Era napoleonica 2013

8.235 visualizações

Publicada em

1 comentário
11 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.235
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.487
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
671
Comentários
1
Gostaram
11
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Era napoleonica 2013

  1. 1. 2M4 – G5
  2. 2. Um dos mais famosos generais dos tempos contemporâneos e um extraordinário estadista que deixoumarcas duradouras nas instituições da França e de grande parte da Europa ocidental.
  3. 3. Napoleão Bonaparte • Nasceu em Ajaccio, Córsega; • Veio de família pobre, mas que continha um título de nobreza; • Se destacava pela incrível habilidade militar; • Morreu em 5 de maio de 1821
  4. 4. Ajaccio, Córsega Napoleão Bonaparte
  5. 5. A atividade de Napoleão como militar foi marcada por excessivos sucessos devido em grande parte, a sua capacidade de empolgar os soldados com promessas de glórias e riquezas após cada vitória.
  6. 6. Entre suas principais batalhas estão: Campanha Italiana (1796) • Em 1796, no comando do pequeno exército francês na Itália, Bonaparte, um jovem general, expulsou os austríacos da Lombardia e bateu os exércitos papais. Em 1797, ele invadiu a Áustria, que clamou por paz. Invasão do Egito (1798) • Em 1798, Napoleão propôs uma expedição para colonizar o Egito. O exército francês, de 25 mil homens, bateu 100 mil homens na Batalha das Pirâmides, mas ficou isolado por mar após o comandante inglês Nelson destruir a frota francesa na Batalha do Nilo. Em 1801, Napoleão desistiu do Egito, após intermitentes ataques dos otomanos e dos ingleses. Batalha de Trafalgar (1805) • Em 21 de outubro de 1805, ocorreu o maior combate naval das Guerras Napoleônicas. A frota inglesa, composta de 27 navios e comandada pelo almirante Nelson, bateu a franco-espanhola, de 33 navios, assegurando a supremacia britânica no mar. Nelson morreu durante a batalha.
  7. 7. O governo não era respeitado pelas outras camadas sociais. Os burgueses maislúcidos e influentes perceberam que com o Diretório não teriam condição de resistir aos inimigos externos e internos e manter o poder. Eles acreditavam na necessidade de uma ditadura militar, uma espada salvadora, para manter a ordem, a paz, o poder e os lucros.
  8. 8. A figura que sobressai no fim do período é a de Napoleão Bonaparte. Ele era o general francês mais popular e famoso da época, que com o apoio de dois diretores e de toda a grande burguesia, suprimiu o Diretório e instaurou o Consulado, dando início ao período napoleônico em 18 de brumário (10 de Novembro de 1799).
  9. 9. Instalou-se em 1899 após a queda do Diretório.Centralização administrativa;  Napoleão 1º Cônsul;  Cônsul Vitalício (1804).Recuperação econômica.Acordo com a nobreza.Conquistas burguesas asseguradas.
  10. 10. Entre as principais realizações de Napoleão noconsulado podemos destacar as seguintes: Administração • Centralização administrativa; • Nomeação de funcionários de sua confiança para altos cargos da administração pública; Economia • Criação do Banco da França (1800); • Fortalecimento do comércio e da indústria; Educação • Era utilizada como meio de controle do comportamento político e social dos cidadãos; Direito • Estabeleceu-se um Código Civil conhecido como Código Napoleônico (1804), representando em grande parte os interesses dos burgueses, como casamento civil (separado do religioso), respeito à propriedade privada, direito à liberdade individual e igualdade de todos ante a lei; Religião • Elaboração da Concordata (1801), acordo entre Igreja Católica e Estado, onde o governo francês tinha o direito de confiscar as propriedades da Igreja e, em troca, o governo teria de amparar o clero.; • O governo tinha como objetivo fazer da religião um instrumento político.
  11. 11.  A opinião pública foi mobilizada; Plebiscito realizado em 1804; Quase 60% dos votos; Reinstituiu-se o regime monárquico na França, Napoleão no poder.
  12. 12. Realizou-se uma festa em 2 de Dezembro de 1804 para se formalizar a coroação do agora Napoleão I na catedral de Notre-Dame. Um dos momentos mais notórios da História ocorreu nesta noite, onde, com um ato surpreendente, Napoleão I retirou a coroa das mãos do Papa Pio VII, que viajara especialmente para a cerimônia, e ele mesmo se coroou, numa postura para deixar claro que não toleraria autoridade alguma superior à dele.
  13. 13. Coroação de NapoleãoNapoleão toma a coroa das mãos do Papa Pio VII.
  14. 14.  Em 1806 Napoleão proíbe os países da Europa de manter relações comerciais com a Inglaterra. Objetivo: vencer a Inglaterra através do esgotamento de sua economia. Fuga da família real portuguesa para o Brasil (1808).
  15. 15.  Fracasso. • Contrabando. • Reforço do comércio Britânico com outras áreas (principalmente América). Aumento do contrabando Bloqueio e do valor Continental dos produtos.
  16. 16. Bloqueio Continental
  17. 17. “Embora tivesse aderido ao bloqueio continental, a Rússia que era basicamente agrícola, foi obrigada a abandoná-lo em dezembro de 1810. Por enfrentar grave crise econômica, precisava trocar seu excesso de cereal por produtos industriais ingleses. Bonaparte, diante do desrespeito às normas traçadas pela Paz de Tilsit, decidiu em 1812invadir a Rússia para obrigar o czar Alexandre I a permanecer com o bloqueio”.
  18. 18. “Acostumado a grandes vitórias, Napoleão conduziu seu exército de 600 mil homens atémoscou, enquanto as tropas russasretiravam-se das cidades e ateavam fogo às vilas e plantações (terra arrasada). Com seu exército cansado, com fome e muito frio, Napoleão deu início a uma dramática retirada”.
  19. 19. Quebra doRússia em crise Bloqueio Napoleão invade a econômica. continental pela Rússia. Rússia. Terra Arrasada + Derrota Rigoroso Inverno napoleônica. Russo.
  20. 20. Napoleão derrotado na Rússia Sem alimentação e cansados pelo longo percurso, as tropasfrancesas começaram a ser vitimadas pelo rigoroso inverno russo. Dos 600 mil soldados, apenas 30 mil voltaram para a França.
  21. 21. Derrota francesa na Rússia Estímulo para deter supremacia napoleônicaFormação da Sexta Coligação (RUS, ING, AUS, PRUS)
  22. 22.  Em 6 de abril de 1814 exército da Sexta Coligação invade Paris; Derrotado, Napoleão é exilado na Ilha de Elba; O trona da França é entregue a Luís XVIII.
  23. 23. Em março de 1815, Napoleãofoge da Ilha de Elba e retorna àFrança; Tropas enviadas pelo impopular Luís XVIII para prendê-lo unem-se a ele; Napoleão retorna ao poder da França, porém, por “cem dias”.
  24. 24. Com Napoleão no poder, a coligação militar internacional se organizou novamente e marchou em direção à França. Em 18 de junho de 1815, Napoleão foi definitivamente derrotado na Batalha de Waterloo. Após ser preso,Bonaparte foi exilado na ilha de Santa Helena, onde permaneceu até a morte em 1821.
  25. 25. Exílio de NapoleãoApós ser definitivamente derrotado, Napoleão Bonaparte foi exilado na ilha de Santa Helena.
  26. 26. Desde às primeiras derrotas militaresde Napoleão, os dirigentes dos paísesvencedores organizaram o Congresso de Viena (1814-1815), cujo objetivobásico era restabelecer a antiga divisão política da Europa, já que a mesma havia sofrido modificação devido as guerras napoleônicas.
  27. 27. Principais países: AUS – RUS – PRUS – ING (vencedores).Objetivo principal: restauração do Antigo Regime.Princípios básicos:  LEGITIMIDADE – retorno de velhas dinastias absolutistas ao poder.  EQUILÍBRIO EUROPEU – divisão territorial no continente e no restante do mundo.O limite territorial da França voltou a ser o limite anterior a Revolução Francesa
  28. 28. Congresso de VienaLíderes no Congresso de Viena.
  29. 29. Europa após o Congresso de Viena Após o Congresso de Viena, foram anexados territórios àRússia, Prússia, Áustria, Dinamarca e Sardenha. Também foram criados novos pequenos Estados.

×