A Epístola aos Romanos Estudo 12 “ Andemos honestamente” Uma lição de cidadania Romanos 13 e 14 ” Pois, se vivemos, para o...
Introdução (I) Desde a lição passada estamos vendo a nova abordagem do apóstolo em sua carta. Não mais abrangendo o proble...
Introdução (II) Em face disto, no capítulo 12 no domingo passado, vimos que ele já via a constituição de um povo unido pel...
Introdução (III) Mas a vida cristã iria exigir mais do que simplesmente a vida devocional do crente. O apóstolo vai então ...
<ul><li>Introdução (IV) </li></ul><ul><li>O apóstolo vai chamar atenção para a conduta ética, moral e social do crente: </...
Respeito às autoridades (13.1-7) O crente tinha que entender que embora vivendo uma vida íntima de submissão a Deus, ele p...
2) A boa convivência social (13.8-14) Mas o crente devia também viver de maneira diferenciada na sociedade. “ Andemos hone...
3) O zelo com os irmãos (14.1-12) Mas, sobretudo, com os irmãos na fé, o crente deveria viver uma vida de solidariedade e ...
4)O bom uso da liberdade cristã (14.13-23) Voltando ao texto de 8.28 (…  e sabemos que todas as coisas concorrem para o be...
<ul><li>Conclusões </li></ul><ul><li>Num mundo politicamente “incorreto” como você vê a nossa submissão às autoridades?  <...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Andemos honestamente

1.059 visualizações

Publicada em

Estudo 12 - A Epístola aos Romanos

Publicada em: Espiritual, Turismo, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.059
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
47
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
46
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Andemos honestamente

  1. 1. A Epístola aos Romanos Estudo 12 “ Andemos honestamente” Uma lição de cidadania Romanos 13 e 14 ” Pois, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, quer vivamos quer morramos, somos do Senhor
  2. 2. Introdução (I) Desde a lição passada estamos vendo a nova abordagem do apóstolo em sua carta. Não mais abrangendo o problema dos crentes judeus que se julgavam privilegiados, nem da vitória da graça sobre a lei. Depois de 10 capítulos, todos deviam estar conscientes que eram um povo só.
  3. 3. Introdução (II) Em face disto, no capítulo 12 no domingo passado, vimos que ele já via a constituição de um povo unido pela: 1.Vida consagrada (12.1,2) 2.Posse de dons espirituais (12.3-8) 3.Atitudes virtuosas (12.9-21).
  4. 4. Introdução (III) Mas a vida cristã iria exigir mais do que simplesmente a vida devocional do crente. O apóstolo vai então chamar atenção para mais quatro aspectos essenciais para o melhor viver cristão. Ele vai fazer isto nos capítulos 13 e 14 que veremos hoje:
  5. 5. <ul><li>Introdução (IV) </li></ul><ul><li>O apóstolo vai chamar atenção para a conduta ética, moral e social do crente: </li></ul><ul><li>Respeito às autoridades </li></ul><ul><li>(13.1-7) </li></ul><ul><li>2) A boa convivência social (13.8-14) </li></ul><ul><li>3) O zelo com os irmãos (14.1-12) </li></ul><ul><li>4) O bom uso da liberdade cristã (14.13-23) </li></ul>
  6. 6. Respeito às autoridades (13.1-7) O crente tinha que entender que embora vivendo uma vida íntima de submissão a Deus, ele precisava em sua vida de cidadão do mundo, respeitar as autoridades seculares. “ Dai a cada um o que lhe é devido: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem temor, temor; a quem honra, honra”
  7. 7. 2) A boa convivência social (13.8-14) Mas o crente devia também viver de maneira diferenciada na sociedade. “ Andemos honestamente como de dia… Mas, revesti-vos do Senhor Jesus Cristo; e não tenhais cuidado da carne com suas concupiscências.”
  8. 8. 3) O zelo com os irmãos (14.1-12) Mas, sobretudo, com os irmãos na fé, o crente deveria viver uma vida de solidariedade e amor. “ Cada um esteja inteiramente convicto em sua própria mente… Porque nenhum de nós vive para si, e nenhum morre para si.”
  9. 9. 4)O bom uso da liberdade cristã (14.13-23) Voltando ao texto de 8.28 (… e sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus )… o apóstolo recomenda: “ Não seja pois censurado o vosso bem; porque o reino de Deus não consiste no comer e no beber, mas na justiça, na paz e na alegria no Espírito Santo.”
  10. 10. <ul><li>Conclusões </li></ul><ul><li>Num mundo politicamente “incorreto” como você vê a nossa submissão às autoridades? </li></ul><ul><li>Num mundo tão individualista como você vê seu espírito de solidariedade? </li></ul><ul><li>Num mundo tão egoísta como você vê seu espírito de consideração para </li></ul><ul><li>com o seu irmão? </li></ul><ul><li>4) Você renuncia a algo que julga normal para evitar o escândalo do irmão? </li></ul>

×