Ave Maria das  Mulheres  (Poesia de Silvana Duboc)
Mãe,    Aqui, agora e a sósQuero lhe pedir        por todas nós   Por aquelas que foram         escolhidas       Para dar ...
Aquelas que sofrem por filhos  que geraram e perderamAs que trabalham o dia inteiro Em casa               ou em qualquer  ...
Pelas adolescentes        inexperientes Pelas velhinhas    esquecidas em asilos  Sem abrigo, sem família,      carinho e a...
Peço por almasfemininas mesquinhas,pequenas e sozinhasPor mulheres   guerreiras a vida inteiraPelas que não têm        com...
Por todas que foram obrigadas  a crescer antes do tempoQue foram jogadas na lavouraOu em alguma       cama devastadora    ...
Peço pela mulher dominadora e pela traidoraPeço por aquela que sucumbiu sonhos        dentro de siPor todas que eu já conh...
Rogo por aquelasque vivem             As queacompanhadas       tiveramEmbora tristes eamarguradas            queE por toda...
Peço pelas amigasPelas companheirasPelas inimigas     Suplico por aquelasPelas irmãs         que perderam a fé            ...
Rogo pelas que corrematrás de justiçaQue a boa vontade doshomens as assistaPeço pelas que lutam    Pelaspor causas perdida...
Suplicopelas mulheresque são obrigadas       a esconder seus rostosE amputadas do prazer vivem no desgosto Quero pedir tam...
Por aquela que busca     um amor verdadeiro Para se entregar       de corpo inteiroE peço pela que perdeu          a emoçã...
Aquela que perdeu o seu amorE por isso,         sua alma se fechou Por todas     que a droga destruiu Por tantas     que o...
Mãe, quero pedir por todas nósQue somos      o sorriso e a vozQue temoso sentimento mais profundo  Porque fomos escolhidas...
Independente de quem forem        nossos filhos       Feios ou bonitos     Amáveis ou rebeldes  Perfeitos ou deficientes  ...
Ajuda-nos a ser feliz   como a gente sempre quis  Dai-nos coragem       para continuarDai-nos saúde    para ao menos tenta...
MãePerdoa-nos      por nossos erros   E por nossos     insistentes apelos Perdoa-nos também    por nossas revoltasNossas l...
E sempre que puder Peça por nós ao PaiDe como,      a despeito detudo vencer ...E mesmo assim.....conseguimosaprender.Amém.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ave maria das mulheres

598 visualizações

Publicada em

Recebi da amiga Eunice, compartilho.

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Ave maria das mulheres

  1. 1. Ave Maria das Mulheres (Poesia de Silvana Duboc)
  2. 2. Mãe, Aqui, agora e a sósQuero lhe pedir por todas nós Por aquelas que foram escolhidas Para dar a vidaMulheres de todas as espécies De todos os credos, raças e nacionalidadesTodas aquelas nas quais a vida Está envolvida em sorrisos,lágrimas, tristezas e felicidades
  3. 3. Aquelas que sofrem por filhos que geraram e perderamAs que trabalham o dia inteiro Em casa ou em qualquer emprego Quero pedir pelas mães Que penam por seus filhos doentes, Quero pedir pelas meninas carentes, E pelas que ainda estão dentro de um ventre
  4. 4. Pelas adolescentes inexperientes Pelas velhinhas esquecidas em asilos Sem abrigo, sem família, carinho e amigos Peço também pelas mulheres enfermas Que em algum hospitalaguardam pela sua hora fatalQuero pedir pelas mulheres ricasAquelas que apesar da fortuna Vivem aflitas e na amargura
  5. 5. Peço por almasfemininas mesquinhas,pequenas e sozinhasPor mulheres guerreiras a vida inteiraPelas que não têm como dar Peço à seus filhos o pão e a pelas mulhereseducação deficientes Pelas inconseqüentes Rogo pelas condenadas, aquelas que vivem enclausuradas
  6. 6. Por todas que foram obrigadas a crescer antes do tempoQue foram jogadas na lavouraOu em alguma cama devastadora Rogo pelas que mendigando nas ruas Sobrevivem apesar dessa tortura Pelas revoltadas,as excluídas e as sexualmente reprimidas
  7. 7. Peço pela mulher dominadora e pela traidoraPeço por aquela que sucumbiu sonhos dentro de siPor todas que eu já conheciPeço por mulheres solitárias e pelas ordináriasAs mulheres de vida difícil e que fazem disso um ofício E pelas que se tornaramvoluntárias por serem solidárias
  8. 8. Rogo por aquelasque vivem As queacompanhadas tiveramEmbora tristes eamarguradas queE por todas continuar sozinhas que foram Sem umabandonadas parceiro, um amigo,
  9. 9. Peço pelas amigasPelas companheirasPelas inimigas Suplico por aquelasPelas irmãs que perderam a fé Que se distanciaram e pelas freiras da esperança Quero pedir por todas que clamam por vingança E com isso, se perdem em sua inútil
  10. 10. Rogo pelas que corrematrás de justiçaQue a boa vontade doshomens as assistaPeço pelas que lutam Pelaspor causas perdidas escritoras e as doutoras Pelas artistas e professoras Pelas governantes
  11. 11. Suplicopelas mulheresque são obrigadas a esconder seus rostosE amputadas do prazer vivem no desgosto Quero pedir também pelas ignorantes E por todas que no momento estão gestantes Por aquela mulher triste dentro do coração Que vive com a alma mergulhada na solidão
  12. 12. Por aquela que busca um amor verdadeiro Para se entregar de corpo inteiroE peço pela que perdeu a emoção Aquela que não tem mais paz dentro do coraçãoE rogo, imploro , por aquela que amaE que não correspondida, vive uma vida sofrida
  13. 13. Aquela que perdeu o seu amorE por isso, sua alma se fechou Por todas que a droga destruiu Por tantas que o vício denegriu Suplico por aquela que foi traídaPor várias que são humilhadas E pelas que foram contaminadas
  14. 14. Mãe, quero pedir por todas nósQue somos o sorriso e a vozQue temoso sentimento mais profundo Porque fomos escolhidas tanto quanto vocêPara gerar e apesar de qualquer coisa Amar...
  15. 15. Independente de quem forem nossos filhos Feios ou bonitos Amáveis ou rebeldes Perfeitos ou deficientes Tristes ou contentes Mãe,ajuda-nos a continuar nessa batalha Nessa guerra diária Nessa luta sem fim
  16. 16. Ajuda-nos a ser feliz como a gente sempre quis Dai-nos coragem para continuarDai-nos saúde para ao menos tentarResignação para tudo aceitarDai-nos força para suportar nossas amarguras E apesar de tudocontinuarmos a ser sinônimo de ternura
  17. 17. MãePerdoa-nos por nossos erros E por nossos insistentes apelos Perdoa-nos também por nossas revoltasNossas lágrimas e nossas derrotas E não nos deixe nunca mãe, perdermos a fé
  18. 18. E sempre que puder Peça por nós ao PaiDe como, a despeito detudo vencer ...E mesmo assim.....conseguimosaprender.Amém.

×