Avaliação de Negócio Digital

207 visualizações

Publicada em

Avaliação de um sistema de E-Commerce.

Mais informações em:
inspectormorbido.com

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
207
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Avaliação de Negócio Digital

  1. 1. Plataformas Digitais Proposta 1 – Avaliação de Negócio Digital Existente Ana Rita Machado Vilela Vaz – 38983 Evandro Machado Cunha – 41075 João Paulo Gonçalves Costa – 41114 Turma 1 Ramiro Gonçalves 15/04/2013
  2. 2. Para este relatório sobre comercio electrónico iremo-nos restringir a 2 locais Web escolhidos pelo grupo, sendo eles ambos ligados à área do comércio em geral de produtos. Em relação ao comércio electrónico nacional iremos desenvolver sobre a empresa portuguesa Continente, sendo que em relação ao comércio electrónico internacional, escolhemos a empresa Auchan, Iremos avaliar mesmo a plataforma Auchan.fr, já que a mesma existe em vários países, incluindo Portugal, mas para seguir o protocolo e ser internacional, iremo-nos restringir apenas ao comércio electrónico francês. Essencialmente a marca Auchan é uma empresa de distribuição comercial de inúmeros produtos. Esta marca está presente em vários países do mundo, sendo no total 12, distribuídos pelo Globo. Desde logo é notória uma particularidade. Esta empresa usa para cada país diferente, uma plataforma diferente de apresentação para comércio electrónico, e não se resigna a apenas alterar a língua. É também notório que em alguns países, a mesma muda de nome, como por exemplo em Portugal, onde surge sobe nome de Jumbo. Este ponto faz-nos perceber que a marca adapta-se ao local onde vai investir, levando-nos a pensar que a mesma, faz alguns breves estudos de mercados, população de forma a conseguir adaptar a sua venda à ocasião/população. Centremo-nos no local Web de comércio electrónico francês, desta mesma empresa. Aquando da entrada no local Web, deparamo-nos, com o mesmo, com relativa informação, embora esta esteja ordenada e com consequente boa organização, como a importância das informações, as mais relevantes em destaque, e as menos importantes com um aspecto mais baixo, seja em tipografia, seja em tamanho ou cor, todo o local Web no seu geral torna-se um pouco cheio até mesmo um pouco confuso, deixando um pouco, os espaços em branco, no esquecimento do programador do local Web. Deparamo-nos com uma página principal muito cheia, com pouco espaço em branco, o que torna por vezes a informação principal um pouco esquecida, mesmo que a mesma esteja com uma boa dinâmica.
  3. 3. Desde logo, e sendo que o nosso campo de visão aprecia da esquerda para a direita e ainda de cima para baixo, um dos pontos mais cruciais num local destes é o canto superior esquerdo, e é onde a informação mais importante começa a surgir. Neste surgimento obtemos informação relativa a um ponto importante, o de comércio electrónico propriamente dito, onde podemos perceber que existe um sistema de entrega de compras em casa dos clientes. Antes disso, bem colocado no topo da página, surge de um modo um pouco abstrato, as várias filiais que esta empresa tem e os seus consequentes redireccionamentos. Basicamente a página principal é constituída por um cabeçalho onde encontramos menus com a informação específica para os vários produtos. Existe um sistema de pesquisa e ainda o sistema integrado de compra e entrega de produtos por internet. O seu corpo central contêm essencialmente o ponto mais forte desta página, onde normalmente os utilizadores mais se centram e como tal é neste ponto que é apresentado todo o tipo de promoções entre outros aspectos importantes, sendo que o seu rodapé inferior, apenas contem informação relativa a contactos. No geral o local Web, tem na sua maioria um aspecto apetecível. Cores neutras, com informação sempre bem contrastante e bem legível. Em geral, toda a hierarquização da informação é bem clara e de fácil navegação. Os produtos são bem apresentados. Isto faz claramente com que o utilizador fique com intenções de pelo menos navegar por algum tempo nas páginas desta plataforma. É ainda importante referir que toda a plataforma contêm de inicio ao fim, a mesma estrutura, havendo assim um cuidado com a unanimidade. Isto leva a que os utilizadores com alguma facilidade naveguem no site e com relativa facilidade aprendam e não se percam. Na sua estrutura, a plataforma para o comercio electrónico, baseia-se em dois pontos específicos que estão sempre em conjunto. A apresentação dos produtos e as suas informações e a possível consequente compra dos mesmo, adicionando a um carrinho de compras. Na apresentação dos produtos, estes são divididos por secções, facilitando a procura dos mesmos. Existe ainda como referido antes um sistema de pesquisa que de forma mais fácil e direta encontramos os produtos que queremos. Em relação a cada categoria de produtos, os mesmos podem ser ordenados por preços, marcas entre outros aspectos, e ainda com a possibilidade de organizar as páginas com mais ou menos informação. Dentro de cada produtos, podemos obter mais informações relativas aos mesmo e ainda com uma funcionalidade de ver em mais pormenor o produto que queremos comprar, através de uma lupa. Existe ainda mais categorias
  4. 4. associadas a cada produto como as secções de garantias, tipos de descontos, contactos para a marca. A importância para o utilizador se saber sempre onde esta, e se necessário voltar ao ponto anterior é um aspecto principal nestes locais, e o mesmo acontece. O utilizador sabe sempre onde se encontra, e em cada ponto, e se necessitar de voltar atrás não precisa de ir á página principal e começar tudo de novo. Adicionar ao carrinho de compras torna-se sempre fácil. Em cada produto é apresentado, num local muito direto e atrativo nas suas cores, com a informação de stock, possíveis descontos e um botão expressivo e bem visível onde podemos adicionar. Possibilidade de adicionar mais de um item diretamente. Aquando do adicionamento, surge-nos em primeiro plano, uma janela, sendo que todo o resto fica em modo ilegível, centrando a informação apenas nessa janela. Importante referir que no momento em que ultrapassamos mais de um certo valor em compras, ficamos impossibilitados de continuar a comprar ou adicionar compras. Comprar online torna-se simples. Um ponto notório é que no primeiro momento em que partimos para o local de compras online, o aspecto da plataforma muda e ajusta-se com um aspecto mais rigoroso. Não há qualquer tipo de publicidade, apenas informação necessária que queremos ler. O aspecto une-se basicamente à plataforma de todo o local Web da marca Auchan, mas de um modo mais simplicista e rigoroso. Isto evidência e traduz ao utilizador uma maior segurança e uma unanimidade. Sabemos facilmente que entramos num local mais especifico e importante, mas que não mudamos de plataforma. Todo o tipo de conteúdo existente neste local Web é na sua maioria bem apresentado e trabalhado. Como um bom serviço de venda de produtos alimentares, bens essenciais, roupa entre muitos outros, deve sempre existe uma boa qualidade de apresentação. A mesma ficou descrita em cima na parte referente ao design, mas o seu conteúdo mais uma vez deve ser trabalhado e bem apresentado. Este ponto é importante porque dá aos olhos do utilizador uma boa noção do produto, um bom aspecto e possivelmente uma compra. Um ponto que deve ser referido cá é a possibilidade de comentário aos produtos por parte do utilizador. Para terminar, ainda devemos referir que o conteúdo (imagens dos produtos) tem aparência de ser próprio, trabalhado e pago pela marca, e não ser apenas conteúdo vindo de outras plataformas já desenvolvido.
  5. 5. A marca Continente foi desenvolvida em 1985, sendo a primeira cadeia de supermercados a existir em Portugal. Atualmente conta com algumas dezenas, sendo que contêm supermercados e também hipermercados em todo o país. Em relação à forma como nos é apresentada a plataforma online, esta tem um rigor mais suave. Em conjunto de cores com a sua marca de identidade, o local Web foi desenvolvido/transformado, basicamente a partir da marca (logótipo). As cores suaves tornam a informação importante e sempre muito perceptível. Conseguimos ler e ver o que queremos de forma muito rápida. Existe uma paleta de cores mais básica dando ao mesmo uniformidade em todas as suas páginas. A hierarquia da informação também é bem visível sendo que em dois pontos. A menos, menos importante é sempre do mesmo tamanho e legibilidade e a maior, mais importante e mais legível. Não existe o termo intermédio neste local. Isto faz com que tenhamos de ver ou não ver o que queremos, sendo que o que não vemos está lá. No geral as páginas são menos densas, mais equilibradas em relação as cores e ao apresentado. Informação com espaço para respirar e com cuidados de apresentação e dinamismo. Na sua estrutura a plataforma é bem apresentável e mais uma vez com dois pontos sempre presentes. A apresentação de produtos e a sua compra. Quanto à apresentação, esta, mais uma vez segue o rumo da mesma linha de design da marca de identidade da empresa. Ícones expressivos onde devem o ser, para mais relevância. Tem uma boa capacidade de atrair o utilizador para o principal e para o eficaz. Existe a possibilidade de ver imagens ao pormenor e são-nos apresentados em cada produto, outros produtos secundários com algumas valências em relação ao que estamos a visualizar. Encontramos ainda o sistema que permite ao utilizador regressar ao ponto anterior sem ter de efetuar todo o percurso novamente. E ainda um menu lateral onde mais facilmente pode ainda, por secções, ir ao encontro do que quer. Importante também a parte da pesquisar que basicamente seleciona produtos não pelo nome, mas sim pelas letras. Exemplo: la -> Gelado, ... Este sistema pode ser útil para quando não se sabe muito bem o nome do produto ou não se sabe escrever, mas por outro lado torna-se questionável quando surge o resultado, já que surgem todos os produtos que contêm o que escrevemos.
  6. 6. Na sua estrutura é ainda, por vezes, visível alguma publicidade em modo pop-up, facilmente eliminável. Esta publicidade é relacionada a produtos da empresa. Modo de compras online. Nesta plataforma de referir um ponto importante. Não podemos realizar qualquer tipo de adição ao carinho, se não estivermos registados no local ou se não tínhamos entrado no mesmo. Ao contrário do local avaliado em cima (Auchan), o mesmo não acontecia, já que nesse, podíamos adicionar compras e só na hora do pagamento devíamos entrar na plataforma ou efetuar o registo. Passando à parte do pagamento em si, na sua estrutura a linha de comunicação não muda, levando mais uma vez ao utilizador a perceber que se encontra na mesma plataforma e que não, por momentos, mudou de local. A simplicidade com que o mesmo se pode efetuar dá ao utilizador uma certa segurança e profissionalismo. Conteúdo online desta plataforma é idêntica à avaliada em cima (Auchan). Os seus conteúdos passam pela distribuição de produtos de vários tipos e interesses. Como tal, mais uma vez a sua apresentação deve ser cuidada e de fácil visualização, dando aos olhos do utilizador uma agradável leitura e visualização. Todos os produtos são acompanhados de sinalização específica e perceptível, como, produto português, produto biológico, sendo que esta tabela pode ser consultada para mais informações, apenas clicando no ícone. No seguimento deste relatório apresentaremos então algumas propostas / iniciativas que poderão melhorar o serviço de comercio electrónico. Restringido-nos, apenas à situação do comercio electrónico desenvolvido pela empresa Continente, iremos então, com alguma criatividade à mistura, propor iniciativas para melhorar o mesmo. Uma dessas propostas será a inclusão de um sistema que permita ao utilizador comprar online e após isso apenas dirigir-se ao local e receber de imediato as suas compras. Um dos problemas desta marca em relação ao comercio electrónico, surge quando fazemos compras abaixo de um determinado valor, as mesmas para serem recebidas em casa, vem com um acréscimo do regime de transporte. Como tal esta solução propõe que façamos as compras online e por exemplo se residirmos perto da plataforma física, apenas teríamos de viajar até lá e levantar de imediato as compras, que já estariam prontas a serem entregues. Poupava-nos assim tempo e algumas horas de tempo “perdido” em busca dos produtos.
  7. 7. Outro aspecto que suscita algum interesse será desenvolver métodos de pagamento automático através da nossa própria conta privada. Tal como acontece atualmente com a faturação da conta da água e da eletricidade entre outros, o utilizador, apenas consumime, sem basicamente se preocupar em cumprir prazos de pagamento, já que estes, através de debito direto sãonos automaticamente retirados da conta. Esse método podia ser empregue no momento do levantamento das compras, em que o funcionário apenas tinha de registar o levantamento do pedido efectuado online, e posteriormente o sistema de débito direto efetuava o mesmo. Este ponto é ainda possível de ser empregue no sistema de compras entregues em casa, facilitando assim ao cliente que muitas vezes não tem dinheiro físico pronto para pagar. Mas com o sistema de comercio online, podemos ir mais além e desenvolver propostas mais específicas no controlo, por exemplo, dos produtos desta empresa. Desenvolver um método que nos permite saber ao pormenor se existe stock de produtos ou não. Um sistema integrado nos carrinhos de compras ou mesmo nas prateleiras onde se encontra o produto, que faria com que, cada vez que o produto fosse levantado da mesma, o sistema interno da superfície física, reordenasse o stock apresentado online. Isto faria com que o utilizador não caísse no erro de quando fosse efetuar a compra, esse produto já não existisse. Para terminar o relatório, apresentamos um sistema que ajudaria nesta empresa e deixaria o utilizador mais satisfeito. Desenvolver um sistema em que o utilizador efetuasse as suas compras na superfície física, mas não tivesse de se preocupar com os pagamento. Para isso bastaria desenvolver um sistema de leitor de cartões com informações pessoais, que seria introduzido nos carrinhos de compras. No final o utilizador apenas teria de sair pacificamente da superfície, e esperar pela sua fatura em casa, enquanto o sistema de débito direto mais uma vez efetuava o pagamento.

×