SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 32
Baixar para ler offline
Aldo Rossi
Teatro do Mundo

ALDO ROSSI.
FONTE: WIKIARQUITECTURA
ACESSO EM 2013
• Nasceu no dia 03 de maio de 1931.
• Em 1959, com 28 anos, licenciou – se em arquitetura na Escola
Politécnica de Milão.
• Foi arquiteto e teórico.
• Era

conhecido

por

usar

formas

puras

como

cones, esferas, cubos...
• Foi um dos líderes do Movimento Neo - racionalista Italiano
La Tendenza .

Biografia
• Aldo Rossi é Internacionalmente conhecido por seu Livro
“A arquitetura da cidade”, publicado na Itália no ano de
1966, depois foi traduzido para vários idiomas e ao longo do
tempo se transformou em um dos livros mais influentes da
arquitetura no Século XX.
• Em 1990 foi-lhe atribuído o prestigiado Pritzker Prize.
• Aldo Rossi morre no dia 4 de setembro de 1997, com 66
anos, vítima de acidente de carro.

Biografia
PROPOSTAS DE ALDO ROSSI
Retorno da razão e lógica, história e a cidade;

A cidade deve ser valorizada como uma construção ao longo
do tempo;
•

Crítica ao funcionalismo e

a base utilitária do

Modernismo;
•

Autonomia dos Monumentos e desempenho da forma;

•

Defende uma cidade de fragmentos;

A estrutura da memória da cidade;
• Performance da forma
PALLAZZO DELLA RAGIONE PADUA, ITÁLIA
•Transforma o prédio da Prefeitura, construído no ano de 1200, em

um mercado;
•A forma pode ser adaptada para novos usos;
•A forma é permanente e complexa;

•Nenhuma forma segue a função;
NOVOS USOS
•Rossi defende a ideia de que os artefatos

existentes podem ter novos usos;
•Projeto para transformar o Coliseu em um Fórum;
TEATRO DO MUNDO
•

Foi encomendado por Paolo Portoghesi, diretor da Bienal de
Arquitetura e o diretor da Bienal de teatro do tempo, Maurizio
Scaparro, feita para o primeiro carnaval de Veneza de 1980.

• Ideia de evocar teatros flutuantes, típicos de Veneza no século
XVIII.

Teatro do mundo em veneza
Fonte: wikiarquitectura, 2013

Foto aerea do teatro do mundo
Fonte: wikiarquitectura, 2013

Teatro do Mundo
•Foi construído em um estaleiro, e rebocada por mar para uma
plataforma no meio da água, onde permaneceu durante a
Bienal.

TEATRO DO MUNDO EM VENEZA
FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013

Teatro do Mundo
• Ao Término da Bienal, em 1980, o teatro atravessou o mar
Adriático e se estabeleceu para o festival de Dubrovnik.

Trajeto de Veneza à Dubrovnik. Google Maps, 2013.

Teatro do Mundo
•Desde os primeiros desenhos pode-se notar a tendência de

Rossi, com a redução dos edifícios e algumas formas simples
de influência clássica.

•A sua atenção aos tecidos urbanos nos fatos históricos e
carregados de concepções clássicas e tradicionalistas da
cidade, deste surgiu o seu famoso ensaio "L'Architettura della

Città" [A arquitetura da cidade]

Teatro do Mundo
Conceito
Combinação de dois conceitos:
• O da arquitetura como “fato urbano”
• E da construção analógica
Resultante da memória coletiva e individual

CROQUI DE ALDO ROSSI
FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013

“Se apresenta disposto a dialogar com a
cidade, a recompor sua paisagem e a reinventar

a imagem que dela se tem.”

Teatro do Mundo
TEATRO DO MUNDO
FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013

Conceito
“Como um fragmento que se destaca do corpo do qual faz
parte, o Teatro del Mondo navega pelas águas e aporta em

diferentes locais com a naturalidade de quem é parte do lugar.”
BOGÉA, M. Cidade Errante: Tese de Doutorado, FAUUSP,2006.

TEATRO DO MUNDO EM VENEZA
FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013

Conceito
Aldo Rossi se inspira na antiga cultura da Veneza de
teatros flutuantes, onde renova esta proposta, gerando uma
reflexão de forma mais ampla.
•

A meditação sobre o teatro, a cidade e a memória.

VISTA DO TEATRO DO MUNDO
FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013

Conceito
• Forma:

Galerias

É dado pela soma dos
elementos puros: um palco
central
retangular,

praça
com

duas

escadas terraços e um leilão
octogonal.

Arquibancadas

Pátio Central

INTERIOR DO TEATRO
FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013

Características
Espaço:
•Acomoda 400 pessoas, das
quais

250

assentados

podem
em

volta

ser
do

palco.
VISTA SUPERIOR DO INTERIOR DO TEATRO
FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013

Características
•O público fica localizado nas
laterais dos dois stands ou nas

galerias localizados nos pisos
superiores

acessados

​por

escadas que estão localizados
nas laterais do paralelepípedo.
ESQUEMA DOS ACESSOS DO TEATRO
FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013

Características
VISTAS E PLANTAS DO TEATRO DO MUNDO
FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013

Características
Estrutura:
• Estrutura de aço tubular
revestido
em
madeira
atingiu uma altura de 25 m.

TEATRO DO MUNDO EM VENEZA
FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013

FOTO DA CONSTRUÇAO DA ESTRUTURA DO TEATRO
FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013

Características
•O

corpo

principal

é

formado por um quadrado
paralelepípedo sob 9,5m
• E lateral com uma altura

de 11 m.
SISTEMA DE ESCADAS DO TEATRO DO MUNDO EM VENEZA
FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013

Características
• No topo dispara um tambor octogonal, cujo telhado é
de zinco.

CORTE DO TEATRO DO MUNDO EM VENEZA
FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013

FOTO DA CUPULA DO TEATRO
FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013

Características
•Em 1981 foi destruído e em
2004
terra,

reconstruído
em

Gênova

em
como

símbolo da Cultura Europeia

de Gênova.
TEATRO DO MUNDO EM GENOVA
FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013

Teatro do Mundo
•Rossi foi acusado de “teatro de rua”
•Segundo Portoguesi: “Rossi não fez o que nós pedimos.
Ele tinha ideias claras. Foi uma loucura, não tinha recursos
financeiros e também uma estrutura de 20 metros pode
entrar em colapso com os fortes ventos soprando em
Veneza”.

CONCLUSÃO
OUTRAS OBRAS DO
ALDO ROSSI
Edifício de apartamentos do bairro
Gallaratese, Milão (1969-1973)
• Um bloco linear assente em pórticos contínuos e rigidamente
rasgado por janelas quadradas, em solução de absoluta
repetitividade e simplicidade.
• O Edifício tem 200 metros e contem 2 a 3 andares e contem
uma galeria pública.
Edifício de apartamentos do bairro Gallaratese
Fonte: wordpress- coisasdearquitetura, 2010
Cemitério de San Cataldo
• Rossi venceu o concurso para o
cemitério de San Cataldo em Modena

(construído entre 1980 e 1985), uma
“cidade dos mortos” .

•Idealizada,

formada

por

várias

construções de carácter urbano cuja
composição planimétrica remete para a

imagem de um esqueleto.
Cemitério São Cataldo
Fonte: Archdaily, 2012
Bloco de apartamentos de
Friedrichstadt, Berlim.

Bloco de apartamentos de Friedrichstadt.
Fonte: Thonilitsz, 2011
História, Teoria e
Crítica da
Arquitetura e
Urbanismo V

Acadêmicos:
Daniel dos Santos
Isadora Ferreira Vale
Isabella Marra

Jéssica Thaís Nunes

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentaçao diagnostico
Apresentaçao diagnosticoApresentaçao diagnostico
Apresentaçao diagnosticoSteves Rocha
 
Análise da forma na arquitetura
Análise da forma na arquiteturaAnálise da forma na arquitetura
Análise da forma na arquiteturaViviane Marques
 
Praça Victor Civita
Praça Victor CivitaPraça Victor Civita
Praça Victor CivitaClaudio Silva
 
Conjunto nacional
Conjunto nacionalConjunto nacional
Conjunto nacionalmarysato
 
Início da arquitetura moderna
Início da arquitetura modernaInício da arquitetura moderna
Início da arquitetura modernaViviane Marques
 
Apresentação Obra do Arquiteto paulistano Ruy Ohtake
Apresentação Obra do Arquiteto paulistano Ruy OhtakeApresentação Obra do Arquiteto paulistano Ruy Ohtake
Apresentação Obra do Arquiteto paulistano Ruy OhtakeLarZenArt Arquitetura
 
Tony garnier e a cidade industrial
Tony garnier e a cidade industrialTony garnier e a cidade industrial
Tony garnier e a cidade industrialMarcia Rodrigues
 
Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01
Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01
Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01Lila Donato
 
Vale do anhangabaú
Vale do anhangabaúVale do anhangabaú
Vale do anhangabaúARQ210AN
 
Movimento moderno da arqutectura em Luanda ate 1975 - Maria Alice Correia, 18...
Movimento moderno da arqutectura em Luanda ate 1975 - Maria Alice Correia, 18...Movimento moderno da arqutectura em Luanda ate 1975 - Maria Alice Correia, 18...
Movimento moderno da arqutectura em Luanda ate 1975 - Maria Alice Correia, 18...Development Workshop Angola
 
3. Paisagismo - Evolução Histórica II
3. Paisagismo - Evolução Histórica II3. Paisagismo - Evolução Histórica II
3. Paisagismo - Evolução Histórica IIAna Cunha
 
Jardim Francês X Jardim Inglês
Jardim Francês  X  Jardim InglêsJardim Francês  X  Jardim Inglês
Jardim Francês X Jardim InglêsPaula Bianchi
 
Sesc Pompeia - Lina Bo Bardi (Estudo de Caso)
Sesc Pompeia - Lina Bo Bardi (Estudo de Caso)Sesc Pompeia - Lina Bo Bardi (Estudo de Caso)
Sesc Pompeia - Lina Bo Bardi (Estudo de Caso)François Urban, MBA
 
Aula projeto de arquitetura
Aula projeto de arquiteturaAula projeto de arquitetura
Aula projeto de arquiteturaUNAERP
 

Mais procurados (20)

Apresentaçao diagnostico
Apresentaçao diagnosticoApresentaçao diagnostico
Apresentaçao diagnostico
 
Luis Barragan
Luis BarraganLuis Barragan
Luis Barragan
 
Análise da forma na arquitetura
Análise da forma na arquiteturaAnálise da forma na arquitetura
Análise da forma na arquitetura
 
Praça Victor Civita
Praça Victor CivitaPraça Victor Civita
Praça Victor Civita
 
Conjunto nacional
Conjunto nacionalConjunto nacional
Conjunto nacional
 
Início da arquitetura moderna
Início da arquitetura modernaInício da arquitetura moderna
Início da arquitetura moderna
 
Apresentação Obra do Arquiteto paulistano Ruy Ohtake
Apresentação Obra do Arquiteto paulistano Ruy OhtakeApresentação Obra do Arquiteto paulistano Ruy Ohtake
Apresentação Obra do Arquiteto paulistano Ruy Ohtake
 
Tony garnier e a cidade industrial
Tony garnier e a cidade industrialTony garnier e a cidade industrial
Tony garnier e a cidade industrial
 
Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01
Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01
Breve histórico do paisagismo no mundo_parte 01
 
Vale do anhangabaú
Vale do anhangabaúVale do anhangabaú
Vale do anhangabaú
 
Urbanismo Progressista
Urbanismo Progressista Urbanismo Progressista
Urbanismo Progressista
 
Movimento moderno da arqutectura em Luanda ate 1975 - Maria Alice Correia, 18...
Movimento moderno da arqutectura em Luanda ate 1975 - Maria Alice Correia, 18...Movimento moderno da arqutectura em Luanda ate 1975 - Maria Alice Correia, 18...
Movimento moderno da arqutectura em Luanda ate 1975 - Maria Alice Correia, 18...
 
3. Paisagismo - Evolução Histórica II
3. Paisagismo - Evolução Histórica II3. Paisagismo - Evolução Histórica II
3. Paisagismo - Evolução Histórica II
 
Desenho - Normas ABNT
Desenho - Normas ABNTDesenho - Normas ABNT
Desenho - Normas ABNT
 
Jardim Francês X Jardim Inglês
Jardim Francês  X  Jardim InglêsJardim Francês  X  Jardim Inglês
Jardim Francês X Jardim Inglês
 
Memorial descritivo
Memorial descritivoMemorial descritivo
Memorial descritivo
 
Sesc Pompeia - Lina Bo Bardi (Estudo de Caso)
Sesc Pompeia - Lina Bo Bardi (Estudo de Caso)Sesc Pompeia - Lina Bo Bardi (Estudo de Caso)
Sesc Pompeia - Lina Bo Bardi (Estudo de Caso)
 
Jardins renascentistas
Jardins renascentistasJardins renascentistas
Jardins renascentistas
 
Aula projeto de arquitetura
Aula projeto de arquiteturaAula projeto de arquitetura
Aula projeto de arquitetura
 
Arquiteto paisagista
Arquiteto paisagistaArquiteto paisagista
Arquiteto paisagista
 

Destaque (7)

James Stirling
James StirlingJames Stirling
James Stirling
 
Aldo rossi
Aldo rossiAldo rossi
Aldo rossi
 
Arquitectos posmodernos
Arquitectos posmodernosArquitectos posmodernos
Arquitectos posmodernos
 
Aldo Rossi
Aldo RossiAldo Rossi
Aldo Rossi
 
James Stirling
James StirlingJames Stirling
James Stirling
 
MAXIMO HERRERA 3
MAXIMO HERRERA 3MAXIMO HERRERA 3
MAXIMO HERRERA 3
 
Aldo rossi
Aldo rossiAldo rossi
Aldo rossi
 

Semelhante a Aldo rossi

O Teatro como mundo da ilusão e espaço privilegiado do espetáculo I
O Teatro como mundo da ilusão e espaço privilegiado do espetáculo IO Teatro como mundo da ilusão e espaço privilegiado do espetáculo I
O Teatro como mundo da ilusão e espaço privilegiado do espetáculo IHca Faro
 
PS1.MoMA-PS1. Mestrado - apresentacao. bx.res.
PS1.MoMA-PS1. Mestrado - apresentacao. bx.res.PS1.MoMA-PS1. Mestrado - apresentacao. bx.res.
PS1.MoMA-PS1. Mestrado - apresentacao. bx.res.Wesley Macedo
 
Arte portuguesa contemporânea 1
Arte portuguesa contemporânea 1Arte portuguesa contemporânea 1
Arte portuguesa contemporânea 1Lucilia Fonseca
 
Arte portuguesa contemporânea
Arte portuguesa contemporâneaArte portuguesa contemporânea
Arte portuguesa contemporâneaLucilia Fonseca
 
Arte portuguesa contemporânea
Arte portuguesa contemporâneaArte portuguesa contemporânea
Arte portuguesa contemporâneaLucilia Fonseca
 
Visita de estudo ribeira do porto com fotos
Visita de estudo   ribeira do porto com fotosVisita de estudo   ribeira do porto com fotos
Visita de estudo ribeira do porto com fotosIsabelPereira2010
 
Património Mundial e Turismo Cultural - Ópera de Sidney- Artur Filipe dos Santos
Património Mundial e Turismo Cultural - Ópera de Sidney- Artur Filipe dos SantosPatrimónio Mundial e Turismo Cultural - Ópera de Sidney- Artur Filipe dos Santos
Património Mundial e Turismo Cultural - Ópera de Sidney- Artur Filipe dos SantosArtur Filipe dos Santos
 
Parte 2 pontos históricos
Parte 2   pontos históricosParte 2   pontos históricos
Parte 2 pontos históricosMaja Callegari
 
HAA-III_ UNIDADE II - Arte Contemporânea.pdf
HAA-III_ UNIDADE II - Arte Contemporânea.pdfHAA-III_ UNIDADE II - Arte Contemporânea.pdf
HAA-III_ UNIDADE II - Arte Contemporânea.pdfssuser90b57a
 
ARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares.ppt
ARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares.pptARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares.ppt
ARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares.pptLiaSilva99
 
ARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares.ppt
ARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares.pptARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares.ppt
ARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares.pptPatriciaFeil
 
ARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares (...
ARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares (...ARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares (...
ARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares (...LaudielPadilha
 
Novo(a) documento do microsoft office word (2)
Novo(a) documento do microsoft office word (2)Novo(a) documento do microsoft office word (2)
Novo(a) documento do microsoft office word (2)maoliveira98
 

Semelhante a Aldo rossi (20)

Arquitetura Eclética
Arquitetura EcléticaArquitetura Eclética
Arquitetura Eclética
 
O Teatro como mundo da ilusão e espaço privilegiado do espetáculo I
O Teatro como mundo da ilusão e espaço privilegiado do espetáculo IO Teatro como mundo da ilusão e espaço privilegiado do espetáculo I
O Teatro como mundo da ilusão e espaço privilegiado do espetáculo I
 
PS1.MoMA-PS1. Mestrado - apresentacao. bx.res.
PS1.MoMA-PS1. Mestrado - apresentacao. bx.res.PS1.MoMA-PS1. Mestrado - apresentacao. bx.res.
PS1.MoMA-PS1. Mestrado - apresentacao. bx.res.
 
Zaha hadid ma xxi roma
Zaha hadid ma xxi romaZaha hadid ma xxi roma
Zaha hadid ma xxi roma
 
1º ano pas 2014 p1 4º bim.
1º ano pas 2014 p1 4º bim.1º ano pas 2014 p1 4º bim.
1º ano pas 2014 p1 4º bim.
 
Arte portuguesa contemporânea 1
Arte portuguesa contemporânea 1Arte portuguesa contemporânea 1
Arte portuguesa contemporânea 1
 
Arte portuguesa contemporânea
Arte portuguesa contemporâneaArte portuguesa contemporânea
Arte portuguesa contemporânea
 
Arte portuguesa contemporânea
Arte portuguesa contemporâneaArte portuguesa contemporânea
Arte portuguesa contemporânea
 
Visita de estudo ribeira do porto com fotos
Visita de estudo   ribeira do porto com fotosVisita de estudo   ribeira do porto com fotos
Visita de estudo ribeira do porto com fotos
 
Património Mundial e Turismo Cultural - Ópera de Sidney- Artur Filipe dos Santos
Património Mundial e Turismo Cultural - Ópera de Sidney- Artur Filipe dos SantosPatrimónio Mundial e Turismo Cultural - Ópera de Sidney- Artur Filipe dos Santos
Património Mundial e Turismo Cultural - Ópera de Sidney- Artur Filipe dos Santos
 
Parte 2 pontos históricos
Parte 2   pontos históricosParte 2   pontos históricos
Parte 2 pontos históricos
 
HAA-III_ UNIDADE II - Arte Contemporânea.pdf
HAA-III_ UNIDADE II - Arte Contemporânea.pdfHAA-III_ UNIDADE II - Arte Contemporânea.pdf
HAA-III_ UNIDADE II - Arte Contemporânea.pdf
 
Cinelândia
CinelândiaCinelândia
Cinelândia
 
Maneirismo
ManeirismoManeirismo
Maneirismo
 
Arte em roma
Arte em romaArte em roma
Arte em roma
 
ARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares.ppt
ARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares.pptARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares.ppt
ARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares.ppt
 
ARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares.ppt
ARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares.pptARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares.ppt
ARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares.ppt
 
ARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares (...
ARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares (...ARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares (...
ARTES VISUAIS - Diálogos entre arte e artistas de diversas épocas e lugares (...
 
Novo(a) documento do microsoft office word (2)
Novo(a) documento do microsoft office word (2)Novo(a) documento do microsoft office word (2)
Novo(a) documento do microsoft office word (2)
 
Projeto Niemeyer
Projeto Niemeyer Projeto Niemeyer
Projeto Niemeyer
 

Último

A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesGilbraz Aragão
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...MANUELJESUSVENTURASA
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 

Último (20)

A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das Religiões
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 

Aldo rossi

  • 1. Aldo Rossi Teatro do Mundo ALDO ROSSI. FONTE: WIKIARQUITECTURA ACESSO EM 2013
  • 2. • Nasceu no dia 03 de maio de 1931. • Em 1959, com 28 anos, licenciou – se em arquitetura na Escola Politécnica de Milão. • Foi arquiteto e teórico. • Era conhecido por usar formas puras como cones, esferas, cubos... • Foi um dos líderes do Movimento Neo - racionalista Italiano La Tendenza . Biografia
  • 3. • Aldo Rossi é Internacionalmente conhecido por seu Livro “A arquitetura da cidade”, publicado na Itália no ano de 1966, depois foi traduzido para vários idiomas e ao longo do tempo se transformou em um dos livros mais influentes da arquitetura no Século XX. • Em 1990 foi-lhe atribuído o prestigiado Pritzker Prize. • Aldo Rossi morre no dia 4 de setembro de 1997, com 66 anos, vítima de acidente de carro. Biografia
  • 4. PROPOSTAS DE ALDO ROSSI Retorno da razão e lógica, história e a cidade; A cidade deve ser valorizada como uma construção ao longo do tempo;
  • 5. • Crítica ao funcionalismo e a base utilitária do Modernismo; • Autonomia dos Monumentos e desempenho da forma; • Defende uma cidade de fragmentos; A estrutura da memória da cidade;
  • 7. PALLAZZO DELLA RAGIONE PADUA, ITÁLIA •Transforma o prédio da Prefeitura, construído no ano de 1200, em um mercado; •A forma pode ser adaptada para novos usos; •A forma é permanente e complexa; •Nenhuma forma segue a função;
  • 8. NOVOS USOS •Rossi defende a ideia de que os artefatos existentes podem ter novos usos; •Projeto para transformar o Coliseu em um Fórum;
  • 10. • Foi encomendado por Paolo Portoghesi, diretor da Bienal de Arquitetura e o diretor da Bienal de teatro do tempo, Maurizio Scaparro, feita para o primeiro carnaval de Veneza de 1980. • Ideia de evocar teatros flutuantes, típicos de Veneza no século XVIII. Teatro do mundo em veneza Fonte: wikiarquitectura, 2013 Foto aerea do teatro do mundo Fonte: wikiarquitectura, 2013 Teatro do Mundo
  • 11. •Foi construído em um estaleiro, e rebocada por mar para uma plataforma no meio da água, onde permaneceu durante a Bienal. TEATRO DO MUNDO EM VENEZA FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013 Teatro do Mundo
  • 12. • Ao Término da Bienal, em 1980, o teatro atravessou o mar Adriático e se estabeleceu para o festival de Dubrovnik. Trajeto de Veneza à Dubrovnik. Google Maps, 2013. Teatro do Mundo
  • 13. •Desde os primeiros desenhos pode-se notar a tendência de Rossi, com a redução dos edifícios e algumas formas simples de influência clássica. •A sua atenção aos tecidos urbanos nos fatos históricos e carregados de concepções clássicas e tradicionalistas da cidade, deste surgiu o seu famoso ensaio "L'Architettura della Città" [A arquitetura da cidade] Teatro do Mundo Conceito
  • 14. Combinação de dois conceitos: • O da arquitetura como “fato urbano” • E da construção analógica Resultante da memória coletiva e individual CROQUI DE ALDO ROSSI FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013 “Se apresenta disposto a dialogar com a cidade, a recompor sua paisagem e a reinventar a imagem que dela se tem.” Teatro do Mundo TEATRO DO MUNDO FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013 Conceito
  • 15. “Como um fragmento que se destaca do corpo do qual faz parte, o Teatro del Mondo navega pelas águas e aporta em diferentes locais com a naturalidade de quem é parte do lugar.” BOGÉA, M. Cidade Errante: Tese de Doutorado, FAUUSP,2006. TEATRO DO MUNDO EM VENEZA FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013 Conceito
  • 16. Aldo Rossi se inspira na antiga cultura da Veneza de teatros flutuantes, onde renova esta proposta, gerando uma reflexão de forma mais ampla. • A meditação sobre o teatro, a cidade e a memória. VISTA DO TEATRO DO MUNDO FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013 Conceito
  • 17. • Forma: Galerias É dado pela soma dos elementos puros: um palco central retangular, praça com duas escadas terraços e um leilão octogonal. Arquibancadas Pátio Central INTERIOR DO TEATRO FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013 Características
  • 18. Espaço: •Acomoda 400 pessoas, das quais 250 assentados podem em volta ser do palco. VISTA SUPERIOR DO INTERIOR DO TEATRO FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013 Características
  • 19. •O público fica localizado nas laterais dos dois stands ou nas galerias localizados nos pisos superiores acessados ​por escadas que estão localizados nas laterais do paralelepípedo. ESQUEMA DOS ACESSOS DO TEATRO FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013 Características
  • 20. VISTAS E PLANTAS DO TEATRO DO MUNDO FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013 Características
  • 21. Estrutura: • Estrutura de aço tubular revestido em madeira atingiu uma altura de 25 m. TEATRO DO MUNDO EM VENEZA FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013 FOTO DA CONSTRUÇAO DA ESTRUTURA DO TEATRO FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013 Características
  • 22. •O corpo principal é formado por um quadrado paralelepípedo sob 9,5m • E lateral com uma altura de 11 m. SISTEMA DE ESCADAS DO TEATRO DO MUNDO EM VENEZA FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013 Características
  • 23. • No topo dispara um tambor octogonal, cujo telhado é de zinco. CORTE DO TEATRO DO MUNDO EM VENEZA FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013 FOTO DA CUPULA DO TEATRO FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013 Características
  • 24. •Em 1981 foi destruído e em 2004 terra, reconstruído em Gênova em como símbolo da Cultura Europeia de Gênova. TEATRO DO MUNDO EM GENOVA FONTE: WIKIARQUITECTURA, 2013 Teatro do Mundo
  • 25. •Rossi foi acusado de “teatro de rua” •Segundo Portoguesi: “Rossi não fez o que nós pedimos. Ele tinha ideias claras. Foi uma loucura, não tinha recursos financeiros e também uma estrutura de 20 metros pode entrar em colapso com os fortes ventos soprando em Veneza”. CONCLUSÃO
  • 27. Edifício de apartamentos do bairro Gallaratese, Milão (1969-1973) • Um bloco linear assente em pórticos contínuos e rigidamente rasgado por janelas quadradas, em solução de absoluta repetitividade e simplicidade. • O Edifício tem 200 metros e contem 2 a 3 andares e contem uma galeria pública.
  • 28. Edifício de apartamentos do bairro Gallaratese Fonte: wordpress- coisasdearquitetura, 2010
  • 29. Cemitério de San Cataldo • Rossi venceu o concurso para o cemitério de San Cataldo em Modena (construído entre 1980 e 1985), uma “cidade dos mortos” . •Idealizada, formada por várias construções de carácter urbano cuja composição planimétrica remete para a imagem de um esqueleto.
  • 31. Bloco de apartamentos de Friedrichstadt, Berlim. Bloco de apartamentos de Friedrichstadt. Fonte: Thonilitsz, 2011
  • 32. História, Teoria e Crítica da Arquitetura e Urbanismo V Acadêmicos: Daniel dos Santos Isadora Ferreira Vale Isabella Marra Jéssica Thaís Nunes