PROJETO PARA REALIZAÇÃO DO
13° CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTEBOL DE
CACHOEIRA DO NORTE 2015/2016
COMISSÃO ORGANIZADA DO 13° ...
INTRODUÇÃO
O Esporte cumpre um importante papel na formação e no desenvolvimento das nossas crianças e
adolescentes. No en...
VII– PREVISÃO DE CUSTOS
ORÇAMENTO DO 13° CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTEBOL DE CACHOEIRA DO NORTE
2015/2016
PRODUTO/SERVIÇO Q...
XI– REGULAMENTO
REGULAMENTO DO 13° CAMPEONATO DISTRITAL DE
FUTEBOL DE CACHOEIRA DO NORTE- ANO 2015/2016
Dispõe sobre o Reg...
Art. 9º Poderão ser inscritos no campeonato apenas aqueles que residam em Cachoeira do Norte e/ou tenham
vinculo parentesc...
Art. 22. Adiada a partida, por decisão da Comissão Organizadora e Disciplinar- COD, a nova data será
marcada no momento em...
DOS UNIFORMES
Art. 32. As equipes deverão entrar em campo, uniformizadas, sendo permitido somente o uso de chuteira
conven...
X- Solicitar ao presidente aos Órgãos públicos e/ou privados , em tempo hábil, todo o apoio
material/financeiro/pessoal qu...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projeto e regulamento para realização do 13 distrital em cachoeira

195 visualizações

Publicada em

Projeto e regulamento do Campeonato Distrital de Cachoeira do Norte - Chapada do Norte - Vale do Jequitinhonha - MG

Publicada em: Esportes
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
195
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto e regulamento para realização do 13 distrital em cachoeira

  1. 1. PROJETO PARA REALIZAÇÃO DO 13° CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTEBOL DE CACHOEIRA DO NORTE 2015/2016 COMISSÃO ORGANIZADA DO 13° CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTEBOL DE CACHOEIRA DO NORTE 2015/2016 Autor do Projeto: Ivo Guedes dos Santos ivoguedescacho@gmail.com Fone: (33) 37393007 CACHOEIRA DO NORTE-CHAPADA DO NORTE/MG CACHOEIRA DO NORTE 2015
  2. 2. INTRODUÇÃO O Esporte cumpre um importante papel na formação e no desenvolvimento das nossas crianças e adolescentes. No entanto, para que isso ocorra, é mister a concepção e aplicação de uma política pública adequada à nossa realidade social. O Esporte é um meio eficaz de inserção e integração social, pois retira as crianças das ruas, as afasta das drogas, do crime organizado, da prostituição infantil e do ostracismo. Ao mesmo tempo, estimula a disciplina, os hábitos saudáveis de vida, ensina a importância da persistência na busca das metas, possibilita a experiência da vitória consagradora, da derrota pedagógica, do respeito ao adversário, da participação em equipe, do desenvolvimento da autoestima e do orgulho familiar. Isso, sem falar nas possibilidades de ascensão financeira e social. 1. JUSTIFICATIVA. Visando promover atividades que proporcione os interesses e motivações, fazendo com que os desportistas participem com entusiasmo, melhorando assim o esporte no Distrito de Cachoeira do Norte, este que é realizado a mais de uma década e se tornou evento tradicional no nosso distrito, visamos com este projeto receber apoio do poder público municipal e de entidades e empresas privadas, com vista em obtermos recursos para custearmos a realização do 13° Campeonato Distrital de Futebol de Cachoeira do Norte 2015/2016. 2. OBJETIVO GERAL. Promover uma união das questões em relação aos amadores além de desenvolver o convívio em união, amizade, ampliando um bom relacionamento entre as equipes de futebol e os desportistas do Distrito de cachoeira do Norte e distritos, comunidades e cidades vizinhas. O esporte tem como ajudar a promover o desenvolvimento social da nossa comunidade. Com este trabalho, possibilitaremos a comunidade condições de superar os problemas enfrentados com este mundo tão globalizado e pouco solidário, onde cada vez mais as pessoas estão distante uma das outras, o esporte e o lazer possui o poder de sedução de aproximar as pessoas. A proposta da realização deste evento se justifica pôr fazer com que o poder público e entidades privadas venham a perceber a sanar este afastamento entre as pessoas, fazendo com que a comunidade se sociabilize e se una em defesa de seus direitos como cidadão. 3. OBJETIVOS O distrito de cachoeira do Norte, pertence ao Município de Chapada do Norte, Vale do Jequitinhonha – MG. No distrito de Cachoeira do Norte, segundo o IBGE (censo 2010) possui na área urbana: 258 homens e 267 mulheres e na área rural: 140 homens e 159 mulheres, totalizando no distrito 824 habitantes; Nosso objetivo é promover a interação social, encontros e reencontros de pessoas presentes e ausentes de nosso distrito, bem como todos os visitantes que prestigiam nosso evento. Bem como a prática de esporte promovendo o bem estar e saúde dos praticantes. DOS OBJETIVOS a) Propiciar o desenvolvimento integral da pessoa humana como ser social autônomo, democrática e participante, contribuindo para o exercício da cidadania; b) Favorecer a integração sócia esportiva entre as pessoas que participam deste evento. c) Compensar os efeitos nocivos da vida moderna, contribuindo para a preservação e promoção da saúde humana; d) Estimular o desenvolvimento técnico esportivo dos atletas que as compõe as equipes participantes.. IV – DA REALIZAÇÃO A realização ficará a cargo da COMISSÃO ORGANIZADA, junto com poder público e patrocinadores. V – DO PERÍODO O período da competição será entre 20 de dezembro de 2015 a 09 de janeiro de 2016 VI – LOCAL DA COMPETIÇÃO - Campo Municipal de Cachoeira do Norte.
  3. 3. VII– PREVISÃO DE CUSTOS ORÇAMENTO DO 13° CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTEBOL DE CACHOEIRA DO NORTE 2015/2016 PRODUTO/SERVIÇO QUANT VALOR UNI. VALOR TOTAL TROFÉU PARA O CAMPEÃO 01 R$ 150,00 R$ 150,00 TROFÉU PARA O ARTILHEIRO 01 R$ 50,00 R$ 50,00 TROFÉU PARA O MELHOR GOLEIRO 01 R$ 50,00 R$ 50,00 TROFÉU PARA JOGADOR REVELAÇÃO 01 R$ 50,00 R$ 50,00 MEDALHAS PARA CAMPEÃO 17 R$ 4,50 R$ 76,50 MEDALHAS PARA VICE-CAMPEÃO 17 R$ 4,50 R$ 76,50 BOLA 04 R$ 99,00 R$ 396,00 GIRANDOLA (ABERTURA E FINAL) 02 R$ 90,00 R$ 180,00 CAL 30 R$ 10,00 R$ 300,00 APITO 01 R$ 15,00 R$ 15,00 BOMBA DE AR 01 R$ 19,90 R$ 19,90 TRENA 01 R$ 40,00 R$ 40,00 BANDEIRINHA DE CANTO 04 R$ 15,00 R$ 60,00 CARTÃO DE JUIZ 01 R$ 15,00 R$ 15,00 COSTURA DE CAMISAS 30 R$ 5,00 R$ 150,00 ARBITROS 13 R$ 50,00 R$ 650,00 AUXILIARES 13 R$ 30,00 R$ 390,00 GANDULAS 13 R$ 12,50 R$ 162,50 FRETES 07 R$ 20,00 R$ 140,00 IMPRESSÃO DE FOLHAS 30 R$ 00,50 R$ 15,00 CARTAZES 10 R$ 3,00 R$ 30,00 M.L(PAPEL HIGIENICO) 03 R$ 6,00 R$ 18,00 M.L(DESIFENTANTE) 05 R$ 6,00 R$ 30,00 M.L(PANO DE CHÃO ) 03 R$ 3,00 R$ 09,00 M.L(VASSOURA) 01 R$ 3,00 R$ 30,00 M.L(RODO) 01 R$ 3,00 R$ 30,00 CADEADO 05 R$ 12,00 R$ 60,00 MANGUEIRA 100m 01 R$ 50,00 R$ 50,00 SONORIZAÇÃO (FINAL) 01 R$ 600,00 R$ 600,00 DJ OU BANDA (FINAL) 01 R$ 600,00 R$ 600,00 TOTAL GERAL (PREVISÃO) R$ 4.443,40 VIII – PREVISÃO DE ARRECADAÇÃO DOAÇÃO/PATROCINIO QUANT VALOR UNITARIO VALOR TOTAL INCRIÇÕES JOGADORES 64 R$ 20,00 R$ 1280,00 LEILÃO (A REALIZAR) PATROCINIOS DIVERSOS APOIO FINANCEIRO S.M.C.E.L IX– FORMA DE DIVULGAÇÃO a) Internet – Cartazes X – PRESTAÇÃO DE CONTAS A prestação de contas será feita no final do campeonato, divulgados na Internet e Cartazes afixados nos pontos de maior circulação de pessoas no distrito.
  4. 4. XI– REGULAMENTO REGULAMENTO DO 13° CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTEBOL DE CACHOEIRA DO NORTE- ANO 2015/2016 Dispõe sobre o Regulamento do 13° Campeonato Distrital De Futebol De Cachoeira Do Norte e dá outras Providências. DA ORGANIZAÇÃO E PROMOÇÃO Art. 1º. Fica instituído o 13° Campeonato Distrital De Futebol De Cachoeira Do Norte, promovido e organizado pelos Desportistas Cachoeirenses. Art. 2º A execução do campeonato compete à Comissão Organizadora e Disciplinar COD, composta por três membros nomeados pelo presidente da Assembleia dos Desportistas Cachoeirense, Parágrafo único. Todos os membros da Comissão Organizadora e Disciplinar- COD não podem ser membros de nenhuma equipe participante deste campeonato. DO OBJETIVO Art. 3º. O campeonato tem por objetivos primordiais integrar os participantes, bem como possibilitar a Comunidade Cachoeirense e visitantes uma oportunidade de lazer e descontração. Promover a união, a integração e o lazer da comunidade esportiva de Cachoeira do Norte, bem como contribuir para o desenvolvimento e aperfeiçoamento do esporte amador do distrito. DO PERÍODO DE REALIZAÇÃO E DOS JOGOS Art. 4º Os jogos serão realizados entre os dias 20 de Dezembro de 2015 e 09 de Janeiro de 2016. Parágrafo Único. Cada tempo de jogo será de 45 (quarenta e cinco minutos) e o intervalo entre tempos será de 10 (dez) minutos. Art. 5º. Os jogos serão realizados preferencialmente às Quartas-feiras e/ou Quintas-Feiras, Sábados e/ou Domingos e os horários serão definidos em tabela elaborada pela Comissão Organizadora e Disciplinar- COD. Parágrafo Único: O mando de campo da partida será sempre do clube que figurar a esquerda da Tabela de Jogos. §1º Haverá tolerância de 15min (quinze minutos) para o início de cada partida, que será rigorosamente observada pelo árbitro. § 2º Na inobservância do parágrafo anterior, poderá o representante de uma das equipes arguir junto ao árbitro derrota da outra equipe por ausência do oponente (W.O.) § 3º A marcação do campo para os jogos ficará sob a responsabilidade da COD e está indicará pessoas para a excussão deste serviço, o recurso para pagamento deste serviço será debitado das inscrições e patrocínios. DO LOCAL DOS JOGOS Art. 6º. Os jogos serão realizados no Campo de Futebol “José Guedes” no Distrito de Cachoeira do Norte. DAS INSCRIÇÕES Art. 7º. As inscrições ocorrerão entre os dias 25/11 a 11/12 de 2015 § 1º A inscrição deverá ser realizada pelo atleta via telefone ou faceboock. Art. 8º. Será cobrada, no ato da inscrição, a taxa de R$ 340,00 (trezentos e quarenta reais) por equipe, bem como uma taxa de “Dinheiro Calção” no valor de R$ 510,00 (quinhentos e dez reais) por equipe. Obs.: A taxa de inscrição é para ser utilizada nos gastos que ocorrerem neste campeonato e o pagamento da mesma não acarretará a titularidade e/ou participação em todos os jogos do mesmo, esse critério é resguardado a cada equipe participante.
  5. 5. Art. 9º Poderão ser inscritos no campeonato apenas aqueles que residam em Cachoeira do Norte e/ou tenham vinculo parentesco, ou que sejam, moradores que se ausentaram para trabalhar ou estudar. Parágrafo Único. Também poderão participar do campeonato mais (__) jogadores que não residam em Cachoeira do Norte, sendo estes escolhidos exclusivamente por cada equipe participante sendo esta a responsável pelo pagamento da taxa de inscrição e dinheiro calção dos mesmos. Art. 10. A inscrição das equipes deverá observar o número Máximo de 17 jogadores por equipe. Art. 11. As equipes serão formadas através de sorteio dos atletas cachoeirense, que ocorrerá no dia 12 de dezembro 2015. Parágrafo Único. Os atletas já inscritos no campeonato não poderão se reinscrever em qualquer equipe. Art. 12. O número máximo de equipes inscritas será de 04. Art. 13. Toda equipe deverá indicar, no ato da inscrição, o seu representante, inclusive o suplente. § 1º Os representantes das equipes têm direito a participar das reuniões da Comissão Organizadora e Disciplinar- COD, sem direito a voto. § 2º O representante de cada equipe será exclusivamente o técnico da mesma. § 3º A Comissão Organizadora e Disciplinar- COD tratará as questões da equipe apenas com o Representante. § 4º O representante deve informar, imediatamente à Comissão Organizadora e Disciplinar- COD, a ocorrência de qualquer fato relevante para o bom andamento da competição, tendo o prazo improrrogável de 2 dias úteis para apresentar por escrito recurso por penalidade aplicada a sua equipe. DO CAMPEONATO Art. 14. O campeonato obedecerá às normas da Confederação Brasileira de Futebol, além das normas introduzidas pela Comissão Organizadora e Disciplinar- COD. Art. 15. Cada jogo será sumulado em documento próprio no qual constará o nome da equipe, o nome do atleta e o número de sua camisa e demais informações exigidas pela Comissão Organizadora e Disciplinar- COD. Art. 16. O campeonato será disputado confrontando-se as equipes entre si, observado o seguinte: I - Na primeira fase, classificatória, será observado o critério de pontos-corridos e, após sorteio, as equipes se enfrentarão de acordo com as datas e horários constantes da tabela em anexo. II - Fase final: se enfrentarão os dois times mais bem colocados da Fase I em jogo único. Parágrafo Único. Para os confrontos da fase final, se houver empate no tempo normal, haverá cobrança de 5 (cinco) pênaltis, mantendo-se o empate teremos cobranças alternadas até a vitória de uma das equipes. Art. 17. A pontuação jogo a jogo será aplicada da seguinte forma: I- a equipe vencedora fará jus a 3 (três) pontos; II- em caso de empate, cada equipe fará jus a 1 (hum) ponto; III- em caso de vitória por ausência do oponente (W.O), a equipe vencedora fará jus a (3) três pontos, além do acréscimo de 1(uma) vitória, no número de vitórias, e de 1(hum) gol no saldo de gols marcados; IV- não será atribuída pontuação para a equipe derrotada. Art. 18. Caso haja empate na contagem dos pontos, entre duas ou mais equipes, o critério de desempate se dará verificando-se, na ordem eliminatória, os seguintes critérios: I – maior número de vitórias; II – maior saldo de gols; III - maior número de gols marcados; IV – menor número de cartões – 1º vermelho e 2º amarelo; V– confronto direto; VI – Sorteio Art. 19. Cada equipe, em jogo, será composta de 11 (onze) atletas, incluindo o goleiro. § 1º O número mínimo de atletas em campo, seja para iniciar à partida será de 09 (nove) jogadores, incluindo o goleiro. § 2º A equipe só será considerada presente se possuir o número mínimo de atletas devidamente uniformizados em campo antes do início da partida. Art. 20. Antes de entrar em campo, cada atleta deve se identificar, assinar a súmula e aguardar a autorização do árbitro. Art. 21. Cada equipe, durante o jogo, terá um capitão devidamente identificado através de braçadeira.
  6. 6. Art. 22. Adiada a partida, por decisão da Comissão Organizadora e Disciplinar- COD, a nova data será marcada no momento em que for declarado o adiamento. Art. 23. Se uma das equipes não completar 75% (setenta e cinco por cento) do jogo será considerada perdedora. § 1º Para os casos estabelecidos no caput deste artigo, se a equipe estiver perdendo a partida, será mantido o placar. Para os casos em que esteja vencendo ou empatando a partida será considerada perdedora pelo placar simples de 1x0 (um a zero). § 2 º Poderá a Comissão Organizadora e Disciplinar- COD, dependendo do caso, aplicar outra punição a quem der causa à interrupção. Art. 24. Caberá ao árbitro decidir sobre a interrupção de uma partida ou declarar derrota de uma equipe por W.O. DO ADIAMENTO, DA SUSPENSÃO, DA IMPUGNAÇÃO, AUSÊNCIA E DA VALIDADE DA PARTIDA. Art. 25 - Qualquer partida, em virtude de mau tempo ou por motivo de força maior, poderá ser adiada pela Comissão Organizadora e Disciplinar, desde que o faça antes do seu início, dando-se ciência aos representantes das equipes interessadas e ao Árbitro da partida. Parágrafo único - Quando a partida for adiada pela Comissão Organizadora e Disciplinar, por seu representante ou pelo árbitro do jogo, caberá a mesma a decisão sobre a nova data para a realização da(s) partida(s) em questão. Art. 26 - A comissão, bem como os árbitros são os responsáveis para acerca do adiamento, bem como para decidir no campo a respeito da interrupção ou suspensão da mesma. Parágrafo Primeiro - Uma partida só poderá ser adiada, interrompida ou suspensa quando ocorrerem os seguintes motivos, que impeçam a sua realização ou continuação: a) Falta de segurança; b) Maus estados do campo, que torne a partida impraticável ou perigosa; Na ocorrência de chuva, neste caso, ocorrendo às chuvas antes do inicio dos jogos os mesmos serão adiados e cabe à comissão avisar as equipes com antecedência possível, no caso de os jogos já terem se iniciado este serão interrompidos, havendo já transcorrido mais de 8/9, os jogos serão dados como encerrados e mantido o placar vigente, no caso de não terem transcorridos os 3/4, o jogo será paralisado e reiniciado a partir do tempo em que o mesmo foi paralisado, neste caso só poderão participar do jogo, jogadores que estiverem escritos na súmula deste dia. . c) Falta de iluminação adequada; d) Falta de marcação do campo, ou marcação deficiente; e) Conflitos ou tumultos graves no campo de jogo ou no fora dele; f) Invasão generalizada do campo de jogo. Art. 27 Ocorrendo o previsto no parágrafo anterior nos itens, (a), ( c )com a partida já iniciada, o árbitro aguardará 20 (vinte) minutos para que cessem os motivos que deram causa a interrupção. Se não cessarem suspenderá a partida, encaminhando relatório circunstanciado à Coordenação. I. Se a Equipe que houver dado causa à suspensão, estiver vencendo a partida, será declarada perdedora, pelo placar de 1 x 0 (um a zero); se for perdedora sua adversária será declarada vencedora prevalecendo o resultado constante no placar, no momento da suspensão. II. Se a partida estiver empatada a Equipe que houver dado causa a suspensão, será declarada perdedora, pelo escore de 1 x 0 (um a zero). IV. Nos casos dos incisos anteriores os pontos serão revertidos à equipe adversária. V. No caso de ocorrer o descrito no item b, caberá ao arbitro , juntamente com a comissão organizadora decidirem, sobre o encerramento da partida e anotar na sumula o horário do ocorrido. Art. 28 - O time que não comparecer a uma partida, ressalvado por motivo de força maior (analisada previamente pela Comissão Organizadora e Disciplinar ), será considerado desistente da competição. Parágrafo Único – O motivo de ausência deverá ser entregue à Comissão Organizadora e Disciplinar dentro de 48 (quarenta e oito) horas seguintes previstas para o início da partida. Art. 29 - Qualquer Equipe que desistir ou for considerada desistente do Campeonato, os resultados por ela obtidos serão considerados nulos, salvo das fases concluídas e homologadas pela Coordenação. Parágrafo Único – A Equipe enquadrada neste artigo perderá o dinheiro calção no valor de R$510,00 (Quinhentos e dez reais) e será eliminada dos próximos jogos do campeonato. Art. 30. Durante a realização das partidas, o número de substituições será de 5 por jogo. Art. 31. Os atletas reservas devem guardar distância do campo de jogo.
  7. 7. DOS UNIFORMES Art. 32. As equipes deverão entrar em campo, uniformizadas, sendo permitido somente o uso de chuteira convencional ou chuteira society. Caso o árbitro verifique a inadequação do tipo de uniforme ou calçado utilizado por qualquer atleta, solicitará ao mesmo que efetue, imediatamente, a sua substituição. Se o atleta não efetuar a troca será impedido de jogar podendo ser substituído por outro jogador. § 1º Para efeito deste artigo, cada equipe deverá providenciar uniforme dotado de, pelo menos, camisa (com numeração), calção e meiões, respectivamente, de cor igual. § 2º É vedada a participação de atleta sem uniforme. § 3º No caso das equipes apresentarem uniformes parecidos, que possam causar qualquer tipo de confusão, a Comissão Organizadora e Disciplinar- COD deverá disponibilizar a qualquer dos times, mediante sorteio, um jogo de coletes de cor diferente. DA DISCIPLINA Art. 33. O atleta que for expulso da partida ou do banco de reservas ficará impedido de participar do jogo subsequente. Art. 34. O atleta será advertido pelo árbitro da partida por meio da aplicação do cartão amarelo, enquanto a expulsão se dará por cartão vermelho ou acumulação de 02 (dois) cartões amarelos na mesma partida. Art. 35. São causas impeditivas de o atleta participar da partida subsequente: I – a cada série de 03 (três) cartões amarelos recebidos; II – o recebimento de 01 (um) único cartão vermelho no decorrer da partida; III – suspensão pela Comissão Organizadora e Disciplinar- COD, por infração de natureza disciplinar grave que possa comprometer o bom andamento da partida, ainda que fora da condição de jogo. Parágrafo Único. A aplicação de cartão vermelho pelo árbitro zera o cômputo de cartão amarelo recebido no mesmo jogo. Art. 36. O árbitro da partida será obrigado a registrar em súmula os nomes dos atletas advertidos ou expulsos, descrevendo os fatos geradores de sua decisão. Art. 37. Os árbitros e seus auxiliares escalados para os jogos serão indicados pela Comissão Organizadora e Disciplinar- COD. Art. 38. Após a realização de cada partida, o árbitro deverá elaborar relatório descrevendo aspectos técnicos e disciplinares, resumido em súmula, e entregá-lo no local da partida à Comissão Organizadora e Disciplinar- COD. Art. 39. O jogador que se apresentar em visível estado de embriaguez ficará impedido de participar do jogo daquela rodada, devendo o árbitro comunicar a ocorrência à Comissão Organizadora e Disciplinar- COD. Art. 40. Qualquer atleta que esteja inscrito e que praticar comprovada agressão física a qualquer pessoa presente aos jogos será expulso do campeonato e poderá ser proibido de participar de qualquer competição promovida pelos Organizadores deste Campeonato, pelo período de até 24 (vinte e quatro) meses. Parágrafo Único. A penalidade contida no caput deste artigo não exime o atleta de outras responsabilidades na esfera cível e penal e caberá a COD instruir a vítima a realizar um BO (boletim de ocorrência) contra o agressor. DA COMISSÃO ORGANIZADORA E DISCIPLINAR-COD Art. 41 Compete à Comissão Organizadora e Disciplinar- COD: I – disciplinar a conduta dos atletas e aplicar as penalidades cabíveis que extrapolem a competência do árbitro; II – organizar a tabela dos jogos e divulgá-la no máximo 2(dois) dias antes do início do campeonato; III – escolher a equipe de árbitros. IV – dirigir conflitos que surjam durante a competição. V – apresentar no fim do campeonato a planilha de custos do campeonato; VI – julgar, por maioria simples, todos os recursos interpostos pelos representantes antes da rodada subsequente; VII – adiar a realização da partida, por motivo de caso fortuito ou força maior; VIII - acompanhar todos os jogos; IX- organizar a entrega das premiações para a equipe campeã, vice-campeã.
  8. 8. X- Solicitar ao presidente aos Órgãos públicos e/ou privados , em tempo hábil, todo o apoio material/financeiro/pessoal que se fizer necessário. XI- informar, imediatamente ao representante, todas as ocorrências que envolvam, mesmo que indiretamente, a sua equipe. XII- fornecer à equipe cópia desse regulamento antes da assinatura da ficha de inscrição § 1º Os casos omissos nesse regulamento serão resolvidos pela Comissão Organizadora e Disciplinar- COD; § 2º. Os recursos interpostos contra decisões da Comissão Organizadora e Disciplinar-COD não possuem efeito suspensivo. DAS PREMIAÇOES, TROFÉUS E MEDALHAS Art.42 - No Campeonato Distrital de Cachoeira do Norte 2014/2015 serão outorgadas as seguintes premiações: a) Ao Campeão – Um Troféu e 17 Medalhas douradas b) Ao Vice Campeão – 17 Medalhas prateadas c) O artilheiro receberá o troféu de goleador da competição d) O melhor goleiro receberá um troféu. e) O melhor jogador receberá um troféu f) O Jogador revelação receberá um troféu OBS: A escolha de melhor jogador revelação e melhor goleiro ficará sob a responsabilidade da Comissão Organizadora que aplicará notas a todos os jogadores durante todas as partidas, aqueles que tiverem a melhor nota serão considerados os melhores (O goleiro que levar o menor número de gols durante o campeonato terá um acréscimo de 05 pontos em sua nota final – ( o coeficiente da média será feito através da equação: n° de gols dividido pelo n° de partidas realizadas pelo goleiro)/ (No caso de Artilheiro do Campeonato, havendo empate entre dois ou mais jogadores, será observada a seguinte regra: a) Maior número de partidas realizadas. b) Ocorrendo o empate no n° de partidas será dado um troféu suplementar. DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 43. Havendo solicitação da Comissão Organizadora e Disciplinar- COD, poderá ocorrer alteração em qualquer artigo desse regulamento, desde que antes da realização da segunda rodada. Art. 44. Este regulamento entrará em vigor na data da sua publicação. Cachoeira do Norte, / / . COMISSÂO ORGANIZADORA 2015/2016

×