quando se movem, essas maças levam suas características às regiões para as quais se deslocam, interferindo nas condições metereologicas locais.  Durante seu percurso, elas podem ter suas características modificadas, tornando-se mais ou menos úmidas, resfriando-se ou aquecendo-se.
  15. 15. Massas de ar no Brasil
  16. 16. Climas da terra
  17. 17. Impactos sociais sobre o clima
  18. 18. Chuva ácida  Resultado da reação do vapor de água a determinados poluentes lançados na atmosfera, aumentando a acidez natural das chuvas.
  19. 19. Inversão térmica  Ocorre principalmente em grandes cidades.
  20. 20. Ilhas de calor  São comuns nas áreas centrais das grandes cidades, onde as temperaturas costumam ser mais elevadas que nas regiões periféricas.
  21. 21. Efeito estufa  Fenômeno natural que consiste na retenção, por meio de gases presentes na atmosfera, de parte do calor irradiado pela superfície terrestre.
  22. 22. Aquecimento global  A intensificação do efeito estufa na atualidade é chamado de aquecimento global.
  23. 23. A Distribuição da vegetação no globo
  24. 24.  A vegetação natural apresenta diferentes características e se distribui pela superfície terrestre de acordo com a combinação de fatores relacionados a atmosfera, a litosfera e a hidrosfera.  Grandes áreas que reúnem espécies de fauna e flora em constante interação são classificados como BIOMAS.
  25. 25. Zonas térmicas e formações vegetais  As formações vegetais que caracterizam os biomas se desenvolvem principalmente conforme o tipo de clima, relevo e solo em cada porção da terra.
  26. 26.  Quanto a faixa de temperatura propicias ao desenvolvimento da vegetação, podemos dividir as formações vegetais em três grandes grupos:  Megatérmicas: vegetação adaptada e que necessita de temperaturas superiores 30°.  Mesotérmicas: vegetação adaptada a locais com temperaturas entre 12° e 15°.  Microtérmicas: vegetação que necessita de temperaturas inferiores a 12°.
  27. 27. Biomas terrestres  De acordo com as características climáticas da superfície terrestre, os biomas podem ser agrupados em quatro conjuntos: Tropicais, Temperados, Polares e Desérticos.
  28. 28. Biomas Tropicais
  29. 29. Florestas equatoriais e tropicais  Típicas de regiões de clima quente e úmido, com baixa amplitude térmica. Floresta amazônica Floresta úmida equatorial
  30. 30. Savanas (Cerrado)  Típica de clima tropical, com estação chuvosa e outra seca. Composta por arbustos e gramíneas, com árvores esparsas. Cerrado brasileiro Savana africana
  31. 31. Biomas de clima temperado
  32. 32. Florestas temperadas  Localizadas nas regiões de clima temperado, as florestas temperadas situam-se entre os pólos e os trópicos. Floresta temperada sazonal Quatro estações em floresta temperada
  33. 33. Floresta de coníferas (Taiga)  Possui uma pequena diversidade de espécies, com predominância de pinheiros. Floresta de coníferas canadense
  34. 34. Vegetação mediterrânea  Constituída de espécies arbustivas, como as videiras, e árvores de pequeno e médio portes.
  35. 35. Pradarias  Características de climas temperados, com estações frias e longos períodos de seca. Pradarias do norte americano
  36. 36. Paisagens Polares  Devido ao clima polar o solo permanece congelado na maior parte do ano. Nas épocas menos frias, onde as temperaturas não ultrapassam 10°, se desenvolve a vegetação formada por musgos, liquens e plantas rasteiras.
  37. 37. Paisagens desérticas
  38. 38. Vegetação desértica  A vegetação é adaptada as condições de umidade muito baixa e as altas temperaturas que ocorrem durante o dia, quando existentes são gramíneas e arbustos.  Nas regiões semidesérticas (semi-áridas e semidesérticas) apresentam características intermediárias entre savanas e desertos. Nessas regiões predominam vegetação rasteira e arbustos.
  39. 39. A sociedade e os biomas

×