Livro atitude poderosa

440 visualizações

Publicada em

Introdução do livro atitude poderosa.

www.atitudepoderosa.com.br

Publicada em: Carreiras
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
440
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
77
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Livro atitude poderosa

  1. 1. Israel Elias Atitude Poderosa As 5 chaves para sair do querer para o FAZER
  2. 2. “É possível mudar nossa vida e a atitude daqueles que nos cercam simplesmente mudando a nós mesmos.” Rudolf Dreikurs
  3. 3. Agradecimentos Em primeiro lugar, agradeço a Deus por me proporcionar momentos incríveis na minha vida. Agradeço ao apoio de minha esposa Patrícia Gouveia, pois desempenhou o papel de incentivadora, crítica literária e orientadora, sem ela não seria possível realizar esse sonho. Agradeço muito pelo fato de ela sempre ouvir minhas diferentes ideias e projetos a cada semana. Quero agradecer aquelas pessoas que abriram minha mente e me inspiraram a fazer a diferença e pensar fora da caixa. São elas: Conrado Adolpho, Erico Rocha, Bel Pesce, Jober Chaves, Flávio Augusto e Roberto Shinyashiki. Agradeço aos amigos Diana Federle, Douglas Ferreira, João Aloísio, Camila Souza e Rafael Vessoni que dedicaram tempo para ler a obra e passar um parecer sobre ela. Vocês foram fantásticos com as sugestões. Ao presidente do Grupo Nabhan de Tecnologia e VirtualAge/Totvs Marcos Nabhan pela parceria e confiança nos meus projetos e agradeço as nossas longas conversas sobre negócios. E agora, um agradecimento muito especial aos meus maiores incentivadores para fazer a diferença, meus pais Jorge e Clarice. Meu pai sempre com boas conversas sobre negócios, minha mãe a motivadora, aquela que me ajudou a ser o primeiro aluno a ler na 1° série do ensino fundamental. Também agradeço ao meu irmão Roger. Agradeço aos colegas de trabalho que me ouvem a cada dia com ideias criativas sobre a vida. Muito obrigado a todos os amigos que de forma direta ou indireta me incentivaram a realizar meus sonhos.
  4. 4. PREFÁCIO Como definir atitude? Como entendê-la? Atitude pode ser interpretada como: jeito de ser (“ele fala sempre com uma atitude de vencedor”), postura (“Ela manteve uma atitude inteligente”), modo de agir (“a atitude dele é de quem sabe das coisas”), comportamento (“não gostei da atitude desse rapaz”), aptidão (“ele parece que não toma atitude”), porte (“a posição do corpo dele é de quem tem muita atitude”), cognição (“minha atitude é a de votar contra a pena de morte”), afeto (“ele tem atitude de carinho e amor por todos”), reação (“ele respondeu com uma atitude arrogante”), tomada de decisão (“para vencer, eles precisam mudar a atitude”), opinião (“minha atitude é de discordância”), iniciativa (“ela teve uma atitude de visitar mais clientes”), ousadia (“a atitude de nossa empresa é de arriscar mais”), comprometimento (“ele é um excelente colaborador porque a atitude dele é a de pensar como patrão”) ou integridade (“nada abala a atitude dessa moça”), etc. Na vida pessoal e profissional, em alguns casos, atitude vem em primeiro lugar e tomada de decisão, em segundo. Exemplo: você não deixa de fumar porque decidiu parar (há até a história do sujeito que “decidiu” cinco vezes ao dia nunca mais colocar um cigarro na boca). Você deixa de fumar porque teve uma atitude de mudança, uma atitude que convocou sua força de vontade. Israel Elias, neste livro, nos mostra que conhecimento sem atitude é o vazio da informação; habilidade sem atitudes é a inutilidade dos talentos e competências sem atitudes são palavras lançadas ao vento. Vivam as atitudes! Eu disse uma vez que conhecimentos e habilidades resolvem problemas, mas é a atitude que resolve quando o problema insiste em permanecer problema.
  5. 5. Você pode ser um sem-teto, um sem dinheiro e até um sem projetos, mas jamais um sem atitudes. São elas que nos tornam pessoas diferentes e diferenciadas. E isso vale não só na vida profissional, mas para a vida em geral. Saber geografia é um conhecimento, mas sem a atitude de avançar mesmo na dificuldade, você só conheceria hoje a geografia de seu quintal. Saber lidar com filhos é uma habilidade, mas são as atitudes de amor que mudam destinos. As habilidades não amam, mas as atitudes, sim. Conhecer os segredos para “levar na conversa” um cônjuge no casamento, (ou um cliente em uma negociação) é uma habilidade. Mas são as atitudes não manipuladoras que tocam o coração. Confesso que fiquei impressionado com o livro do Israel Elias. Em 2012, eu já tinha escrito um livro “Atitudes Nota 10” e pensei que já tinha falado tudo (ou, digamos lá, quase tudo), mas o Israel me surpreendeu. Vi que o assunto foi largamente ampliado nessas páginas do “Atitude Poderosa”. Certa vez, numa cidade do Brasil, uma mulher entrou num banco com seu bebê. Quando foi dar de mamar a seu nenê, um funcionário a interrompeu, dizendo: “A senhora não pode fazer isso aqui! É proibido “comer” dentro do Banco!” Péssima atitude. Indignada, a mulher foi às redes sociais e “detonou” o Banco pela internet. Dezenas de mulheres compraram a indignação dessa mulher que foi humilhada e fizeram um “mamaço”, (isto é, foram todas com seus bebês para dar de mamar dentro do Banco). Qual foi a surpresa? Quando elas chegaram lá, o Banco recepcionou todas elas com fraldas, mamadeiras, brindes infantis e, de forma solene, pediram desculpas pela insensatez do funcionário. Excelente atitude! O sentimento de muitas
  6. 6. mulheres foi mudado na hora (e, algumas delas, até abriram contas naquele banco). Uma atitude poderosa pode levar do inferno ao Céu. Israel Elias não escreveu este livro para que você esqueça as técnicas, mas, sim, para que você as coloque no devido lugar: após o poder das atitudes grandes. Você já ouviu algum cliente reclamar porque um profissional não soube usar técnicas de como tratar com clientes? Já escutou um cliente gritar: “Ele me faltou com as técnicas?”. Mas você já o ouviu dizer: “Ele me faltou com o respeito”. O cliente reclama das atitudes, não das técnicas. Ao verificar o conteúdo deste livro senti que Israel Elias não é apenas o palestrante revelação, mas o escritor talento que une conteúdo e formato para fazer provocações na mente e levar o leitor ao mundo pouco explorado das mudanças pelas atitudes poderosas. Boa leitura! Maurício Gois www.mauriciogois.com.br www.palestraseducac ionais.com.br
  7. 7. Introdução Este livro não é apenas mais um manual de motivação e sucesso, com frases de efeito para você se sentir melhor ou refletir na vida. O objetivo desta obra é lhe causar três ís, Incomodar, Inspirar e Implementar. Aqui mostrarei que você é credenciado a ter uma vida mais completa e realizada se dedicar tempo a si mesmo, conhecendo-se melhor e assim melhorar comportamentos. Uma atitude poderosa poderá mudar sua vida trazendo-lhe resultados formidáveis como nunca imaginou. Provavelmente passa na sua cabeça agora, a lembrança de algo que tentou fazer sem obter resultados; parece que nadou, nadou e morreu na praia. Talvez você já tentou poupar dinheiro na sua conta bancária mas nunca passava de três meses, sempre aparecia uma emergência sugando sua pequena reserva. Talvez tentasse emagrecer e não ingerir alimentos gordurosos ou doces, mas essa dieta não passava de algumas semanas e então voltava tudo como era antes, às vezes até pior. Muitas vezes o fato de não conseguir concluir aquilo que iniciou tem lhe deixado frustrado e sem forças para uma nova tentativa. Como trabalhar uma nova atitude para atingir um objetivo? No seu trabalho tentou ser o melhor colaborador do mês, mas o fato de querer se destacar dos colegas, tem parecido paradoxal, pois a maioria deles não pensa da mesma forma que você; muitos apenas esperam receber seu salário para gastar em festas, sem se preocupar com o amanhã. Então mesmo você querendo melhorar, acaba se sentindo desestimulado a continuar com seu objetivo. É possível que já tenha acontecido algo semelhante contigo em algum momento; por isso este livro é para você, pois apresentarei o método POMAM que lhe ajudará a passar de atitudes limitadas para uma atitude poderosa. Como assim um método? Pode haver um método como se fosse uma receita? Sim, existe essa receita. É admirável
  8. 8. como as pessoas estudam sobre uma enfermidade e seus sintomas buscando a cura, mas não estudam aspectos do comportamento humano; estudam como ganhar dinheiro, como construir casas ou como dirigir um carro, mas poucos estudam sobre como mudar hábitos e sentimentos como raiva e ansiedade. Temos de entender que o sucesso em qualquer área primeiro vem do comportamento humano. Vou explicar. Quando me refiro a sucesso, não estou apenas falando do financeiro, mas sim como um todo; sucesso familiar, sucesso material e, principalmente, sucesso espiritual. Mas a base de tudo começa consigo mesmo. Agradeço-te por adquirir este livro. Comprometendo-se a lê-lo até o final, com certeza lhe trará grandes benefícios em relação a suas atitudes. As estatísticas mostram que cerca de dez por cento das pessoas que compram livros não passam do primeiro capítulo. Espero fortemente que você leia em pouco tempo toda essa obra. Provavelmente você já começou a leitura de vários outros livros sem terminá-los, sem atingir o resultado esperado, mas com esta obra, sua atitude será diferente. Você poderá lê-lo em uma semana apenas, esse é o tempo que costumo ler um livro de 200 páginas. Talvez você pense que disponho de muito tempo para a leitura, mas pelo contrário, trabalho muito durante o dia e a noite ministrando aulas e palestras. Também me dedico bastante à família e desenvolvo alguns projetos na igreja que frequento, pois sou líder de jovens. Através de métodos, consigo manter o hábito de uma boa leitura. Alguns desses métodos lhe mostrarei nos próximos capítulos para você também alcançar ótimos resultados. Escolha um horário para a leitura, seja na parte da manhã ou à tarde, mas crie este hábito, pois ele será fundamental para o sucesso na apreciação deste livro. Outra dica importante é: tenha o livro sempre em mãos, leve no seu
  9. 9. carro, na sua bolsa, pois a espera em uma fila poderá lhe proporcionar bons momentos de leitura. Também converse com amigos sobre o que você leu, pois isso lhe ajudará a fixar as informações e lhe motivará a continuar a leitura. O processo de fortalecimento do comportamento humano dependerá do seu empenho para a mudança, lembre- se, é a sua vida, são suas atitudes. O único responsável por gerar essa mudança é você mesmo, ou seja, o maior beneficiado. Você já tentou muitas vezes melhorar sua atitude para diferentes desafios que lhe aparecem, mas desistiu na sequência. Está desacreditado de si mesmo. Meu maior incentivo para escrever esse livro é o fato de eu acreditar em você. Acredito que você precisa e pode melhorar e ter uma vida com maiores realizações. Talvez seu patrão não acredite ou os amigos não acreditam em você, quem sabe até sua família já não acredita mais. Saiba que escrevi esse livro pensando em você. Nem todo mundo terá o imenso sucesso na vida como muitos por aí falam, mas sempre é possível melhorar, subir um degrau a mais na escada do sucesso. Pense nisso, trabalhe forte e ótima leitura.
  10. 10. Capítulo 1 Primeiro Diagnóstico. — Filho, sente-se naquela cadeira agora! A criança foi até a cadeira com expressão de raiva, sentou-se e disse: — Mamãe, por fora eu estou sentado, mas por dentro continuo em pé. Você já deve ter ouvido muito a palavra atitude, seja em casa, na empresa ou no encontro com os amigos. Lembro-me de quando ouvi esta palavra por volta dos oito anos de idade, quando minha mãe me bateu e disse para tomar uma atitude na vida. Nessa fase dificilmente sabemos o que significa realmente atitude. Outra vez que ouvi essa palavra foi quando gostava muito de uma garota, mas não tinha coragem de dizer a ela sobre meus sentimentos, eu tinha por volta de 15 anos. Estávamos em uma reunião de adolescentes no clube e essa garota despediu-se dizendo que iria para o ponto de ônibus, pois precisava ir embora. Meu amigo me disse para tomar uma atitude de homem e acompanhá-la até o ponto e dizer a ela o que estava sentindo. Durante o trajeto suei a testa, as mãos e parecia que meu coração sairia pela boca. Chegando ao ponto, conversamos sobre tudo menos acerca dos meus sentimentos; não preciso dizer que me senti muito frustrado devido a minha atitude limitada. Durante nossa jornada aqui neste mundo falamos e ouvimos muitas vezes a palavra atitude, mas será que sabemos o que ela realmente significa? O que ela quer dizer na essência? Lidar com atitudes não é uma tarefa fácil, o comportamento humano tem surpreendido a cada dia; você se propõe a um projeto, enxerga ele como um todo, mas no momento da execução, sua atitude é limitada ou na maioria das vezes pejosa. Por que isso ocorre? Você trabalha há muitos anos na mesma empresa,
  11. 11. quando alguém o encontra numa segunda-feira às 7h e lhe pergunta, “para onde você está indo?” Com aquela expressão de dó você diz, “Para a luta, para o sacrifício”. Ao chegar em casa depois das 18h, seu filho vem correndo para lhe dar um abraço, nisso sua esposa lhe pergunta sobre como foi seu dia de trabalho, você asperamente diz, “não me fala daquela desgraça de trabalho, estou em casa para relaxar e não para falar de trabalho”. Você ensina seu filho desde pequeno a não gostar de trabalho, pois ele percebe que é algo ruim. Quando chegar à adolescência, talvez ele terá certa resistência no momento de iniciar a vida profissional. Por que há pessoas que trabalham ganhando bem menos que você e aparentam uma felicidade contagiante? Segundo o site Eco Desenvolvimento, uma pesquisa realizada pela Right Management com 5.685 pessoas revelou que 48% dos entrevistados estão insatisfeitos com o trabalho. Os pesquisados deveriam responder “Sim” ou “Não” para a seguinte pergunta: “Você é feliz no seu trabalho atual ou na sua última ocupação? (entenda por felicidade o sentir-se bem, motivado, realizado e com boas perspectivas de crescimento na maioria do tempo – mínimo de 70% do tempo total)”. Os resultados mostraram que o percentual de mulheres (59%) supera o de homens (41%) igualmente insatisfeitos. Os mais jovens também estão menos felizes no trabalho, já que os mais descontentes têm entre 20 e 30 anos e representam 32% dos entrevistados contra apenas 8% de não satisfeitos na faixa dos 40 aos 50 anos. De acordo com a pesquisa, isto pode ser explicado conforme a experiência adquirida na vida profissional: os cargos que são de maior responsabilidade e os salários vão aumentando consequentemente. E é claro, a pesquisa também trouxe a informação que o percentual diminui para aqueles que têm o maior cargo e salário, consequentemente aumenta para aqueles de salários e cargos menores. Mas nem sempre aquele que recebe um salário
  12. 12. maior, está necessariamente satisfeito com o rumo de sua vida; muitos estão com sérios problemas financeiros ou psicológicos, pois não gostam do que fazem, mas permanecem por comodidade ou por necessidade. Aliás, segundo alguns psicólogos, o que traz satisfação no trabalho não é somente o dinheiro, pois esta sensação de ganhar bem dura cerca de três a quatro meses. Há outros fatores que contribuem para a satisfação e realização no mundo corporativo como, ambiente colaborativo, feedback, crescimento e outros mais. Alguns argumentam que odeiam sua vida profissional porque não são reconhecidos pela diretoria da empresa. Sempre foi um bom profissional, não chega atrasado, faz com muita dedicação o que lhe é pedido e mesmo assim não recebe um aumento salarial. Ao contrário disso, certa vez eu estava conversando com um empreendedor e ele me disse que não sabia o que faria com seus funcionários, pois não tinham iniciativa, faziam apenas o que era mandado e nunca chegavam com uma nova ideia para melhorar o processo da empresa. Depois ficavam pedindo aumento salarial, mas continuavam sempre fazendo as mesmas coisas. “O que eu faço Israel? Demito todo mundo? Faço treinamento com todos?”. Percebemos que a falta de atitude poderosa é um grande problema dentro das empresas, mas fora delas também inferimos que há pessoas frustradas, pois não conseguem colocar em prática aquilo que determinam para sua vida. Winston Churchill, primeiro-ministro do Reino Unido durante a Segunda Guerra Mundial disse certa vez sobre atitude: “Atitude é uma coisa pequena que faz uma grande diferença”. Sim, é essencial ter uma atitude diferenciada da multidão para alcançar o sucesso. Talvez você sente que está muito estressado ultimamente, o esgotamento físico e mental parece insuportável, a cobrança para pagar as contas em casa é enorme, seu salário algumas vezes dura somente 15 dias. Você sempre tem contas a pagar do seu carro; no início do ano é o
  13. 13. seguro, depois IPVA, licenciamento, manutenção do motor, pneus, isso quando não há parcelas do financiamento. Nas férias de janeiro, seus filhos lhe pedem uma viagem, você precisa se desdobrar para atender seus desejos. Logo que passa essa época, ao chegar o feriado de carnaval, todos querem descansar; nos feriados seguintes há festas também como dia das mães, dos pais, dia da criança, natal e ano novo. Você precisa de dinheiro, mas parece que ele foge de você. Por isso está no emprego fazendo tudo certinho com medo de ser mandado embora, mas, ao mesmo tempo, reclama do trabalho. É possível conciliar tudo isso? Tenho que separar a vida particular do profissional? O que fazem as pessoas felizes no trabalho? Por que alguns recebem 1 ou 2 salários-mínimos e são tão realizados na vida? Muito prazer. Antes de continuar, deixe-me apresentar a você. Eu sou Israel Elias, palestrante comportamental com foco em atitude e inovação. Casado com Patrícia Gouveia, que é professora. Filho do seu Jorge e da dona Clarice, que são os maiores responsáveis desta obra chegar até suas mãos. Estou à frente de uma empresa de palestras e treinamentos e empreendendo na área do marketing juntamente ao meu sócio. Analista de sistemas por formação, e Master in Business Administration em Planejamento e Gestão Estratégica. Percebi que em grande parte da formação acadêmica é necessário e por vezes fundamental lidar com pessoas. Com essa percepção, me graduei pelo Dale Carnegie Training em Desenvolvimento Pessoal & Relações Humanas. Nasci na cidade de Gravataí no Rio Grande do Sul, mas logo mudei para São Leopoldo no mesmo estado. De família
  14. 14. muito humilde, eu tinha dois sonhos quando criança. O sonho a seu ver parecerá simplista, mas na minha pequena cabeça infantil, achava que seria uma forma de sucesso. O primeiro era voar de avião, eu morava na rota do aeroporto Salgado Filho em Porto Alegre e todos os dias observava aquelas enormes aeronaves cruzando o céu com o barulho de potentes turbinas. De vez em quando meus pais me levavam ao aeroporto para ver os pousos e decolagens dos aviões. Questionava-me se algum dia conseguiria realizar esse sonho. Meu pai sempre me apoiava, dizia que em breve voaria. Adquira seu exemplar do livro atitude poderosa www.atitudepoderosa.com.br contato@israelelias.com.br

×