Weekly report inspiral_19a26fev11

1.208 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.208
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
685
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Weekly report inspiral_19a26fev11

  1. 1. BrasilDe 08 a 12 de novembro de 2010
  2. 2. Não é novidade que o consumidor está mais atraídoRe-consumo por marcas menores, produtos mais sustentáveis e que tenham pilares éticos e transparentes. É um novo status baseado mais em valores. A grande barreira sempre foi o preço. Afinal, quantas vezes nos deparamos com produtos politicamente corretos e mais caros que o normal? Pois a rede sueca H&M descobriu uma fórmula: a reciclagem de materiais de coleções anteriores. A chamada “Waste Collection” chegou às lojas em janeiro com peças feitas de retalhos de tecidos da recente parceria com a Lanvin. Outro movimento de reaproveitamento aconteceu também com a exclusivíssima Yves Saint-Laurent, que lançou sua terceira coleção denominada New Vintage, que reutiliza tecidos antigos pra criação de novas peças. Já que é difícil não consumir, que tal consumir conscientemente? Imagens ilustrativas
  3. 3. O simbolismo criado pelo autor George Orwell, noVoyeurMe clássico 1984, nunca foi tão marcante como acontece hoje: a vigilância da “teletela”. O olhar interativo e curioso focado nos televisores bidirecionais, as telas de equipamentos que utilizamos no cotidiano, percorrem toda a esfera digital, desde programas de localização à aplicativos para fotografarr como o Instagram, Tumblr e Instant Cam, que reascenderam a mania pela fotografia lúdica e cheia de possibilidades, além de formar uma rede social bastante ativa e criativa. Por falar em possibilidades, o Google Street View se transformou em um dos mais notórios exemplos. Após causar frisson na mídia e nas redes sociais com registros de flagras, digamos, curiosos, começa a ser usado pelas marcas para projetos mais interessantes. Foi o caso da Red Bull, que gerou uma nova ferramenta, a Red Bull Art View, que se apropriou do Google Street View ao salvar as imagens e localização de obras de arte executadas nas ruas do mundo e indicadas por seus usuários. É o mundo oferecendo um jeito novo de “dar aquela espiadinha”. Imagens ilustrativas
  4. 4. O sucesso e a influência cultural causadas peloFace your book Facebook vão muito além de inspirar diretores de cinema e estimular nosso espírito “voyeur”. A rede social tem se tornado objeto de estudos de naturezas diversas, desde comparações sobre o comportamento das regiões cerebrais com mais sinapses com os usuários mais ativos até estudos de cunho mais sociológicos. Num deles, realizado recentemente, o Facebook é a última linha a ser cruzada na relação entre pais e filhos. Cerca de 62% dos jovens entrevistados diziam ter os pais em sua lista de amigos, o que reforça o que já se sabe que os jovens da geração Y são mais ligados à família e curtem a companhia em programas com os pais. Outro estudo feito pela Universidade Edinburgh Napier, na Grâ-Bretanha, mostrou que o uso de redes sociais deixa os estudantes entrevistados mais ansiosos e estressados. Parte revela que pedidos de amizade não aceitos são causa de estresse e a maioria se sente pressionada a postar conteúdos interessantes o tempo todo. Questionados sobre porque não deixar a rede, a maioria respondeu que sentiria como se estivesse perdendo algo de interessante e por este mesmo motivo checam sua página em média a cada 15 minutos. “Like”, mas com moderação. Imagens ilustrativas
  5. 5. Funciona e é simples assim: um grupo de amigos seA força da união une para fazer coisas acontecerem para outras pessoas também curtirem. Dentro da levada de que não é mais necessário depender de grandes empresas para assistir a banda predileta ou dos pais para patrocinar aqulele projeto “da vida”, sites de crowdfunding já se espalharam lá fora e começam a chegar com toda força ao Brasil. Inspirados por exemplos como o do site Kickstarter, que já arrecadou 30 milhões de dólares em recursos para dar vida a mais de 380 mil projetos, sites como o Catarse, que acaba de ser lançado e o Movere.me, Motiva.me e Produrama.com.br que prometem juntar pessoas pra fazer seu sonho virar realidade. Mais uma realização de uma geração que, pela força da união, tem todas as chances de não deixar planos esperando para amanhã. Imagens ilustrativas
  6. 6. Que a natureza é um charme e que o homemJardins Inusitados precisa estar perto do verde não é mais novidade. Novidades são as novas formas encontradas para fazer isso acontecer. Em Estocolmo, jardins são encontrados em cima de ônibus. Na Califórnia, as linhas onduladas e o telhado vivo da Academia da Ciências da Califórnia se integram perfeitamente a paisagem do parque Golden Gate. Nas grandes cidades, muitas vezes sem o espaço para os tradicionais jardins, as soluções encontradas são as mais inusitadas. Paredes inteiras de jardins verticais, colares com plantinhas para purificar o seu próprio ar, bolsas e tênis com plantas e flores. Mas o que mais nos encantou foi uma intervenção da designer Kate Arends, que juntou seu amor pelo chás com as plantas e criou um lindo jardim na beira da janela com materiais reaproveitados que lembram pequenos sachês. E você? Quais são suas inspirações para deixar seu dia mais verde? Imagens ilustrativas

×