Jornal Voz Da Periferia

4.933 visualizações

Publicada em

Apresentação do Projeto do Jornal Voz da Periferia, publicação impressa. Parte do projeto de TCC de estudantes de jornalismo, apresentado em dezembro de 2008. (Sob licença Creative Commons)
Mais detalhes em: http://vozperiferia.blogspot.com

  • SUGESTÕES DE MATÉRIAS:

    VISUALIZAÇÕES: 11.085 // FUNK CULTURAL CONTRA O CRACK E AS DROGAS

    URGENTE AS RÁDIOS e JORNAIS NO BRASIL E NO MUNDO


    SÓ DEUS PARA FAZER ISSO ACONTECER / NA VIDA DO CANTOR E COMPOSITOR E MÚSICO / MC LUAL(ECLÉTICO E GOSPEL) SÃO JOÃO DE MERITI RJ / BAIXADA FLUMINENSE (VEJA E DIVULGUE MAIS AINDA)

    VISUALIZAÇÕES: 11.085 // FUNK CULTURAL CONTRA O CRACK E AS DROGAS (MC LUAL DE SÃO JOÃO DE MERITI – COELHO DA ROCHA 2014

    CONTACTO: PARA SHOW TEL Nº 21)98429-0416 OI OU 21)968564594 CLARO /https://twitter.com/luisalvescantor

    E-MAIL:mclual.alves76@gmail.com

    Juntos Somos Mais Fortes Contra as Drogas

    http://www.youtube.com/watch?v=iBskdJpfgPI
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • SUGESTÕES DE MATÉRIAS:

    VISUALIZAÇÕES: 11.085 // FUNK CULTURAL CONTRA O CRACK E AS DROGAS

    URGENTE AS RÁDIOS e JORNAIS NO BRASIL E NO MUNDO


    SÓ DEUS PARA FAZER ISSO ACONTECER / NA VIDA DO CANTOR E COMPOSITOR E MÚSICO / MC LUAL(ECLÉTICO E GOSPEL) SÃO JOÃO DE MERITI RJ / BAIXADA FLUMINENSE (VEJA E DIVULGUE MAIS AINDA)

    VISUALIZAÇÕES: 11.085 // FUNK CULTURAL CONTRA O CRACK E AS DROGAS (MC LUAL DE SÃO JOÃO DE MERITI – COELHO DA ROCHA 2014

    CONTACTO: PARA SHOW TEL Nº 21)98429-0416 OI OU 21)968564594 CLARO /https://twitter.com/luisalvescantor

    E-MAIL:mclual.alves76@gmail.com

    Juntos Somos Mais Fortes Contra as Drogas

    http://www.youtube.com/watch?v=iBskdJpfgPI
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui

Jornal Voz Da Periferia

  1. 2. Márcia Franz Amaral “ Ao jornalismo não cabe dar voz somente aos que afirmam sua capacidade discursiva, mas também contribuir com a inclusão dos que não se organizam para ter sua fala escutada”.
  2. 3. A proposta <ul><li>Elaborar um jornal voltado para a periferia de São Paulo que atenda às necessidades desse público em temas como saúde, educação, cultura, esportes, política, economia, entre outros. </li></ul><ul><li>Foco nas ações positivas e personagens na periferia de São Paulo. </li></ul><ul><li>O jornal não irá negligenciar os fatos negativos da periferia, como violência, também tratará do assunto, mas o foco será em ações positivas e histórias de personagens. </li></ul>
  3. 4. <ul><li>Na maioria das vezes a grande mídia retrata a periferia como uma região essencialmente negativa. </li></ul><ul><li>Em contraponto, vários movimentos culturais estão surgindo nos bairros periféricos, além de outras iniciativas voltadas para o público popular. </li></ul>
  4. 6. A periferia <ul><li>Segundo dados do IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a cidade de São Paulo possui 10.886.518 de habitantes. </li></ul><ul><li>Desta população, 5,6 milhões, ou 51%, pertence a bairros periféricos, divididos em 34 distritos. </li></ul>2006 49% 51% Bairros periféricos Bairros não periféricos
  5. 7. <ul><li>De 1991 a 2005 a periferia cresceu 36% e ganhou 1,5 milhão de novos moradores. (SEADE). </li></ul><ul><li>De acordo com o PNAD de 2007, 86,2 milhões de brasileiros têm renda média familiar de R$ 1.062, que se enquadra na classe C. </li></ul><ul><li>As classes D e E, são cerca de 12 milhões de pessoas. </li></ul><ul><li>No total, as classes C,D e E, somam 73% da população brasileira. </li></ul>
  6. 8. Enquete para a criação do projeto editorial e a definição do nome do jornal
  7. 9. Itens avaliados <ul><li>Trabalho e renda </li></ul><ul><li>Escolaridade </li></ul><ul><li>Hábito de leitura de jornais </li></ul><ul><li>Principais necessidades e pontos positivos do bairro </li></ul><ul><li>Assuntos que mais interessam em um jornal </li></ul><ul><li>Indicação do nome do jornal </li></ul>
  8. 10. Resultado da enquete <ul><li>A pesquisa foi feita com 100 pessoas </li></ul><ul><li>25 de cada zona da cidade de São Paulo </li></ul><ul><li>Bairros </li></ul><ul><li>Pirituba - zona oeste </li></ul><ul><li>São Mateus - zona leste </li></ul><ul><li>Brasilândia - zona norte </li></ul><ul><li>Paraisópolis - zona sul </li></ul>
  9. 11. <ul><li>SEXO </li></ul>43% 57% Mulheres Homens IDADE De 18 a 45 anos
  10. 12. <ul><li>Renda mensal familiar </li></ul><ul><li>34% Entre R$ 500 e R$ 1000 </li></ul><ul><li>29% Até R$ 500 </li></ul><ul><li>22% Acima de R$ 1.500 </li></ul><ul><li>15% Entre R$ 1000 e R$ 1.500 </li></ul><ul><li>Escolaridade </li></ul><ul><li>35% Ensino Médio completo </li></ul><ul><li>31% Ensino Fundamental incompleto </li></ul><ul><li>17% Ensino Fundamental completo </li></ul><ul><li>12% Ensino Médio incompleto </li></ul><ul><li>4% Ensino superior incompleto </li></ul><ul><li>2% Ensino superior completo </li></ul>
  11. 13. 1° Voz da Periferia 2° Infoperiferia 3° Interperiferia 4° Nenhuma das opções 5° Sugestão: Diário da periferia Nome do Jornal 88% 7% 2% 2% 1%
  12. 14. <ul><li>Assuntos mais importantes apontados pela enquete </li></ul><ul><li>24% Saúde </li></ul><ul><li>16% Cultura </li></ul><ul><li>16% Política </li></ul><ul><li>14% Esporte </li></ul><ul><li>8% Cursos gratuitos </li></ul><ul><li>5% Trabalho </li></ul><ul><li>4% Economia </li></ul><ul><li>3% Lazer </li></ul><ul><li>1% Direitos do consumidor </li></ul>
  13. 15. O projeto editorial <ul><li>Conceito </li></ul><ul><li>O jornal trabalhará com o conceito de representante das necessidades e realizações de quem vive na periferia. A proposta é mostrar os acontecimentos das comunidades periféricas e focar na prestação de serviços. </li></ul>
  14. 16. <ul><li>Público alvo </li></ul><ul><li>Classes C, D e E da cidade de São Paulo </li></ul><ul><li>Idade entre 18 e 45 anos </li></ul><ul><li>Público com renda mensal familiar entre R$ 500,00 e R$ 1.062 </li></ul><ul><li>Escolaridade: entre o ensino fundamental e o ensino médio completo </li></ul>Periodicidade Semanal às sextas-feiras, já que o jornal trará programação cultural do fim de semana e anúncios de empregos para o início da semana seguinte.
  15. 17. Tiragem inicial 30 mil exemplares Valor Gratuito Anúncios Jornal aberto à publicidade e anunciantes de produtos, serviços e eventos focados no público das classes C, D e E da cidade de São Paulo. Tanto de empresas e serviços localizados na periferia, como empresas maiores, que tenham foco no consumidor popular.
  16. 18. Editorias
  17. 19. Minha charge Espaço reservado para que qualquer leitor, que goste de desenhar, possa enviar charges criadas por ele. Minha foto Espaço reservado para a publicação de fotos das comunidades dos leitores, com breve texto. Seu espaço Página destinada à contribuição e participação dos leitores. O jornal deve se aproximar do seu público alvo e a abertura de um espaço para que ele se manifeste está plenamente de acordo com as premissas do jornalismo de dar voz à população e servir como um fórum público.
  18. 20. Dica da semana Qualquer leitor poderá enviar uma dica de algo que entenda ou ache interessante em diversas áreas: educação, saúde, cultura, meio ambiente, economia, etc. Espaço do leitor Espaço reservado para o leitor fazer críticas, sugestões, elogios e expressar suas opiniões para a melhoria do seu bairro.
  19. 21. Eu curto! Espaço para divulgação da agenda de eventos culturais e de entretenimento sediados na periferia da cidade, como saraus de poesia, cinemas, apresentações musicais e de teatro, além de personagens que representam movimentos e ações culturais na periferia. Voz Ativa Editoria que irá abordar temas como trabalhos comunitários, lideranças de bairro, política local e reivindicações da periferia.
  20. 22. Viva Saúde Editoria destinada a matérias sobre saúde e qualidade de vida. A idéia é apresentar dicas de prevenção, tratamento e qualidade de vida por meio das problemáticas vividas na periferia, como falta de saneamento básico, pouca informação sobre métodos de contracepção, dicas alimentares, entre outros temas. Sua chance! Editoria que aborda temas como qualificação profissional e cursos gratuitos, além de anunciar vagas de empregos, tema muito importante para os moradores da periferia, que necessitam competir no mercado de trabalho e garantir o seu sustento e, muitas vezes, o de uma família inteira.
  21. 23. Vida Real Editoria voltada a questões urbanas e policiais, como infra-estrutura e segurança, e que abordem problemas comuns entre a periferia, além de soluções para estas questões. Torcida Editoria focada nos esportes e campeonatos amadores, de várias modalidades, além de personagens que se destacam nas comunidades através de práticas esportivas, com destaque para o futebol, que é o que marca o gosto esportivo da periferia, mas sem deixar de abordar os outros esportes, como vôlei, basquete de rua, etc.
  22. 24. Seu bolso Editoria focada na economia de recursos e na administração do salário com dicas de economia e administração do dinheiro no dia-a-dia. Fala aí! Espaço reservado para entrevistas no estilo ping-pong com figuras conhecidas e que tenham o passado ou presente ligados à periferia, como jogadores de futebol, músicos, artistas, etc.
  23. 25. Projeto gráfico
  24. 26. A idéia do projeto gráfico é de um jornal didático que chame a atenção do público alvo, por meio do uso freqüente de fotos, imagens e gráficos. Tablóide: 27,94 x 43,18 Número de páginas: 16 páginas Cores: 4 X 4 Tipo do Papel: papel jornal
  25. 27. As fontes que foram escolhidas são classificadas como letras clássicas e tradicionais, dando leveza ao texto e melhor legibilidade. Fonte com serifa - Times New Roman para textos e créditos das fotos, pois oferece mais conforto na hora da leitura, e fonte sem serifa – Arial, para títulos das matérias, linha fina e para legendas das fotos.
  26. 28. Cores A cor é um recurso muito usado neste jornal. As cores usadas nas editorias foram pensadas de acordo com a tabela de significado das cores, além da capa.   Força, euforia, alegria e confiança Estimulante, alerta, esperança Dinamismo, energia, revolta, calor, raiva Bem-estar, paz, saúde, equilíbrio Viagem, verdade, intelectualidade, advertência Fantasia, mistério, egoísmo, espiritualidade Estima, valor, dignidade Pensar, melancolia
  27. 29. Definição das pautas
  28. 30. <ul><li>Eu curto! </li></ul><ul><li>A escolha do tema “periferia” como enredo da Leandro de Itaquera para o carnaval 2009 </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>As opções de eventos culturais na Agenda Cultural da Periferia </li></ul>
  29. 31. <ul><li>Voz Ativa </li></ul><ul><li>O trabalho desenvolvido por associações comunitárias e movimentos na periferia </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>O papel das rádios comunitárias </li></ul>
  30. 32. <ul><li>Viva Saúde </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Dicas para a redução do risco de câncer de mama </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>O problema do saneamento básico </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Saúde na terceira idade: grupo de medicina tradicional chinesa na periferia da zona sul </li></ul>
  31. 33. <ul><li>Sua chance! </li></ul><ul><li>Agência gratuita de empregos e treinamento profissional </li></ul><ul><li>Mural de vagas </li></ul>
  32. 34. <ul><li>Vida real  </li></ul><ul><li>O problema das drogas e como lidar com a situação </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>A questão da esmola </li></ul>
  33. 35. <ul><li>Torcida </li></ul><ul><li>Inauguração do Museu do Futebol </li></ul><ul><li>Futebol de várzea: A história do criador do Rio Claro F.C </li></ul><ul><li>O jovem que joga futebol sem as pernas </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>A história de Cafu e sua fundação na periferia da zona sul, onde nasceu </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>CUFA: time de basquete de rua da Brasilândia </li></ul>
  34. 36. <ul><li>Seu bolso </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Dicas para economizar na compra da cesta básica (comparação de preços) </li></ul><ul><li>A economia feita nos brechós </li></ul><ul><li>Alimentos: armazenamento doméstico </li></ul>
  35. 37. <ul><li>Fala aí! </li></ul><ul><li>Entrevista com catador de papelão que criou um cinema com materiais encontrados no lixo </li></ul>
  36. 38. <ul><li>Contato com as comunidades e moradores para a elaboração das matérias </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>A busca por personagens foi feita por meio de comunidades e associações de moradores, além das visitas a bairros periféricos das quatro zonas da cidade, Heliópolis, Pirituba, São Mateus, Brasilândia e Paraisópolis. </li></ul>
  37. 39. Blog do projeto O blog do projeto (htttp://vozperiferia.blogspot.com) foi pensado como uma forma de apresentar a proposta a colaboradores e moradores e facilitar o contato e o entendimento entre as duas partes. Há 20 postagens no blog, desde janeiro de 2008.
  38. 41. Além do blog, foi criado um e-mail para contato com o público e contribuição por meio de informativos (jornalvozdaperiferia@gmail.com)
  39. 42. Artigo Foi definido que o artigo seria escrito por alguém que realizasse algum trabalho na periferia ou representasse ela de alguma forma.   O escritor Alessandro Buzo foi convidado. Alessandro também é apresentador do quadro Buzão – Circular Periférico, do programa Manos e Minas, da TV Cultura
  40. 43. Editorial   Idéia inicial do primeiro editorial:   Aproximar os leitores da equipe do jornal e da proposta do veículo. Por este motivo o editorial foi escrito pelas idealizadoras do projeto, Izabela Vasconcelos e Priscilla Mendes. O editorial relatou experiências no processo de criação do jornal e nas visitas aos bairros periféricos, além do resumo da proposta, dos assuntos abordados e convite para a participação do leitor no jornal.
  41. 44. Participação do público   A proposta do jornal Voz da Periferia foi apresentada a vários moradores das periferias visitadas e de outros bairros periféricos e contribuições foram enviadas para o jornal, como:
  42. 47. <ul><li>Viabilidade do projeto </li></ul><ul><li>Com a publicidade, que tem valor similar aos jornais de bairro, é possível custear os gastos com impressão, distribuição e equipe de reportagem </li></ul><ul><li>De acordo com planejamento financeiro e orçamentos a constatação é de que para que este jornal seja lançado no mercado, é necessário patrocínio ou captação de publicidade, o que supriria os gastos com impressão, equipe editorial e distribuição. </li></ul>
  43. 48. <ul><li>A proposta é que o jornal Voz da Periferia circule nas quatro zonas da cidade de São Paulo. Com periodicidade semanal, às sextas-feiras. O jornal será distribuído em pontos nos seguintes bairros: </li></ul><ul><li>Distribuição: </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Zona sul </li></ul><ul><li>Heliópolis </li></ul><ul><li>Paraisópolis </li></ul><ul><li>Santo Amaro </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Zona leste </li></ul><ul><li>Itaim Paulista </li></ul><ul><li>Cidade Tiradentes </li></ul><ul><li>Itaquera </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Zona oeste </li></ul><ul><li>Pirituba </li></ul><ul><li>Anhanguera </li></ul><ul><li>Rio Pequeno </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Zona norte </li></ul><ul><li>Brasilândia </li></ul><ul><li>Cachoeirinha </li></ul><ul><li>Perus </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  44. 49. <ul><li>Considerações finais </li></ul><ul><li>Foi possível notar que um jornal voltado para este público, as classes C, D e E, é uma proposta viável. Muitos dos pesquisados, fontes, entre outros, demonstraram interesse pelo tema. </li></ul><ul><li>Além disso, essas comunidades realizam muitos eventos, ações e também reivindicam pelos seus direitos. O que mostra que há muitos assuntos para pautas, diferentes abordagens e personagens nessas regiões. </li></ul><ul><li>A periferia representa 51% da cidade de São Paulo, com muita necessidade de informação, o que faz do jornal Voz da Periferia um veículo viável para este público. </li></ul><ul><li>  </li></ul>

×