P ortefólio  R eflexivo de  A prendizagens João Lima   | 2009
«Se a prudência deriva do uso das coisas, a quem compete mais a honra dessa virtude: ao sapiente, que em parte por pudor, ...
 
|   Definição:   Portefólio  | <ul><li>O que  fui … </li></ul>O que  sou … O que  desejo ser … O que  aprendi ! O que sei,...
 
|   Potencialidades   | Flexibilidade  Valorização pessoal  Continuidade  Globalidade  Carácter dialógico  Favorece a refl...
 
|  Indicadores de  qualidade  | Organização e apresentação  Representatividade das tarefas seleccionadas  Análise desenvol...
 
|   Riscos   | Estudo em condensado  Processo técnico e superficial   Trivialização  Exibição do nosso melhor  Subverter a...
 
F im … <ul><li>«Há dentro de nós um poço.  No fundo dele é que estamos, porque está o que é mais nós, o que nos individual...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PortefóLio Reflexivo De Aprendizagens

4.064 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.064
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
607
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
41
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PortefóLio Reflexivo De Aprendizagens

  1. 1. P ortefólio R eflexivo de A prendizagens João Lima | 2009
  2. 2. «Se a prudência deriva do uso das coisas, a quem compete mais a honra dessa virtude: ao sapiente, que em parte por pudor, em parte por timidez da alma, a nada se atreve, ou ao louco, que não é travado pelo pudor, nem fica perplexo diante do perigo, e que de todas as coisas se ocupa?» Erasmo, Elogio da Loucura
  3. 4. | Definição: Portefólio | <ul><li>O que fui … </li></ul>O que sou … O que desejo ser … O que aprendi ! O que sei, hoje … O que preciso saber, amanhã …
  4. 6. | Potencialidades | Flexibilidade Valorização pessoal Continuidade Globalidade Carácter dialógico Favorece a reflexão e a metacognição Visibilidade
  5. 8. | Indicadores de qualidade | Organização e apresentação Representatividade das tarefas seleccionadas Análise desenvolvida Qualidade das reflexões
  6. 10. | Riscos | Estudo em condensado Processo técnico e superficial  Trivialização Exibição do nosso melhor Subverter a natureza, lógica e coerência
  7. 12. F im … <ul><li>«Há dentro de nós um poço. No fundo dele é que estamos, porque está o que é mais nós, o que nos individualiza, a fonte do que nos enriquece no que somos humanos . E a vida exterior, o assalto do que nos rodeia, o que visa é esse íntimo de nós para o ocupar, o preencher, o esvaziar do que nos pertence e nos faz ser homens. Jamais como hoje esse assalto foi tão violento, jamais como hoje fomos invadidos do que não é nós. É lá nesse fundo que se gera a espiritualidade, a gravidade do sermos, o encantamento da arte. E a nossa luta é terrível, para nos defendermos no último recesso da nossa intimidade. Porque tudo nos expulsa de lá. Quando essa intimidade for preenchida pelo exterior, quando a materialidade se for depositando dentro, o homem definitivamente terá, em nós, morrido.» </li></ul><ul><li>Vergílio Ferreira, in 'Conta-Corrente IV' </li></ul>

×