• NECESSITADOS EM GERAL
• ACOMPANHANTES USUAIS
DOS ENCARNADOS
• DIRIGENTES, INSTRUTORES
ORIENTADORES,
DESENCARNADOS
• TRAB...
A morte é apenas a destruição do envoltório
corporal, que a alma abandona (...)
conservando, porém, o seu corpo fluídico o...
a) consigo mesmo;
b) com a Doutrina Espírita;
c) com a Casa Espírita;
d) perante os benfeitores espirituais;
e) com os Esp...
Muitovariáveléotempoqueduraaperturbaçãoque
sesegueàmorte. Podeserdealgumas horas, como
tambémdemuitos meses eatédemuitos a...
Para o criminoso, a presença (...) das vítimas e
das circunstâncias do crime é um suplício
cruel.
Espíritos há mergulhados...
NATUREZA
TIPOS, FINALIDADES.
ETAPAS DE
FUNCIONAMENTO
4. OBJETIVOS E REGRAS DE FUNCIONAMENTO
DAS REUNIÕES MEDIÚNICAS
5. PAPEL DOS ENCARNADOS NA EQUIPE
MEDIÚNICA
DIRIGENTES
MÉDIUNS
DIALOGADORES
EQUIPE DE APOIO
Dirigentes
Cooperadores usuais
Trabalhadores especializados
Aprendizes
Visitantes
Acompanhantes dos encarnados
6. PAPEL DA...
Mediunidade
Emmanuel
Sendo a luz que brilha na carne, a mediunidade é
atributo do Espírito, patrimônio da alma imortal,
el...
A missão mediúnica, se tem os
seus percalços e as suas lutas
dolorosas, é também uma das
mais belas oportunidades de
progr...
7  manifestacao mediunica dos espiritos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

7 manifestacao mediunica dos espiritos

233 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

7 manifestacao mediunica dos espiritos

  1. 1. • NECESSITADOS EM GERAL • ACOMPANHANTES USUAIS DOS ENCARNADOS • DIRIGENTES, INSTRUTORES ORIENTADORES, DESENCARNADOS • TRABALHADORES DA EQUIPE ESPIRITUAL • AMIGOS, FAMILIARES DESENCARNADOS • VISITANTES DESENCARNADOS ESPÍRITOS COMUNICANTES
  2. 2. A morte é apenas a destruição do envoltório corporal, que a alma abandona (...) conservando, porém, o seu corpo fluídico ou perispírito. (ALLAN KARDEC – O Q. É. O. E 2.ª PTE, 2/11) No instante da morte, o desprendimento do perispírito não se completa subitamente; (...) se opera gradualmente e com uma lentidão muito variável conforme os indivíduos.(ALLAN KARDEC - L.E. QUESTÃO155-a) 1. COMPREENSÃODOFENÔMENODA1. COMPREENSÃODOFENÔMENODA MORTEMORTE
  3. 3. a) consigo mesmo; b) com a Doutrina Espírita; c) com a Casa Espírita; d) perante os benfeitores espirituais; e) com os Espíritos necessitados de auxílio; f) com o Movimento Espírita. 2.2. O COMPROMISSO ASSUMIDO PELOO COMPROMISSO ASSUMIDO PELO TRABALHADOR DO GRUPO MEDIÚNICOTRABALHADOR DO GRUPO MEDIÚNICO
  4. 4. Muitovariáveléotempoqueduraaperturbaçãoque sesegueàmorte. Podeserdealgumas horas, como tambémdemuitos meses eatédemuitos anos. (ALLAN KARDEC - L.E. QUESTÃO165) Umfenômenomuifreqüenteentreos Espíritos de certainferioridademoraléoacreditarem-seainda vivos, podendoestailusãoprolongar-sepormuitos anos, duranteos quais eles experimentarãotodas as necessidades, todos os tormentos eperplexidades da vida. (ALLAN KARDEC - C.I/1.ªprt,7/23) 3.. ESTADO DE PERTURBAÇÃO QUEESTADO DE PERTURBAÇÃO QUE ACOMPANHAACOMPANHA A DESENCARNAÇÃOA DESENCARNAÇÃO
  5. 5. Para o criminoso, a presença (...) das vítimas e das circunstâncias do crime é um suplício cruel. Espíritos há mergulhados em densa treva; outros se encontram em absoluto insulamento no Espaço, atormentados... Alguns são privados de ver os seres queridos, e todos, geralmente, passam com intensidade relativa pelos males, pelas dores e privações que a outrem ocasionaram. (ALLAN KARDEC - L.E. QUESTÃO 165)
  6. 6. NATUREZA TIPOS, FINALIDADES. ETAPAS DE FUNCIONAMENTO 4. OBJETIVOS E REGRAS DE FUNCIONAMENTO DAS REUNIÕES MEDIÚNICAS
  7. 7. 5. PAPEL DOS ENCARNADOS NA EQUIPE MEDIÚNICA DIRIGENTES MÉDIUNS DIALOGADORES EQUIPE DE APOIO
  8. 8. Dirigentes Cooperadores usuais Trabalhadores especializados Aprendizes Visitantes Acompanhantes dos encarnados 6. PAPEL DA EQUIPE ESPIRITUAL NA6. PAPEL DA EQUIPE ESPIRITUAL NA SESSÃO MEDIÚNICASESSÃO MEDIÚNICA
  9. 9. Mediunidade Emmanuel Sendo a luz que brilha na carne, a mediunidade é atributo do Espírito, patrimônio da alma imortal, elemento renovador da posição moral da criatura terrena, enriquecendo todos os seu valores no capítulo da virtude e da inteligência, sempre que se encontre ligada aos princípios evangélicos na sua trajetória pela face do mundo. Francisco, C. Xavier: O Consolador, questão 382.
  10. 10. A missão mediúnica, se tem os seus percalços e as suas lutas dolorosas, é também uma das mais belas oportunidades de progresso e de redenção concedidas por Deus aos seus filhos misérrimos. Francisco C. Xavier: O Consolador, questão 382. A MISSÃO DO MÉDIUM Emmanuel

×