Um projeto urbano para a Zona Sul carioca

389 visualizações

Publicada em

Apresenta da arquiteta e integrante da Comissão de Mobilidade Urbana do IAB-RJ, Luísa Bogossian, sobre proposta de implantação de bondes contemporâneos, mais conhecidos como VLTs, na Zona Sul do Rio de Janeiro

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
389
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
68
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Um projeto urbano para a Zona Sul carioca

  1. 1. interfactes da mobilidade interfaces da mobilidade um projeto urbano para a zona sul carioca
  2. 2. centro copacabana niterói tijuca ilha do governador barra da tijuca jacarepaguá
  3. 3. copacabana leme botafogo urca humaitá lagoa ipanemaleblon gávea jardim botânico arpoador
  4. 4. Questões sobre a elaboração de um projeto urbano
  5. 5. A rua como objeto de estudo
  6. 6. Sistemas estruturais nos planos de mobilidade
  7. 7. trabalho casa área dendificada no entorno do modal de alta capacidade 600 m Plano estratégico São Paulo 2040 _ SP 30 min _ 012
  8. 8. A cidade porosa Le Grand Paris - Secchi
  9. 9. Nova York World Class Street _ Gehl Architexts
  10. 10. Multimodalidade
  11. 11. metro? BRT? VLT? Elementos de um novo sistema
  12. 12. Metro leve VLT, VLP BRT 15-35 mil 25-45 mil 40-80 mil 15-30 mil 10-15 milhões 20-30 milhões 30-40 milhões 120-200 milhõesMetroAlta capacidade Média capacidade Capacidade (passageiros/hora/ sentido) Custo de implantação US$/Km
  13. 13. O valor das infraestruturas no paradigma da mobilidade = criação de ligação, trocas, acaso, diversidade
  14. 14. Redefinição do conceito de “ modo” ou a transmodalidade Criação de um modo a partir do cruza- mento de modos. ônibus ou bonde em alto nível de se- gregação (ônibus-metro e bonde-trem) Reinvenção contemporânea dos bondes antigos Cruzamento entre atributos público/ privado e coletivo/individual
  15. 15. Um projeto para a Zona Sul carioca
  16. 16. escala regional + escala local Observação dos itinerários Processo históricvo PROJETO URBANO constituição do sistema de mobilidade multimodal e em rede projeto da rua
  17. 17. o processo histórico
  18. 18. Abertura do túnel do Barroso, 1892. Botafogo Ipanema Copacabana
  19. 19. Observação dos itinerários
  20. 20. ônibus marcha metro
  21. 21. trecho 2 trecho 1 trecho 3 trecho 5 de 12 a 35 minutos marcha: 3 minutos espera: de 0 a 5 minutos 2 minutos 9050 metros 208 metros marcha: 7 minutos espera: de 0 a 10 minutos 535 metros trecho 4 7700 metrosde 7 a 20 minutos 136 metros
  22. 22. linha 460 de ôni- bus. trajeto: lagoa, rebouças, elevado paulo de frontim. de cima do eleva- do. trajeto de ôni- bus até a ilha do fundão pela linha vermelha. ponto de partida: bartolomeu mitre, leblon parada trevo das forças armadas: entroncamento en- tre presidente vargas e francisco bicalho. chegada à reitoria cruzmento das pis- tas da francisco bicalho pela pas- sarela. ponto de ônibus 485. travessia do trevo das forças ar- madas.tratamen- to paisagístico e implantação de parque infantil. fim do percurso no interior do trevo: agulha rodoviária. pedestres bus- cam outros modos de deslocamen- to: trem, onibus, vans...
  23. 23. Escala regional constituição de um sistema multimodal e em rede
  24. 24. ciclovias/ ciclofaixas ônibus metrô sistema de alta capacidade sistema de média capacidade sistema complementar não motorizados/ ciclorotas Camadas do sistema de mobilidade ATUAL Camadas do Sistema de mobilidade PROPOSTO
  25. 25. ponto de rede traçado Alta capacidade metro bonde bonde ônibus barca bike Alta capacidade Média capacidade Complementar Complementar Não motorizados Sistema de mobilidade atual
  26. 26. Alta capacidade
  27. 27. média capacidade
  28. 28. complementar
  29. 29. Não motorizados
  30. 30. ponto de rede traçado Alta capacidade metro bonde bonde ônibus bike Alta capacidade Média capacidade Complementar Não motorizados Sistema de mobilidade proposto
  31. 31. Alta capacidade Em via segregada elevadaEm via segregada subterrânea
  32. 32. No mesmo sentido dos fluxos Em via compartilhadaEm mão dupla Média capacidade
  33. 33. Complementar Em vias mais periféricas e com características mais monofuncionais em relação às atividades
  34. 34. Em vias mais periféricas e com ca- racterísticas mais monofuncionais em relação às atividades Em vias internas de bairro Em vias compartilhadas Não motorizados
  35. 35. Os polos de mobilidade
  36. 36. multimodalidade Sistema de mobilidade atual Sistema de mobilidade proposto NECTIVIDADE ERMODALIDADE LTIMODALIDADE GANIZAÇAO DAS VIDADES A PUBLICA RARQUIAS 6 min
  37. 37. 200m/3min400m/5min600m/8min dimensões do raio área de abrangência da intermodali- dade Intermodalidade
  38. 38. 1. botafogo alta capaci- dade média capaci- dade complementar 3. arcoverde 4. siqueira campos 6. cantagalo 2. gal osório 7. nossa senhora da paz 8. jardim de alá 5. bartolomeu mi- tre 9. gávea 10. rebouças 11. real grandeza 12. jardim botâni- co 13. urca linha 1 linha 1 linha 1 linha 1 linha 4 linha 4 linha 4 linha A 2 sentidos linha 2 linha 1 linha 4 linha 4 conectividade
  39. 39. 9 5 8 7 2 6 4 10 1 1311 12 3
  40. 40. Escala loccal o desenho do espaço público - novas formas de compartilhamento
  41. 41. Siqueira Campos
  42. 42. rua Siqeuira campospos rua figueiredo magalhãesavenida atlântica rua toneleros rua silva e cas- tro avenida nossa senhora de co- pacabana rua barata ri- beiro
  43. 43. Túnel Velho Rua Santa Clara Rua Figue- iredo Rua Sique- ira Campos Avenida Atlântica Avenida Nossa Senhora de Co- pacabana Rua Tonelero Rua Barata Ribeiro Túnel Novo BOTAFOGO LAGOA COPACABANA LEME POLO DE MOBILIDADE SIQUEIRA CAMPOS POLO DE MOBILIDADE LEME POLO DE MOBILIDADE CANTAGALO ponto de rede traçado Alta capacidade metro bonde bonde ônibus barca bike Alta capacidade Média capacidade Complementar Complementar Não motorizados
  44. 44. INTERMODALIDADE MULTIMODALIDADE ORGANIZAÇAO DAS ATIVIDADES VIDA PUBLICA HIERARQUIAS RELAÇAO ENTRE ESCALAS DE FLUXO 80KM/H50KM/H20KM/H ACESSIBILIDADE/ CARATER PUBLICO DAS RUAS 6 min Organização espacial das atividades: Organização espacial das atividades: Vida pública Inserção no desenho de espaço público proposto Inserção no desenho de espaço público atual Traçado atual do viário Traçado proposto do viário ORGANIZAÇAO DAS ATIVIDADES VIDA PUBLICA HIERARQUIAS RELAÇAO ENTRE ESCALAS DE FLUXO 80KM/H50KM/H20KM/H ACESSIBILIDADE/ CARATER PUBLICO DAS RUAS Compartilhamento da via Escala dos fluxos Setorização do espaço público Desenho do espaço público Sistema de mobilidade proposto Sistema de mobilidade atual CONECTIVIDADE INTERMODALIDADE MULTIMODALIDADE ORGANIZAÇAO DAS ATIVIDADES VIDA PUBLICA HIERARQUIAS RELAÇAO ENTRE ESCALAS DE FLUXO 80KM/H50KM/H20KM/H ACESSIBILIDADE/ CARATER PUBLICO DAS RUAS 6 min Conectividade Intermodalidade Multimodalidade Sistema de mobilidade
  45. 45. Situação atual Intervenções propostas A B Rua Figueiredo Magalhães Rua Figueiredo Ma- Indicação de corte Indicação de am- pliação X Mosca Pólo de Mobilidade Siqueira Campos Legenda mosca Pedestre Veículos não moto- rizados Legenda fotos: Destinação das faixas pro- Corte A - Figueiredo Maga- lhães Escala 1/200 Corte B -Figueiredo Maga- lhães Escala 1/200
  46. 46. biciletário/ estação de ângula da imagem Via com- partilhada RuaTonelero RuaFigueiredoMagalhães acesso ao metrô acesso ao metrô (elevador) ponto de ônibus estação de bonde linha Siquei- ra Campos- Real ciclovia automóveis de aluguel N Planta baixa “Praça do Metrô” Escala 1/500 plataforma do metro nível infor- mação/ bil- nível da manutenção da estru- tura exis- Rua Tonel- ero bici- cletário cobertura proposta IMAGEM - Imagem a partir da Rua Figueiredo Magalhães para a “praça do metrô”. A imagem sugere algumas qua- lidades espaciais. A cobertura apresentada na imagem é ilustrativa, referência do projeto do Jardim Botânico de Bogotá. IMAGEM - Corte paralelo à rua Figueiredo Magalhães.
  47. 47. Situação atual Intervenções propostas Rua Siqueira Campos D C Rua Siqueira Campos Indicação de corte Indicação de am- pliação Pedestre Veículos não moto- rizados X Mosca Pólo de Mobilidade Siqueira Campos Legenda mosca Legenda fotos: Destinação das faixas pro- postas Corte C - Siqueira Campos Escala 1/200 Corte D - Siqueira Campos Escala 1/200
  48. 48. IMAGEM - Proposta para Rua Siqueira Campos - via compartilhada. Planta baixa Siqueira Campos Escala 1/500 N estação de via compartilhada bonde
  49. 49. Situação atual Intervenções propostas Avenida Atlântica Avenida Atlântica Indicação de corte Indicação de am- pliação Pedestre Veículos não moto- rizados X Mosca Pólo de Mobilidade Siqueira Campos Legenda mosca Legenda fotos: Destinação das faixas pro- postas
  50. 50. Situação atual Intervenções propostas Avenida Nossa Senhora de Copacabana F Av. Nossa Senhora de Copacabana Indicação de corte Indicação de am- pliação Pedestre Veículos não moto- rizados X Mosca Pólo de Mobilidade Siqueira Campos Legenda mosca Legenda fotos: Destinação das faixas pro- postas
  51. 51. Situação atual Intervenções propostas Rua Barata Ribeiro G Rua Barata Ribeiro Indicação de corte Indicação de am- pliação Pedestre Veículos não moto- rizados X Mosca Pólo de Mobilidade Siqueira Campos Legenda mosca Legenda fotos: Destinação das faixas pro- postas Situação atual Corte G - Rua Barata Ribeiro Escala 1/200
  52. 52. Situação atual Intervenções propostas Rua Tonelero H Rua Toneleros Indicação de corte Indicação de am- pliação Pedestre Veículos não moto- rizados X Mosca Pólo de Mobilidade Siqueira Campos Legenda mosca Legenda fotos: Destinação das faixas pro- postas I Corte H - Rua To- nelero Corte I - Rua To- nelero

×