Profetas Menores I - Apresentação

14.819 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual, Tecnologia
4 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
14.819
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
151
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
426
Comentários
4
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Profetas Menores I - Apresentação

  1. 1. Os profetas menores (I) A primeira abordagem Oséias / Joel / Amós Obadias / Jonas Introdução ao Trimestre
  2. 2. Neste trimestre, vamos deter-nos em refletir sobre a mensagem contida nos livros dos profetas menores, começando em Oséias, o primeiro deles, na ordem prescrita pelo cânon bíblico do Antigo Testamento e terminando em Jonas, abordando então o ministério profético de apenas cinco dos que foram denominados de “profetas menores”. Os sete restantes deles (de Miquéias a Malaquias) ficam para um outro trimestre.
  3. 3. Para introduzir-nos ao estudo desta época tão rica em registros históricos que remontam a cerca de 8 séculos antes de Cristo, mas ao mesmo tempo tão plena de ensinamentos para os dias de nossa modernidade, nada como descrever em caráter preliminar cada um dos ministérios vividos por estes homens de Deus.
  4. 4. OSÉIAS O primeiro deles, Oséias , foi profeta no reino do norte, o reino de Israel. Exerceu seu ministério em torno dos anos 750 a.C, tendo sido contemporâneo dos reinados de Jeroboão II, em Samaria, capital do reino do Norte, e de Uzias, Jotão, Acaz e Ezequias no reino do Sul, em Jerusalém, num ministério de cerca de 50 anos.
  5. 5. JOEL Joel , é para os estudiosos um verdadeiro enigma, quanto à época (800 ou 400 a.C) e quanto ao seu conteúdo profético, mais próprio do NT, como, por exemplo, a efusão do Espírito e as citações que nos apontam os tempos escatológicos no Apocalipse de João. Alguns desses estudiosos acham também que o texto teria sido escrito por mais de uma pessoa.
  6. 6. AMÓS O terceiro deles, Amós , teria vivido em um tempo pouco posterior ao tempo de Joel na primeira hipótese. Ele tem o seu tempo de profecia nos dias de Uzias em Judá, com capital em Jerusalém, e Jeroboão II em Israel, com capital em Samária, (779 a 740 a.C). Ele era um simples pastor de Tecoa, mas foi chamado por Deus para o ministério profético e o exerceu com muita coragem e destemor, alertando Israel e Judá.
  7. 7. OBADIAS Obadias quer dizer "aquele que adora ao Senhor". Pouco sabemos dele e de sua época. Sua profecia tão pequena vai ser uma proclamação contra o povo de Edom por este estar se regozijando com uma situação difícil que Israel estaria atravessando. Diante disto, o profeta vai dizer que, embora ele estivesse aparentemente bem e feliz com a adversidade de Judá, o seu futuro não seria nada risonho.
  8. 8. JONAS Jonas, podemos considerar como um dos mais contraditórios personagens bíblicos. Ele seria um profeta do reino do Norte, e teria profetizado ao tempo de Jeroboão II (850 a.C.). Por esta época, temos também o registro histórico, e não bíblico, da opulência de Nínive, reino assírio, durante o reinado de Adade-Nirari III, que situa-se em torno de 810 a.C. Sua história e sua mensagem compõem um dos textos mais conhecidos do AT, quer pela teimosia dele, quer pelos milagres que registra, quer pela transformação que sua mensagem causou.
  9. 9. Concluindo: Estes serão os personagens que estarão diante de nós neste trimestre. O que é significativo, e temos certeza que todos os leitores irão concordar conosco ao final desta caminhada é como atos e pensamentos de tempos tão distantes para os nossos, podem ainda nos falar ao coração pela instrumentalidade do Santo Espírito de Deus.
  10. 10. Embora o tema central de todas as suas profecias sejam os descaminhos do povo de Deus tanto no Reino do Norte como no Reino do Sul, a grande verdade é que suas mensagens têm muito a ver com os nossos dias, feitas as devidas correções de época, costumes e cultura.
  11. 11. Oséias estaria falando para os problemas dos relacionamentos conjugais dos dias de hoje, onde a sociedade moderna cada vez mais vai deslustrando o significado e sentido da instituição divina do casamento e da formação da família em bases sociais, morais e cristãs.
  12. 12. Joel estaria falando para a igreja de Cristo em nossos dias, mostrando que só através de uma verdadeira conversão a Deus é que a efusão do Espírito Santo de Deus se dá de maneira efetiva na vida dos crentes e na vida da própria igreja, tornando assim realidade a plenitude do Reino de Deus na face da terra.
  13. 13. Amós seria a palavra do líder espiritual contra a corrupção que campeia nos dias de hoje em todos os escalões da sociedade, governo, empresas, famílias e igrejas, chamando a atenção para o abismo moral e social que tal situação vai criando, numa degeneração completa da humanidade.
  14. 14. Obadias, seria a conclamação contra o espírito de vindita e satisfação que muitas vezes toma conta do coração dos homens que passam a se alegrar com a desgraça ou a queda de seus adversários, julgando-se livres delas e por isso mesmo, zombando e ridicularizando os demais.
  15. 15. Jonas seria o grito de alerta para igreja de Cristo no campo da evangelização em nossos dias. Nosso comodismo em atender ao apelo do Senhor que vem desde os tempos antigos, seria duramente criticado pelo profeta que deve ter aprendido com o Senhor sobre o valor de cada alma humana que se perde.
  16. 16. Assim, temos pela frente um novo trimestre que nos vai levar a reconhecer mais e mais o valor imperecível da Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada, que depois de 2.800 anos continua falando com atualidade ao coração da igreja de Cristo que somos nós hoje, em pleno século XXI.

×