Desculpem-me. Estou apenas encenando. Esta apresentação de hoje é para quem não é celebridade. Internet  para quem não é c...
“ Solidão”, o meu último slideshow, cujo título se referiu ao poema  divulgado pela celebridade de Chico   Buarque   de   ...
A Internet foi uma grande invenção, sem dúvida, a invenção de um mundo virtual onde nós podemos todos nos encontrar... E a...
Uma escola, tradicional, que ensina tantas coisas fáceis tanto quanto coisas mais difíceis... Neste caso, enquanto ela per...
“ Sorry, but unless you’re a celebrity, people really doesn’t want to hear much about you...” Palavras bastante realistas,...
“  Lamento, mas a não ser que você seja uma celebridade, realmente as pessoas não vão querer ouvir muito a seu respeito.”....
Assim fica claro que a Internet abre uma porta para nós..., mas só parcialmente. Precisamos mostrar a que viemos. Isto jam...
Deste lado eu vim pela divulgação dos meus livros, todos inéditos..., desconhecidos, justamente como eu mesmo.
Embora eu tenha estado a olhar ao redor para aprender, sinceramente ainda não sei   o   que é mais difícil: tornar-me conh...
Honesta e modestamente eu gostaria de me tornar conhecido pelos meus livros..., embora não se refiram a mim e à minha vida...
Honesta e modestamente eu gostaria de me tornar conhecido pelos meus livros..., embora não se refiram a mim e à minha vida...
Infelizmente já não sou um jovem atleta para me mostrar em vídeos realizando acrobacias e piruetas célebres. Não sou canto...
Sendo assim eu já posso dizer que divulgar livros é o mais difícil, para quem não é uma celebridade ―  ou não tem o seu no...
Mesmo assim estou aqui...,
Mesmo assim estou aqui..., graças à Internet..., com sua dimensão magnífica, virtual, esta que eu personalizo para agradec...
(/) Celebridades, independentes do julgamento de seus valores, voluntariamente não entram em lugares comuns, websites ― co...
Isso, aliás, mostra a importância do processo de aprendizado pelo qual a pessoa passa (ou deveria passar) antes de atingir...
Um processo importante, sem dúvida, não só porque nos leva dia a dia a procurar pelo nosso melhor, mas também porque nos e...
E aqui eu já me confesso satisfeito. Não ser célebre não reduz nada em nós nem acrescenta, e não é portanto nenhum bicho d...
Realmente, enfim, existe um aspecto muito especial neste fato ―  de não se ter um nome conhecido ―, pois quando alguém lê ...
(/) Não faz muito tempo que estou por aqui, mas tenho aprendido bastante e realmente a Web me surpreendeu ― ao me envolver...
E vou além... Durante estes últimos anos, pelas apresentações que vi e li, tanta coisa boa de gente talentosa, posso dizer...
Interessante... Na Internet, onde eu quase não vejo celebridades, vejo resultados reais, autenticamente, animadores!
Interessante... Na Internet, onde eu quase não vejo celebridades, vejo resultados reais, autenticamente, animadores! E ass...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

INTERNET para quem não é celebridade

541 visualizações

Publicada em

(-) A crônica anterior (Solidão) me fez continuar a pensar e a escrever, enfim, sobre a celebridade e a Internet.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
541
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
100
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

INTERNET para quem não é celebridade

  1. 7. Desculpem-me. Estou apenas encenando. Esta apresentação de hoje é para quem não é celebridade. Internet para quem não é celebridade
  2. 8. “ Solidão”, o meu último slideshow, cujo título se referiu ao poema divulgado pela celebridade de Chico Buarque de Holanda (mesmo que não seja este poema de sua autoria), me trouxe a pensar, exatamente sobre a celebridade e a Internet.
  3. 9. A Internet foi uma grande invenção, sem dúvida, a invenção de um mundo virtual onde nós podemos todos nos encontrar... E apropriadamente tal qual o mundo, que é uma escola em si mesmo, também a Internet é, ela mesma, uma escola.
  4. 10. Uma escola, tradicional, que ensina tantas coisas fáceis tanto quanto coisas mais difíceis... Neste caso, enquanto ela permite que todos se apresentem através dela, logo, porém, já nos deixa o alerta (em inglês, que é sua língua nativa):
  5. 11. “ Sorry, but unless you’re a celebrity, people really doesn’t want to hear much about you...” Palavras bastante realistas, envolvidas com um certo cuidado pela gentileza:
  6. 12. “ Lamento, mas a não ser que você seja uma celebridade, realmente as pessoas não vão querer ouvir muito a seu respeito.”... É uma verdade pura ou nua, e não se pode culpar as pessoas por isso ― pois, quanto a isso, nós todos pensamos do mesmo jeito.
  7. 13. Assim fica claro que a Internet abre uma porta para nós..., mas só parcialmente. Precisamos mostrar a que viemos. Isto jamais muda. É o mesmo para todos e em todo lugar.
  8. 14. Deste lado eu vim pela divulgação dos meus livros, todos inéditos..., desconhecidos, justamente como eu mesmo.
  9. 15. Embora eu tenha estado a olhar ao redor para aprender, sinceramente ainda não sei o que é mais difícil: tornar-me conhecido ou tornar conhecidos os meus livros.
  10. 16. Honesta e modestamente eu gostaria de me tornar conhecido pelos meus livros..., embora não se refiram a mim e à minha vida, diretamente. E de fato, aliás, eles não se referem a nenhuma celebridade...
  11. 17. Honesta e modestamente eu gostaria de me tornar conhecido pelos meus livros..., embora não se refiram a mim e à minha vida, diretamente. E de fato, aliás, eles não se referem a nenhuma celebridade... Eles estão, portanto, previamente destinados ao fracasso?
  12. 18. Infelizmente já não sou um jovem atleta para me mostrar em vídeos realizando acrobacias e piruetas célebres. Não sou cantor nem ator. Não sei representar. Só sei escrever. E reconheço que escrever assim, a respeito de livros desconhecidos, me deixa com este aspecto meio suspeito.
  13. 19. Sendo assim eu já posso dizer que divulgar livros é o mais difícil, para quem não é uma celebridade ― ou não tem o seu nome conhecido entre os nomes dos mais célebres.
  14. 20. Mesmo assim estou aqui...,
  15. 21. Mesmo assim estou aqui..., graças à Internet..., com sua dimensão magnífica, virtual, esta que eu personalizo para agradecer (aqui, em nome da Slideshare.net), pois é quem efetivamente me ajuda: dando-me, pela sua parte, visibilidade.
  16. 22. (/) Celebridades, independentes do julgamento de seus valores, voluntariamente não entram em lugares comuns, websites ― como este ― abertos ao público. Elas são tão célebres e de fato notáveis que procuram falar o mínimo possível, pela repercussão instantânea que resulta de qualquer coisa que dizem.
  17. 23. Isso, aliás, mostra a importância do processo de aprendizado pelo qual a pessoa passa (ou deveria passar) antes de atingir o estágio de celebridade.
  18. 24. Um processo importante, sem dúvida, não só porque nos leva dia a dia a procurar pelo nosso melhor, mas também porque nos ensina a ouvir e a ler; dois verbos que se referem aos outros, primeiramente, claro, antes de se referirem ao que falamos ou ao que escrevemos por nós mesmos.
  19. 25. E aqui eu já me confesso satisfeito. Não ser célebre não reduz nada em nós nem acrescenta, e não é portanto nenhum bicho de sete cabeças... Nada demais, a não ser por algo que eu ainda tenho para escrever...
  20. 26. Realmente, enfim, existe um aspecto muito especial neste fato ― de não se ter um nome conhecido ―, pois quando alguém lê o que você escreve faz isso friamente, com rigor... e, se gosta, é mesmo pra valer!... Vale, portanto, nos arriscar.
  21. 27. (/) Não faz muito tempo que estou por aqui, mas tenho aprendido bastante e realmente a Web me surpreendeu ― ao me envolver, dando-me motivações novas, alterando até o meu velho jeito arredio de ser, característico do interior mineiro... Bom, o fato é que estou mudado. E agradeço a todos, aos leitores e aos que, com as suas mentes brilhantes, sustentam ou mantêm ― no ar ― a Internet.
  22. 28. E vou além... Durante estes últimos anos, pelas apresentações que vi e li, tanta coisa boa de gente talentosa, posso dizer que me sinto animado ou reanimado (algo referente à alma) quanto às possibilidades humanas ...
  23. 29. Interessante... Na Internet, onde eu quase não vejo celebridades, vejo resultados reais, autenticamente, animadores!
  24. 30. Interessante... Na Internet, onde eu quase não vejo celebridades, vejo resultados reais, autenticamente, animadores! E assim eu ficarei por aqui..., atento ao meu estado de ânimo, fiel às manifestações de minha alma... Luz, 16 de Setembro de 2011 Lanier Wcr

×