SlideShare uma empresa Scribd logo
Vida e obra de Salvador Dalí
Salvador Dalí é um dos artistas mais conhecidos do século XX. Nasceu, em
1904, na cidade catalã de Figueres e aí morreu, em 1989. Foi um autêntico
showman, e seu rosto moreno, com os olhos espantados e os longos bigodes
levantados nas pontas, tornou-se uma espécie de ícone da irreverente arte de
vanguarda do século XX.
A partir de 1927 aproximou-se cada vez mais do Surrealismo, tendo
desenvolvido um método a que chamou "crítico-paranóico", que envolvia várias
formas subjetivas de associações de idéias e imagens.
Dedicou-se a várias atividades profissionais, mas destacou-se, sem dúvida,
como pintor, tendo deixado algumas obras que já se incorporaram ao
imaginário da cultura ocidental, como, por exemplo, a pequena tela intitulada A
persistência da memória.
Fatos biográficos mais importantes
1904 - No dia 11 de maio nasce Salvador Dalí, na pequena cidade catalã de
Figueres.
1921 - Vai a Madri, onde passa a freqüentar a Escola de Belas-Artes. Faz
amizade com o poeta Federico Garcia Lorca e com o cineasta Luis Buñuel, com
quem filmou Um cão andaluz, em 1929.
1925 - Apresenta, em Barcelona, sua primeira exposição, que é elogiada por
Pablo Picasso.
1927 - Começa a interessar-se pelo Surrealismo.
1929 - Passa a fazer parte "oficialmente" do grupo dos surrealistas com a
ajuda de Gala Éluard, que abandonaria o marido, o poeta Paul Éluard, para
viver com o pintor, de quem seria a musa absoluta até o fim da sua vida.
1936 - Comparece à Exposição Surrealista Internacional de Londres vestindo
um escafandro. Sua criatividade e seu gênio excêntrico espantam os próprios
surrealistas.
1940 - Com a ocupação nazista da França, Dalí vai para Nova York, nos
Estados Unidos, rompendo com os surrealistas. Participa de eventos artísticos e
é convidado para fazer palestras. Participa também de roteiros
cinematográficos, tendo criado a "seqüência do sonho" no filme Quando fala o
coração, de Hitchcock. Na América, Dalí tornou-se uma figura conhecida, e suas
extravagâncias renderam-lhe várias críticas e muito dinheiro.
1978 - É eleito para a Academia de Belas-Artes, na França.
1982 - Morre Gala Éluard. Dalí sente-se arrasado.
1989 - Morre em Figueres, no dia 20 de janeiro. É enterrado no Museu Dalí.
Surrealismo
Criando com a linguagem dos sonhos
Um relógio que derrete, um peixe com corpo de mulher. Esquisitices assimsó podem
ser vistas em sonho, já que estão acima da realidade – ou, em francês, “sur le réel”, daí
o termo “surrealismo”, escola artística que tem esses delírios como tema.
Esse movimento artístico e literário surgiu em Paris na década de 1920, mais ou
mesmo ao mesmo tempo em que apareciam outros movimentos modernistas, como o
cubismo.

Foi o escritor André Breton (1896-1966) o primeiro a utilizar o termo, ao
publicar o “Manifesto Surrealista”, em 1924. Os artistas deste movimento acreditavam
que a arte deveria se libertar das exigências da lógica e da razão e ir além da
consciência do dia-a-dia, para poder expressar o inconsciente, a imaginação e os
sonhos.

Baseavam-se também nos estudos de Sigmund Freud (1856-1939),
considerado o pai da psicanálise. Emsua obra mais conhecida, “A Interpretação dos
Sonhos”, Freud descreve o funcionamento do inconsciente e a forma como ele aflora
nos sonhos.

Em algumas obras surrealistas pode-se ver influências do dadaísmo, do
cubismo, do abstracionismo e do expressionismo, que eram movimentos artísticos
contemporâneos. A diferença básica em relação a esses movimentos está nas figuras
representadas. O surrealismo prefere imagens de um universo onírico, isto é, o mundo
dos sonhos e à imaginação.

Uma combinação do representativo, do abstrato, e do psicológico. Segundo os
surrealistas, a arte deve se libertar das exigências da lógica e da razão e ir alémda
consciência cotidiana, expressando o inconsciente e os sonhos. O principal teórico e
líder do movimento é o poeta, escritor e crítico francês André Breton (1896-1966), que
em 1924 publica o primeiro Manifesto Surrealista.
No manifesto e nos textos escritos posteriores, os surrealistas rejeitama chamada
ditadura da razão e os valores burgueses como pátria, família, religião, trabalho e
honra. Humor, sonho e a contra lógica são recursos a serem utilizados para libertar o
homem da existência utilitária. Segundo a nova ordem, as idéias de bom gosto devem
ser subvertidas. Neste sentido, o Surrealismo aproximava-se daquelas que eram
chamadas de vanguardas positivas, como o neoplasticismo e a Bauhaus, chegando
inclusive a dialogar com o movimento comunista. No entanto, pela sua proposta
estética, está mais próximo das vanguardas negativas, como o supracitado dadá, de
onde surgiu parcialmente.
Uma das principais idéias trabalhadas pelos surrealistas é a da escrita automática,
segundo a qual o impulso criativo artístico se dá através do fluxo de consciência
despejado sobrea obra. Ainda segundo esta idéia, a arte não é produto de gênios, mas
de cidadãos comuns.
O Surrealismo destacou-se nas artes, principalmente por quadros, esculturas ou
produções literárias que procuravam expressar o inconsciente dos artistas, tentando
driblar as amarras do pensamento racional.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Salvador Dali - Surrealismo
Salvador Dali - SurrealismoSalvador Dali - Surrealismo
Salvador Dali - Surrealismo
Alex Martins
 
Salvador dali
Salvador daliSalvador dali
Salvador dali
berenvaz
 
O Surrealismo-História
O Surrealismo-HistóriaO Surrealismo-História
O Surrealismo-História
Arita155
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
Ellen_Assad
 
Movimento Surrealista - Prof. Altair Aguilar
Movimento Surrealista - Prof. Altair AguilarMovimento Surrealista - Prof. Altair Aguilar
Movimento Surrealista - Prof. Altair Aguilar
Altair Moisés Aguilar
 
Salvador Dali Informatica 2
Salvador Dali   Informatica 2Salvador Dali   Informatica 2
Salvador Dali Informatica 2
lidia santos
 
O surrealismo by Doug.Albert
O surrealismo by Doug.AlbertO surrealismo by Doug.Albert
O surrealismo by Doug.Albert
Doug Petrova
 
[HAVC] Surrealismo: António Pedro
[HAVC] Surrealismo: António Pedro[HAVC] Surrealismo: António Pedro
[HAVC] Surrealismo: António Pedro
Ricardo Sousa
 
A persistência da memória, Salvador Dalí.
A persistência da memória, Salvador Dalí.A persistência da memória, Salvador Dalí.
A persistência da memória, Salvador Dalí.
AyandraGomes17
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
Joel Sousa
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
Carolina Mota
 
O surrealismo
O surrealismoO surrealismo
O surrealismo
Catarina Nunes
 
Salvador Dalí
Salvador DalíSalvador Dalí
Salvador Dalí
hcaslides
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
Mariana Castro
 
Dadaísmo
DadaísmoDadaísmo
Dadaísmo
CEF16
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
Luis Matos
 
dadaismo
dadaismodadaismo
dadaismo
leemonteiro
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
Luis Machado
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
Alaor
 
Surrealismo - 7º ano!
Surrealismo - 7º ano!Surrealismo - 7º ano!
Surrealismo - 7º ano!
Lu Rebordosa
 

Mais procurados (20)

Salvador Dali - Surrealismo
Salvador Dali - SurrealismoSalvador Dali - Surrealismo
Salvador Dali - Surrealismo
 
Salvador dali
Salvador daliSalvador dali
Salvador dali
 
O Surrealismo-História
O Surrealismo-HistóriaO Surrealismo-História
O Surrealismo-História
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
Movimento Surrealista - Prof. Altair Aguilar
Movimento Surrealista - Prof. Altair AguilarMovimento Surrealista - Prof. Altair Aguilar
Movimento Surrealista - Prof. Altair Aguilar
 
Salvador Dali Informatica 2
Salvador Dali   Informatica 2Salvador Dali   Informatica 2
Salvador Dali Informatica 2
 
O surrealismo by Doug.Albert
O surrealismo by Doug.AlbertO surrealismo by Doug.Albert
O surrealismo by Doug.Albert
 
[HAVC] Surrealismo: António Pedro
[HAVC] Surrealismo: António Pedro[HAVC] Surrealismo: António Pedro
[HAVC] Surrealismo: António Pedro
 
A persistência da memória, Salvador Dalí.
A persistência da memória, Salvador Dalí.A persistência da memória, Salvador Dalí.
A persistência da memória, Salvador Dalí.
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
O surrealismo
O surrealismoO surrealismo
O surrealismo
 
Salvador Dalí
Salvador DalíSalvador Dalí
Salvador Dalí
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
Dadaísmo
DadaísmoDadaísmo
Dadaísmo
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
dadaismo
dadaismodadaismo
dadaismo
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
Surrealismo - 7º ano!
Surrealismo - 7º ano!Surrealismo - 7º ano!
Surrealismo - 7º ano!
 

Semelhante a Vida e obra de salvador dalí

Amanda job
Amanda jobAmanda job
Amanda job
Amanda Oliveira
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
Michele Pó
 
Caixa de sonhos universos im_possíveis_ surrealismo_soniarittmann
Caixa de sonhos universos im_possíveis_ surrealismo_soniarittmannCaixa de sonhos universos im_possíveis_ surrealismo_soniarittmann
Caixa de sonhos universos im_possíveis_ surrealismo_soniarittmann
soniamarys
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
Luana Colosio
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
João C.
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
Giovana Pimentel
 
Surrealismo 1194825845949535-3 (1)
Surrealismo 1194825845949535-3 (1)Surrealismo 1194825845949535-3 (1)
Surrealismo 1194825845949535-3 (1)
WHANESSA
 
Dali
DaliDali
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
Bernardo Macedo
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
Pedro Pessoa
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
Pedro Pessoa
 
História da Arte: Surrealismo
História da Arte: SurrealismoHistória da Arte: Surrealismo
História da Arte: Surrealismo
Raphael Lanzillotte
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
Michele Macedo
 
Histori blog
Histori blogHistori blog
Histori blog
Rodrigo Leite
 
Dadaísmo e Surrealismo
Dadaísmo e Surrealismo Dadaísmo e Surrealismo
Dadaísmo e Surrealismo
Gui Souza A
 
Historia e autores do Surrealismo
Historia e autores do SurrealismoHistoria e autores do Surrealismo
Historia e autores do Surrealismo
Kassia Paloma Beltrame
 
43256_10070ef5e1af27b8f221ece1a52d81dc.pdf
43256_10070ef5e1af27b8f221ece1a52d81dc.pdf43256_10070ef5e1af27b8f221ece1a52d81dc.pdf
43256_10070ef5e1af27b8f221ece1a52d81dc.pdf
RafaelWGM13
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
Paulo Miguel
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
Silmara Nogueira
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
Lú Carvalho
 

Semelhante a Vida e obra de salvador dalí (20)

Amanda job
Amanda jobAmanda job
Amanda job
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
Caixa de sonhos universos im_possíveis_ surrealismo_soniarittmann
Caixa de sonhos universos im_possíveis_ surrealismo_soniarittmannCaixa de sonhos universos im_possíveis_ surrealismo_soniarittmann
Caixa de sonhos universos im_possíveis_ surrealismo_soniarittmann
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
Surrealismo 1194825845949535-3 (1)
Surrealismo 1194825845949535-3 (1)Surrealismo 1194825845949535-3 (1)
Surrealismo 1194825845949535-3 (1)
 
Dali
DaliDali
Dali
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
História da Arte: Surrealismo
História da Arte: SurrealismoHistória da Arte: Surrealismo
História da Arte: Surrealismo
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
Histori blog
Histori blogHistori blog
Histori blog
 
Dadaísmo e Surrealismo
Dadaísmo e Surrealismo Dadaísmo e Surrealismo
Dadaísmo e Surrealismo
 
Historia e autores do Surrealismo
Historia e autores do SurrealismoHistoria e autores do Surrealismo
Historia e autores do Surrealismo
 
43256_10070ef5e1af27b8f221ece1a52d81dc.pdf
43256_10070ef5e1af27b8f221ece1a52d81dc.pdf43256_10070ef5e1af27b8f221ece1a52d81dc.pdf
43256_10070ef5e1af27b8f221ece1a52d81dc.pdf
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
 

Vida e obra de salvador dalí

  • 1. Vida e obra de Salvador Dalí Salvador Dalí é um dos artistas mais conhecidos do século XX. Nasceu, em 1904, na cidade catalã de Figueres e aí morreu, em 1989. Foi um autêntico showman, e seu rosto moreno, com os olhos espantados e os longos bigodes levantados nas pontas, tornou-se uma espécie de ícone da irreverente arte de vanguarda do século XX. A partir de 1927 aproximou-se cada vez mais do Surrealismo, tendo desenvolvido um método a que chamou "crítico-paranóico", que envolvia várias formas subjetivas de associações de idéias e imagens. Dedicou-se a várias atividades profissionais, mas destacou-se, sem dúvida, como pintor, tendo deixado algumas obras que já se incorporaram ao imaginário da cultura ocidental, como, por exemplo, a pequena tela intitulada A persistência da memória. Fatos biográficos mais importantes 1904 - No dia 11 de maio nasce Salvador Dalí, na pequena cidade catalã de Figueres. 1921 - Vai a Madri, onde passa a freqüentar a Escola de Belas-Artes. Faz amizade com o poeta Federico Garcia Lorca e com o cineasta Luis Buñuel, com quem filmou Um cão andaluz, em 1929. 1925 - Apresenta, em Barcelona, sua primeira exposição, que é elogiada por Pablo Picasso. 1927 - Começa a interessar-se pelo Surrealismo. 1929 - Passa a fazer parte "oficialmente" do grupo dos surrealistas com a ajuda de Gala Éluard, que abandonaria o marido, o poeta Paul Éluard, para viver com o pintor, de quem seria a musa absoluta até o fim da sua vida. 1936 - Comparece à Exposição Surrealista Internacional de Londres vestindo um escafandro. Sua criatividade e seu gênio excêntrico espantam os próprios surrealistas. 1940 - Com a ocupação nazista da França, Dalí vai para Nova York, nos Estados Unidos, rompendo com os surrealistas. Participa de eventos artísticos e é convidado para fazer palestras. Participa também de roteiros cinematográficos, tendo criado a "seqüência do sonho" no filme Quando fala o coração, de Hitchcock. Na América, Dalí tornou-se uma figura conhecida, e suas extravagâncias renderam-lhe várias críticas e muito dinheiro. 1978 - É eleito para a Academia de Belas-Artes, na França. 1982 - Morre Gala Éluard. Dalí sente-se arrasado. 1989 - Morre em Figueres, no dia 20 de janeiro. É enterrado no Museu Dalí.
  • 2. Surrealismo Criando com a linguagem dos sonhos Um relógio que derrete, um peixe com corpo de mulher. Esquisitices assimsó podem ser vistas em sonho, já que estão acima da realidade – ou, em francês, “sur le réel”, daí o termo “surrealismo”, escola artística que tem esses delírios como tema. Esse movimento artístico e literário surgiu em Paris na década de 1920, mais ou mesmo ao mesmo tempo em que apareciam outros movimentos modernistas, como o cubismo.

Foi o escritor André Breton (1896-1966) o primeiro a utilizar o termo, ao publicar o “Manifesto Surrealista”, em 1924. Os artistas deste movimento acreditavam que a arte deveria se libertar das exigências da lógica e da razão e ir além da consciência do dia-a-dia, para poder expressar o inconsciente, a imaginação e os sonhos.

Baseavam-se também nos estudos de Sigmund Freud (1856-1939), considerado o pai da psicanálise. Emsua obra mais conhecida, “A Interpretação dos Sonhos”, Freud descreve o funcionamento do inconsciente e a forma como ele aflora nos sonhos.

Em algumas obras surrealistas pode-se ver influências do dadaísmo, do cubismo, do abstracionismo e do expressionismo, que eram movimentos artísticos contemporâneos. A diferença básica em relação a esses movimentos está nas figuras representadas. O surrealismo prefere imagens de um universo onírico, isto é, o mundo dos sonhos e à imaginação.
 Uma combinação do representativo, do abstrato, e do psicológico. Segundo os surrealistas, a arte deve se libertar das exigências da lógica e da razão e ir alémda consciência cotidiana, expressando o inconsciente e os sonhos. O principal teórico e líder do movimento é o poeta, escritor e crítico francês André Breton (1896-1966), que em 1924 publica o primeiro Manifesto Surrealista. No manifesto e nos textos escritos posteriores, os surrealistas rejeitama chamada ditadura da razão e os valores burgueses como pátria, família, religião, trabalho e honra. Humor, sonho e a contra lógica são recursos a serem utilizados para libertar o homem da existência utilitária. Segundo a nova ordem, as idéias de bom gosto devem ser subvertidas. Neste sentido, o Surrealismo aproximava-se daquelas que eram chamadas de vanguardas positivas, como o neoplasticismo e a Bauhaus, chegando inclusive a dialogar com o movimento comunista. No entanto, pela sua proposta estética, está mais próximo das vanguardas negativas, como o supracitado dadá, de onde surgiu parcialmente. Uma das principais idéias trabalhadas pelos surrealistas é a da escrita automática, segundo a qual o impulso criativo artístico se dá através do fluxo de consciência despejado sobrea obra. Ainda segundo esta idéia, a arte não é produto de gênios, mas de cidadãos comuns. O Surrealismo destacou-se nas artes, principalmente por quadros, esculturas ou produções literárias que procuravam expressar o inconsciente dos artistas, tentando driblar as amarras do pensamento racional.