Movimentos sociais

267 visualizações

Publicada em

Material preparado para aulas em turmas do Ensino Médio.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Movimentos sociais

  1. 1. O QUE SÃO MOVIMENTOS SOCIAIS ? • Ações sociais coletivas de caráter sócio-político e cultural que viabilizam distintas formas da população se organizar e expressar suas demandas. • Na atualidade, os principais movimentos sociais atuam por meio de redes sociais, locais, regionais, nacionais e internacionais, e utilizam-se muito dos novos meios de comunicação e informação, como a internet.
  2. 2. Representam forças sociais organizadas que aglutinam as pessoas não como força-tarefa, de ordem numérica, mas como campo de atividades e de experimentação e essas atividades são fontes geradoras de criatividade e inovações sócio-culturais. A experiência se recria cotidianamente, na adversidade de situações que enfrentam.
  3. 3. Tipos de Movimentos Sociais : • Movimentos Sociais Conservadores • Movimentos Sociais Progressistas
  4. 4. movimentos sociais conservadores • Não querem as mudanças sociais emancipatórias, mas impor as mudanças segundo seus interesses particularistas, pela força, utilizando a violência como estratégia principal de suas ações. • São movimentos construídos a partir de práticas destrutivas, muitos deles fundamentados em xenofobias nacionalistas, religiosas, raciais etc.
  5. 5. Movimentos sociais progressistas • Atuam em redes, segundo uma agenda emancipatória, realizam diagnósticos sobre a realidade social e constroem propostas. • Articulam ações coletivas que agem como resistência à exclusão e lutam pela inclusão social. • Redes : de sociabilidade (laços familiares, amizade), locais, virtuais, temáticas específicas (gênero), sócio- culturais (etnia, religião), geracionais (jovens e idosos), históricas (um líder, ator ou cantor famoso), governança (Orçamento Participativo), entidades afins (ONGs).
  6. 6. Início do novo milênio Retorno dos Movimentos Sociais à cena e à mídia • As lutas em defesa das culturas locais, contra os efeitos da globalização. • Reivindicação da ética na política (vigilância sobre a atuação estatal/governamental e orientação à população de seus direitos). • Áreas do cotidiano como sexo, crenças, valores etc. (aspectos da subjetividade das pessoas). Aqui também está presente a intolerância nos movimentos fanáticos-religiosos, nacionalistas, entre outros). • São movimentos que tem projetos, planejamento estratégico e pensam os interesses de grupos envolvidos, priorizam a cidadania e agem com autonomia.
  7. 7. Outros temasdos Movimentos Populares : • Movimento Popular de Saúde: fragmentado, participa dos Conselhos de Saúde e entra na luta da questão de preços dos remédios, convênios, serviços de saúde etc. • “Moradores de Rua” • Transportes. • Movimento dos Sem-creche. • Movimento popular pela educação. • A questão ambiental nos setores populares de bairros. • Movimento de bairro a partir dos centros comunitários. • Movimentos dos idosos. • Violência Urbana.
  8. 8. A mídia de um modo geral é um fator de grande relevância nas ações do movimento antiglobalização. É ela que lhe dá visibilidade mundial e o legitima por acompanhar todas as suas agendas.
  9. 9. Fórum Social Mundial • O FSM é um espaço de debate democrático de ideias, aprofundamento da reflexão, formulação de propostas, troca de experiências e articulação de movimentos sociais, redes, ONGs e outras organizações da sociedade civil que se opõem ao neoliberalismo e ao domínio do mundo pelo capital e por qualquer forma de imperialismo. Após o primeiro encontro mundial, realizado em 2001, se configurou como um processo mundial permanente de busca e construção de alternativas às políticas neoliberais.
  10. 10. Carta de Princípios: principal documento do FSM. O Fórum Social Mundial se caracteriza também pela pluralidade e pela diversidade, tendo um caráter não confessional, não governamental e não partidário. Ele se propõe a facilitar a articulação, de forma descentralizada e em rede, de entidades e movimentos engajados em ações concretas, do nível local ao internacional, pela construção de um outro mundo, mas não pretende ser uma instância representativa da sociedade civil mundial. O Fórum Social Mundial não é uma entidade nem uma organização.
  11. 11. • O FSM, ao protestar contra a atual globalização econômica, fortaleceu a a rede de um outro tipo de globalização: a sociocultural, tecida por alguns valores universais, como a solidariedade e a justiça social e pela troca de experiências culturais nacionais gerando novas articulações no plano da cultura, de caráter transnacional.
  12. 12. PRINCIPAIS MOVIMENTOS SOCIAIS DO BRASIL: • MST - Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra • MNU - Movimento Negro Unificado • MAB - Movimento dos Atingidos por Barragens • Grito dos Excluídos • MMC - Movimento de Mulheres Camponesas • MTST - Movimento dos Trabalhadores Sem Teto • MCCE - Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral • MNDH - Movimento Nacional de Direitos Humanos • MDF - Movimento em Defesa do Favelado

×