SlideShare uma empresa Scribd logo
CENTRO UNIVERSITÁRIO SALESIANO DE SÃO PAULO
ALUNOS: ALESSANDRO FLAUSINO MARCELINO DINIZ
IGOR VITAL BATISTA
ISAQUE VICENTE LOPES GUIMARAES
Web Quest
O Vale Urbano e Moderno “Vale das fabricas”
LORENA
2017
ALESSANDRO FLAUSINO MARCELINO DINIZ
IGOR VITAL BATISTA, ISAQUE GUIMARÃES
WEB QUEST
O Vale Urbano e Moderno “Vale das fabricas”
LORENA – SP
2017
Questão 1 - Selecionem três textos sobre o assunto em foco e façam
resumo e comentários (artigos, estudos, resenhas e livros). Citem as
fontes dos textos.
Textos I: Raimundo, Giovanni A Diferenciação Sócio espacial no Vale do
Paraíba.
Tomando como foco a implantação de um meio-técnico e as mudanças
socioeconômicas ocorridas no Brasil no século XX, o presente trabalho visa
investigar a construção histórica de uma diferenciação sócio espacial na Região
do Vale do Paraíba. A partir destes fatos ocorre a formação de dois eixos
distintos na região: um contemplado pelas principais vias de circulação do Vale
do Paraíba, onde as cidades ao redor tem maior desenvolvimento urbano e
industrial e melhores indicadores socioeconômicos. Enquanto, por outro lado, há
a ocorrência de uma parte não privilegiada pelas principais vias de circulação,
que contará com uma maior presença das atividades rurais e menores
indicadores sociais, econômicos e demográficos. Esta última parte do Vale do
Paraíba será aqui representada pela Microrregião de Bananal, formada pelas
cidades de Areias, Arapeí, Bananal, São José do Barreiro e Silveira.
Fonte:
http://observatoriogeograficoamericalatina.org.mx/egal14/Geografiasocioecono
mica/Geografiaespacial/01.pdf
Texto II: A TRANSFORMAÇÃO DA VÁRZEA DO RIO PARAÍBA DO SUL EM
ESPAÇO ECONÔMICO: UM OLHAR SOBRE A ARQUITETURA
VERNACULAR.
O presente trabalho busca compreender o processo de ocupação da várzea do
Rio Paraíba do Sul e de sua transformação em espaço econômico, focando a
implantação das colônias agrícolas como a Colônia de Canas, em Lorena (1885);
Boa Vista, em Jacareí (1888); Quiririm, em Taubaté (1890) e Piagui, em
Guaratinguetá (1892). Devido à abundância de água na região e à localização
favorável, a rizicultura foi uma atividade atrativa para modificar o cenário rural do
Vale do Paraíba após a decadência do café, e logo começou a ser difundida de
forma crescente. No início a maior parte das atividades eram relacionada à
subsistência, e após as obras do Serviço de Melhoramento do Vale do Paraíba
Paulista do Estado de São Paulo, a técnica do cultivo do arroz foi aprimorada,
possibilitando assim que se tornasse uma atividade de grande importância
econômica. O Vale do Paraíba Paulista ainda ostenta inúmeras fazendas do
século XIX, período áureo do café, tematizadas por estudos e publicações. No
entanto, a arquitetura regional não se restringe somente a esses exemplares e
a esse período histórico, pois, existe uma manifestações de uma arquitetura
coadjuvante que deve ser observada também, pois apresenta-se aspectos
interessantes, relacionados no caso, às tradições construtivas. Os colonos que
ocuparam essa região, em sua maior parte italianos, vieram com suas famílias
para trabalhar com a terra e trouxeram um “saber” específico, que foi adaptado
às condições locais. As edificações vernaculares da várzea do Rio Paraíba do
Sul, dialogam perfeitamente com o seu entorno, e em sua maior parte foram
construídas de tijolos feitos nas olarias da região, além de fazerem o uso do
bambu, constantemente encontrado em meio às quadras de arroz. Para o
presente estudo, foi realizado um levantamento das construções rurais e
também dos arranjos produtivos com foco na rizicultura, presentes na várzea da
região do Piagui em Guaratinguetá (antiga Colônia do Piagui – 1892) e em
Quiririm, distrito de Taubaté (antiga Colônia de Quiririm – 1890). As
documentações produzidas em fotografias e desenhos, somadas às fotos
históricas evidenciam a presença de uma tradição construtiva que se mantém
até os dias de hoje. Os resultados apontam que é urgente e necessário o estudo
e a documentação dessas manifestações rurais devido à transformação da
várzea em espaço econômico de uso urbano, pois esse espaço tornou-se alvo
de outros tipos de atividades econômicas como pesqueiros, extração de areia,
substituindo as atividades agrícolas. A rizicultura vem perdendo espaço, por
exemplo, para a produção de grama, demandada pelas cidades e pelos
empreendimentos imobiliários que estão sendo implantados nas cidades
estudadas.
Fonte: http://www.forumpatrimonio.com.br/arqdoc2015/artigos/pdf/167.pdf
Acesso: 01/11/2017.
Texto III: INDUSTRIALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL:
POLÍTICA DO CODIVAP NO VALE DO PARAÍBA NA DÉCADA DE 1970.
Entre as décadas de 1960 e 1970, a capital paulista viveu uma aglomeração de
pessoas em larga escala. É neste contexto que o governo desloca parte
considerável de suas industrias e fomenta a industrialização de cidades grandes
mais próximas da capital. Desta feita, o Vale do Paraíba sofre um crescimento
industrial e social gigantesco. Muitas pessoas começaram a mudar-se para as
grandes cidades da região em busca de emprego e renda.
Com um desenvolvimento acelerado na região vale-paraibana, surge a
necessidade de uma organização e planejamento dos municípios. É então criado
o CODIVAP (Consorcio de Desenvolvimento Integrado do Vale do Paraíba), com
o intuito de facilitar as relações entre as instituições públicas e privadas em
âmbito municipal e não regional. Ou seja, o foco primeiro é o pleno
desenvolvimento local, caminho natural para se obter uma região fortemente
organizada e desenvolvida.
A partir de 1970, as cidades de São José dos Campos, Taubaté, Jacareí e
Guaratinguetá, tiveram uma notória expansão econômica e urbana, devido à
forte influência da crescente industrialização que ocorreu na região do Vale do
Paraíba. É a mostra de que, assim como na maior parte do Brasil, a sociedade
vale-paraibana seguiu os mesmos passos de transformações, reflexo da
expansão do capital nacional e internacional.
Fonte:
http://www.almanaqueurupes.com.br/portal/wpcontent/uploads/2013/11/industri
a.pdf . Acesso em 01/11/2017
2- Relacionem imagens (3) e vídeos (3) sobre o assunto proposto com
indicação e comentário crítico sobre o conteúdo.
Imagens:
Vídeos:
EMBRAER
https://www.youtube.com/watch?v=MvqXboOYgDY
Parque Tecnológico de São José dos Campos
https://www.youtube.com/watch?v=i8kFu8fXhQo
Parque Tecnológico de Taubaté
https://www.youtube.com/watch?v=rHopBz6JtHk
Questão 3: como a rodovia presidente Dutra se tornou uma das mais
movimentadas do país? Tendo em vista todo o processo de industrialização.
Questão 4: Patrimônio cultural é um conjunto de bens, manifestações populares,
cultos, tradições culturais materiais e imateriais, reconhecidos de acordo com a
sua ancestralidade, importância histórica e cultural de uma região ou país.
Uma região metropolitana ou área metropolitana consiste em uma área
composta por um núcleo urbano densamente povoado e por suas áreas vizinhas
menos povoadas. Este aglomerado urbano partilha industrias, infraestruturas e
habitações.
Questão 5: A revolução de 1932 foi um movimento armado ocorrido no estado
de São Paulo entre julho e novembro de 1932 que tinha como objetivo derrubar
o governo provisório de Getúlio Vargas.
Em perspectiva história foi um grande conflito que abrangeu uma dimensão
enorme, por conta dos fatos que ocorreram em são Paulo e região, onde um
deles foi em cunha onde as tropas federais torturaram e mataram o agricultor
Paulo virgínio por se recusar a dizer onde estavam as tropas paulistas. Virgínio
foi obrigado a cavar a própria cova e morreu dizendo “morro mas são Paulo
vence”.
Questão 6: O vale do paraíba ao longo dos anos se tornou uma região
fortemente industrializada, por conta da modernização ocorrida.
Por trazer uma bagagem histórica por conta da forte “chama” cafeeira a região
do vale conseguiu se sobre sair entre as outras localidades, justamente por fazer
parte da estrada real e por conta da criação de novas estradas que davam
acesso mais rápido e pratico as outras cidades.
Com isso o vale se tornou uma região modernizada pois além de trazer novos
empregos, trouxe um crescimento populacional absurdo, uma melhoria e
ampliação nas cidades e uma nova forma de entender o quanto a evolução do
vale trouxe benefícios para todos a sua volta.
Questão 7:Em aparecida o 12 de outubro é a comemoração do dia de nossa
senhora aparecida, que homenageia a padroeira do Brasil. O Dia de Nossa
Senhora Aparecida é importante não apenas para os católicos, já que a santa é
a padroeira do Brasil. Para nós brasileiros é dia de celebrar a mãe. Não tem
ninguém que venha a esse mundo sem a mãe. Foi essa figura de Maria que
Jesus nos presenteou na cruz. Ele queria que ela fosse mãe de todos os seus
seguidores.
O dia de nossa senhora aparecida foi oficialmente instituído a partir do decreto
de lei n° 6.802, de 30 de julho de 1980.
Questão 8: A sociedade da região do Vale do Paraíba já vive transformações
individuais e coletivas. Em destaque estão as chamadas “profissões do futuro”,
como: Life Coach, Marketing Digital, Tecnologia da Informação e Banco de
Dados, que deverão ajudar as empresas a avaliar a enorme quantidade de dados
gerados pela chegada da digitalização ao ambiente de trabalho. Hoje já se busca
profissionais com expertise e experiência necessária para uma determinada
área, com habilidades para atuar num ambiente volátil, incerto e complexo, onde
exercitem sua capacidade de conectividade virtual e pessoal, com o vasto
número de pessoas e informações num ambiente global.
Web quest

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Web quest

Industrialização no Vale do Paraíba
Industrialização no Vale do Paraíba Industrialização no Vale do Paraíba
Industrialização no Vale do Paraíba
Isabela Santos
 
Web quest - Indústria - Diego Silva e Julie Cristie
Web quest - Indústria - Diego Silva e Julie CristieWeb quest - Indústria - Diego Silva e Julie Cristie
Web quest - Indústria - Diego Silva e Julie Cristie
Theandra Naves
 
Web quest - Indústria - Eliane, Fhabiene, Lorena e Rosana
Web quest - Indústria - Eliane, Fhabiene, Lorena e RosanaWeb quest - Indústria - Eliane, Fhabiene, Lorena e Rosana
Web quest - Indústria - Eliane, Fhabiene, Lorena e Rosana
Theandra Naves
 
Julia cassiano
Julia cassianoJulia cassiano
Julia cassiano
Carlos Elson Cunha
 
Web quest indústria
Web quest indústria Web quest indústria
Web quest indústria
Isabela Santos
 
Web quest indústria
Web quest indústriaWeb quest indústria
Web quest indústria
Isabela Santos
 
Web quest - Indústria - Ana Clara, Flávio Correa e L. Gustavo de Mour
Web quest - Indústria - Ana Clara, Flávio Correa e L. Gustavo de MourWeb quest - Indústria - Ana Clara, Flávio Correa e L. Gustavo de Mour
Web quest - Indústria - Ana Clara, Flávio Correa e L. Gustavo de Mour
Theandra Naves
 
Imobiliárias em Rio Preto - www.imobiliariasemriopreto.com.br - Imóveis de Ri...
Imobiliárias em Rio Preto - www.imobiliariasemriopreto.com.br - Imóveis de Ri...Imobiliárias em Rio Preto - www.imobiliariasemriopreto.com.br - Imóveis de Ri...
Imobiliárias em Rio Preto - www.imobiliariasemriopreto.com.br - Imóveis de Ri...
Imobiliárias e Imóveis em Rio Preto
 
Web quest café
Web quest caféWeb quest café
Web quest café
Theandra Naves
 
Geo26
Geo26Geo26
novaeducacaoemfoco
novaeducacaoemfoco novaeducacaoemfoco
novaeducacaoemfoco
Novaeducacaoemfoco
 
Fazenda do Brejo - Um resgate à memória da Baixada Fluminense.pdf
Fazenda do Brejo - Um resgate à memória da Baixada Fluminense.pdfFazenda do Brejo - Um resgate à memória da Baixada Fluminense.pdf
Fazenda do Brejo - Um resgate à memória da Baixada Fluminense.pdf
FabianoDonato2
 
Grupo Eliana, Fhabiene, Lorena e Rosana
Grupo Eliana, Fhabiene, Lorena e RosanaGrupo Eliana, Fhabiene, Lorena e Rosana
Grupo Eliana, Fhabiene, Lorena e Rosana
Theandra Naves
 
Documentoplenariafinal
DocumentoplenariafinalDocumentoplenariafinal
Documentoplenariafinal
Marcia Pereira
 
Rafael gulelmo
Rafael gulelmoRafael gulelmo
Rafael gulelmo
Carlos Elson Cunha
 
Contexto Histórico do Bairro do Itaim Bibi, SP
Contexto Histórico do Bairro do Itaim Bibi, SPContexto Histórico do Bairro do Itaim Bibi, SP
Contexto Histórico do Bairro do Itaim Bibi, SP
Erika Marion Robrahn-González
 
Pp revista eletronica 04 de dez de 2012
Pp revista eletronica 04 de dez de 2012Pp revista eletronica 04 de dez de 2012
Pp revista eletronica 04 de dez de 2012
Novaeducacaoemfoco
 
Grupo 4
Grupo 4Grupo 4
Web quest
Web questWeb quest
Web quest
Isabela Santos
 
AS TRANSFORMAÇÕES NO CALÇADÃO DE LONDRINA: ELEMENTOS PARA A CONSTRUÇÃO DE IDE...
AS TRANSFORMAÇÕES NO CALÇADÃO DE LONDRINA: ELEMENTOS PARA A CONSTRUÇÃO DE IDE...AS TRANSFORMAÇÕES NO CALÇADÃO DE LONDRINA: ELEMENTOS PARA A CONSTRUÇÃO DE IDE...
AS TRANSFORMAÇÕES NO CALÇADÃO DE LONDRINA: ELEMENTOS PARA A CONSTRUÇÃO DE IDE...
Pedagogiapibid
 

Semelhante a Web quest (20)

Industrialização no Vale do Paraíba
Industrialização no Vale do Paraíba Industrialização no Vale do Paraíba
Industrialização no Vale do Paraíba
 
Web quest - Indústria - Diego Silva e Julie Cristie
Web quest - Indústria - Diego Silva e Julie CristieWeb quest - Indústria - Diego Silva e Julie Cristie
Web quest - Indústria - Diego Silva e Julie Cristie
 
Web quest - Indústria - Eliane, Fhabiene, Lorena e Rosana
Web quest - Indústria - Eliane, Fhabiene, Lorena e RosanaWeb quest - Indústria - Eliane, Fhabiene, Lorena e Rosana
Web quest - Indústria - Eliane, Fhabiene, Lorena e Rosana
 
Julia cassiano
Julia cassianoJulia cassiano
Julia cassiano
 
Web quest indústria
Web quest indústria Web quest indústria
Web quest indústria
 
Web quest indústria
Web quest indústriaWeb quest indústria
Web quest indústria
 
Web quest - Indústria - Ana Clara, Flávio Correa e L. Gustavo de Mour
Web quest - Indústria - Ana Clara, Flávio Correa e L. Gustavo de MourWeb quest - Indústria - Ana Clara, Flávio Correa e L. Gustavo de Mour
Web quest - Indústria - Ana Clara, Flávio Correa e L. Gustavo de Mour
 
Imobiliárias em Rio Preto - www.imobiliariasemriopreto.com.br - Imóveis de Ri...
Imobiliárias em Rio Preto - www.imobiliariasemriopreto.com.br - Imóveis de Ri...Imobiliárias em Rio Preto - www.imobiliariasemriopreto.com.br - Imóveis de Ri...
Imobiliárias em Rio Preto - www.imobiliariasemriopreto.com.br - Imóveis de Ri...
 
Web quest café
Web quest caféWeb quest café
Web quest café
 
Geo26
Geo26Geo26
Geo26
 
novaeducacaoemfoco
novaeducacaoemfoco novaeducacaoemfoco
novaeducacaoemfoco
 
Fazenda do Brejo - Um resgate à memória da Baixada Fluminense.pdf
Fazenda do Brejo - Um resgate à memória da Baixada Fluminense.pdfFazenda do Brejo - Um resgate à memória da Baixada Fluminense.pdf
Fazenda do Brejo - Um resgate à memória da Baixada Fluminense.pdf
 
Grupo Eliana, Fhabiene, Lorena e Rosana
Grupo Eliana, Fhabiene, Lorena e RosanaGrupo Eliana, Fhabiene, Lorena e Rosana
Grupo Eliana, Fhabiene, Lorena e Rosana
 
Documentoplenariafinal
DocumentoplenariafinalDocumentoplenariafinal
Documentoplenariafinal
 
Rafael gulelmo
Rafael gulelmoRafael gulelmo
Rafael gulelmo
 
Contexto Histórico do Bairro do Itaim Bibi, SP
Contexto Histórico do Bairro do Itaim Bibi, SPContexto Histórico do Bairro do Itaim Bibi, SP
Contexto Histórico do Bairro do Itaim Bibi, SP
 
Pp revista eletronica 04 de dez de 2012
Pp revista eletronica 04 de dez de 2012Pp revista eletronica 04 de dez de 2012
Pp revista eletronica 04 de dez de 2012
 
Grupo 4
Grupo 4Grupo 4
Grupo 4
 
Web quest
Web questWeb quest
Web quest
 
AS TRANSFORMAÇÕES NO CALÇADÃO DE LONDRINA: ELEMENTOS PARA A CONSTRUÇÃO DE IDE...
AS TRANSFORMAÇÕES NO CALÇADÃO DE LONDRINA: ELEMENTOS PARA A CONSTRUÇÃO DE IDE...AS TRANSFORMAÇÕES NO CALÇADÃO DE LONDRINA: ELEMENTOS PARA A CONSTRUÇÃO DE IDE...
AS TRANSFORMAÇÕES NO CALÇADÃO DE LONDRINA: ELEMENTOS PARA A CONSTRUÇÃO DE IDE...
 

Último

REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
SthafaniHussin1
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 

Web quest

  • 1. CENTRO UNIVERSITÁRIO SALESIANO DE SÃO PAULO ALUNOS: ALESSANDRO FLAUSINO MARCELINO DINIZ IGOR VITAL BATISTA ISAQUE VICENTE LOPES GUIMARAES Web Quest O Vale Urbano e Moderno “Vale das fabricas” LORENA 2017
  • 2. ALESSANDRO FLAUSINO MARCELINO DINIZ IGOR VITAL BATISTA, ISAQUE GUIMARÃES WEB QUEST O Vale Urbano e Moderno “Vale das fabricas”
  • 3. LORENA – SP 2017 Questão 1 - Selecionem três textos sobre o assunto em foco e façam resumo e comentários (artigos, estudos, resenhas e livros). Citem as fontes dos textos. Textos I: Raimundo, Giovanni A Diferenciação Sócio espacial no Vale do Paraíba. Tomando como foco a implantação de um meio-técnico e as mudanças socioeconômicas ocorridas no Brasil no século XX, o presente trabalho visa investigar a construção histórica de uma diferenciação sócio espacial na Região do Vale do Paraíba. A partir destes fatos ocorre a formação de dois eixos distintos na região: um contemplado pelas principais vias de circulação do Vale do Paraíba, onde as cidades ao redor tem maior desenvolvimento urbano e industrial e melhores indicadores socioeconômicos. Enquanto, por outro lado, há a ocorrência de uma parte não privilegiada pelas principais vias de circulação, que contará com uma maior presença das atividades rurais e menores indicadores sociais, econômicos e demográficos. Esta última parte do Vale do Paraíba será aqui representada pela Microrregião de Bananal, formada pelas cidades de Areias, Arapeí, Bananal, São José do Barreiro e Silveira. Fonte: http://observatoriogeograficoamericalatina.org.mx/egal14/Geografiasocioecono mica/Geografiaespacial/01.pdf Texto II: A TRANSFORMAÇÃO DA VÁRZEA DO RIO PARAÍBA DO SUL EM ESPAÇO ECONÔMICO: UM OLHAR SOBRE A ARQUITETURA VERNACULAR. O presente trabalho busca compreender o processo de ocupação da várzea do Rio Paraíba do Sul e de sua transformação em espaço econômico, focando a implantação das colônias agrícolas como a Colônia de Canas, em Lorena (1885); Boa Vista, em Jacareí (1888); Quiririm, em Taubaté (1890) e Piagui, em Guaratinguetá (1892). Devido à abundância de água na região e à localização
  • 4. favorável, a rizicultura foi uma atividade atrativa para modificar o cenário rural do Vale do Paraíba após a decadência do café, e logo começou a ser difundida de forma crescente. No início a maior parte das atividades eram relacionada à subsistência, e após as obras do Serviço de Melhoramento do Vale do Paraíba Paulista do Estado de São Paulo, a técnica do cultivo do arroz foi aprimorada, possibilitando assim que se tornasse uma atividade de grande importância econômica. O Vale do Paraíba Paulista ainda ostenta inúmeras fazendas do século XIX, período áureo do café, tematizadas por estudos e publicações. No entanto, a arquitetura regional não se restringe somente a esses exemplares e a esse período histórico, pois, existe uma manifestações de uma arquitetura coadjuvante que deve ser observada também, pois apresenta-se aspectos interessantes, relacionados no caso, às tradições construtivas. Os colonos que ocuparam essa região, em sua maior parte italianos, vieram com suas famílias para trabalhar com a terra e trouxeram um “saber” específico, que foi adaptado às condições locais. As edificações vernaculares da várzea do Rio Paraíba do Sul, dialogam perfeitamente com o seu entorno, e em sua maior parte foram construídas de tijolos feitos nas olarias da região, além de fazerem o uso do bambu, constantemente encontrado em meio às quadras de arroz. Para o presente estudo, foi realizado um levantamento das construções rurais e também dos arranjos produtivos com foco na rizicultura, presentes na várzea da região do Piagui em Guaratinguetá (antiga Colônia do Piagui – 1892) e em Quiririm, distrito de Taubaté (antiga Colônia de Quiririm – 1890). As documentações produzidas em fotografias e desenhos, somadas às fotos históricas evidenciam a presença de uma tradição construtiva que se mantém até os dias de hoje. Os resultados apontam que é urgente e necessário o estudo e a documentação dessas manifestações rurais devido à transformação da várzea em espaço econômico de uso urbano, pois esse espaço tornou-se alvo de outros tipos de atividades econômicas como pesqueiros, extração de areia, substituindo as atividades agrícolas. A rizicultura vem perdendo espaço, por exemplo, para a produção de grama, demandada pelas cidades e pelos empreendimentos imobiliários que estão sendo implantados nas cidades estudadas.
  • 5. Fonte: http://www.forumpatrimonio.com.br/arqdoc2015/artigos/pdf/167.pdf Acesso: 01/11/2017. Texto III: INDUSTRIALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL: POLÍTICA DO CODIVAP NO VALE DO PARAÍBA NA DÉCADA DE 1970. Entre as décadas de 1960 e 1970, a capital paulista viveu uma aglomeração de pessoas em larga escala. É neste contexto que o governo desloca parte considerável de suas industrias e fomenta a industrialização de cidades grandes mais próximas da capital. Desta feita, o Vale do Paraíba sofre um crescimento industrial e social gigantesco. Muitas pessoas começaram a mudar-se para as grandes cidades da região em busca de emprego e renda. Com um desenvolvimento acelerado na região vale-paraibana, surge a necessidade de uma organização e planejamento dos municípios. É então criado o CODIVAP (Consorcio de Desenvolvimento Integrado do Vale do Paraíba), com o intuito de facilitar as relações entre as instituições públicas e privadas em âmbito municipal e não regional. Ou seja, o foco primeiro é o pleno desenvolvimento local, caminho natural para se obter uma região fortemente organizada e desenvolvida. A partir de 1970, as cidades de São José dos Campos, Taubaté, Jacareí e Guaratinguetá, tiveram uma notória expansão econômica e urbana, devido à forte influência da crescente industrialização que ocorreu na região do Vale do Paraíba. É a mostra de que, assim como na maior parte do Brasil, a sociedade vale-paraibana seguiu os mesmos passos de transformações, reflexo da expansão do capital nacional e internacional. Fonte: http://www.almanaqueurupes.com.br/portal/wpcontent/uploads/2013/11/industri a.pdf . Acesso em 01/11/2017
  • 6. 2- Relacionem imagens (3) e vídeos (3) sobre o assunto proposto com indicação e comentário crítico sobre o conteúdo. Imagens:
  • 7.
  • 8. Vídeos: EMBRAER https://www.youtube.com/watch?v=MvqXboOYgDY Parque Tecnológico de São José dos Campos https://www.youtube.com/watch?v=i8kFu8fXhQo Parque Tecnológico de Taubaté https://www.youtube.com/watch?v=rHopBz6JtHk Questão 3: como a rodovia presidente Dutra se tornou uma das mais movimentadas do país? Tendo em vista todo o processo de industrialização.
  • 9. Questão 4: Patrimônio cultural é um conjunto de bens, manifestações populares, cultos, tradições culturais materiais e imateriais, reconhecidos de acordo com a sua ancestralidade, importância histórica e cultural de uma região ou país. Uma região metropolitana ou área metropolitana consiste em uma área composta por um núcleo urbano densamente povoado e por suas áreas vizinhas menos povoadas. Este aglomerado urbano partilha industrias, infraestruturas e habitações. Questão 5: A revolução de 1932 foi um movimento armado ocorrido no estado de São Paulo entre julho e novembro de 1932 que tinha como objetivo derrubar o governo provisório de Getúlio Vargas. Em perspectiva história foi um grande conflito que abrangeu uma dimensão enorme, por conta dos fatos que ocorreram em são Paulo e região, onde um deles foi em cunha onde as tropas federais torturaram e mataram o agricultor Paulo virgínio por se recusar a dizer onde estavam as tropas paulistas. Virgínio foi obrigado a cavar a própria cova e morreu dizendo “morro mas são Paulo vence”. Questão 6: O vale do paraíba ao longo dos anos se tornou uma região fortemente industrializada, por conta da modernização ocorrida. Por trazer uma bagagem histórica por conta da forte “chama” cafeeira a região do vale conseguiu se sobre sair entre as outras localidades, justamente por fazer parte da estrada real e por conta da criação de novas estradas que davam acesso mais rápido e pratico as outras cidades.
  • 10. Com isso o vale se tornou uma região modernizada pois além de trazer novos empregos, trouxe um crescimento populacional absurdo, uma melhoria e ampliação nas cidades e uma nova forma de entender o quanto a evolução do vale trouxe benefícios para todos a sua volta. Questão 7:Em aparecida o 12 de outubro é a comemoração do dia de nossa senhora aparecida, que homenageia a padroeira do Brasil. O Dia de Nossa Senhora Aparecida é importante não apenas para os católicos, já que a santa é a padroeira do Brasil. Para nós brasileiros é dia de celebrar a mãe. Não tem ninguém que venha a esse mundo sem a mãe. Foi essa figura de Maria que Jesus nos presenteou na cruz. Ele queria que ela fosse mãe de todos os seus seguidores. O dia de nossa senhora aparecida foi oficialmente instituído a partir do decreto de lei n° 6.802, de 30 de julho de 1980. Questão 8: A sociedade da região do Vale do Paraíba já vive transformações individuais e coletivas. Em destaque estão as chamadas “profissões do futuro”, como: Life Coach, Marketing Digital, Tecnologia da Informação e Banco de Dados, que deverão ajudar as empresas a avaliar a enorme quantidade de dados gerados pela chegada da digitalização ao ambiente de trabalho. Hoje já se busca profissionais com expertise e experiência necessária para uma determinada área, com habilidades para atuar num ambiente volátil, incerto e complexo, onde exercitem sua capacidade de conectividade virtual e pessoal, com o vasto número de pessoas e informações num ambiente global.