CV_ IASJ_2015

312 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
312
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
24
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

CV_ IASJ_2015

  1. 1. Curriculum Vitae Dados Pessoais Iwanir Araújo da Silva Júnior Brasileiro, 37 anos, casado Rua Flor de Jequitibá, 85 – Ap 201 – Cidade Nova Belo Horizonte/MG CEP : 31160-280 Fones: (0**31) 3586-2208 (residencial) / (0**31) 9399-3738 (celular/whastapp) E-mail: iwanir_jr@yahoo.com.br LinkedIn: http://br.linkedin.com/in/iwanirsilva Especialidades Gestão de projetos, processos, pessoas, contratos, manutenção, PCM, análise de falhas, confiabilidade. Formação  Aperfeiçoamento em Gestão de Projetos – IBMEC – Belo Horizonte/MG – abr/2015  MBA em Gestão Empresarial – Fundação Getúlio Vargas – São Luís/MA – fev/2013  Mestrado em Engenharia de Telecomunicações - INATEL – Santa Rita do Sapucaí /MG – jul/2003  Graduação em Engenharia Elétrica – CEFET/MG - Belo Horizonte/MG – jul/2001  Formação em Técnico em Química - Colégio Dom Belchior – Arcos/MG – dez/1995  Proficiência em Inglês – CNA Idiomas – Vitória/ES – mar/2010  Pós-graduação em Gestão de Negócios – Fundação Dom Cabral – dez/2005 (incompleto) Qualificações  Gestão (8 anos) – Gerente de Projetos. Gerente de Manutenção Industrial EFC. Gerente de Infraestrutura do Porto. Supervisor de Engenharia de Manutenção Ferrovias EFVM, EFC e FCA. Supervisor de PCM da Eletroeletrônica EFVM.  Projetos (8 anos) – Líder de Projetos como Sinalização EFVM (Ramal BH e Laboreau), Projetos de RAC- EFC, Waysides EFVM e EFC, SGDW EFVM e EFC, Helper Dinâmico EFC, Monitoramento de AMV EFVM, Pro- tótipo de computador de bordo portátil FNS, Centro de Controle Operacional FNS. Aquisição e instalação de equipamentos industriais como tornos, prensas, pontes rolantes, macacos eletromecânicos, empilha- deiras, tratores rodoferroviários. Desenvolvimento e implantação do Protótipo de velocímetro digital para locomotivas da MRS. Estudos de viabilidade, Especificações Técnicas, Análises de Propostas, Implantação e Controle de custos, prazo e escopo de projetos.  Manutenção (11 anos) – Estruturação da Gerência de Manutenção Industrial EFC. Estruturação da Gerên- cia de Infraestrutura Porto Norte Vale. Implantação da Engenharia de Manutenção Eletroeletrônica nas ferrovias Vale. Estruturação do PCM da Eletroeletrônica da EFVM/Vale. Implantação de processos de ma- nutenção Vale e MRS. Estudo de solução para itens de restrição operacional de locomotivas MRS.  Processos & Qualidade (9 anos) - Implantação e consolidação do VPS - Vale Production System nas áreas de Eletroeletrônica EFVM 2007, Infraestrutura Porto Norte 2011 e Manutenção Industrial EFC 2012. Coor- denação da implantação do mapeamento de processos de manutenção das áreas de manutenção na MRS Logística nos Núcleos MG, SP e RJ. Coordenação da elaboração de procedimentos de manutenção da MRS. Elaboração, revisão e implantação de fluxos e procedimentos de manutenção. Implantação e Certi- ficação da norma ISO 9001 Qualidade na MRS Logística.  Gestão de Contratos (7 anos) – Contratação e Gestão de Contratos Nacionais e Internacionais (Seguran- ça e Meio Ambiente, escopo, planejamento, qualidade, produção com apoio das áreas específicas), Nego- ciações de mesas contratuais com abertura de propostas técnicas e comerciais, Controle Econômico- Financeiro, avaliação de IDF (Índice Desenvolvimento Fornecedores), análise TAC's, Pleitos, monitora- mento e validação de medições, reuniões diversas com fornecedores e células de suprimentos/compras, relatórios gerenciais, encerramentos contratuais. Transição de serviços estratégicos. Avaliação de viabili- dade e execução de primarizações ou terceirizações de serviços.  Saúde, Segurança e Sustentabilidade (2 anos) - Coordenação do sistema de meio ambiente, saúde e segurança na MRS Logística através de métodos e procedimentos de auditorias externas. Implantação da ISO 14000 - Meio Ambiente e OHSAS 18002 - Gestão da Segurança e Saúde Ocupacional.  Docência e Pesquisa (5 anos) - Administração de disciplinas da grade curricular do curso de Engenharia Elétrica do CEFET-MG como Desenho Técnico 2, Sistemas de Comunicação e Laboratório de Eletrônica Aplicada 2. Pesquisa em fibras ópticas e telecomunicações. Projetos, processos, confiabilidade e WCM.
  2. 2. Experiências Profissionais  Vale – Especialista em Implantação de Projetos de Sinalização – EFVM (Gerente de Projeto) Responsabilidades:  Líder do Projeto de Sinalização do Trecho do Pátio 05 a Alça de General Carneiro na grande BH;  Líder do Projeto de Sinalização do Pátio de Laboreau, em Itabira;  Contratação do processo, mobilização e implantação das obras;  Abordagem estratégica com Suprimentos e necessidades técnicas e orçamentárias junto ao cliente EFVM, Engenharia e Assistência Técnica;  Implantação de ambos projetos considerando ajustes em cenários diversos de planejamento e otimização econômico-financeira e negociação contratual estratégica com fornecedores visando distrato e desacele- ração dos projetos;  Negociação imobiliária de acessos rodoviários vitais e estratégicos à operação EFVM;  Gestão de equipe de projetos, gerenciadora de serviços e contratada  Gerenciamento de indicadores chave de performance mensais de projeto e avanços físico x financeiros;  Gestão de contratos nacionais e internacionais;  Planejamento e controle de orçamento de investimento. Realizações:  Contratação dos pacotes de sinalização para ambos projetos;  Performance de “0” acidentes em ambas as obras;  Conclusão do direito de passagem de acessos rodoviários;  Implantação em linha com o planejado Início: fev/2014 – Término: atual – Localidade: Belo Horizonte/MA  Vale – Especialista Técnico de Manutenção de Material Rodante - EFC Responsabilidades:  Apoio estratégico à Gerência de Planejamento, Componentes e Manutenção Industrial da EFC na defini- ções estratégicas, considerações táticas-operacionais, de saúde e segurança e meio ambiente;  Gestão da carteira de projetos críticos, investimentos e orçamento anual e contratos de serviços;  Cumprimento do programa de investimentos em Saúde e Segurança da Oficina Central EFC;  Gestão de projetos diversos de melhoria das condições de trabalho da Oficina Central EFC:  Acompanhamento de auditorias diversas de manutenção, Gestão de Risco Operacional, Audit;  Revisão e atualização da estratégia de Equipamentos rodantes (locomotivas, EGPs e vagões) e Industriais (tornos, pontes rolantes, prensas, mesas-falsas, entre outros), Equipamentos Móveis (tratores ferroviá- rios, empilhadeiras), infraestrutura (ferramentaria, gestão de resíduos, serviços de infraestrutura);  Contratação de reforma de equipamentos críticos e assistência técnica internacional de manutenção de tornos e condução da aquisição de equipamentos nacionais e internacionais, e novas ferramentas  Integração de equipes e interface com áreas (projetos, engenharia, manutenção e operação);  Estruturação e desenvolvimento das áreas da área de planejamento e componentes de material rodante;  Ponto focal de interface com implantação de projetos como CMR, CTR, PIAL, GRV, Robô de troca de cha- pa lateral, e novas oficinas EFC;  Condução da elaboração do plano de contingência de rodantes e reavaliação de componentes de rodízio de materiais rodantes.  Gestão de indicadores chave de performance da manutenção;  Gestão de contratos nacionais e internacionais;  Planejamento e controle de orçamento de investimento;  Implantação e consolidação de processos VPS-Vale; Realizações:  Conclusão de projetos de Saúde e Segurança, Meio Ambiente e melhoria das condições de trabalho;  Aquisição e implantação de equipamentos industriais como tornos portais, torno subsolo, prensa, empi- lhadeiras, tratores rodoferroviários, pontes rolantes, entre outros;  Revisão de estratégias de manutenção de ativos industriais;  Melhoria dos indicadores de manutenção industrial;  Condução do Comitê de NR-10 da EFC 2012-2013;  Estruturação e direcionamento funcional da engenharia de manutenção industrial Vale;  Melhoria do planejamento de atividades de manutenção e interfaces considerando governança do proces- so e fluxo de atividades;  Planejamento e realização de treinamentos especializados em manutenção de ativos industriais;  Elaboração da trilha técnica multidisciplinar da manutenção industrial Vale;  Contratação de serviços de assistência técnica internacional;  Conclusão de transferência de ativos entre ferrovias EFC-EFVM e EFC-VLI e recursos financeiros. Início: set/2013 – Término: jan/2014 – Localidade: São Luís/MA
  3. 3.  Vale - Gerente de Manutenção Industrial e Infraestrutura EFC Responsabilidades:  Gestão de equipe própria (90 pessoas) e contratada (7pessoas) na área de manutenção industrial;  Estruturação da área de manutenção industrial (PCM, GAF, supervisões de execução);  Gerenciamento de indicadores chave de performance da manutenção;  Gestão de contratos nacionais e internacionais;  Planejamento e controle de orçamento de investimento;  Planejamento e implantação de ativos;  Implantação e consolidação de processos VPS-Vale;  Manutenção e consolidação do plano de diminuição da taxa de acidentes;  Capacitação, planejamento de trilhas de conhecimento e treinamentos da equipe;  Coordenação de grupos multidisciplinares como Comitê NR-10, Comitê de Acessibilidade e Grupo de Risco Operacional;  Implantação de projetos como reforma e aquisição de ativos nacionais e internacionais, de infraestrutura industrial, saúde e segurança e meio ambiente. Realizações:  Estruturação e consolidação da gerência de manutenção industrial da EFC com supervisões e equipes multidisciplinares;  Realização de “0” acidente e recorde de tempo sem acidente com afastamento;  Melhor gerência de manutenção no Programa de Reconhecimento de Saúde e Segurança EFC 2013;  Gestão do Grupo de Risco Operacional da Oficina Central EFC;  Líder do Comitê de NR-10 da EFC 2012-2013;  Conceituação e elaboração do Plano de Acessibilidade EFC;  Melhoria na gestão de resíduos e tratamento 100% de não conformidades ambientais;  Recuperação de equipamentos ambientais (elevatórias);  Implantação do VPS Manutenção com maior alavancagem % do programa;  Implantação dos pilares do VPS Vale (Pessoas, Gestão, SS e Sustentabilidade);  Melhoria de índices de planejamento e programação da manutenção;  Estruturação do grupo de análise de falhas e consolidação da equipe de PCM;  Elaboração do Planejamento Estratégico da Manutenção Industrial EFC;  Revisão da estratégia de manutenção industrial abordando novas técnicas de manutenção, revisão de escopo de planos e inclusão de materiais codificados;  Aquisição e implantação de equipamentos industriais como tornos portais, torno subsolo, prensa, empi- lhadeiras, tratores rodoferroviários, pontes rolantes, entre outros;  Melhoria da confiabilidade de tornos de reperfilamento de rodeiros, equipamentos industriais (pontes rolantes, macacos) e de equipamentos móveis (tratores rodoferrov. e empilhadeiras);  Melhoria do planejamento de atividades de manutenção e interfaces considerando governança do proces- so e fluxo de atividades;  Planejamento e realização de treinamentos especializados em manutenção de ativos industriais;  Cumprimento do programa de capacitação básica da equipe de manutenção industrial;  Elaboração da trilha técnica multidisciplinar da manutenção industrial Vale;  Planejamento e contratação de serviços de assistência técnica internacional;  Negociações e soluções contratuais de pendências críticas com fornecedores restabelecendo parcerias;  Negociações de transferência de ativos entre ferrovias EFC-EFVM e EFC-VLI;  Planejamento e implantação de melhorias de condição de trabalho da equipe com vestiários, salas admi- nistrativas, passarelas, caminho seguro, banheiros, reforma de pisos, etc.;  Estruturação e direcionamento funcional da engenharia de manutenção industrial Vale. Início: mar/2012 – Término: ago/2013 – Localidade: São Luís/MA  Vale - Gerente de Infraestrutura e Recursos do Porto Norte Responsabilidades:  Gestão de equipe própria (125 pessoas) e contratada (300 pessoas) na área de infraestrutura portuária;  Estruturação da área de infraestrutura do Porto Norte;  Gerenciamento de indicadores chave de performance da manutenção;  Gestão de contratos de serviços de içamento de cargas, caminhões de preparação de paradas, montagem de andaimes, entre outros;  Planejamento e controle de orçamento de investimento da área;  Planejamento e implantação de ativos;  Implantação de processos VPS-Vale;  Manutenção e consolidação do plano de diminuição da taxa de acidentes;  Apoio às áreas de embarque e descarga quanto a recursos de manutenção.
  4. 4. Realizações:  Estruturação e consolidação da gerência de infraestrutura do Porto Norte com supervisões e equipes mul- tidisciplinares considerando as supervisões de força e energia, iluminação industrial, automação, hidráuli- ca, oficina de subconjuntos, veículos industriais leves e guindastes, recursos operacionais como Ferra- mentaria, andaimes, preparação de paradas.  Realização de “0” acidente considerando empregados próprios e recorde de tempo sem acidente com afastamento na equipe de força e energia;  Formulação de propostas e contratação de serviços como içamento de carga em nível Vale, substituição do contrato de montagem de andaimes;  Planejamento de aquisição de guindastes;  Implantação do VPS Manutenção com reconhecimento do processo de Ferramentaria;  Implantação dos pilares do VPS Vale (Pessoas, Gestão, SS e Sustentabilidade);  Revisão da estratégia de manutenção de ativos abordando revisão de escopo de planos, cadastro e sis- tematização de planos;  Planejamento e contratação de serviços de assistência técnica;  Negociações e soluções contratuais de pendências críticas com fornecedores restabelecendo parcerias; Início: nov/2011 – Término: fev/12 – Localidade: São Luís/MA  Vale – Supervisor de Engenharia de Manutenção Ferroviária Eletroeletrônica Vale e Gerente de Projeto Responsabilidades:  Gestão de equipe própria (5 pessoas) e contratada (10 pessoas) de engenharia de eletroeletrônica;  Estruturação da área de Engenharia de Manutenção Eletroeletrônica na Vale;  Responsável pela implantação de projetos de automação, eletroeletrônica e monitoramento preditivo  Gestão de contratos internacionais para aquisição de ativos de monitoramento preditivo de vagões;  Gestão de contratos nacionais e validação de serviços de testes de equipamentos juntos ás áreas;  Realização de estudos e validações de metas de confiabilidade de ativos de eletroeletrônica Vale  Validação do planejamento da manutenção eletroeletrônica Vale;  Validação da estratégia de terceirização das áreas eletroeletrônica Vale;  Elaboração e revisão da estratégica de manutenção de ativos de eletroeletrônica juntos às áreas;  Realização de análises de confiabilidade de ativos de eletroeletrônica Vale;  Realização de estudos elaborados e tratamento de falhas crônicas de ativos de eletroeletrônica Vale;  Realização de estudos elaborados como LCC e RCM nas áreas de eletroeletrônica EFVM, EFC e FCA;  Condução de equipes multidisciplinares diante de forças tarefas entre áreas, visitas técnicas e auditorias;  Governar a condução do processo de entrega adequada de ativos bem como sua transferência de tecno- logia junto às áreas de manutenção;  Gerenciamento de indicadores chave de performance da manutenção sob a forma de validador técnico multidisciplinar e matricial da área de manutenção eletroeletrônica Vale;  Planejamento e controle de orçamento de investimento da área;  Análise, acompanhamento e implantação de melhorias e processo VPS nas áreas de manutenção e enge- nharia. Realizações:  Implantação do modelo de Engenharia de Manutenção nas ferrovias Vale;  Estruturação e consolidação da supervisão de engenharia de manutenção eletroeletrônica Vale;  Gestão da equipe de Engenharia de Automação ligada à Gerência de Engenharia de Eletroeletrônica  Implantação e consolidação dos processos de Engenharia de Manutenção baseado nos conceitos de Ma- nutenção Classe Mundial  Implantação do projeto de automação da manutenção de preditiva de vagões waysides (especificação, aquisição e instalação) na EFVM e EFC  Implantação do projeto de software de gerenciamento de dados de waysides (especificação, aquisição e instalação) na EFVM e EFC  Implantação do Projeto Helper Dinâmico EFC (sistema patenteado);  Implantação do protótipo de computador de bordo portátil e centro de controle operacional da FNS  Realização de força tarefa de apoio à área de manutenção eletroeletrônica EFC com alavancagem de indi- cadores de confiabilidade de ativos em 2009  Realização de força tarefa de apoio à área de manutenção eletroeletrônica FCA com alavancagem de indi- cadores de confiabilidade de ativos em 2010  Priorização matricial da carteira de investimentos das áreas de manutenção eletroeletrônica Vale  Elaboração do OBZ (Orçamento Base Zero) das áreas de eletroeletrônica  Elaboração e revisão do planejamento estratégico de manutenção eletroeletrônica EFVM, EFC, FCA e FNS;  Condução integrada com as áreas de manutenção eletroeletrônica da revisão do spam de controle de supervisões bem como suas estruturas funcionais;  Elaboração e revisão da estratégica de manutenção de ativos de eletroeletrônica EFVM, EFC, FCA e FNS. Início: abr/2008 – Término: out/10 – Localidade: Vitória/ES + Nacional
  5. 5.  Vale – Coordenador de implantação do Sistema de Gerenciamento da Manutenção SGM Vale Responsabilidades:  Implantação, consolidação e disseminação das melhores práticas de manutenção nas ferrovias Vale;  Coordenação da implantação específica de todos os requisitos do Sistema de Gerenciamento da Manuten- ção SGM na EFVM;  Realização de auditorias sistematizadas de processos de manutenção em todas ferrovias Vale;  Coordenação de visitas técnicas para benchmarking entre áreas de manutenção  Participação da coordenação do Subcomitê de Planejamento e Gestão da Manutenção conduzindo as defi- nições sobre planejamento junto às diversas áreas Vale como Mina, Ferrovia, Pelotização e Porto;  Coordenação de implantação de processos e melhores práticas baseado nos conceitos de WCM. Realizações:  Implantação do Sistema de Gerenciamento da Manutenção SGM nas ferrovias Vale;  Revisão de processos como Diretrizes Básicas da Manutenção nas ferrovias Vale;  Aumento do nível de excelência em todas as funções de manutenção de ferrovias Vale;  Liderança da revisão dos requisitos SGM junto a representantes das diversas áreas de manutenção Vale;  Integração das diversas áreas de manutenção da ferrovia inclusive trocando benchmarks entre as mes- mas e com Mina e Porto. Início: jun/2007 – Término: mar/2008 – Localidade: Vitória/ES + Nacional  Vale – Engenheiro de Manutenção Eletroeletrônica EFVM Responsabilidades:  Implantação do Sistema de Gerenciamento da Manutenção Vale na eletroeletrônica EFVM;  Implantação, consolidação e disseminação das melhores práticas de manutenção eletroeletrônica nas ferrovias Vale;  Coordenar a implantação dos requisitos do Sistema de Gerenciamento da Manutenção SGM na área de eletroeletrônica EFVM;  Realização de auditorias sistematizadas de processos de manutenção em todas ferrovias Vale;  Coordenação do Grupo de Análise de Falhas da eletroeletrônica EFVM;  Condução de atividades de engenharia de manutenção eletroeletrônica;  Representante da EFVM do Subcomitê de Planejamento e Gestão da Manutenção Vale e do Subcomitê de Capacitação Vale;  Coordenação de implantação de processos e melhores práticas baseado nos conceitos de WCM. Realizações:  Implantação do Sistema de Gerenciamento da Manutenção SGM nas ferrovias Vale;  Aumento do nível de excelência em todas as funções de manutenção de ferrovias Vale;  Alavancagem da área de manutenção eletroeletrônica EFVM com o maior descolamento da aderência à meta do SGM na Vale em 2006;  Criação do Grupo de Análise de Falhas da manutenção eletroeletrônica EFVM;  Revisão da estratégia de manutenção eletroeletrônica EFVM;  Definição de metas e indicadores chave de performance  Revisão de processos como Diretrizes Básicas da Manutenção nas ferrovias Vale;  Liderança e representatividade da EFVM junto aos Subcomitês de Planejamento e Gestão, Capacitação, Sistemas e Engenharia;  Integração das diversas áreas de manutenção eletroeletrônica das ferrovias Vale. Início: set/2006 – Término: mai/2007 – Localidade: Vitória/ES  Vale - Supervisor de Programação e Controle da Manutenção PCM Eletroeletrônica EFVM Responsabilidades:  Implantação e estruturação área de Planejamento e Controle da Manutenção PCM;  Gestão de equipe própria (15 pessoas) na área de eletroeletrônica EFVM;  Estruturação do processo de PCM considerando interfaces internas e externas;  Definição de metas e indicadores chave de performance da eletroeletrônica EFVM;  Atualização e revisão da estratégia de ativos da eletroeletrônica EFVM. Realizações:  Estruturação e consolidação da área de Planejamento e Controle da Manutenção PCM;  Consolidação da célula de materiais nas sedes de manutenção eletroeletrônica EFVM;  Elaboração de procedimentos de PCM;  Elaboração e consolidação de fluxos de planejamento, programação e aprovisionamento;  Revisão do cadastro e tagueamento de ativos de eletroeletrônica bem como inventário;
  6. 6.  Atualização e revisão da estratégia de manutenção eletroeletrônica EFVM;  Cumprimento do mapa de manutenção de ativos de eletroeletrônica EFVM  Integração das diversas áreas de manutenção eletroeletrônica das ferrovias Vale. Início: fev/2006 – Término: ago/2006 – Localidade: Vitória/ES  MRS Logística – Especialista Ferroviário de Manutenção Responsabilidades:  Implantação de projetos e elaboração de análises de viabilidade econômico-financeira;  Acompanhamento de resultados e estudos de melhorias e projetos;  Planejamento de manutenção preventiva e corretiva de locomotivas;  Implementação de melhorias de processos, procedimentos e fluxos operacionais;  Coordenação do Grupo de Controle de Perdas (SGMASST) responsável pelas oficinas de Conselheiro La- faiete e Jeceaba;  Coordenação de implantação do Sistema ISO 9001 nas oficinas de Conselheiro Lafaiete e Jeceaba;  Coordenação da elaboração de procedimentos operacionais de locomotivas;  Coordenação de revisão de processos da área manutenção de locomotivas de toda oficinas MRS Logística;  Integração de toda a parte de implantação do Sistema de Gestão de Qualidade na MRS;  Coordenação da implantação do projeto piloto do Sistema de Gestão Integrado das Normas ISO 9001, OHSAS 18000 e ISO 14001. Realizações:  Aprovação de investimentos através de análises de viabilidade econômico-financeira;  Desenvolvimento e implantação do protótipo de velocímetro digital de locomotivas;  Realização de estudos de melhoria de confiabilidade diminuindo índices de restrições de locomotivas;  Certificação das oficinas de Conselheiro Lafaiete e Jeceaba no Sistema ISO 9001.  Implantação do projeto piloto do Sistema de Gestão Integrado das Normas ISO 9001, OHSAS 18000 e ISO 14001;  Alavancagem do resultado do SGMASST - Sistema de Gestão de Meio Ambiente, Saúde e Segurança do Trabalho da MRS nas oficinas de Conselheiro Lafaiete e Jeceaba.  Elaboração de procedimentos críticos de manutenção de locomotivas;  Elaboração de processos integrados de manutenção matricialmente em toda MRS Início: fev/2004 – Término: fev/2006 – Localidade: Conselheiro Lafaiete/MG. Formação Profissional  MRS Logística – Programa Trainee – Manutenção de Locomotivas Atividades:  Capacitação em disciplinas empresariais como projetos, comunicação, negociação, MASP, gestão da roti- na, finanças e liderança;  Integração nas principais áreas da empresa identificando processos e acompanhando clientes;  Atuação na área de manutenção de locomotivas em projetos, planejamento e gerenciamento;  Acompanhamento de produção e implantação de melhorias de processos, procedimentos e fluxo. Realizações:  Análise, implantação e diminuição de eventos de restrições de locomotivas da frota da MRS;  Avaliação de investimentos através de análises de viabilidade econômico-financeira;  Levantamento e elaboração de fluxos e procedimentos operacionais de manutenção;  Negociações de proposta técnicas e de melhorias de equipamentos com fornecedores;  Análise e implantação de melhorias e modificações de ativos;  Participação da conceituação do projeto piloto do Sistema de Gestão Integrado das Normas ISO 9001, OHSAS 18000 e ISO 14001; Início: fev/2004 – Término: jan/2005 – Localidade: Juiz de Fora/MG.  Construtel – Programa Trainee - Superintendência de Planejamento e Controle de Obras Atividades:  Capacitação em disciplinas empresariais e técnicas como projetos, telecomunicações e serviços;  Planejamento, análise e controle de obras e sua produtividade;  Alertas gerenciais situacionais de obras, projetos e saúde financeira de empreendimentos;  Acompanhamento e análise dos resultados do planejamento do empreendimento e subcontratação;  Faturamento e recebimento dos empreendimentos  Análises e acompanhamento econômico-financeiros de empreendimentos;  Análise dos resultados gerenciais da empresa.
  7. 7. Realizações:  Emissão de relatórios de acompanhamento de obras;  Fechamentos de números mensais de produção de obras;  Planejamento do backbone Minas-Rio junto ao cliente Telemar;  Acompanhamento de implantação de ERBs GVT em Curitiba/PR;  Acompanhamento de implantação de sites celulares em Belo Horizonte/MG;  Realização de visitas técnicas para acompanhamento de obras com CATV, celulares e telefonia fixa. Início: out/2000 – Término: jul/2001 – Localidade: Belo Horizonte/MG  CEMIG – Estágio - Superintendência de Planejamento da Expansão do Sistema Elétrico ST/PL. Atividades:  Elaboração de estudos de planejamento de soluções de energia visando melhoria do sistema CEMIG;  Estudo de fluxos de energia considerando interfaces nacionais do sistema elétrico nacional;  Visitas técnicas para conhecimento e interface de projetos em diversas áreas da empresa;  Participação de workshops de planejamento integrado do sistema elétrico CEMIG Realizações:  Elaboração do Estudo de Viabilidade da PCH Cachoeira Alegre na Região Mantiqueira/MG;  Elaboração do Estudo de Viabilidade de Obras para a SE São Gonçalo do Sapucaí - MG – reforço, estrutu- ração, estudo de planejamento, análises técnicas e econômicas;  Avaliações Técnicas, Econômicas e Rentabilidade de estudos de planejamento;  Negociação de recursos para empreendimentos. Início: jul/1999 – Término: 10/2000 – Localidade: Belo Horizonte/MG Experiências Acadêmicas  CEFET-MG – Professor Adjunto  Desenho Técnico 2 - grade curricular obrigatória do curso de Engenharia Elétrica: 1º e 2º Sem. 2003;  Sistemas de Comunicação - grade curricular de disciplinas optativas: 1º Sem. 2003);  Laboratório de Eletrônica Aplicada II - grade curricular obrigatória do curso de Engenharia Elétrica (2o Sem. 2003).  CEFET-MG – Monitor da Disciplina Acadêmica  Conversão Eletromecânica da Energia – Departamento Acadêmico de Engenharia Elétrica: 1º Sem. 1998.  CEFET-MG – Bolsa de Iniciação Científica CNPq –  O que há de verdade sobre o ozonizador de água - Análise das características e aplicações do Ozônio bem como análise e estudo do mecanismo eletroeletrônico de produção do mesmo; estudo das caracte- rísticas do elemento ozônio; estudo das ações benéficas e maléficas à saúde humana; testes químicos: 10 meses – 1997. Orientador: Ana Maria Pimenta (Química) – DADB – CEFET – MG. Cursos Gestão de Pessoas  Comunicação Interpessoal – Nelson Leocádio  Eficácia no Trabalho – Nelson Leocádio  Habilidades de Equipe – Nelson Leocádio  Liderança Situacional - Nelson Leocádio  Liderando Pessoas – Vale S.A. Gestão  Estratégias de Negociação – Advice Treinamento Empresarial  Gerenciamento da Rotina na Base Empresarial – FDG  MASP Método de Análise e Solução de Problemas – KAIZEN Consultoria  Análise de Demonstração Financeira – COPPEAD  Certificação em Gestão de Contratos – Vale S.A.  Gestão de Contratos – Vale S.A. Projetos  Gerenciamento de Projetos PMI – FDC  Gerenciamento de Projetos PMI – IETEC  Gerenciamento de Projetos PMI – Vale S.A.  Metodologia de Acompanhamento de Projetos – Vale S.A.  Gestão de projetos com tecnologia da informação - ll ENFOTEL/SME
  8. 8. Processos  Sistema de Gerenciamento da Manutenção SGM – Vale S.A.  Vale Production System VPS (Manutenção e Operação) – Vale S.A.  Vale Production System VPS (Saúde/Segurança, Sustentabilidade) – Vale S.A.  Vale Production System VPS (Gestão e Pessoas) – Vale S.A.  Sistema de Manutenção Maximo – Vale S.A.  Pensamento Enxuto (Lean Manufacturing) – Vale S.A. Engenharia  Manutenção Centrada em Confiabilidade – Reliasoft  LCC Life Cicle Costing – Vale S.A.  NR10 - Segurança em Instalação e Serviços em Eletricidade – Vale S.A  Redes Lógicas - ll ENFOTEL/SME  Eletrônica Embarcada – CEFET/Fachhochschule de Munique Línguas  Imersão Língua Inglesa 256hs – Vale S.A.  Curso de Inglês Técnico 2 anos – CEFET-MG Publicações  Artigo: “Processo de Programação e Controle da Manutenção e Elaboração do Planejamento Anual”. 4o Seminário Brasileiro de Planejamento e Informatização da Manutenção - Instituto de Engenharia de São Paulo. 2007.  Artigo: “Mistura de Quatro Ondas: Teoria, Simulações Computacionais e sua importância nas Redes Ópti- cas Transparentes”. Revista do Inatel. 1º Semestre/2008.  Dissertação: “Análise do Efeito Mistura de Quatro Ondas em Fibras Ópticas na Janela de 1550 nm”. Apre- sentada e publicada junto ao Instituto Nacional de Telecomunicações – INATEL. Orientadora: Profa. Dra. Maria Regina Caputo. Banca examinadora: Prof. Dr. Hugo Luis Fragnito / DEQ – Inst. Física – UNICAMP, Prof. Dr. José Antônio Justino Ribeiro /DTE - INATEL, Profa. Dra. Maria Regina Campos Caputo / DTE – INATEL. Julho/2003  TCC - Trabalho de Conclusão de Curso: “Plano Diretor de Negócios – Pedreira Pedra Branca”. Publicado junto ao Instituto Superior de Administração e Negócios – ISAN, Fundação Getúlio Vargas – FGV. Orienta- dor: André Luiz Fernandes Limeira. Maio/2013. Idiomas - Inglês – Nível Avançado (fluente) - Inglês Técnico (2 anos) - Espanhol: básico Conhecimentos em Informática - Windows - Pacote Office - MS Project - Corel Draw - Autocad - Sistema Maximo V6 - Sistema Oracle EBS - SAP - MATLAB / MATHCAD - Microstation - Eletronic Work Bench - Turbo Pascal - Linguagem de PLC Ladder Experiências Internacionais  Gestão de Contratos de Implantação dos Projetos Sinalização do Ramal-BH e do Pátio Laboreau na EFVM – 1ano – EUA.  Elaboração de proposta, negociação, implantação e gestão de contrato internacional para aquisição de ativos junto a Hegenschiedt – 1,5 anos – Alemanha;  Elaboração de proposta, negociação, implantação e gestão de contrato internacional de assistência técni- ca de ativos Hegenschiedt – 1,5 anos – Alemanha;  Visita técnica de pré-comissionamento de torno subsolo Hegenschiedt – 10 dias – Alemanha;  Gestão e Implantação do Projeto Waysides e SGDW na EFVM e EFC – 2 anos – Austrália, EUA (implanta- ção de vários tipos de equipamentos, aquisição, contrato de assitência técnica).  Gestão de contratos internacionais de aquisição de ativos – 2 anos – Brasil, Austrália, EUA;  Contato com diversos fornecedores internacionais (italianos, australianos, americanos) para manutenção, aquisição e assistência técnica de ativos – 4 anos.

×