ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO ANTONIO MOTA
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA – RECUPERAÇÃO PARALELA
–9 º ANO – 3º BIME...
e) O pronome relativo que admite ser substituído por o qual e suas flexões de
gênero e número.
5.. Em um anúncio publicitá...
9. Identifique as figuras de linguagem marcando:
(1) Metáfora
(2) Metonímia
(3) Catacrese
(4) Comparação
(5) Prosopopéia
a...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Recuperação 2015

249 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
249
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Recuperação 2015

  1. 1. ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO ANTONIO MOTA AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA – RECUPERAÇÃO PARALELA –9 º ANO – 3º BIMESTRE. ALUNO:______________________________________ nº _______ Turma: ______ Turno:____ DATA: ______/_____/_____ Professor: Antonio Alves Rodrigues O problema ecológico Se uma nave extraterrestre invadisse o espaço aéreo da Terra, com certeza seus tripulantes diriam que neste planeta não habita uma civilização inteligente, tamanho é o grau de destruição dos recursos naturais. Essas são palavras de um renomado cientista americano. Apesar dos avanços obtidos, a humanidade ainda não descobriu os valores fundamentais da existência. O que chamamos orgulhosamente de civilização nada mais é do que uma agressão às coisas naturais. A grosso modo, a tal civilização significa a devastação das florestas, a poluição dos rios, o envenenamento das terras e a deterioração da qualidade do ar. O que chamamos de progresso não passa de uma degradação deliberada e sistemática que o homem vem promovendo há muito tempo, uma autêntica guerra contra a natureza. Afrânio Primo. Jornal Madhva (adaptado). 1) Segundo o Texto III, o cientista americano está preocupado com: (A) a vida neste planeta. (B) a qualidade do espaço aéreo. (C) o que pensam os extraterrestres. (D) o seu prestígio no mundo. (E) os seres de outro planeta. 2) Para o autor, a humanidade: (A) demonstra ser muito inteligente. (B) ouve as palavras do cientista. (C) age contra sua própria existência. (D) preserva os recursos naturais. (E) valoriza a existência sadia. 3) Da maneira como o assunto é tratado no Texto III, é correto afirmar que o meio ambiente está degradado porque: (A) a destruição é inevitável. (B) a civilização o está destruindo. (C) a humanidade preserva sua existência. (D) as guerras são o principal agente da destruição. (E) os recursos para mantê-lo não são suficientes. 4.. A respeito do emprego dos pronomes relativos, assinale a opção correta. a) É correto colocar artigo após o pronome relativo cujo (cujo o mapa, por exemplo). b) O relativo cujo expressa lugar, motivo pelo qual aparece no texto ligado ao substantivo mapa na expressão "cujo mapa". c) O pronome cujo é invariável, ou seja, não apresenta flexões de gênero e número. d) O pronome relativo quem, assim como o relativo que, tanto pode referir-se a pessoas quanto a coisas em geral.
  2. 2. e) O pronome relativo que admite ser substituído por o qual e suas flexões de gênero e número. 5.. Em um anúncio publicitário havia os seguintes dizeres: O conforto que você deseja com a tranquilidade paradisíaca de Maceió. a - Analisando-o quanto à presença do pronome relativo “que”, a que antecedente ele se refere? ________________________________________________________________ _ b – Indique a função sintática desempenhada pelo mesmo. _________________________ 6 – Dada a seguinte oração: Aquela é a cidade de onde saímos há três anos. a – O pronome “onde” se refere a um antecedente. Indique-o ________________________________________________ b- Complete as frases com um dos pronomes entre parênteses: Diga _________________ você vai e eu vou varrendo ( aonde – onde ) Por favor, diga-me _________________ você mora. 07) Considere o processo de formação das palavras amarelar e avermelhar e assinale a alternativa correta: ( ) Ambas foram formadas por derivação prefixal. ( ) Ambas foram formadas por derivação sufixal. ( ) Ambas foram formadas por parassíntese. ( ) A primeira formou-se por derivação sufixal, e a segunda por parassíntese. ( ) A primeira formou-se por derivação sufixal, e a segunda por derivação prefixal. 08) Leia os versos abaixo e assinale a alternativa correta: “A vida é combate Que os fracos abate E os fortes e bravos Só pode exaltar.” Gonçalves Dias As palavras destacadas formaram-se, respectivamente, por: ( ) derivação prefixal e derivação sufixal. ( ) derivação regressiva e derivação imprópria. ( ) composição por justaposição e derivação imprópria. ( ) derivação prefixal e derivação regressiva.
  3. 3. 9. Identifique as figuras de linguagem marcando: (1) Metáfora (2) Metonímia (3) Catacrese (4) Comparação (5) Prosopopéia a. ( ) Gosto de ouvir Titãs. b. ( )A doçura do teu olhar é minha vida. c. ( ) O rio engasgou num barraco. d. ( ) Usarei no tempero um dente de alho. e. ( ) Você é venenosa como uma cobra. O namoro na adolescência Um namoro, para acontecer de forma positiva, precisa de vários ingredientes: a começar pela família, que não seja muito rígida e atrasada nos seus valores, seja conversável, e, ao mesmo tempo, tenha limites muito claros de comportamento. O adolescente precisa disto, para se sentir seguro. O outro aspecto tem a ver com o próprio adolescente e suas condições internas, que determinarão suas necessidades e a própria escolha. São fatores inconscientes, que fazem com que a Mariazinha se encante com o jeito tímido do João e não dê pelota para o herói da turma, o Mário. Aspectos situacionais, como a relação harmoniosa ou não entre os pais do adolescente, também influenciarão o seu namoro. Um relacionamento em que um dos parceiros vem de um lar em crise, é, de saída, dose de leão para o outro, que passa a ser utilizado como anteparo de todas as dores e frustrações. Geralmente, esta carga é demais para o outro parceiro, que também enfrenta suas crises pelas próprias condições de adoles cente. Entrar em contato com a outra pessoa, senti-la, ouvi-la, depender dela afetivamente e, ao mesmo tempo, não massacrá-la de exigências, e não ter medo de se entregar, é tarefa difícil em qualquer idade. Mas é assim que começa este aprendizado de relacionar-se afetivamente e que vai durar a vida toda. SUPLICY, Marta. A condição da mulher. São Paulo: Brasiliense, 1984. Para um namoro acontecer de forma positiva, o adolescente precisa do apoio da família. O argumento que defende essa ideia é (A) a família é o anteparo das frustrações. (B) a família tem uma relação harmoniosa. (C) o adolescente segue o exemplo da família. ( D) o apoio da família dá segurança ao jovem. 10. Escreva um período composto expressando um fato e outro que apresente uma opinião.

×