Slide periodo entre guerras e segunda guerra

15.418 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
15.418
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9.068
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
281
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slide periodo entre guerras e segunda guerra

  1. 1. Período Entre Guerras & II Guerra Mundial Proª Isabel Aguiar http://profisabelaguiar.blogspot.com.br/DUAS GUERRAS MUNDIAIS COM UMMOMENTO DE PAZ NO MEIO, OU UMA GRANDE GUERRA DE TRINTA E UM ANOS?
  2. 2. 1) ANTECEDENTES:1.1- I Guerra Mundial  Tratado de Versalhes;1.2- Revolução Russa de 1917  Vitória do socialismo;
  3. 3. 2) SURGIMENTO DOS MOVIMENTOS FASCISTAS;2.1- a vitória do proletariado na Rússia e a crise sócio-econômica do pós I Guerra na Europa, deixou temerosa e insegura a alta e a pequena burguesia que acabou sendo cooptada pela campanha fascista;
  4. 4. 2.3- Elementos rejeitados pelo FASCISMO; 2.3.1- DEMOCRACIA: incapaz de salvaguardar os interesses da pátria; 2.3.2- INDIVIDUALISMO: o homem só adquire valor enquanto parte integrante de um grupo; 2.3.3- LIBERALISMO: enfraquecimento do princípio maior que é o grupo; 2.3.4- MARXISMO: tem como fundamento a luta de classe, e esta proporciona o enfraquecimento do grupo; 2.3.5- RACIONALISMO: o intelectualismo é visto
  5. 5. 2.4- Elementos defendidos pelo FASCISMO;2.4.1- NACIONALISMO: exacerbado, chega-se ao culto e a mitificação da NAÇÃO;2.4.2- EXPANSIONISMO: as fronteiras devem ser alargadas, pois, deve-se criar o espaço vital;2.4.3- MILITARISMO: passa a ser o sinônimo de cooperação do grupo; reforça os laços entre poder econômico e militar
  6. 6. 2.4.4- SUBMISSÃO DE TODOS AO ESTADO: deve ser forte, inquestionável e catalisador da vontade nacional;2.4.5- RACISMO: é preciso purificar o elemento nacional de qualquer contaminação do sangue;2.4.6- CULTO AO CHEFE: o líder é o guia infalível, preserva a integridade nacional; 2.4.7- UNIPARTIDARISMO: o pluripartidaris-
  7. 7. 3) ESCALADA FASCISTA;3.1- na ITÁLIA; 3.1.1- criação dos grupos de COMBATES ou ESQUADRÕES; conivência do exército, polícia epoder judiciário;3.1.2- 1922: MARCHA SOBRE ROMA; P.S e P.P ( Católicos )divergências
  8. 8. 3.1.3- 1926: CARTA DEL LAVORO;  repressão à oposição: militantes comunistas e ao grupo Justiça e Liberdade; solução para os conflitos entre: CAPITAL x TRABALHO; ** cooptação dos sindicatos ( todas categorias organizadas em função do partido fascista );
  9. 9. 3.1.4- 1929: TRATADO DE LATRÃO;  Questão Romana ( conflito entre o Estado e a Igreja desde a unificação italiana que acabou com a criação do Estado do Vaticano );
  10. 10. 3.1.5- década de 1930;  intervenção do Estado em todossetores; * PARLAMENTO / EDUCAÇÃO / ECONOMIA / EXPANSÃO DA IND. BÉLICA;  Pacto de Aço  Alemanha + Itália;  Problemas econômicos internos decorrentes da crise de 1929; * invasão da Abissínia ( atual Etiópia )
  11. 11. 3.2- na ALEMANHA; 3.2.1- 1919:  Constituição Weimar  República Parlamentar;  foi criado o Partido dos Trabalhadores Alemães que, em 1920, foi alterado o nome para: Partido Nacional - Socialista
  12. 12. 3.2.3- 1923:  ocorreu o Putsch de Munique  Hitler foi preso e, durante esse período escreveu Mein Kempf : obra que apresenta a ideologia Nazista;
  13. 13. 3.2.4- posição de Stalin sobre o tratado de Locarno de 1925 que ratificou as cláusulas do Tratado de Versalhes de 1919:  “pensar que a Alemanha irá tolerar este estado de coisas é confiar em milagres. Locarno, que sanciona a perda, pela Alemanha da Silésia, do corredor ( polonês ) e Dantzig..., partilhará do velho tratado franco - prussiano que privou a França da Alsácia e Lorena... Locarno está prenhe de uma nova guerra européia. (...) se houver guerra não iremos ficar de braços cruzados. Teremos que participar, mas deveremos ser os últimos a participar. E participaremos a fim de lançar o peso decisivo
  14. 14. 3.2.5- 1931:  Invasão do Japão na região da Manchúria, na China;
  15. 15. 3.2.5- 1933:  Hindemburg nomeia Hitler Chanceler acreditando poder controla-lo;  Hitler retirou a Alemanha da Liga das Nações;  em junho, novo acordo de paz ratificou os tratados anteriores;3.2.6- 1934:  Hindemburg morre e Hitler se tornou Fuhrer ;
  16. 16. 3.2.6- 1934:  a jovem nação socialista passou a fazer parte da Liga das Nações;  Hindemburg morre e Hitler se tornou Fuhrer ;  incorporação da região do Sarre, pela Alemanha, que estava sob o controle dos franceses desde o tratado de Versalhes;
  17. 17. 3.2.7- 1935:  retomada do programa de rearmamentoda Alemanha foi divulgada abertamente – algo que todos já sabiam que estava acontecendo;  Hitler ignorou os protestos da Liga das Nações Nações pela remilitarização e iniciou o recrutamento militar obrigatório;  G.B deu inicio a uma política de conciliação com a Alemanha que ficou conhecida como
  18. 18.  a França fez um acordo com a URSS através do qual estabelecia ajuda mútua no campo militar; A Itália reclamava parte da África, clamando os italianos a reconstruírem a grandeza do Império Romano;
  19. 19. 3.2.8- 1936:  em março, invasão e remilitarização da região Rênana ( fronteira com a França ) por parte da Alemanha;  mais uma vez a Liga das Nações condenou veementemente a expansão alemã pela Europa e a invasão italiana na África; * protesto sem nenhum efeito prático –
  20. 20.  a Guerra Civil Espanhola ( 1936 /39 ) serviu para aproximar as duas potências fascistas européias. * estabeleceu-se então o Eixo Roma-Berlim; * no final deste ano Japão e Alemanha firmaram o Pacto Anti-Comintern, do qual, no ano seguinte a Itália também passou a
  21. 21. 3.2.9- 1938:  ANSCHLUSS: anexação da Áustria;  anexação da região de Sudetosna Tchecoslováquia; * Conferência de Munique: ** G.B e França iniciaram uma lenta aproximação com a URSS;
  22. 22. 3.2.10- 1939:  com o acordo de Munique, Stalin se sentiu isolado e prevendo um ataque alemão em seu território; * solicitou aos seus ministros que sondassem um acordo secreto de não- agressão com os alemães; * aos 23 de Agosto, Stalin e Hitler concretizaram o Pacto de Não-Agressão ( Ribbentrop-Molotov );
  23. 23.  1º de Agosto de 1939, Hitler invadiua Polônia; * os franceses deram um ultimato a Hitler que o ignorou; ** no dia três de setembro França e Inglaterra declararam guerra à Alemanha – foi o início da II Grande
  24. 24. O início da II Guerra Mundial
  25. 25. 1) VITÓRIAS DO EIXO – SET. DE 1939 À JUN. DE 1942; 1.1- Sitzkrieg substituída pela Blitzkrieg ( Guerra Relâmpago ); 1.2- conquista dos países escandinavos: Dinamarca / Noruega: apoio da Suécia ( P. Nazista no poder ); 1.2.1- Objetivos: assegurar o comércio de aço com a Suécia;  assegurar posições vitais contra a Inglaterra;
  26. 26. 1.3- 1940:1.3.1- invasão da Holanda e Bélgica;1.3.2- invasão da França;  zona livre: regime colaboracionista de Vichy – marechal Pétain;  zona de ocupação – sob controle dos nazistas;1.3.3- Operação Leão do Mar :  Luftwaff x RAF : tentativa de invasão à Inglaterra;
  27. 27. 1.4- 1941:1.4.1- Norte da África;  Itália perdeu o Egito para os ingleses;  alemães recuperam e avançaram até quase Alexandria  objetivo: Canal de Suez;1.4.2- Nos Bálcãs: Hungria, Romênia e Bulgária sob controle do Eixo;  Iugoslávia: resistências dos Partizans
  28. 28. 2) EQUILÍBRIO DE FORÇAS – da invasão da U.R.S.S (1941) à capitulação da Itália (1943); 2.1- Operação Barbarosa – invasão da U.R.S.S; 2.1.1- Ojetivo: garantir suprimentos vitais para continuidade da guerra; 2.2- Norte-americanos + ingleses: derrotaram os alemães na África – controle do Mediterrâneo; 2.2.1- partem para cima da Itália fascista;2.3- ataque japonês à Pearl Harbor – Havaí / E.U.A no conflito;
  29. 29. Enquanto isso Hitler eliminavafisicamente todos seus opositores nos campos de concentração
  30. 30. A perseguição aos judeus se tornou inexorável. Por quê?
  31. 31. Atrocidade contra a humanidade como esta não pode se repetir
  32. 32. A busca da raça pura chega a extremos do absurdo
  33. 33. 3) VITÓRIAS DOS ALIADOS – capitulação da Itália em 1943 e do Japão em 1945;3.1- 1943: aliados submeteram os fascistas;3.2- 1944: ofensiva soviética no Leste europeu;3.2.1- libertação da Romênia, Bulgária, Tchecoslováquia e Hungria;
  34. 34. 3.3- CONFERÊNCIA DE TEERÃ ( Irã ) - Dez. / 1943;3.3.1- articulação de uma frente ocidental – “ Dia D ” ;3.3.2- E.U.A e G. Bretanha reconheceram oficialmente a anexação das repúblicas Bálticas e parte da Polônia ( leste ) pela U.R.S.S;
  35. 35. 3.4-CONFERÊNCIA DE YALTA ( Ucrânia – U.R.S.S ) - Fev. / 1945; 3.4.1- reconhecimento da influência soviética no leste europeu; 3.4.2- definição da divisão da Alemanha em quatro zonas de ocupação supervisionada por um Conselho Aliado; 3.4.3- planos para a criação da O.N.U ;
  36. 36. 3.5- CONFERÊNCIA DE POSTDAM ( Alemanha ); 3.5.1- determinou o valor da indenização a ser pago pela Alemanha; 3.5.2- determinou a supressão da indústria alemã; 3.5.3- organizou o TRIBUNAL DE NUREMBERG; 3.5.4- ratificou a divisão da Alemanha em quatro zonas de ocupação: FR / GB / U.R.S.S / E.U.A; 3.6- AGOSTO de 1945: E.U.A detonaram
  37. 37. Da esquerda para direita: H. Göring; R. Hess; J. Von Ribbentrop; W. Keitel; e Alfred Rosemberg
  38. 38. Conferência de Potsdam
  39. 39. O MUNDO IMEDIATAMENTE PÓS II GUERRA MUNDIAL Com o final da II Guerra, podemosdizer que o nazifascismo foi extinto nomundo?
  40. 40. Versões nazifascistas perpetuaram aolongo dos anos em vários lugares do mundo
  41. 41. 1) CRIAÇÃO DA O.N.U; 1.1- Objetivo: manter a paz e a segurança internacionais;
  42. 42. 2) DOUTRINA TRUMAM; 2.1- desaquecimento da economia em decorrência da diminuição da produção armamentista;2.1.1- tendência isolacionista  Congresso / Sociedade;  desemprego  ; lucros externos  ; * SOLUÇÃO: desenvolver e expandir a indústria do anticomunismo; ** álibe: crise internacional  Grécia e Turquia;2.2- esta correspondeu portanto à grande cruzada do ocidente contra tudo o que
  43. 43. 3) PLANO MARSHALL – Secretário de Estado, Gen. George Marshall;3.1- plano de reabilitação da economia européia via empréstimos estadunidense;
  44. 44. 4) CRIAÇÃO DA OTAN – 04 de abril de 1949;4.1- aliança militar estabelecido entre os países da Europa ocidental e América do Norte, portanto, qualquer ataque a um desses países corresponderia um ataque a todos eles;
  45. 45. 5) Por que um ataque nuclear a U.R.S.S era inviável?5.1- a OTAN naquele momento não teria condições de deter um ataque soviético;
  46. 46. 6) SOVIETIZAÇÃO DO LESTE EUROPEU; 6.1- se Washington exercia um confronto indireto sobre a Europa ocidental através da ajuda econômica, Stalin só poderia mantê-lo sobre o leste europeu a partir da força; 6.1.1- Iugoslávia / Tcheco-Eslováquia / Bulgária  comunismo com apoio popular;
  47. 47. 6.1.2- restante da Europa oriental  utilização da força e da instituição do partido único – os PC’s;  Criação do KOMIMFORM – Agência destinada a unificar a ação comunista na Europa oriental e dar novas diretrizes aos partidos do ocidente;
  48. 48. 6.2- Berlim;6.2.1- baluarte capitalista dentro da zona de influência socialista-soviética;  crise: reforma monetária substituição do marco velho por um novo para recuperar a economia da Alemanha ocidental; * a existência de duas moedas solaparia a moeda oriental por falta de mercadorias; ** solução: bloqueio total de Berlim
  49. 49. 6.2.2- a saída encontrada pelosnorte- americanos e britânicos foi a criação de uma ponte aérea abastecendo 24 horas por dia Berlim ocidental;  1961: criação do Muro de Berlim;
  50. 50. 6.2.3- U.R.S.S: detonou a sua primeira bomba atômica em 29 de agosto de 1949;6.2.4- COMECOM: órgão de integração econômica do bloco socialista, criado em 1949 pela U.R.S.S;6.2.5- 1955: criação do Pacto de Varsóvia: organização militar do bloco socialista em oposição à OTAN;
  51. 51. 6.2.6- final da década de 50, ocorreu uma melhoria nas condições de vida dos soviéticos; 6.2.7- na seqüência, 1957, a U.R.S.S enviou seu primeiro satélite, o SPUTINIK, dando início à corrida espacial; 6.2.8- 1961: crise dos mísseis em Cuba;

×