Guião terço pela Paz

3.459 visualizações

Publicada em

0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.459
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
72
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guião terço pela Paz

  1. 1. — — RECITAÇÃO DO TERÇO PELA PAZ “Rezem o Terço todos os dias, para alcançarem a Paz para o mundo e o fim da guerra” Nossa Senhora em Fátima, 13 de Maio de 1917 Em comunhão com o Papa Francisco e toda a Igreja. Sábado, 7 de Setembro 21:00 horas IGREJA DO SOBREIRO
  2. 2. — 2 — INTRODUÇÃO Em resposta ao apelo do Santo Padre, unimo-nos hoje em oração, pedindo a intercessão da Santíssima Virgem Maria pela paz no Médio Oriente, particu- larmente na Síria, e também pela paz no mundo inteiro, com a oração do Ter- ço do Rosário. «Quanto sofrimento, quanta destruição, quanta dor causou e está causar o uso das armas naquele país atormentado, especialmente entre a população civil e indefesa! Pensemos em quantas crianças não poderão ver a luz do futuro!» (Papa Francisco, Angelus 01-09-2013). Em Fátima, Nossa Senhora pediu com insistência a oração do Terço como meio eficaz para que o mundo tenha paz. Em todas as aparições, a Mãe do Céu repetiu o mesmo apelo: «Rezai o Terço todos os dias, para alcançarem a paz para o mundo e o fim da guerra!». Nesta véspera da Festa do Nascimento da Virgem Santíssima, confiando no amparo e auxílio da Virgem Mãe de Deus, e em comunhão com o Santo Padre, rezemos esta oração tão pedida por Nossa Senhora, pedindo-lhe a dádiva da paz. 1º MISTÉRIO Jesus é o Príncipe da Paz e quer estabelecer no mundo a Paz que só Ele pode dar. De pouco adianta valermo-nos apenas das nossas capacidades humanas, imitadas e muitas vezes condicionadas por interesses mundanos. É preciso reconhecer que a Paz que o mundo precisa vem do Céu e só Deus nos pode dar «este dom demasiado precioso, que deve ser promovido e tutelado» (Papa Francisco, Angelus 01-09-2013). Rezemos este mistério pedindo pelo entendimento entre os governantes das nações que sofrem com a ameaça da guerra, para que promovam iniciativas a favor da paz, baseadas no diálogo e na negociação. MEDITAÇÕES PARA O TERÇO
  3. 3. — 3 — 2º MISTÉRIO O nosso Deus é o Deus da Paz e de toda a consolação. No entanto, o pecado criou no coração do homem sentimentos de ódio que geram violência, crimes e guerras. A dignidade das pessoas e o valor da vida humana encontram-se muito ameaçados nos países onde predomina a discórdia e onde ocorrem con- flitos motivados pelo desejo de poder. Os homens esquecem-se que foram criados à imagem e à semelhança de Deus e, por isso, todas as pessoas devem ver respeitada a sua dignidade. Peçamos, neste mistério, pelas vítimas das guerras e dos actos de violência do mundo inteiro e para que Nosso Senhor converta o coração dos homens que promovem atentados contra a vida e a dignidade humana. 3º MISTÉRIO Uma das mais dolorosas feridas da guerra, são as crianças que ficam órfãs, muitas vezes perdendo os pais diante dos próprios olhos. Nos países em guer- ra, são fechadas escolas e orfanatos e torna-se muito difícil conseguir alimen- tos e lugares de conforto para que as crianças cresçam saudavelmente. Nosso Senhor identifica-se muito com os mais pequeninos, chegando mesmo a dizer: «O que fizerdes a um destes meus irmãos mais pequeninos, a Mim mes- mo o fazeis». (Mt 25,40). Assim, podemos acreditar que toda a nossa ajuda às crianças mais necessitadas, seja ela material ou espiritual, é um acto de amor para com o próprio Jesus! Neste mistério, rezemos por todas as crianças que vivem em países em guerra ou nos quais a paz está ameaçada, principalmente pelas órfãs e pelas que foram abandonadas.
  4. 4. — 4 — 4º MISTÉRIO Num contexto de morte e destruição causado por uma guerra, há sempre quem esteja disposto a ajudar as vítimas. Muitas pessoas de boa vontade não hesitam em ir para o terreno praticando verdadeiras Obras de Misericórdia corporais e espirituais, levando alimentos, cuidados de saúde, roupa… ou ape- nas praticando simples gestos de conforto a quem perdeu a família, os amigos e até a própria terra. Diz o Santo Padre: «Que não se poupe nenhum esforço para garantir a ajuda humanitária às vítimas, particularmente aos deslocados e aos numerosos refugiados nos países vizinhos.» - (Papa Francisco, Angelus 01-09-2013) Peçamos, neste mistério, pelos homens e mulheres misericordiosos, que se dedicam a ajudar as vítimas da guerra e da violência; que o Senhor os recom- pense, um dia, com a Bem-Aventurança eterna. 5º MISTÉRIO Invocamos Nossa Senhora como Rainha da Paz, porque Ela deu à luz o Prínci- pe da Paz, Jesus Cristo. Em Fátima, a Virgem prometeu ao mundo a Paz, se rezássemos o Terço todos os dias e se nos desviássemos do pecado. De facto, não faz sentido pedirmos a paz para o mundo se não nos comprometermos a ter uma vida cada vez mais santa, na graça e na paz de Jesus. É preciso que sejamos construtores da paz nas nossas famílias, nas nossas paróquias, na nossa vida de cada dia. Rezemos este mistério pedindo a Nossa Senhora que reine sempre a paz na nossa Pátria, nas nossas comunidades e nas nossas famílias.
  5. 5. — 5 — MIRACULOSA RAINHA DOS CÉUS Nossa Senhora, Mãe de Jesus, Dá-nos a graça da Tua luz. Virgem Maria, Divina Flor, Dá-nos a esmola do Teu amor. Miraculosa Rainha dos céus Sob o Teu manto tecido de luz, Faz com que a guerra se acabe na terra E haja entre os homens a paz de Jesus. Se em Teu regaço, bendita Mãe, Toda a amargura remédio tem, As nossas almas pedem que vás, Junto da guerra fazer a paz! Pelos velhinhos sem lar nem pão Pelas crianças, flores em botão. Pelos soldados que à guerra vão... Senhora escuta nossa oração! CÂNTICOS MATER ECCLESIAE Da vossa virginal maternidade nasceu, Senhora, o Salvador do mundo, aquele cujo amor foi tão fecundo Que deu a vida eterna à humanidade. Mater Ecclesiae, Regina mundi, Da nobis pacem, Da nobis pacem. Cristo, de cuja morte nasce a vida, Vos confiou, Maria, o mundo inteiro: assim Vos fez o divinal Cordeiro dos homens a pastora destemida Acolhei, Mãe de Deus, a dor humana Trazei-nos a esperança e a alegria! Quem busca proteção em Vós, Maria encontra Jesus Cristo e não se engana. Serva de Deus, humilde, mas eleita, Mãe de Jesus, universal Rainha: guardai a quem Deus chama à sua vinha e servir os irmãos humilde aceita!
  6. 6. — 6 — AVÉ, AVÉ NOSSA SENHORA DA PAZ O povo de Deus Te aclama, Nossa Senhora da Paz. O mundo chama por Ti, És Mãe de Deus, nossa Mãe. Avé! Avé! Nossa Senhora da Paz. A paz que o mundo não tem, Só do Céu nos vem, Só Tu no-la dás. Só Tu, ó Virgem Maria, Rainha do mundo, rainha da paz! A paz que o mundo não tem, À espera de alguém Que a possa trazer: Só Tu, ó Virgem Maria, Senhora do mundo, lhe podes valer! A paz que o mundo procura, Na noite mais escura Do seu caminhar: Só Tu, ó Virgem Maria, Senhora do mundo, o podes salvar! A paz que os Anjos cantaram, E que anunciaram Ao mundo em Belém; Só Tu, ó Virgem Maria, Senhora do mundo, a dás porque és Mãe. TOTUS TUUS Mostrai que sois a Mãe da Humanidade, Por Cristo resgatada no Seu sangue. Salvai-a de tragédias e infortúnios Ao encontro da paz encaminhai-a. Totus tuus Maria! Totus tuus Maria! Mater Christi, Mater Ecclesiae, Totus tuus, Maria! Mostrai que sois a Mãe da Santa Igreja, Guiai em cada dia os seus pastores. Igreja Missionária que anuncia O tempo novo e a Terra Prometida. Connosco caminhai, Mãe da Esperança, Em busca da justiça e da verdade! Jesus ressuscitado é o caminho Vós sois a Mãe da nova Humanidade. Os jovens, porque fazem o futuro, Em Vós encontram sempre as águas vivas! Em Vós encontram sempre Jesus Cristo E em Cristo deles nasce um mundo novo.
  7. 7. — 7 — FINAL DO TERÇO Rezemos estas três Avé Marias pelo triunfo do Coração Imaculado de Nossa Senhora, Rainha da Paz. Ó Maria concebida sem pecado rogai por nós que recorremos a Vós. Avé Maria.. Rainha da Paz, rogai por nós Salvé Rainha Consagração a Nossa Senhora Virgem Santíssima não permitais que eu viva nem morra em pecado mortal. Em pecado mortal não hei-de morrer, que a Virgem Santíssima me há-de valer. Os textos das meditações são uma adaptação do Terço pela Paz do autor Dário Pedrosa
  8. 8. — 8 — ORAÇÃO PELA PAZ Ó Rainha do Santíssimo Rosário, Auxilio dos cristãos, refúgio do género humano e vencedora de todas as batalhas de Deus! Vós, ó Mãe de misericórdia, consegui-nos de Deus a paz; e as graças que podem converter os corações, as graças que reparam, conciliam e asseguram a paz. Santa Rainha da Paz, rogai por nós e dai ao mundo em guerra a paz por quem suspiram os povos, a paz na verdade, na justiça e na caridade de Cristo. Dai a paz das armas e a paz das almas, para que, na tranquilidade do mundo, se dilate o Reino de Deus. Dai a paz aos povos separados pelo erro ou a discórdia, especialmente a aqueles que vos professam singular devoção. Nossa Mãe e Rainha do Mundo, Que o Vosso amor e auxílio acelerem o triunfo do Reino de Deus, e que todas as nações, em paz entre si e com Deus, Vos proclamem Bem-Aventurada e entoem convosco, de um extremo a outro da terra, o eterno cântico de louvor ao Coração de Jesus, em quem se pode encontrar a Verdade, a Vida e a Paz. (Excertos do texto de Consagração do mundo ao Coração Imaculado de Maria, pelo Papa Pio XII a 31 de Outubro de 1942)

×