"Há diversidade de dons, mas um só Espírito"

7.802 visualizações

Publicada em

Estudo 07 - As Epístolas aos Coríntios.
Escola Bíblica Dominical

Publicada em: Espiritual, Tecnologia, Turismo
1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.802
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3.671
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
82
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

"Há diversidade de dons, mas um só Espírito"

  1. 1. As Epístolas aos Coríntios Estudo 07 “Há diversidade de dons, mas um só Espírito” Texto bíblico – 1Co 12a14 (Texto áureo – 1Co 12.31) “Mas procurai com zelo os maiores dons. Ademais, eu vos mostrarei um caminho mais excelente.”
  2. 2. As Epístolas aos Coríntios Introdução (I)Como observamos desde o início, o apóstolo vem abordando aspectos práticos e vivenciais da vida cristã que os coríntios deviam preservar. Ele agora, vai abordar um aspecto eminentemente espiritual para os coríntios e para nós crentes em Cristo Jesus de qualquer época ou nação.
  3. 3. As Epístolas aos Coríntios Introdução (II) Para nos situar, lembremo-nos que em cada capítulo e lição que temos estudado, algo do dia-a-dia do crente tem sido ressaltado pelo apóstolo: Vida diferenciada/Santidade – Cap. 1 Fuga ao mundanismo/A mente de Cristo – Caps. 2,3 Pureza na vida cristã/Massa nova – Caps. 4,5; Igreja e casamento/Santuários do Espírito – Caps. 6,7;Cuidados com os escândalos/Ministério cristão – Caps. 8,9; Liberdade cristã/Cultos estranhos/Ceia – Caps. 10,11.
  4. 4. Introdução (III) A diversidade dosNa lição de hoje dons espirituais (12):o apóstolo vai nos levar Quando descreve aquiloao estudo de três que o Espírito Santotemas profundamente pode fazer emespirituais: cada um de nós. A supremacia de um dom sobre os demais (14): Quando destaca aquele que deve ser buscado por todos os crentes; E o caminho para exercê-los (13): E, aponta então o caminho para o melhor exercício desses dons.
  5. 5. As Epístolas aos Coríntios Introdução (IV) As igrejas se espalhavam pelo mundo e cada uma delas, bem como seus membros queriam servir ao Senhor da maneira mais positiva possível.Neste afã, alguns crentes eigrejas, começaram a por emprática, alguns exercíciosespirituais, que sem o devidoequilíbrio, poderiam contribuirpara o desvio da fé, da vidacristã verdadeira, e mesmo para o início de umsentimento de vaidade pessoal que não poderiaexistir na igreja de Cristo que se constituia.
  6. 6. As Epístolas aos Coríntios Introdução (V) O tema é tão importante que o apóstolo vai se referir a ele de forma categórica em mais duas outras cartas: Na Carta aos Romanos 12 e na Carta aos Efésios 4. Ele sabia que se tais Ele lembrava do que se deu diretrizes não fossem com Simão em Samaria (At 8.18,19) e assistiu devidamente firmadas atambém a ação de Elimas em igreja poderia desvirtuar a Pafos (At 13.8) sua missão.
  7. 7. As Epístolas aos Coríntios Introdução (VI) Estes três capítulos sãofundamentais para o melhor entendimento pelo crente da doutrina dos dons espirituais. Por isso o estudo hoje dos três emconjunto. A visão global que eles nos oferecem não (Como colocamos no poderia ser separada em início, vamos lê-los emestudos diferentes, pois os ordem diferente:três textos se completam e 12, 14 e finalmente o se integralizam. 13, para completar)
  8. 8. Vamos abrir as nossas Bíblias nesses três capítulos da Carta e acompanhar com a leitura atenta as recomendações do apóstolo:(Os textos estarãoindicados de formareduzida na tela.Os alunos que irãolê-los, deverãofazê-lo de formacompleta nas suasBíblias).
  9. 9. 1. Ora, a respeito dos dons espirituais, não quero, 1Coríntios 12.1-11irmãos, que sejais ignorantes.2. Vós sabeis que, quando éreis gentios, vosdesviáveis para os ídolos mudos, conforme éreis A palavra dom é derivada de umalevados.3. Portanto vos quero fazer compreender que palavra que tambémninguém, falando pelo Espírito de Deus, diz: Jesus éanátema! e ninguém pode dizer: Jesus é o Senhor!senão pelo Espírito Santo.4. Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o significa graça. Istomesmo.5. E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o implica dizer que osmesmo.6. E há diversidade de operações, mas é o mesmo “dons espirituais”sãoDeus que opera tudo em todos.7. A cada um, porém, é dada a manifestação do manifestações daEspírito para o proveito comum. graça de Deus sobre a vida dos crentes,8. Porque a um, pelo Espírito, é dada a palavra dasabedoria; a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da a fim de promover aciência;9. a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; a outro, pelomesmo Espírito, os dons de curar;10. a outro a operação de milagres; a outro a profecia; edificação do corpoa outro o dom de discernir espíritos; a outro avariedade de línguas; e a outro a interpretação de de Cristo: a sualínguas.11. Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas igreja!coisas, distribuindo particularmente a cada um comoquer.
  10. 10. 1Coríntios 12.12-21 12 Porque assim como o corpo é um e tem muitos membros, e todos os membros do corpo, embora muitos, formam um só corpo, assim também é Cristo. Os dons espirituais 13. Pois em um só Espírito fomos todos nós são habilidades batizados em um só corpo, quer judeus, quer gregos, quer escravos quer livres; e a todos nós foi especiais que Deus dado beber de um só Espírito. 14. Porque também o corpo não é um membro, masdistribui aos crentes muitos. 15. Se o pé disser: Porque não sou mão, não sou do de acordo com a sua corpo; nem por isso deixará de ser do corpo. vontade soberana. 16. E se a orelha disser: Porque não sou olho, não sou do corpo; nem por isso deixará de ser do corpo. Todos os crentes, 17. Se o corpo todo fosse olho, onde estaria o ouvido? Se todo fosse ouvido, onde estaria o temos sempre, pelo olfato? 18. Mas agora Deus colocou os membros no corpo, menos um dom. cada um deles como quis.Esses dons devem ser 19. E, se todos fossem um só membro, onde estaria o corpo?exercidos na unidade 20. Agora, porém, há muitos membros, mas um só corpo. do corpo de Cristo, 21. E o olho não pode dizer à mão: Não tenho necessidade de ti; nem ainda a cabeça aos pés: Não para o proveito da tenho necessidade de vós.igreja como um todo.
  11. 11. 22. Antes, os membros do corpo que parecem ser mais 1Coríntios 12.22-31fracos são necessários;23. e os membros do corpo que reputamos seremmenos honrosos, a esses revestimos com muito mais Para mostrar ahonra; e os que em nós não são decorosos têm muitomais decoro, integração que deve24. ao passo que os decorosos não têm necessidadedisso. Mas Deus assim formou o corpo, dando muito existir na igrejamais honra ao que tinha falta dela,25. para que não haja divisão no corpo, mas que os para o devidomembros tenham igual cuidado uns dos outros. exercício dos dons do Espírito pelos26. De maneira que, se um membro padece, todos osmembros padecem com ele; e, se um membro éhonrado, todos os membros se regozijam com ele.27. Ora, vós sois corpo de Cristo, e individualmente crentes, ele faz aseus membros.28. E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente analogia da igreja eapóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro sua membresia, com o corpo humano,mestres, depois operadores de milagres, depois donsde curar, socorros, governos, variedades de línguas.29. Porventura são todos apóstolos? são todosprofetas? são todos mestres? são todos operadores de onde todos osmilagres? órgãos são30. Todos têm dons de curar? falam todos em línguas?interpretam todos? essenciais e31. Mas procurai com zelo os maiores dons. Ademais,eu vos mostrarei um caminho sobremodo excelente. necessários.
  12. 12. 1Coríntios 14.1-9 1. Segui o amor; e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar. Os dois dons mais 2. Porque o que fala em língua não fala aos homens, mas a Deus; pois ninguém o entende; porque em buscados pelos espírito fala mistérios. 3. Mas o que profetiza fala aos homens para pioneiros do edificação, exortação e consolação. Evangelho, eram os 4. O que fala em língua edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja. da profecia (pregar) 5. Ora, quero que todos vós faleis em línguas, mas muito mais que profetizeis, pois quem profetiza ée o de “falar línguas” maior do que aquele que fala em línguas, a não ser que também interprete para que a igreja receba pelo impacto que foi edificação.o dia de Pentecostes. 6. E agora, irmãos, se eu for ter convosco falando em línguas, de que vos aproveitarei, se vos não falar ouNo entanto, Paulo vai por meio de revelação, ou de ciência, ou de profecia, ou de doutrina? demonstrar que o 7. Ora, até as coisas inanimadas, que emitem som, mais eficaz e seja flauta, seja cítara, se não formarem sons distintos, como se conhecerá o que se toca na flauta proveitoso para a ou na cítara? 8. Porque, se a trombeta der sonido incerto, quem se igreja era o dom da preparará para a batalha? 9. Assim também vós, se com a língua não profecia, ou da pronunciardes palavras bem inteligíveis, como sepregação da Palavra. entenderá o que se diz? porque estareis como que falando ao ar.
  13. 13. 10. Há, por exemplo, tantas espécies de vozes nomundo, e nenhuma delas sem significação. 1Coríntios 14.10-1911. Se, pois, eu não souber o sentido da voz, sereiestrangeiro para aquele que fala, e o que fala será Paulo então orientaestrangeiro para mim.12. Assim também vós, já que estais desejosos de sobre os cuidadosdons espirituais, procurai abundar neles para a que deveriam ter comedificação da igreja.13. Por isso, o que fala em língua, ore para que a os excessos que em possa interpretar.14. Porque se eu orar em língua, o meu espírito ora, nome do Espíritosim, mas o meu entendimento fica infrutífero. poderiam estar sendo15. Que fazer, pois? Orarei com o espírito, mas tambémorarei com o entendimento; cantarei com o espírito, cometidos.mas também cantarei com o entendimento. O “falar em línguas”16. De outra maneira, se tu bendisseres com o espírito,como dirá o amém sobre a tua ação de graças aquele que era tão buscado,que ocupa o lugar de indouto, visto que não sabe oque dizes? por ser diferenciado,17. Porque realmente tu dás bem as graças, mas o era inexplicável paraoutro não é edificado.18. Dou graças a Deus, que falo em línguas mais do a maioria dosque vós todos.19. Todavia na igreja eu antes quero falar cinco ouvintes. De quepalavras com o meu entendimento, para que possa adiantava este domtambém instruir os outros, do que dez mil palavras emlíngua. então?
  14. 14. 1Coríntios 14.20-25 20. Irmãos, não sejais meninos no entendimento; na malícia, contudo, sede Paulo chama a criancinhas, mas adultos no entendimento. atenção para o 21. Está escrito na lei: Por homens de outras línguas e por lábios de estrangeiroscuidado que deveriam falarei a este povo; e nem assim me ouvirão, ter com essas diz o Senhor. 22. De modo que as línguas são um sinal, manifestações ditas não para os crentes, mas para os espirituais que incrédulos; a profecia, porém, não é sinal para os incrédulos, mas para os crentes.poderiam causar até 23. Se, pois, toda a igreja se reunir num certa aversão ao mesmo lugar, e todos falarem em línguas, e Evangelho por parte entrarem indoutos ou incrédulos, não dirão porventura que estais loucos? dos incrédulos, pois 24. Mas, se todos profetizarem, e algumsendo algo confuso e incrédulo ou indouto entrar, por todos é convencido, por todos é julgado;indecifrável, em vez 25. os segredos do seu coração se tornam de atrair poderia manifestos; e assim, prostrando-se sobre o seu rosto, adorará a Deus, declarando que criar algum tipo de Deus está verdadeiramente entre vós.desprezo à Palavra.
  15. 15. 1Coríntios 11.23-34 Paulo encerra sua aula sobre os dons espirituais com o magnífico capítulo 13, que é o cerne de toda a verdade sobre a matéria:1. Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como ometal que soa ou como o címbalo que retine.2. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, eainda que tivesse toda fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nadaseria.3. E ainda que distribuísse todos os meus bens para sustento dos pobres, e ainda queentregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.4. O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não seensoberbece,5. não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, nãosuspeita mal;6. não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade;7. tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.8. O amor jamais acaba; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão;havendo ciência, desaparecerá;9. porque, em parte conhecemos, e em parte profetizamos;10. mas, quando vier o que é perfeito, então o que é em parte será aniquilado.11. Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, pensava como menino;mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.12. Porque agora vemos como por espelho, em enigma, mas então veremos face a face; agoraconheço em parte, mas então conhecerei plenamente, como também sou plenamente conhecido.13. Agora, pois, permanecem a fé, a esperança, o amor, estes três; mas o maior destes é o amor.
  16. 16. Conclusão O que você entende por dom espiritual? Você possui algum dom? Este seu dom pode ser praticado na igreja?Você se julga incapacitado para o exercício dele? Que dom você está exercendo hoje para o bem da igreja?
  17. 17. Conclusão Dentre os donsmencionados por Paulo, qual você julga maisindispensável no mundo de hoje: Sabedoria? Ciência? Fé? Curar? Milagres? Profecia? Discernimento?Variedade de línguas?
  18. 18. Para refletir: “O caminho é o amor… Paulo utilizatodo um capítulo para falar sobre o amor… O avivamento do amor emmeio à igreja de Cristo é urgente enecessário… Só com ele poderemos”. exercer os dons com eficácia.” “O Senhor deseja que sejamos seus colaboradores em tudo. Estar disponível é o primeiro passo. Mas precisamos ir mais longe, dando além do primeiro passo algo mais: a nossa dedicação em servi-lo com esforço e capacitação.” Você vive assim?

×