A MARÉ
140.000 HABITANTES
16 COMUNIDADES
32.000 DOMICÍLIOS
1940 - Morro do Timbau
1947 - Baixa do Sapateiro
1948 – ConJ. Marcílio Dias
1953 - Parque Maré
1955 - Parque Roquete Pinto...
Exposição Itinerante – Memórias da Maré
Percentual de visitantes por faixa etária
0 5 10 15 20 25 30
0-5 anos
6-11 anos
12-17 anos
18-24 anos
25-30 anos
31-40 ano...
Percentual de visitantes por comunidade
0,3
1,6
0,5
13,8
0,9
4,3
0,9
19,6
15
0,3 0,90,90,41,1
17,4
22,2
0
5
10
15
20
25
Ti...
Percentual de visitantes por procedência
60,2
0,7
8,3
1,3
1,2
0,4
0,9
1,8
1,65
1,1
6,6
0
10
20
30
40
50
60
70
da Maré
outr...
ALGUNS DEPOIMENTOS DE VISITANTES
• “Gostei muito. Foi como se eu tivesse voltado no tempo e visto
quanto éramos felizes ap...
ALGUNS DEPOIMENTOS DE VISITANTES
• “Gostei muito. Foi como se eu tivesse voltado no tempo e visto
quanto éramos felizes ap...
ALGUNS DEPOIMENTOS DE VISITANTES
• “Nossa! A arte em extremo bom gosto, o cotidiano, a trajetória e a
essência de famílias...
ALGUNS DEPOIMENTOS DE VISITANTES
• “Gostei muito. Foi como se eu tivesse voltado no tempo e visto
quanto éramos felizes ap...
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Apresentação - Museu da Maré
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação - Museu da Maré

334 visualizações

Publicada em

Apresentação de Antônio Vieira, um dos fundadores do Museu da Maré, feita no seminário "Baía de Guanabara: patrimônio metropolitano".

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
334
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
55
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação - Museu da Maré

  1. 1. A MARÉ 140.000 HABITANTES 16 COMUNIDADES 32.000 DOMICÍLIOS
  2. 2. 1940 - Morro do Timbau 1947 - Baixa do Sapateiro 1948 – ConJ. Marcílio Dias 1953 - Parque Maré 1955 - Parque Roquete Pinto 1961 - Parque Rubens Vaz 1961 - Parque União 1962 - Nova Holanda 1962 - Praia de Ramos 1982 – Conj. Esperança 1982 - Vila do João 1989 - Vila do Pinheiro 1989 – Conj. dos Pinheiros 1992 - Bento Ribeiro Dantas 1996 - Conjunto Nova Maré 2000 - Salsa e Merengue
  3. 3. Exposição Itinerante – Memórias da Maré
  4. 4. Percentual de visitantes por faixa etária 0 5 10 15 20 25 30 0-5 anos 6-11 anos 12-17 anos 18-24 anos 25-30 anos 31-40 anos 41-50 anos 51-60 anos 61-70 anos 71-80 anos 81-90 anos acima de 90 não declarado Série1
  5. 5. Percentual de visitantes por comunidade 0,3 1,6 0,5 13,8 0,9 4,3 0,9 19,6 15 0,3 0,90,90,41,1 17,4 22,2 0 5 10 15 20 25 Tim bau B aixa do Sapateiro M arcílio D ias Parque M aré R oquette Pinto R ubens Vaz Parque U nião Praia de Ram os N ova H olanda C onjunto Esperança Vila do João C onjunto Pinheiros Vila dos Pinheiros B ento R ibeiro Dantas N ova M aré N ovo Pinheiro
  6. 6. Percentual de visitantes por procedência 60,2 0,7 8,3 1,3 1,2 0,4 0,9 1,8 1,65 1,1 6,6 0 10 20 30 40 50 60 70 da Maré outras favelas Zona Norte Zona Sul Zona Oeste Centro Baixada Fluminense Niterói Estados Países Não declarados
  7. 7. ALGUNS DEPOIMENTOS DE VISITANTES • “Gostei muito. Foi como se eu tivesse voltado no tempo e visto quanto éramos felizes apesar da pobreza e miséria, mas podíamos brincar sem medo da violência, só das assombrações que imaginávamos ter. Saudades do meu pai que ajudou a fazer vários barracos desses. Cristina nascida e criada na Maré e com orgulho ter uma história para contar para filhos e netos.” • “Me transportei ao meu passado, quando era criança. Parabéns pelo belo trabalho. Procurando demonstrar a realidade vivida aqui por muitas famílias, me sinto orgulhoso de fazer parte desta história e de poder ajudar de alguma forma mudar esta realidade.”
  8. 8. ALGUNS DEPOIMENTOS DE VISITANTES • “Gostei muito. Foi como se eu tivesse voltado no tempo e visto quanto éramos felizes apesar da pobreza e miséria, mas podíamos brincar sem medo da violência, só das assombrações que imaginávamos ter. Saudades do meu pai que ajudou a fazer vários barracos desses. Cristina nascida e criada na Maré e com orgulho ter uma história para contar para filhos e netos.” • “Me transportei ao meu passado, quando era criança. Parabéns pelo belo trabalho. Procurando demonstrar a realidade vivida aqui por muitas famílias, me sinto orgulhoso de fazer parte desta história e de poder ajudar de alguma forma mudar esta realidade.”
  9. 9. ALGUNS DEPOIMENTOS DE VISITANTES • “Nossa! A arte em extremo bom gosto, o cotidiano, a trajetória e a essência de famílias, pessoas, contados através de fotos, objetos, imagens e figuras, que nos levam a um passado próximo e a um futuro de diversas visões.” Ludmila (24/11/2008) • “Gostei muito desta iniciativa. Já fui em alguns museus e nenhum deles retrata a vida de famílias, pessoas normais, gente como a gente. E, quando retratam isso acontece muito brevemente. É bom saber que existem pessoas preocupadas em criar um espaço cultural com o qual as pessoas se identificam de igual para igual. Um ambiente onde as pessoas podem ver sua própria história.” Luiza (25/9/2014) • “Meu nome é Jonathan. Moro na Vila do João e acho lindo o museu, pois é algo nosso. Então, temos que lutar por isso. Maré sempre juntos!” Jonathan (27/11/2014)
  10. 10. ALGUNS DEPOIMENTOS DE VISITANTES • “Gostei muito. Foi como se eu tivesse voltado no tempo e visto quanto éramos felizes apesar da pobreza e miséria, mas podíamos brincar sem medo da violência, só das assombrações que imaginávamos ter. Saudades do meu pai que ajudou a fazer vários barracos desses. Cristina nascida e criada na Maré e com orgulho ter uma história para contar para filhos e netos.” • “Me transportei ao meu passado, quando era criança. Parabéns pelo belo trabalho. Procurando demonstrar a realidade vivida aqui por muitas famílias, me sinto orgulhoso de fazer parte desta história e de poder ajudar de alguma forma mudar esta realidade.”

×