Extincao de especies

1.399 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.399
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
49
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Extincao de especies

  1. 1. Grandes problemas ambientais: Extinção de espécies Trabalho realizado por: Inês Albano n·8 Rita Pacheco n·18
  2. 2. Índice • O que é? • Causas – – Introduzidas pelo Homem Causas Naturais Consequências • Espécies Ameaçadas • Espécies Protegidas • Parques Naturais • Medidas para acabar ou pelo menos amenizar o problema • Evolução da situação nos últimos anos •
  3. 3. O que é? • Extinção em biologia e ecologia é o total desaparecimento de espécies, subespécies ou grupos de espécies. O momento da extinção é geralmente considerado sendo a morte do último indivíduo da espécie.
  4. 4. Causas: • As causas das extinções sempre podem ser estudadas por meio da evidência fóssil. A partir dos fósseis, obtêm-se informações sobre organismos que viveram em tempos muito distantes dos atuais, nos levando a entender um pouco mais da diversidade da vida no passado.
  5. 5. Induzidas pelo Homem: • Sobre exploração de animais para Lucro, coleções (…); • Caça; • Introdução de espécies num novo meio; • Destruição de Habitats e Ecossistemas (Desflorestação); • Poluição; • Desenvolvimento de urbanizações, agricultura e minério; • Efeitos devastadores em ilhas; • Excesso da população humana; • Desertificação.
  6. 6. Causas Naturais • Sismos; • Vulcões; • Alterações Climatéricas; • Descida ou subida do nível do mar; • Aumento ou decréscimo da salinidade do mar; • Queda de um corpo astral; • Desenvolvimento de um vírus ou micróbio nocivo para espécies.
  7. 7. Consequências Uma das consequências da extinção das espécies é o desequilíbrio das cadeias alimentares. Com a redução do número de animais carnívoros, por exemplo, há proliferação de herbívoros, o que pode aniquilar alguns tipos de vegetal.
  8. 8. Espécies ameaçadas Entre os animais em risco no planeta estão o elefante africano, o cervo da Tailândia, o panda gigante da China, o cavalo selvagem da Europa Central, o bisão (boi selvagem) da França, e a baleia-azul. Também correm risco espécies vegetais como as orquídeas de Chiapas, no México, e algumas bromélias do continente americano e da África.
  9. 9. Espécies Protegidas Espécies cujo o número de individuo é muito reduzido estando em perigo de desaparecer.
  10. 10. Parques Naturais Parque Natural é uma área que se caracteriza por conter paisagens naturais, seminaturais e humanizadas, de interesse nacional, sendo exemplo de integração harmoniosa da actividade humana e da Natureza e que apresenta amostras de um bioma ou região natural.
  11. 11. Medidas para acabar ou pelo menos amenizar o problema • Publicar leis que proíbam a caça de espécies raras • Impedir a utilização dos animais selvagens na investigação médica (ex: macacos) • • Criar animais em via de extinção em jardim zoológico, parques de animais selvagens, cativeiro... • Impedir que alguns animais sejam tirados do seu habitat para serem vendidos como animais de estimação.
  12. 12. Evolução da situação nos últimos anos O número de espécies existentes na Terra é estimado em 13-14 milhões. Estima-se que cerca de 300.000 foram extintos nos últimos 50 anos.

×