SlideShare uma empresa Scribd logo

Questões complementares aula de sus – intensivo sms

Ismael Costa
Ismael Costa
Ismael CostaProfessor em Universidade Estácio de Sá

Questões complementares aula de sus – intensivo sms

1 de 76
Baixar para ler offline
Questões complementares aula de
SUS – intensivo SMS/RJ
ismac@globo.com
www.blogprofismael.blogspot.com
Prof. Ismael Costa
questões
Prefeitura de Tangará da Serra/MT-Enfermeiro- 2011
1. A saúde é um direito de todos e dever do Estado, garantida mediante políticas sociais e
econômicas que visem à redução do risco de doenças e de outros agravos e ao acesso
universal e igualitário às ações e serviços para a promoção, proteção e recuperação. Esta
definição de saúde é:
A) Da lei nº 8080/90.
B) Da 8ª Conferência Nacional de Saúde.
C) Da Organização Mundial de Saúde.
D) Da Constituição Federal de 1988.
Prefeitura de Tangará da Serra/MT-Enfermeiro- 2011
1. A saúde é um direito de todos e dever do Estado, garantida mediante políticas sociais e
econômicas que visem à redução do risco de doenças e de outros agravos e ao acesso
universal e igualitário às ações e serviços para a promoção, proteção e recuperação. Esta
definição de saúde é:
A) Da lei nº 8080/90.
B) Da 8ª Conferência Nacional de Saúde.
C) Da Organização Mundial de Saúde.
D) Da Constituição Federal de 1988.
Prefeitura de Tangará da Serra/MT-Enfermeiro- 2011
2. De acordo com o artigo 200 da Constituição Federal:
A) A Indústria Farmacêutica compete: controlar e fiscalizar procedimentos, produtos e
substâncias de interesse para a saúde e participar da produção de medicamentos,
equipamentos, imunobiológicos, hemoderivados e outros insumos.
B) Ao SUS compete: fiscalizar e inspecionar alimentos, compreendido o controle de seu
teor nutricional, bem como bebidas e águas para consumo humano.
C) As Universidades competem: incrementar em sua área de atuação o desenvolvimento
científico e tecnológico.
D) A Indústria Radioativa compete: participar do controle e fiscalização da produção,
transporte, guarda e utilização de substâncias e produtos psicoativos, tóxicos e
radioativos.

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Simulado de legislação do SUS
Simulado de legislação do SUSSimulado de legislação do SUS
Simulado de legislação do SUSTâmara Lessa
 
Aula - SUS Princípios Doutrinários e Organizacionais
Aula - SUS Princípios Doutrinários e OrganizacionaisAula - SUS Princípios Doutrinários e Organizacionais
Aula - SUS Princípios Doutrinários e OrganizacionaisRogério de Mesquita Spínola
 
Estratégia saúde da família
Estratégia saúde da famíliaEstratégia saúde da família
Estratégia saúde da famíliaRuth Milhomem
 
Aula 1 politicas de saude no brasil
Aula 1   politicas de saude no brasilAula 1   politicas de saude no brasil
Aula 1 politicas de saude no brasilkellyschorro18
 
Aula Programa Nacional de Imunizacao
Aula Programa Nacional de ImunizacaoAula Programa Nacional de Imunizacao
Aula Programa Nacional de ImunizacaoErivaldo Rosendo
 
POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE
POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE  POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE
POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE Valdirene1977
 
Calculo de medicamentos
Calculo de medicamentosCalculo de medicamentos
Calculo de medicamentosViviane Campos
 
Atendente de Farmácia - Classificação dos Fármacos
Atendente de Farmácia - Classificação dos FármacosAtendente de Farmácia - Classificação dos Fármacos
Atendente de Farmácia - Classificação dos FármacosLuis Antonio Cezar Junior
 
Portaria 2.436 21 de setembro 2017 nova pnab
Portaria 2.436 21 de setembro 2017 nova pnabPortaria 2.436 21 de setembro 2017 nova pnab
Portaria 2.436 21 de setembro 2017 nova pnabNadja Salgueiro
 
Território e o Processo Saúde - Doença
Território e o Processo Saúde - DoençaTerritório e o Processo Saúde - Doença
Território e o Processo Saúde - Doençaferaps
 

Mais procurados (20)

Apresentação atenção básica esf
Apresentação atenção básica   esfApresentação atenção básica   esf
Apresentação atenção básica esf
 
Saude do homem
Saude do homem Saude do homem
Saude do homem
 
Lei 8080.90
Lei 8080.90Lei 8080.90
Lei 8080.90
 
SUS
SUSSUS
SUS
 
Simulado de legislação do SUS
Simulado de legislação do SUSSimulado de legislação do SUS
Simulado de legislação do SUS
 
Aula - SUS Princípios Doutrinários e Organizacionais
Aula - SUS Princípios Doutrinários e OrganizacionaisAula - SUS Princípios Doutrinários e Organizacionais
Aula - SUS Princípios Doutrinários e Organizacionais
 
Estratégia saúde da família
Estratégia saúde da famíliaEstratégia saúde da família
Estratégia saúde da família
 
Aula 3 - SUS
Aula 3 - SUSAula 3 - SUS
Aula 3 - SUS
 
Aula 1 politicas de saude no brasil
Aula 1   politicas de saude no brasilAula 1   politicas de saude no brasil
Aula 1 politicas de saude no brasil
 
Aula Programa Nacional de Imunizacao
Aula Programa Nacional de ImunizacaoAula Programa Nacional de Imunizacao
Aula Programa Nacional de Imunizacao
 
POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE
POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE  POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE
POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE
 
SUS para Concursos
SUS para ConcursosSUS para Concursos
SUS para Concursos
 
Aula Introdutória de Saúde Coletiva
Aula Introdutória de Saúde ColetivaAula Introdutória de Saúde Coletiva
Aula Introdutória de Saúde Coletiva
 
Calculo de medicamentos
Calculo de medicamentosCalculo de medicamentos
Calculo de medicamentos
 
Slides sus
Slides susSlides sus
Slides sus
 
Processo saúde doença
Processo saúde doençaProcesso saúde doença
Processo saúde doença
 
Atendente de Farmácia - Classificação dos Fármacos
Atendente de Farmácia - Classificação dos FármacosAtendente de Farmácia - Classificação dos Fármacos
Atendente de Farmácia - Classificação dos Fármacos
 
Atenção à Saúde do Idoso
Atenção à Saúde do Idoso Atenção à Saúde do Idoso
Atenção à Saúde do Idoso
 
Portaria 2.436 21 de setembro 2017 nova pnab
Portaria 2.436 21 de setembro 2017 nova pnabPortaria 2.436 21 de setembro 2017 nova pnab
Portaria 2.436 21 de setembro 2017 nova pnab
 
Território e o Processo Saúde - Doença
Território e o Processo Saúde - DoençaTerritório e o Processo Saúde - Doença
Território e o Processo Saúde - Doença
 

Destaque

Questões saúde pública
Questões saúde públicaQuestões saúde pública
Questões saúde públicaIsmael Costa
 
Exercício e gabarito da lei 8080 e 8142
Exercício e gabarito da lei 8080 e 8142Exercício e gabarito da lei 8080 e 8142
Exercício e gabarito da lei 8080 e 8142Samara Ferreira
 
Saúde - UFRJ-2013 lei 8112
Saúde - UFRJ-2013 lei 8112Saúde - UFRJ-2013 lei 8112
Saúde - UFRJ-2013 lei 8112Ismael Costa
 
Manual rede frio 4ed - 2013
Manual rede frio 4ed -  2013Manual rede frio 4ed -  2013
Manual rede frio 4ed - 2013Ismael Costa
 
Novo calendário da vacinação 2013
Novo calendário da vacinação 2013Novo calendário da vacinação 2013
Novo calendário da vacinação 2013Ismael Costa
 
Manual de normas e procedimentos de vacinacao_2014
Manual de normas e procedimentos de vacinacao_2014Manual de normas e procedimentos de vacinacao_2014
Manual de normas e procedimentos de vacinacao_2014Ismael Costa
 
Resumão Lei 8080 para provas e concursos Odontostation@gmail.com
Resumão Lei 8080 para provas e concursos Odontostation@gmail.comResumão Lei 8080 para provas e concursos Odontostation@gmail.com
Resumão Lei 8080 para provas e concursos Odontostation@gmail.comFlavio Salomao-Miranda
 
Convocação de parceiros
Convocação de parceirosConvocação de parceiros
Convocação de parceirosIsmael Costa
 
Nova portaria de notificação compulsória 2014
Nova portaria de notificação compulsória 2014Nova portaria de notificação compulsória 2014
Nova portaria de notificação compulsória 2014Ismael Costa
 
Preparacao resposta virus_chikungunya_brasil
Preparacao resposta virus_chikungunya_brasilPreparacao resposta virus_chikungunya_brasil
Preparacao resposta virus_chikungunya_brasilIsmael Costa
 
Política de saúde 1
Política de saúde 1Política de saúde 1
Política de saúde 1Ismael Costa
 
Guia vigilancia saude_completo
Guia vigilancia saude_completoGuia vigilancia saude_completo
Guia vigilancia saude_completoIsmael Costa
 
Acidentes com animais peçonhentos
Acidentes com animais peçonhentosAcidentes com animais peçonhentos
Acidentes com animais peçonhentosIsmael Costa
 
Manual hipertensão 2013
Manual hipertensão 2013Manual hipertensão 2013
Manual hipertensão 2013Ismael Costa
 
Manual diabetes - 2013
Manual diabetes - 2013Manual diabetes - 2013
Manual diabetes - 2013Ismael Costa
 
Imunização em saúde do trabalhador
Imunização em saúde do trabalhadorImunização em saúde do trabalhador
Imunização em saúde do trabalhadorIsmael Costa
 
5ª aula nob 91, 93 e 96
5ª aula   nob 91, 93 e 965ª aula   nob 91, 93 e 96
5ª aula nob 91, 93 e 96Rose Manzioli
 

Destaque (20)

Questoes SUS
Questoes SUSQuestoes SUS
Questoes SUS
 
Questões saúde pública
Questões saúde públicaQuestões saúde pública
Questões saúde pública
 
Exercício e gabarito da lei 8080 e 8142
Exercício e gabarito da lei 8080 e 8142Exercício e gabarito da lei 8080 e 8142
Exercício e gabarito da lei 8080 e 8142
 
Saúde - UFRJ-2013 lei 8112
Saúde - UFRJ-2013 lei 8112Saúde - UFRJ-2013 lei 8112
Saúde - UFRJ-2013 lei 8112
 
Resumo Lei 8080 para Concursos
Resumo Lei 8080 para ConcursosResumo Lei 8080 para Concursos
Resumo Lei 8080 para Concursos
 
Manual rede frio 4ed - 2013
Manual rede frio 4ed -  2013Manual rede frio 4ed -  2013
Manual rede frio 4ed - 2013
 
Novo calendário da vacinação 2013
Novo calendário da vacinação 2013Novo calendário da vacinação 2013
Novo calendário da vacinação 2013
 
Manual de normas e procedimentos de vacinacao_2014
Manual de normas e procedimentos de vacinacao_2014Manual de normas e procedimentos de vacinacao_2014
Manual de normas e procedimentos de vacinacao_2014
 
Resumão Lei 8080 para provas e concursos Odontostation@gmail.com
Resumão Lei 8080 para provas e concursos Odontostation@gmail.comResumão Lei 8080 para provas e concursos Odontostation@gmail.com
Resumão Lei 8080 para provas e concursos Odontostation@gmail.com
 
Convocação de parceiros
Convocação de parceirosConvocação de parceiros
Convocação de parceiros
 
Nova portaria de notificação compulsória 2014
Nova portaria de notificação compulsória 2014Nova portaria de notificação compulsória 2014
Nova portaria de notificação compulsória 2014
 
Preparacao resposta virus_chikungunya_brasil
Preparacao resposta virus_chikungunya_brasilPreparacao resposta virus_chikungunya_brasil
Preparacao resposta virus_chikungunya_brasil
 
Política de saúde 1
Política de saúde 1Política de saúde 1
Política de saúde 1
 
Adm ms 2012
Adm ms 2012Adm ms 2012
Adm ms 2012
 
Guia vigilancia saude_completo
Guia vigilancia saude_completoGuia vigilancia saude_completo
Guia vigilancia saude_completo
 
Acidentes com animais peçonhentos
Acidentes com animais peçonhentosAcidentes com animais peçonhentos
Acidentes com animais peçonhentos
 
Manual hipertensão 2013
Manual hipertensão 2013Manual hipertensão 2013
Manual hipertensão 2013
 
Manual diabetes - 2013
Manual diabetes - 2013Manual diabetes - 2013
Manual diabetes - 2013
 
Imunização em saúde do trabalhador
Imunização em saúde do trabalhadorImunização em saúde do trabalhador
Imunização em saúde do trabalhador
 
5ª aula nob 91, 93 e 96
5ª aula   nob 91, 93 e 965ª aula   nob 91, 93 e 96
5ª aula nob 91, 93 e 96
 

Semelhante a Questões complementares aula de sus – intensivo sms

O Sistema Único de Saúde Brasileiro
O Sistema Único de Saúde BrasileiroO Sistema Único de Saúde Brasileiro
O Sistema Único de Saúde Brasileiroloirissimavivi
 
Resumos lei nº8080 e lei 8142
Resumos lei nº8080 e lei 8142Resumos lei nº8080 e lei 8142
Resumos lei nº8080 e lei 8142talita dias
 
Aula-Sistema-Único-de-Saúde.pptx
Aula-Sistema-Único-de-Saúde.pptxAula-Sistema-Único-de-Saúde.pptx
Aula-Sistema-Único-de-Saúde.pptxIzabelVieira8
 
1 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - AGENTE DE COMBATE A ENDEMIAS.pdf
1 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - AGENTE DE COMBATE A ENDEMIAS.pdf1 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - AGENTE DE COMBATE A ENDEMIAS.pdf
1 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - AGENTE DE COMBATE A ENDEMIAS.pdfDavid Monteiro Mello
 
Leis do sus na integra
Leis do sus na integraLeis do sus na integra
Leis do sus na integraLuanapqt
 
Leis do sus na integra
Leis do sus na integraLeis do sus na integra
Leis do sus na integraLuanapqt
 
Apostila de sus do professor juremir abrunhosa
Apostila de sus do professor  juremir abrunhosaApostila de sus do professor  juremir abrunhosa
Apostila de sus do professor juremir abrunhosaCurso Atryo
 
Politicas sociais aula 7
Politicas sociais aula 7Politicas sociais aula 7
Politicas sociais aula 7J M
 
Apostila sus para concursos
Apostila   sus para concursosApostila   sus para concursos
Apostila sus para concursosBarbara Duarte
 
Aula-1-História-da-Saúde-Pública-no-Brasil.pdf
Aula-1-História-da-Saúde-Pública-no-Brasil.pdfAula-1-História-da-Saúde-Pública-no-Brasil.pdf
Aula-1-História-da-Saúde-Pública-no-Brasil.pdfUNEMAT
 

Semelhante a Questões complementares aula de sus – intensivo sms (20)

O Sistema Único de Saúde Brasileiro
O Sistema Único de Saúde BrasileiroO Sistema Único de Saúde Brasileiro
O Sistema Único de Saúde Brasileiro
 
1871426.ppt
1871426.ppt1871426.ppt
1871426.ppt
 
SUS
SUSSUS
SUS
 
Apostila sus para concursos
Apostila   sus para concursosApostila   sus para concursos
Apostila sus para concursos
 
Resumos lei nº8080 e lei 8142
Resumos lei nº8080 e lei 8142Resumos lei nº8080 e lei 8142
Resumos lei nº8080 e lei 8142
 
Apostila sus para concursos
Apostila   sus para concursosApostila   sus para concursos
Apostila sus para concursos
 
Aula-Sistema-Único-de-Saúde.pptx
Aula-Sistema-Único-de-Saúde.pptxAula-Sistema-Único-de-Saúde.pptx
Aula-Sistema-Único-de-Saúde.pptx
 
1 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - AGENTE DE COMBATE A ENDEMIAS.pdf
1 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - AGENTE DE COMBATE A ENDEMIAS.pdf1 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - AGENTE DE COMBATE A ENDEMIAS.pdf
1 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - AGENTE DE COMBATE A ENDEMIAS.pdf
 
Leis do sus na integra
Leis do sus na integraLeis do sus na integra
Leis do sus na integra
 
Leis do sus na integra
Leis do sus na integraLeis do sus na integra
Leis do sus na integra
 
Curso completo do sus 5
Curso completo do sus 5Curso completo do sus 5
Curso completo do sus 5
 
Lei 8080 e lei 8142
Lei 8080 e lei 8142Lei 8080 e lei 8142
Lei 8080 e lei 8142
 
Apostila+sus
Apostila+susApostila+sus
Apostila+sus
 
Apostila de sus do professor juremir abrunhosa
Apostila de sus do professor  juremir abrunhosaApostila de sus do professor  juremir abrunhosa
Apostila de sus do professor juremir abrunhosa
 
Sus
SusSus
Sus
 
Politicas sociais aula 7
Politicas sociais aula 7Politicas sociais aula 7
Politicas sociais aula 7
 
Apostila sus para concursos
Apostila   sus para concursosApostila   sus para concursos
Apostila sus para concursos
 
53152572 apostila
53152572 apostila53152572 apostila
53152572 apostila
 
Sus
SusSus
Sus
 
Aula-1-História-da-Saúde-Pública-no-Brasil.pdf
Aula-1-História-da-Saúde-Pública-no-Brasil.pdfAula-1-História-da-Saúde-Pública-no-Brasil.pdf
Aula-1-História-da-Saúde-Pública-no-Brasil.pdf
 

Mais de Ismael Costa

Aprim sp2e 3-ebserh
Aprim sp2e 3-ebserhAprim sp2e 3-ebserh
Aprim sp2e 3-ebserhIsmael Costa
 
Pep – hiv – protocolo 2015
Pep – hiv – protocolo 2015Pep – hiv – protocolo 2015
Pep – hiv – protocolo 2015Ismael Costa
 
Aprimore sp3-unirio
Aprimore sp3-unirioAprimore sp3-unirio
Aprimore sp3-unirioIsmael Costa
 
Tuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIO
Tuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIOTuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIO
Tuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIOIsmael Costa
 
Aula saúde do idoso - turma regular
Aula saúde do idoso - turma regularAula saúde do idoso - turma regular
Aula saúde do idoso - turma regularIsmael Costa
 
Calendário de vacinação indígena
Calendário de vacinação indígenaCalendário de vacinação indígena
Calendário de vacinação indígenaIsmael Costa
 
DST´s Hepatites AIDS
DST´s Hepatites AIDSDST´s Hepatites AIDS
DST´s Hepatites AIDSIsmael Costa
 
Tuberculose e Dengue
Tuberculose e DengueTuberculose e Dengue
Tuberculose e DengueIsmael Costa
 
Saúde do idoso -Intensivo MS 2012
Saúde do idoso -Intensivo MS 2012Saúde do idoso -Intensivo MS 2012
Saúde do idoso -Intensivo MS 2012Ismael Costa
 
Pós participação social e gestão do sus
Pós participação social e gestão do susPós participação social e gestão do sus
Pós participação social e gestão do susIsmael Costa
 
Participação social e gestão do sus
Participação social e gestão do susParticipação social e gestão do sus
Participação social e gestão do susIsmael Costa
 
Administração em enfermagem hupe 2012
Administração em enfermagem hupe 2012Administração em enfermagem hupe 2012
Administração em enfermagem hupe 2012Ismael Costa
 
Política de saúde no Brasil
Política de saúde no Brasil Política de saúde no Brasil
Política de saúde no Brasil Ismael Costa
 

Mais de Ismael Costa (15)

Aprim sp2e 3-ebserh
Aprim sp2e 3-ebserhAprim sp2e 3-ebserh
Aprim sp2e 3-ebserh
 
Pep – hiv – protocolo 2015
Pep – hiv – protocolo 2015Pep – hiv – protocolo 2015
Pep – hiv – protocolo 2015
 
Aprimore sp3-unirio
Aprimore sp3-unirioAprimore sp3-unirio
Aprimore sp3-unirio
 
Tuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIO
Tuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIOTuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIO
Tuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIO
 
5s cap 53
5s cap 535s cap 53
5s cap 53
 
Aula saúde do idoso - turma regular
Aula saúde do idoso - turma regularAula saúde do idoso - turma regular
Aula saúde do idoso - turma regular
 
Calendário de vacinação indígena
Calendário de vacinação indígenaCalendário de vacinação indígena
Calendário de vacinação indígena
 
DST´s Hepatites AIDS
DST´s Hepatites AIDSDST´s Hepatites AIDS
DST´s Hepatites AIDS
 
Tuberculose e Dengue
Tuberculose e DengueTuberculose e Dengue
Tuberculose e Dengue
 
Saúde do idoso -Intensivo MS 2012
Saúde do idoso -Intensivo MS 2012Saúde do idoso -Intensivo MS 2012
Saúde do idoso -Intensivo MS 2012
 
Pós participação social e gestão do sus
Pós participação social e gestão do susPós participação social e gestão do sus
Pós participação social e gestão do sus
 
Participação social e gestão do sus
Participação social e gestão do susParticipação social e gestão do sus
Participação social e gestão do sus
 
Administração em enfermagem hupe 2012
Administração em enfermagem hupe 2012Administração em enfermagem hupe 2012
Administração em enfermagem hupe 2012
 
Sp4 hupe-psf
Sp4 hupe-psfSp4 hupe-psf
Sp4 hupe-psf
 
Política de saúde no Brasil
Política de saúde no Brasil Política de saúde no Brasil
Política de saúde no Brasil
 

Questões complementares aula de sus – intensivo sms

  • 1. Questões complementares aula de SUS – intensivo SMS/RJ
  • 4. Prefeitura de Tangará da Serra/MT-Enfermeiro- 2011 1. A saúde é um direito de todos e dever do Estado, garantida mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doenças e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para a promoção, proteção e recuperação. Esta definição de saúde é: A) Da lei nº 8080/90. B) Da 8ª Conferência Nacional de Saúde. C) Da Organização Mundial de Saúde. D) Da Constituição Federal de 1988.
  • 5. Prefeitura de Tangará da Serra/MT-Enfermeiro- 2011 1. A saúde é um direito de todos e dever do Estado, garantida mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doenças e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para a promoção, proteção e recuperação. Esta definição de saúde é: A) Da lei nº 8080/90. B) Da 8ª Conferência Nacional de Saúde. C) Da Organização Mundial de Saúde. D) Da Constituição Federal de 1988.
  • 6. Prefeitura de Tangará da Serra/MT-Enfermeiro- 2011 2. De acordo com o artigo 200 da Constituição Federal: A) A Indústria Farmacêutica compete: controlar e fiscalizar procedimentos, produtos e substâncias de interesse para a saúde e participar da produção de medicamentos, equipamentos, imunobiológicos, hemoderivados e outros insumos. B) Ao SUS compete: fiscalizar e inspecionar alimentos, compreendido o controle de seu teor nutricional, bem como bebidas e águas para consumo humano. C) As Universidades competem: incrementar em sua área de atuação o desenvolvimento científico e tecnológico. D) A Indústria Radioativa compete: participar do controle e fiscalização da produção, transporte, guarda e utilização de substâncias e produtos psicoativos, tóxicos e radioativos.
  • 7. Prefeitura de Tangará da Serra/MT-Enfermeiro- 2011 2. De acordo com o artigo 200 da Constituição Federal: A) A Indústria Farmacêutica compete: controlar e fiscalizar procedimentos, produtos e substâncias de interesse para a saúde e participar da produção de medicamentos, equipamentos, imunobiológicos, hemoderivados e outros insumos. B) Ao SUS compete: fiscalizar e inspecionar alimentos, compreendido o controle de seu teor nutricional, bem como bebidas e águas para consumo humano. C) As Universidades competem: incrementar em sua área de atuação o desenvolvimento científico e tecnológico. D) A Indústria Radioativa compete: participar do controle e fiscalização da produção, transporte, guarda e utilização de substâncias e produtos psicoativos, tóxicos e radioativos.
  • 8. Prefeitura Municipal de Gonçalves Dias/MA-Enfermeiro- 2011. 3) O direito à saúde, hoje, faz parte dos direitos humanos e implica no reconhecimento de que todas as cidadãs e todos os cidadãos, sem exceção, têm as garantias universais da saúde. Baseado nisso assinale a alternativa incorreta: (A) A saúde é considerada na sua complexidade, colocando-se como um bem econômico não restrito ao mercado, como forma de vida da sociedade, e direito que se afirma enquanto política. (B) O reconhecimento da saúde como bem-estar, satisfação, bem coletivo e direito, configura um paradigma civilizatório da humanidade, levando-se em conta, evidentemente, as diferentes culturas e formas de cuidado do ser humano. (C) A questão da saúde depois da Constituição de 05 de Outubro de 1988 deixou de ser “um negócio da doença” para se transformar em garantia da vida, indo ao encontro do modelo flexneriano (proposto pelo relatório Flexner, nos Estados Unidos, no início do século XX). (D) Os movimentos sociais dos anos pré-constituição, na área da saúde, visavam a um novo paradigma e a uma nova forma de considerar a questão da saúde da população, coletiva e individualmente, como direito e como questão de todos, sobre a qual os sujeitos implicados tomam decisões.
  • 9. Prefeitura Municipal de Gonçalves Dias/MA-Enfermeiro- 2011. 3) O direito à saúde, hoje, faz parte dos direitos humanos e implica no reconhecimento de que todas as cidadãs e todos os cidadãos, sem exceção, têm as garantias universais da saúde. Baseado nisso assinale a alternativa incorreta: (A) A saúde é considerada na sua complexidade, colocando-se como um bem econômico não restrito ao mercado, como forma de vida da sociedade, e direito que se afirma enquanto política. (B) O reconhecimento da saúde como bem-estar, satisfação, bem coletivo e direito, configura um paradigma civilizatório da humanidade, levando-se em conta, evidentemente, as diferentes culturas e formas de cuidado do ser humano. (C) A questão da saúde depois da Constituição de 05 de Outubro de 1988 deixou de ser “um negócio da doença” para se transformar em garantia da vida, indo ao encontro do modelo flexneriano (proposto pelo relatório Flexner, nos Estados Unidos, no início do século XX). (D) Os movimentos sociais dos anos pré-constituição, na área da saúde, visavam a um novo paradigma e a uma nova forma de considerar a questão da saúde da população, coletiva e individualmente, como direito e como questão de todos, sobre a qual os sujeitos implicados tomam decisões.
  • 10. Universidade Federal Fluminense/RJ-Residência em enfermagem-2011 5- “A saúde é direito de todos e dever do Estado” (Art. 196 – Título VIII – Da Ordem Social, capítulo II – Da Seguridade Social, Seção II – Da Saúde). Tal afirmativa relaciona-se às seguintes prerrogativas, exceto: (A) A saúde é garantida mediante políticas sociais e econômicas de fórum autárquico e democrático. (B) O Estado tem como objetivo reduzir o risco de doença. (C) Os indivíduos devem ter acesso universal às ações de saúde. (D) Cabe ao Estado a promoção da saúde.
  • 11. Universidade Federal Fluminense/RJ-Residência em enfermagem-2011 5- “A saúde é direito de todos e dever do Estado” (Art. 196 – Título VIII – Da Ordem Social, capítulo II – Da Seguridade Social, Seção II – Da Saúde). Tal afirmativa relaciona-se às seguintes prerrogativas, exceto: (A) A saúde é garantida mediante políticas sociais e econômicas de fórum autárquico e democrático. (B) O Estado tem como objetivo reduzir o risco de doença. (C) Os indivíduos devem ter acesso universal às ações de saúde. (D) Cabe ao Estado a promoção da saúde.
  • 12. Prefeitura de Diadema /SP – Enfermeiro 2010 6. As ações e os serviços de saúde em nosso país são considerados de relevância pública e sua execução deve ser feita: (A) apenas por pessoas físicas ou jurídicas de direito privado. (B) apenas diretamente pelo Poder Público. (C) apenas por serviços terceirizados. (D) apenas por pessoas físicas ou jurídicas de direito público. (E) pelo Poder Público e por pessoas físicas ou jurídicas de direito privado.
  • 13. Prefeitura de Diadema /SP – Enfermeiro 2010 6. As ações e os serviços de saúde em nosso país são considerados de relevância pública e sua execução deve ser feita: (A) apenas por pessoas físicas ou jurídicas de direito privado. (B) apenas diretamente pelo Poder Público. (C) apenas por serviços terceirizados. (D) apenas por pessoas físicas ou jurídicas de direito público. (E) pelo Poder Público e por pessoas físicas ou jurídicas de direito privado.
  • 14. Prefeitura de Diadema /SP – Enfermeiro 2010 7. Ao se afirmar que a saúde – é um direito de todos, – integra todas as áreas da vida humana, e – que cada pessoa deve ser atendida de acordo com suas necessidades, resgatam-se, respectivamente, os seguintes princípios do Sistema Único de Saúde: (A) integralidade, universalidade e equidade. (B) universalidade, integralidade e equidade. (C) integralidade, universalidade e igualdade. (D) justiça social, abordagem holística e individualidade. (E) direito universal, integralidade, individualidade.
  • 15. Prefeitura de Diadema /SP – Enfermeiro 2010 7. Ao se afirmar que a saúde – é um direito de todos, – integra todas as áreas da vida humana, e – que cada pessoa deve ser atendida de acordo com suas necessidades, resgatam-se, respectivamente, os seguintes princípios do Sistema Único de Saúde: (A) integralidade, universalidade e equidade. (B) universalidade, integralidade e equidade. (C) integralidade, universalidade e igualdade. (D) justiça social, abordagem holística e individualidade. (E) direito universal, integralidade, individualidade.
  • 16. Prefeitura de Guaxupé /MG- Enfermeiro - 2010 8) A participação complementar dos serviços privados para o SUS, será formalizada mediante contrato ou convênio, preferencialmente destinados a: A) Hospitais Estaduais. B) Fundações públicas e privadas. C) Serviços de Pronto-Socorro Cardíaco. D) Entidades filantrópicas e sem fins lucrativos. E) Entidades confessionais.
  • 17. Prefeitura de Guaxupé /MG- Enfermeiro - 2010 8) A participação complementar dos serviços privados para o SUS, será formalizada mediante contrato ou convênio, preferencialmente destinados a: A) Hospitais Estaduais. B) Fundações públicas e privadas. C) Serviços de Pronto-Socorro Cardíaco. D) Entidades filantrópicas e sem fins lucrativos. E) Entidades confessionais.
  • 18. Governo da Bahia – Enfermeiro-2010 9-. Em relação à Seção da Saúde no Capítulo da Seguridade Social na Constituição Federal de 1988 é correto afirmar: (A) O setor privado está proibido de atuar no SUS. (B) O SUS será fundamentalmente estatal. (C) O setor público de serviços participará do SUS quando o setor privado não for suficiente para prestar assistência. (D) A assistência à saúde é livre à iniciativa privada. (E) Os municípios poderão livremente conveniar com a iniciativa privada para a implantação do SUS em seu território.
  • 19. Governo da Bahia – Enfermeiro-2010 9-. Em relação à Seção da Saúde no Capítulo da Seguridade Social na Constituição Federal de 1988 é correto afirmar: (A) O setor privado está proibido de atuar no SUS. (B) O SUS será fundamentalmente estatal. (C) O setor público de serviços participará do SUS quando o setor privado não for suficiente para prestar assistência. (D) A assistência à saúde é livre à iniciativa privada. (E) Os municípios poderão livremente conveniar com a iniciativa privada para a implantação do SUS em seu território.
  • 20. Governo da Bahia – Enfermeiro-2010 10-NÃO é competência do SUS: (A) Participar da produção de equipamentos. (B) Arrecadar e empregar os recursos financeiros da saúde conforme o art. 198 da Constituição Federal. (C) Participar da formulação da política e da execução das ações de saneamento básico. (D) Participar do controle e fiscalização do transporte de produtos radioativos. (E) Inspecionar bebidas alcoólicas.
  • 21. Governo da Bahia – Enfermeiro-2010 10-NÃO é competência do SUS: (A) Participar da produção de equipamentos. (B) Arrecadar e empregar os recursos financeiros da saúde conforme o art. 198 da Constituição Federal. (C) Participar da formulação da política e da execução das ações de saneamento básico. (D) Participar do controle e fiscalização do transporte de produtos radioativos. (E) Inspecionar bebidas alcoólicas.
  • 22. Secretaria Estadual de Rondônia: Enfermeiro – 2009 11. A implantação de um sistema de referência e contra-refêrencia entre os serviços que compõem a rede do SUS local buscam viabilizar: a. a integração com outros setores da economia; b. a conjugação de recursos financeiros e tecnológicos; c. a preservação da autonomia das pessoas; d. a hierarquização da rede de serviços de saúde; e. a participação da comunidade.
  • 23. Secretaria Estadual de Rondônia: Enfermeiro – 2009 11. A implantação de um sistema de referência e contra-refêrencia entre os serviços que compõem a rede do SUS local buscam viabilizar: a. a integração com outros setores da economia; b. a conjugação de recursos financeiros e tecnológicos; c. a preservação da autonomia das pessoas; d. a hierarquização da rede de serviços de saúde; e. a participação da comunidade.
  • 24. Secretaria Estadual de Rondônia: Enfermeiro – 2009 12. A percepção da saúde como direito de cidadania é um dado novo na história da política social brasileira. Nesse contexto, a noção de saúde pode ser percebida como: a. Expressão de decisão e gestão exclusiva do Estado. b. Conjunto de condições coletivas de existência com qualidade de vida. c. Visão medicalizada da saúde de forma globalizada. d. Compreensão da saúde como um estado biológico. e. Estado de ausência da Enfermidade.
  • 25. Secretaria Estadual de Rondônia: Enfermeiro – 2009 12. A percepção da saúde como direito de cidadania é um dado novo na história da política social brasileira. Nesse contexto, a noção de saúde pode ser percebida como: a. Expressão de decisão e gestão exclusiva do Estado. b. Conjunto de condições coletivas de existência com qualidade de vida. c. Visão medicalizada da saúde de forma globalizada. d. Compreensão da saúde como um estado biológico. e. Estado de ausência da Enfermidade.
  • 26. Prefeitura Municipal de Curral de Cima/PB: Enfermeiro – 2009 13. Associe os princípios constitucionais do SUS a suas respectivas descrições: I- Universalidade. II- Integralidade. III- Equidade. IV- Controle social. a. O cidadão deve ser atendido em todas as suas necessidades. b. Todos os cidadãos tem direito à saúde. c. Os recursos do Sistema de Saúde devem ser distribuídos de forma atenta às desigualdades existentes, com o objetivo de ajustar as suas ações às necessidades de cada parcela da população. d. A sociedade controlando a execução da política de saúde, inclusive nos aspectos econômicos e financeiros. A associação correta é: a. I-A; II-B; III-C; IV-D. b. I-C; II-B; III-D; IV –A. c. I-B; II-A; III-C; IV –D. d. I-D; II-C; III-B; IV –A. e. I-B; II-C; III-A; IV-D.
  • 27. Prefeitura Municipal de Curral de Cima/PB: Enfermeiro – 2009 13. Associe os princípios constitucionais do SUS a suas respectivas descrições: I- Universalidade. B II- Integralidade. A III- Equidade. C IV- Controle social. D a. O cidadão deve ser atendido em todas as suas necessidades. b. Todos os cidadãos tem direito à saúde. c. Os recursos do Sistema de Saúde devem ser distribuídos de forma atenta às desigualdades existentes, com o objetivo de ajustar as suas ações às necessidades de cada parcela da população. d. A sociedade controlando a execução da política de saúde, inclusive nos aspectos econômicos e financeiros. A associação correta é: a. I-A; II-B; III-C; IV-D. b. I-C; II-B; III-D; IV –A. c. I-B; II-A; III-C; IV –D. d. I-D; II-C; III-B; IV –A. e. I-B; II-C; III-A; IV-D.
  • 28. Prefeitura Municipal de Ninheira/MG: Enfermeiro – 2009 14. As instituições privadas de Assistência à Saúde no Sistema Único de Saúde: I- exercem um papel essencial. II- devem ser extintas progressivamente. III- tiveram tratamento semelhante ao destinado às entidades públicas. IV- podem participar de forma complementar. V- tiveram seus direitos assegurados, sendo vedado o surgimento de novas iniciativas. a. somente a IV está correta. b. somente a V está correta. c. todas estão corretas. d. somente a I é falsa.
  • 29. Prefeitura Municipal de Ninheira/MG: Enfermeiro – 2009 14. As instituições privadas de Assistência à Saúde no Sistema Único de Saúde: I- exercem um papel essencial. II- devem ser extintas progressivamente. III- tiveram tratamento semelhante ao destinado às entidades públicas. IV- podem participar de forma complementar. V- tiveram seus direitos assegurados, sendo vedado o surgimento de novas iniciativas. a. somente a IV está correta. b. somente a V está correta. c. todas estão corretas. d. somente a I é falsa.
  • 30. Prefeitura Municipal de Piraí/RJ: Enfermeiro – 2009 15. Ao longo do século XX, dois modelos influenciaram e ainda hoje influenciam o enfrentamento de problemas de saúde no Brasil. São eles: o assistencialismo médico e o sanitarismo. O modelo assistencialista, correspondente ao extinto Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social tem como característica: a. estar baseado na realização de campanhas e em programas especiais; b. contemplar a integralidade da atenção à saúde; c. apresentar cunho predominantemente curativo; d. ser universal e estar voltado para o atendimento da “demanda espontânea”; e. ter a comunidade como foco das ações de saúde.
  • 31. Prefeitura Municipal de Piraí/RJ: Enfermeiro – 2009 15. Ao longo do século XX, dois modelos influenciaram e ainda hoje influenciam o enfrentamento de problemas de saúde no Brasil. São eles: o assistencialismo médico e o sanitarismo. O modelo assistencialista, correspondente ao extinto Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social tem como característica: a. estar baseado na realização de campanhas e em programas especiais; b. contemplar a integralidade da atenção à saúde; c. apresentar cunho predominantemente curativo; d. ser universal e estar voltado para o atendimento da “demanda espontânea”; e. ter a comunidade como foco das ações de saúde.
  • 32. Prefeitura Municipal de Piraí/RJ: Enfermeiro – 2009 16. Descentralização do Sistema de Saúde significa organização por: a. programas específicos, por patologias; b. áreas geográficas distintas; c. critérios de vigilância epidemiológica; d. níveis diferentes de gestão; e. níveis de complexidade tecnológica.
  • 33. Prefeitura Municipal de Piraí/RJ: Enfermeiro – 2009 16. Descentralização do Sistema de Saúde significa organização por: a. programas específicos, por patologias; b. áreas geográficas distintas; c. critérios de vigilância epidemiológica; d. níveis diferentes de gestão; e. níveis de complexidade tecnológica.
  • 34. Prefeitura Municipal de Moreno/PE: Enfermeiro – 2009 17. A iniciativa privada poderá participar do SUS em caráter: a. Majoritário. b. Minoritário. c. Obrigatório. d. Complementar. e. Normativo.
  • 35. Prefeitura Municipal de Moreno/PE: Enfermeiro – 2009 17. A iniciativa privada poderá participar do SUS em caráter: a. Majoritário. b. Minoritário. c. Obrigatório. d. Complementar. e. Normativo.
  • 36. Prefeitura Municipal de Moreno/PE: Enfermeiro – 2009 18. Quanto ao direito à saúde e a sua garantia, analise as afirmativas abaixo: 1- A execução de ações de vigilância sanitária, a vigilância nutricional e a orientação alimentar, a colaboração na proteção do meio ambiente e a participação no controle e na fiscalização da produção, transporte, guarda e utilização de substâncias e produtos psicoativos, tóxicos e radioativos são exemplos de ações incluídas no campo de atuação do SUS. 2- O SUS é constituído tanto pelas ações e serviços de saúde prestados por órgãos e instituições públicas federais, estaduais e municipais quanto pela administração direta e indireta e as funções mantidas pelo poder público. 3- O Estado tem o dever de garantir o direito fundamental à saúde, apenas a execução de políticas econômicas sociais que visem à redução de risco de doenças e de outros agravos e no estabelecimento de condições que assegurem acesso universal e igualitário às ações e aos serviços pra a sua promoção, proteção e recuperação. Está(ão) correta(s) apenas: a. 1 b. 1 e 2 c. 3 d. 2 e 3 e. 1 e 3
  • 37. Prefeitura Municipal de Moreno/PE: Enfermeiro – 2009 18. Quanto ao direito à saúde e a sua garantia, analise as afirmativas abaixo: 1- A execução de ações de vigilância sanitária, a vigilância nutricional e a orientação alimentar, a colaboração na proteção do meio ambiente e a participação no controle e na fiscalização da produção, transporte, guarda e utilização de substâncias e produtos psicoativos, tóxicos e radioativos são exemplos de ações incluídas no campo de atuação do SUS. 2- O SUS é constituído tanto pelas ações e serviços de saúde prestados por órgãos e instituições públicas federais, estaduais e municipais quanto pela administração direta e indireta e as funções mantidas pelo poder público. 3- O Estado tem o dever de garantir o direito fundamental à saúde, apenas a execução de políticas econômicas sociais que visem à redução de risco de doenças e de outros agravos e no estabelecimento de condições que assegurem acesso universal e igualitário às ações e aos serviços pra a sua promoção, proteção e recuperação. Está(ão) correta(s) apenas: a. 1 b. 1 e 2 c. 3 d. 2 e 3 e. 1 e 3
  • 38. Prefeitura Municipal de Moreno/PE: Enfermeiro – 2009 19. As atividades abaixo enumeradas estão incluídas no campo de atuação do SUS, exceto: a. Vigilância sanitária. b. Vigilância epidemiológica. c. Saúde do trabalhador. d. Saneamento ambiental. e. Assistência terapêutica integral, inclusive farmacêutica.
  • 39. Prefeitura Municipal de Moreno/PE: Enfermeiro – 2009 19. As atividades abaixo enumeradas estão incluídas no campo de atuação do SUS, exceto: a. Vigilância sanitária. b. Vigilância epidemiológica. c. Saúde do trabalhador. d. Saneamento ambiental. e. Assistência terapêutica integral, inclusive farmacêutica.
  • 40. Prefeitura de Itá/SC-Técnico de enfermagem-2011 3- O sistema único de saúde teve seus princípios estabelecidos na ________________, em 1990, com base no artigo 198 da constituição federal de 1988. A. Diretriz federal da saúde B. Conferência Nacional de saúde C. Lei Orgânica de saúde D. Previdência social E. Agência Nacional de vigilância sanitária
  • 41. Prefeitura de Itá/SC-Técnico de enfermagem-2011 3- O sistema único de saúde teve seus princípios estabelecidos na ________________, em 1990, com base no artigo 198 da constituição federal de 1988. A. Diretriz federal da saúde B. Conferência Nacional de saúde C. Lei Orgânica de saúde D. Previdência social E. Agência Nacional de vigilância sanitária
  • 42. Prefeitura de João Lisboa/MA – Enfermeiro- 2011. 4- Ao SUS compete, além de outras atribuições, nos termos da Lei, EXCETO: (A) Controlar e fiscalizar procedimentos, produtos e substâncias de interesse para saúde e participar da produção de medicamentos, equipamentos, imunobiológicos, hemoderivados e outros insumos; (B) Ordenar a formação de recursos humanos na área de saúde; (C) Executar as ações de vigilância sanitária e epidemiológica, bem como as de saúde do trabalhador; (D) Participar da produção e fiscalização, transporte, guarda e utilização de substâncias e produtos psicoativos, tóxicos e radioativos.
  • 43. Prefeitura de João Lisboa/MA – Enfermeiro- 2011. 4- Ao SUS compete, além de outras atribuições, nos termos da Lei, EXCETO: (A) Controlar e fiscalizar procedimentos, produtos e substâncias de interesse para saúde e participar da produção de medicamentos, equipamentos, imunobiológicos, hemoderivados e outros insumos; (B) Ordenar a formação de recursos humanos na área de saúde; (C) Executar as ações de vigilância sanitária e epidemiológica, bem como as de saúde do trabalhador; (D) Participar da produção e fiscalização, transporte, guarda e utilização de substâncias e produtos psicoativos, tóxicos e radioativos.
  • 44. Prefeitura Municipal de Várzea Paulista/SP – Técnico de enfermagem – 2011 9 - De acordo com a Lei 8080/90, a saúde é um direito fundamental do ser humano, devendo o Estado prover as condições indispensáveis ao seu pleno exercício. O dever do Estado de garantir a saúde consiste na _____ de políticas econômicas e sociais que visem à redução de _____ e de outros agravos e no estabelecimento de condições que assegurem acesso _____ às ações e aos serviços para a sua promoção, proteção e recuperação. As lacunas são corretamente preenchidas respectivamente por: (A) execução subordinada / casos de doenças / amplo e irrestrito; (B) formulação associada / casos de epidemias / restrito e hierárquico; (C) formulação e execução / riscos de doenças / universal e igualitário; (D) subordinação / casos de morte / fácil e rápido; (E) observância / ocupação hospitalar / dinâmico e absoluto.
  • 45. Prefeitura Municipal de Várzea Paulista/SP – Técnico de enfermagem – 2011 9 - De acordo com a Lei 8080/90, a saúde é um direito fundamental do ser humano, devendo o Estado prover as condições indispensáveis ao seu pleno exercício. O dever do Estado de garantir a saúde consiste na _____ de políticas econômicas e sociais que visem à redução de _____ e de outros agravos e no estabelecimento de condições que assegurem acesso _____ às ações e aos serviços para a sua promoção, proteção e recuperação. As lacunas são corretamente preenchidas respectivamente por: (A) execução subordinada / casos de doenças / amplo e irrestrito; (B) formulação associada / casos de epidemias / restrito e hierárquico; (C) formulação e execução / riscos de doenças / universal e igualitário; (D) subordinação / casos de morte / fácil e rápido; (E) observância / ocupação hospitalar / dinâmico e absoluto.
  • 46. Prefeitura Municipal de Várzea Paulista/SP – Técnico de enfermagem – 2011 10 – Avalie as definições a seguir: I - Conjunto de ações que proporcionam o conhecimento, a detecção ou prevenção de qualquer mudança nos fatores determinantes e condicionantes de saúde individual ou coletiva, com a finalidade de recomendar e adotar as medidas de prevenção e controle das doenças ou agravos. II - Conjunto de atividades que se destina, através das ações de vigilância epidemiológica e vigilância sanitária, à promoção e proteção da saúde dos trabalhadores, assim como visa à recuperação e reabilitação da saúde dos trabalhadores submetidos aos riscos e agravos advindos das condições de trabalho. III - Conjunto de ações capaz de eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde e de intervir nos problemas sanitários decorrentes do meio ambiente, da produção e circulação de bens e da prestação de serviços de interesse da saúde. De acordo com a Lei 8080/90, os conceitos de vigilância epidemiológica, vigilância sanitária e saúde do trabalho estão descritos respectivamente nas definições: (A) I, II e III; (B) II, I e III; (C) II, III e I; (D) I, III e II; (E) III, II e I.
  • 47. Prefeitura Municipal de Várzea Paulista/SP – Técnico de enfermagem – 2011 10 – Avalie as definições a seguir: I - Conjunto de ações que proporcionam o conhecimento, a detecção ou prevenção de qualquer mudança nos fatores determinantes e condicionantes de saúde individual ou coletiva, com a finalidade de recomendar e adotar as medidas de prevenção e controle das doenças ou agravos. II - Conjunto de atividades que se destina, através das ações de vigilância epidemiológica e vigilância sanitária, à promoção e proteção da saúde dos trabalhadores, assim como visa à recuperação e reabilitação da saúde dos trabalhadores submetidos aos riscos e agravos advindos das condições de trabalho. III - Conjunto de ações capaz de eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde e de intervir nos problemas sanitários decorrentes do meio ambiente, da produção e circulação de bens e da prestação de serviços de interesse da saúde. De acordo com a Lei 8080/90, os conceitos de vigilância epidemiológica, vigilância sanitária e saúde do trabalho estão descritos respectivamente nas definições: (A) I, II e III; (B) II, I e III; (C) II, III e I; (D) I, III e II; (E) III, II e I.
  • 48. Prefeitura Municipal de Várzea Paulista/SP – Técnico de enfermagem – 2011 11 – De acordo com a Lei 8080/90, compete à direção municipal do SUS as seguintes ações, EXCETO: (A) gerir laboratórios públicos de saúde e hemocentros; (B) controlar e fiscalizar os procedimentos dos serviços privados de saúde; (C) formar consórcios administrativos intermunicipais; (D) definir e coordenar os sistemas de redes integradas de assistência de alta complexidade; (E) executar serviços de vigilância epidemiológica, de vigilância sanitária, de alimentação e nutrição, de saneamento básico e de saúde do trabalhador.
  • 49. Prefeitura Municipal de Várzea Paulista/SP – Técnico de enfermagem – 2011 11 – De acordo com a Lei 8080/90, compete à direção municipal do SUS as seguintes ações, EXCETO: (A) gerir laboratórios públicos de saúde e hemocentros; (B) controlar e fiscalizar os procedimentos dos serviços privados de saúde; (C) formar consórcios administrativos intermunicipais; (D) definir e coordenar os sistemas de redes integradas de assistência de alta complexidade; (E) executar serviços de vigilância epidemiológica, de vigilância sanitária, de alimentação e nutrição, de saneamento básico e de saúde do trabalhador.
  • 50. Prefeitura de Tangará da Serra/MT-Enfermeiro- 2011 12. Os critérios e valores para a remuneração de serviços privados ou filantrópicos e os parâmetros de cobertura assistencial serão estabelecidos pela direção: A) Estadual do Sistema Único de Saúde (SUS), aprovados no Conselho Estadual de Saúde. B) Do Conselho Nacional de Saúde, aprovado pela bipartite. C) Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS), aprovados no Conselho Nacional de Saúde. D) Municipal do Sistema Único de Saúde (SUS), aprovados no Conselho Municipal de Saúde.
  • 51. Prefeitura de Tangará da Serra/MT-Enfermeiro- 2011 12. Os critérios e valores para a remuneração de serviços privados ou filantrópicos e os parâmetros de cobertura assistencial serão estabelecidos pela direção: A) Estadual do Sistema Único de Saúde (SUS), aprovados no Conselho Estadual de Saúde. B) Do Conselho Nacional de Saúde, aprovado pela bipartite. C) Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS), aprovados no Conselho Nacional de Saúde. D) Municipal do Sistema Único de Saúde (SUS), aprovados no Conselho Municipal de Saúde.
  • 52. Prefeitura de Tangará da Serra/MT-Enfermeiro- 2011 13. O Sistema Único de Saúde (SUS) é um conjunto de ações e serviços de saúde, prestados por órgãos e instituições: A) Federais, estaduais e municipais, da Administração direta e das fundações mantidas pelo Poder Público e das filantrópicas. B) Federais, estaduais e municipais, da Administração indireta e das filantrópicas mantidas pelo Poder Público. C) Federais, estaduais e municipais, da Administração indireta, das instituições privadas e das filantrópicas mantidas pelo Poder Público. D) Públicas Federais, estaduais e municipais, da Administração direta e indireta e das fundações mantidas pelo Poder Público.
  • 53. Prefeitura de Tangará da Serra/MT-Enfermeiro- 2011 13. O Sistema Único de Saúde (SUS) é um conjunto de ações e serviços de saúde, prestados por órgãos e instituições: A) Federais, estaduais e municipais, da Administração direta e das fundações mantidas pelo Poder Público e das filantrópicas. B) Federais, estaduais e municipais, da Administração indireta e das filantrópicas mantidas pelo Poder Público. C) Federais, estaduais e municipais, da Administração indireta, das instituições privadas e das filantrópicas mantidas pelo Poder Público. D) Públicas Federais, estaduais e municipais, da Administração direta e indireta e das fundações mantidas pelo Poder Público.
  • 54. Prefeitura de Anápolis/GO -Dentista – 2011 14.Uma paciente comparece a uma unidade de saúde para tratar de um ferimento. A técnica de enfermagem que a atende percebe que ela aparenta ter sobrepeso e a convida a participar do “grupo de caminhada” da unidade. Esta conduta traduz o seguinte princípio do Sistema Único de Saúde: A) universalidade. B) integralidade. C) descentralização. D) hierarquização. E) equidade.
  • 55. Prefeitura de Anápolis/GO -Dentista – 2011 14.Uma paciente comparece a uma unidade de saúde para tratar de um ferimento. A técnica de enfermagem que a atende percebe que ela aparenta ter sobrepeso e a convida a participar do “grupo de caminhada” da unidade. Esta conduta traduz o seguinte princípio do Sistema Único de Saúde: A) universalidade. B) integralidade. C) descentralização. D) hierarquização. E) equidade.
  • 56. Prefeitura de Pilõezinhos/PB-Enfermeiro- 2011. 15) Segundo a Lei nº 8.080/90 a saúde é um direito fundamental do ser humano, devendo o estado prover as condições indispensáveis ao seu pleno exercício. Compete ao Sistema Único de Saúde (SUS), entre outras atribuições: I. Participar da formulação da política e da execução das ações de saneamento básico. II. A execução de ações de vigilância epidemiológica e sanitária. III. A ordenação da formação de recursos humanos na área de saúde. IV. Fiscalizar e inspecionar alimentos, água e bebidas para consumo humano. V. Participar do controle e da fiscalização da produção, transporte, guarda e utilização de substâncias e produtos psicoativos, tóxicos e radioativos. Marque a alternativa CORRETA: A) I, II, III, IV e V estão corretas; B) Apenas a I, II e III estão corretas; C) Apenas a II, III e V estão corretas; D) Apenas a IV e V estão corretas; E) Apenas a I e V estão corretas
  • 57. Prefeitura de Pilõezinhos/PB-Enfermeiro- 2011. 15) Segundo a Lei nº 8.080/90 a saúde é um direito fundamental do ser humano, devendo o estado prover as condições indispensáveis ao seu pleno exercício. Compete ao Sistema Único de Saúde (SUS), entre outras atribuições: I. Participar da formulação da política e da execução das ações de saneamento básico. II. A execução de ações de vigilância epidemiológica e sanitária. III. A ordenação da formação de recursos humanos na área de saúde. IV. Fiscalizar e inspecionar alimentos, água e bebidas para consumo humano. V. Participar do controle e da fiscalização da produção, transporte, guarda e utilização de substâncias e produtos psicoativos, tóxicos e radioativos. Marque a alternativa CORRETA: A) I, II, III, IV e V estão corretas; B) Apenas a I, II e III estão corretas; C) Apenas a II, III e V estão corretas; D) Apenas a IV e V estão corretas; E) Apenas a I e V estão corretas
  • 58. Prefeitura Municipal de Mandaguari/PR- Enfermeiro – 2010 18 - Faz parte dos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS), regulamentado pela lei 8080/90 a alternativa: a) Centralização político-administrativa, com direção única em cada esfera de governo. b) Ênfase na centralização dos serviços para os municípios. c) Integração em nível legislativo das ações de saúde, meio ambiente e saneamento básico. d) Organização dos serviços públicos de modo a evitar duplicidade de meios para fins idênticos.
  • 59. Prefeitura Municipal de Mandaguari/PR- Enfermeiro – 2010 18 - Faz parte dos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS), regulamentado pela lei 8080/90 a alternativa: a) Centralização político-administrativa, com direção única em cada esfera de governo. b) Ênfase na centralização dos serviços para os municípios. c) Integração em nível legislativo das ações de saúde, meio ambiente e saneamento básico. d) Organização dos serviços públicos de modo a evitar duplicidade de meios para fins idênticos.
  • 60. Prefeitura do Rio de Janeiro/PSF-IABAS –Técnico de enfermagem – 2010 19-A participação da comunidade é um dos princípios do SUS. Em relação a esse princípio, é correto afirmar que: A. A participação comunitária está garantida nos níveis municipal , estadual e federal B. Apenas no nível federal é possível garantir a participação comunitária. C. Apenas no nível estadual é possível garantir a participação comunitária. D. Apenas no nível municipal é possível garantir a participação comunitária. E. Apenas nos níveis municipal e estadual é possível garantir a participação comunitária.
  • 61. Prefeitura do Rio de Janeiro/PSF-IABAS –Técnico de enfermagem – 2010 19-A participação da comunidade é um dos princípios do SUS. Em relação a esse princípio, é correto afirmar que: A. A participação comunitária está garantida nos níveis municipal , estadual e federal B. Apenas no nível federal é possível garantir a participação comunitária. C. Apenas no nível estadual é possível garantir a participação comunitária. D. Apenas no nível municipal é possível garantir a participação comunitária. E. Apenas nos níveis municipal e estadual é possível garantir a participação comunitária.
  • 62. Governo do Estado do Rio de Janeiro-Técnico de enfermagem-2010 20- A lei 8080 preconiza que: A. O dever do Estado em garantir a saúde exclui a responsabilidade das famílias. B. Os níveis de saúde da população expressam a organização cultural e política do país. C. A saúde tem como um de seus fatores determinantes e condicionantes o meio ambiente. D. As empresas são responsáveis pelas ações assistenciais de saúde. E. A comunidade é responsável pela qualidade de saúde do país.
  • 63. Governo do Estado do Rio de Janeiro-Técnico de enfermagem-2010 20- A lei 8080 preconiza que: A. O dever do Estado em garantir a saúde exclui a responsabilidade das famílias. B. Os níveis de saúde da população expressam a organização cultural e política do país. C. A saúde tem como um de seus fatores determinantes e condicionantes o meio ambiente. D. As empresas são responsáveis pelas ações assistenciais de saúde. E. A comunidade é responsável pela qualidade de saúde do país.
  • 64. Prefeitura Municipal de Axixá/MA –enfermeiro- 2011. 2-Sobre o SUS, Lei nº 8.142/90, marque V para afirmativa(s) verdadeira(s) e F para falsa(s): ( ) A conferência de saúde reunir-se-á a cada 6 anos com a representação dos vários segmentos sociais, para avaliar a situação de saúde nos níveis correspondentes, convocada pelo poder Executivo ou, extraordinariamente, por esta ou pelo conselho de Saúde; ( ) A Lei n° 8.142/90 regula, em todo território nacional, as ações e serviços de saúde, executados isolada ou conjuntamente, em caráter permanente ou eventual, por pessoas naturais ou jurídicas de direito Público ou privado. ( ) A Lei nº 8.142/90 regulamenta o controle social e a participação da comunidade nas conferências e conselho de saúde. ( ) Os recursos referidos na Lei serão destinados, pelo menos sessenta por cento, aos municípios, afetando-se o restante aos Estados. ( ) Os recursos do Fundo Nacional de Saúde serão alocados como investimento no Plano de Integralidade do Município. Assinale a seqüência correta: (A) F, F, V, V, V (B) F, V, V, V, F (C) V, F, V, F, F (D) F, F, V, F, F
  • 65. Prefeitura Municipal de Axixá/MA –enfermeiro- 2011. 2-Sobre o SUS, Lei nº 8.142/90, marque V para afirmativa(s) verdadeira(s) e F para falsa(s): ( F ) A conferência de saúde reunir-se-á a cada 6 anos com a representação dos vários segmentos sociais, para avaliar a situação de saúde nos níveis correspondentes, convocada pelo poder Executivo ou, extraordinariamente, por esta ou pelo conselho de Saúde; ( F ) A Lei n° 8.142/90 regula, em todo território nacional, as ações e serviços de saúde, executados isolada ou conjuntamente, em caráter permanente ou eventual, por pessoas naturais ou jurídicas de direito Público ou privado. (V) A Lei nº 8.142/90 regulamenta o controle social e a participação da comunidade nas conferências e conselho de saúde. ( F) Os recursos referidos na Lei serão destinados, pelo menos sessenta por cento, aos municípios, afetando-se o restante aos Estados. ( F ) Os recursos do Fundo Nacional de Saúde serão alocados como investimento no Plano de Integralidade do Município. Assinale a seqüência correta: (A) F, F, V, V, V (B) F, V, V, V, F (C) V, F, V, F, F (D) F, F, V, F, F
  • 66. Prefeitura de Anápolis/GO -Dentista – 2011 4-Na composição da Conferência de Saúde, a representação dos usuários em relação ao conjunto dos demais segmentos deve ser de: A) 75% B) 50% C) 25% D) 20% E) 15%
  • 67. Prefeitura de Anápolis/GO -Dentista – 2011 4-Na composição da Conferência de Saúde, a representação dos usuários em relação ao conjunto dos demais segmentos deve ser de: A) 75% B) 50% C) 25% D) 20% E) 15%
  • 68. Prefeitura de Gado Bravo/PB-Enfermeiro- 2011. 5- Sobre o controle social no SUS analise as proposições abaixo e marque a alternativa INCORRETA: a) Nem todo cidadão pode participar dos Conselhos de Saúde. b) Todos os municípios brasileiros possuem Conselho de Saúde. c) Todo cidadão pode assistir às reuniões do Conselho de sua cidade, Estado ou ainda do Conselho Nacional. d) Toda unidade de saúde deve possuir espaços de participação abertos aos usuários. e) Cabe aos Conselhos de Saúde e às Conferências deliberar sobre a política de saúde dos Municípios, Estados e Governo Federal.
  • 69. Prefeitura de Gado Bravo/PB-Enfermeiro- 2011. 5- Sobre o controle social no SUS analise as proposições abaixo e marque a alternativa INCORRETA: a) Nem todo cidadão pode participar dos Conselhos de Saúde. b) Todos os municípios brasileiros possuem Conselho de Saúde. c) Todo cidadão pode assistir às reuniões do Conselho de sua cidade, Estado ou ainda do Conselho Nacional. d) Toda unidade de saúde deve possuir espaços de participação abertos aos usuários. e) Cabe aos Conselhos de Saúde e às Conferências deliberar sobre a política de saúde dos Municípios, Estados e Governo Federal.
  • 70. Universidade Federal Fluminense/RJ-Residência em enfermagem-2011 6-Sobre a Lei n°8.142, de 28 de dezembro de 1990, assinale a alternativa correta. (A) Os recursos do Fundo Municipal de Saúde poderão ser alocados como investimento previsto em lei orçamentária, de iniciativa do Poder Legislativo, e aprovados pelo Congresso Nacional. (B) A Conferência de Saúde reunir-se-á a cada dois anos para avaliar a situação do setor de saúde e propor as diretrizes para a formulação de política de saúde nos níveis correspondentes. (C) As Conferências de Saúde e os Conselhos de Saúde terão sua organização e normas de funcionamento definidas em regime próprio, aprovadas pelos usuários do Sistema Único de Saúde. (D) A Conferência de Saúde reunir-se-á a cada quatro anos com a representação dos vários segmentos sociais.
  • 71. Universidade Federal Fluminense/RJ-Residência em enfermagem-2011 6-Sobre a Lei n°8.142, de 28 de dezembro de 1990, assinale a alternativa correta. (A) Os recursos do Fundo Municipal de Saúde poderão ser alocados como investimento previsto em lei orçamentária, de iniciativa do Poder Legislativo, e aprovados pelo Congresso Nacional. (B) A Conferência de Saúde reunir-se-á a cada dois anos para avaliar a situação do setor de saúde e propor as diretrizes para a formulação de política de saúde nos níveis correspondentes. (C) As Conferências de Saúde e os Conselhos de Saúde terão sua organização e normas de funcionamento definidas em regime próprio, aprovadas pelos usuários do Sistema Único de Saúde. (D) A Conferência de Saúde reunir-se-á a cada quatro anos com a representação dos vários segmentos sociais.
  • 72. Prefeitura de São José dos Pinhais/PR-Dentista-2011 8-Preencha as lacunas e assinale a alternativa correta. De acordo com a Lei 8.142/90, a Conferência de Saúde reunir- se-á ____com a representação dos vários segmentos sociais, para avaliar a situação de saúde e propor as diretrizes para a formulação da política de saúde nos níveis correspondentes, convocada ____ou, extraordinariamente, por esta ou pelo Conselho de Saúde. (A) a cada três anos / pelo Poder Executivo (B) a cada dois anos / pelo Poder Executivo (C) a cada quatro anos / pelo Poder Executivo (D) a cada dois anos / pelo Poder Legislativo (E) a cada quatro anos / pelo Poder Legislativo
  • 73. Prefeitura de São José dos Pinhais/PR-Dentista-2011 8-Preencha as lacunas e assinale a alternativa correta. De acordo com a Lei 8.142/90, a Conferência de Saúde reunir- se-á ____com a representação dos vários segmentos sociais, para avaliar a situação de saúde e propor as diretrizes para a formulação da política de saúde nos níveis correspondentes, convocada ____ou, extraordinariamente, por esta ou pelo Conselho de Saúde. (A) a cada três anos / pelo Poder Executivo (B) a cada dois anos / pelo Poder Executivo (C) a cada quatro anos / pelo Poder Executivo (D) a cada dois anos / pelo Poder Legislativo (E) a cada quatro anos / pelo Poder Legislativo
  • 74. Prefeitura de São José dos Pinhais/PR-Dentista-2011 9-De acordo com a Lei 8.142/90, acerca das características do Conselho de Saúde, assinale a alternativa INCORRETA. (A) Tem caráter permanente. (B) Tem caráter deliberativo. (C) É um órgão colegiado composto por representantes do governo, prestadores de serviço, profissionais de saúde e usuários. (D) Reunir-se-á a cada quatro anos com a representação dos vários segmentos sociais, para avaliar a situação de saúde e propor as diretrizes para a formulação da política de saúde nos níveis correspondentes. (E) Atua na formulação de estratégias e no controle da execução da política de saúde na instância correspondente, inclusive nos aspectos econômicos e financeiros, cujas decisões serão homologadas pelo chefe do poder legalmente constituído em cada esfera do governo.
  • 75. Prefeitura de São José dos Pinhais/PR-Dentista-2011 9-De acordo com a Lei 8.142/90, acerca das características do Conselho de Saúde, assinale a alternativa INCORRETA. (A) Tem caráter permanente. (B) Tem caráter deliberativo. (C) É um órgão colegiado composto por representantes do governo, prestadores de serviço, profissionais de saúde e usuários. (D) Reunir-se-á a cada quatro anos com a representação dos vários segmentos sociais, para avaliar a situação de saúde e propor as diretrizes para a formulação da política de saúde nos níveis correspondentes. (E) Atua na formulação de estratégias e no controle da execução da política de saúde na instância correspondente, inclusive nos aspectos econômicos e financeiros, cujas decisões serão homologadas pelo chefe do poder legalmente constituído em cada esfera do governo.