TIC – Conceitos Introdutórios Escola Secundária de Pinhal Novo            2012/2013        André Carreira nº 2        Tere...
Escola Secundária                                                                                                 2012/201...
Escola Secundária                                                         2012/2013de Pinhal NovoIntroduçãoEste trabalho é...
Escola Secundária                                                              2012/2013de Pinhal Novo1.Informação e Infor...
Escola Secundária                                                               2012/2013de Pinhal NovoObjetivos das tecno...
Escola Secundária                                                              2012/2013de Pinhal NovoA Diferença entre Da...
Escola Secundária                                                                           2012/2013de Pinhal NovoInforma...
Escola Secundária                                                    2012/2013de Pinhal Novo2. Estrutura e Funcionamento d...
Escola Secundária                                                              2012/2013de Pinhal NovoEstrutura de um Comp...
Escola Secundária                                                                2012/2013de Pinhal NovoMotherboardPlaca-m...
Escola Secundária                                                               2012/2013de Pinhal NovoCPU- Unidade Centra...
Escola Secundária                                                               2012/2013de Pinhal NovoMemóriasPrimária:Me...
Escola Secundária                                                                   2012/2013de Pinhal NovoPeriféricos de ...
Escola Secundária                                                                    2012/2013de Pinhal Novo              ...
Escola Secundária                                                                  2012/2013de Pinhal NovoMonitor –Princip...
Escola Secundária                                                                   2012/2013de Pinhal NovoPeriféricos de ...
Escola Secundária                                                         2012/2013de Pinhal NovoSitegrafia      http://ww...
Escola Secundária                                                           2012/2013de Pinhal NovoConclusãoCom este traba...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

André e Tereza - 8D - 2012-13

503 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

André e Tereza - 8D - 2012-13

  1. 1. TIC – Conceitos Introdutórios Escola Secundária de Pinhal Novo 2012/2013 André Carreira nº 2 Tereza Kozak nº 27 8º Ano – Turma D
  2. 2. Escola Secundária 2012/2013de Pinhal Novo ÍndiceConteúdoIntrodução..................................................................................................................... 31.Informação e Informática ........................................................................................... 4 Objetivos das tecnologias de Informação e Comunicação........................................ 5 A Diferença entre Dados e Informação..................................................................... 6 Informação Digital e Unidades de Medida ................................................................ 72. Estrutura e Funcionamento de um Sistema Informático ............................................ 8 Estrutura de um Computador ................................................................................... 9 Motherboard ........................................................................................................... 10 CPU- Unidade Central de Processamento ............................................................. 11 Memórias ............................................................................................................... 12 Periféricos de Entrada, Saída e Entrada/Saída ...................................................... 13Sitegrafia .................................................................................................................... 17Conclusão................................................................................................................... 18Pág. 2 T.I.C. – Conceitos Introdutórios
  3. 3. Escola Secundária 2012/2013de Pinhal NovoIntroduçãoEste trabalho é sobre T.I.C., nele vamos explicar muitas coisas sobre tecnologias ecomunicações, tal como “ O que é a informática”, como é a ”Estrutura de umcomputador”, “Motherboard” e etc. Com o trabalho pretendemos descobrir mais sobretecnologias ficar a perceber algumas coisas que não sabíamos e inseri-las nestetrabalho. Esperamos que gostem e aprendam ou descubram coisas que não sabiamacerca do computador.Pág. 3 T.I.C. – Conceitos Introdutórios
  4. 4. Escola Secundária 2012/2013de Pinhal Novo1.Informação e InformáticaO que é a informática? Informática é o termo usado para se descrever o conjunto das ciências da informação, estando incluídas neste grupo: a ciência da computação, a teoria da informação, o processo de cálculo, a análise numérica e os métodos teóricos da representação dos conhecimentos e de modelagem dos problemas. O termo informática, sendo dicionarizado com o mesmo significado amplo nos dois lados doAtlântico, assume em Portugal o sentido sinônimo de ciência da computação.O estudo dainformação começou na matemática quando pessoas como Alan Turing, Kurt Gödel e AlonzoChurch, começaram a estudar que tipos de problemas poderiam ser resolvidos, oucomputados, por elementos humanos que seguissem uma série de instruções simples deforma, independente do tempo requerido para isso. A motivação por trás destas pesquisas erao avanço durante a revolução industrial e da promessa que máquinas poderiam futuramenteconseguir resolver os mesmos problemas de forma mais rápida e mais eficaz. Do mesmo jeitoque as indústrias manuseiam matéria-prima para transformá-la em um produto final, osalgoritmos foram desenhados para que um dia uma máquina pudesse tratar informações.Assimnasceu a informática!Pág. 4 T.I.C. – Conceitos Introdutórios
  5. 5. Escola Secundária 2012/2013de Pinhal NovoObjetivos das tecnologias de Informação e ComunicaçãoPretende-se que seja uma disciplina essencialmente prática e experimental, orientada para aformação de utilizadores competentes nas novas tecnologias.Para atingir esta meta, o ensino de TIC deverá ser feito em articulação e interação com asdemais disciplinas, para que os alunos sejam confrontados com a utilização das aplicaçõesinformáticas mais comuns em contextos concretos e significativos. A disciplina de TIC tem umcaráter predominantemente prático e experimental. Torna-se, por isso, necessário implementarmetodologias e atividades que incidam sobre a aplicação prática e contextualizada dosconteúdos, a experimentação, a pesquisa e a resolução de problemas. Neste sentido, as aulasdeverão privilegiar a participação dos alunos em projetos, na resolução de problemas e deexercícios que simulem a realidade das empresas e instituições ou que abordem temas deoutras áreas disciplinares.Pág. 5 T.I.C. – Conceitos Introdutórios
  6. 6. Escola Secundária 2012/2013de Pinhal NovoA Diferença entre Dados e InformaçãoDadosDados são códigos que constituem a matéria-prima da informação, ou seja, é a informaçãonão tratada. Os dados representam um ou mais significados que isoladamente não podemtransmitir uma mensagem ou representar algum conhecimento.Em uma pesquisa eleitoral porexemplo, são coletados dados, isto é, cada participante da pesquisa fornece suas opiniões eescolhas sobre determinados candidatos, mas essas opiniões não significa muita coisa noâmbito da eleição. Só depois de ser integrada com as demais opiniões é que teremos algosignificativo.InformaçãoInformação são dados tratados. O resultado do processamento de dados são as informações.As informações têm significado, podem ser tomadas decisões ou fazer afirmaçõesconsiderando as informações.No exemplo da pesquisa eleitoral, os pesquisadores retêm dados dos entrevistados, masquando inseridos no sistemas e processados produzem informações.Pág. 6 T.I.C. – Conceitos Introdutórios
  7. 7. Escola Secundária 2012/2013de Pinhal NovoInformação Digital e Unidades de MedidaNão é possível medir a quantidade de informação armazenada por um computador utilizandoas unidades de medida convencionais. Para esta finalidade, foram criadas unidades demedidas específicas:Bit - BInary BigiT, é a menor unidade de medida. O computador não interpreta os caracteresconforme nós interpretamos, para ele existe apenas duas situações possíveis, SIM ou NÃO;CERTO ou ERRADO; 0 (zero) ou 1 (um). Ele só entende a presença de pulso elétrico, 1 (um) ea falta dele 0 (zero).Byte - é o conjunto de 8 Bits que combinados formam 1 (um) caractere (uma letra, um número,um símbolo, um acento, etc). Ex: 00000011 = 3. Portanto a palavra “São Paulo” é formada por9 bytes, contando o espaço em branco. Como as unidades de medida de informação sãobaseadas em bits, todo cálculo é baseado no resultado de um cálculo exponencial, no caso doByte é 2³ = 8. Unidades de Medida Kilobyte É o conjunto de 1.024 Byte = 1.024 caracteres. Megabyte É o conjunto de 1.024 Kilobyte = 1.048.576 caracteres. Gigabyte É o conjunto de 1.024 Megabyte = 1.073.741.824 caracteres. Terabyte É o conjunto de 1.024 Gigabyte = 1.099.511.627.776 caracteres. Petabyte É o conjunto de 1.024 Terabyte = 1.125.899.906.842.624 caracteres. Exabyte É o conjunto de 1.024 Petabyte = 1.152.921.504.606.846.976 caracteres. Zetabyte É o conjunto de 1.024 Exabyte = 1.180.591.620.717.411.303.424 caracteres. Yotabyte É o conjunto de 1.024 Zetabyte = 1.208.925.819.614.629.174.706.176 caracteres.Pág. 7 T.I.C. – Conceitos Introdutórios
  8. 8. Escola Secundária 2012/2013de Pinhal Novo2. Estrutura e Funcionamento de um Sistema InformáticoHardware/SoftwareHardware Hardwareé a parte física do computador, composta por circuitos, cabos e placas.Software O Software é uma aplicação, um programa do computador, que permite executar uma determinada tarefa.Pág. 8 T.I.C. – Conceitos Introdutórios
  9. 9. Escola Secundária 2012/2013de Pinhal NovoEstrutura de um ComputadorO computador é um instrumentofundamental nos nossos dias e quetem evoluído rapidamente nos últimosanos. Para que um computadorfuncione, de um modo muito geral,este deve permitir entrada deinformação, processamento deinformação e saída de informaçãoprocessada.O modelo geral de um sistemainformático, tal como hoje ainda oentendem, foi definido pelo cientistaVon Neumann.Segundo o modelo de Von Neumann, a parte central de um sistema informático é constituídapor uma Unidade de Processamento Central e uma Memoria Principal. Esta parte central é onúcleo do sistema e esta em interação com o exterior através de dispositivos ou periféricospermitem enviar comandos, instruções (programas) e dados para os componentes centrais,Memoria ou Unidade de Processamento. Esta ultima recebe instruções e dados ou da memóriaou de dispositivos de input. Na Unidade de Processamento existe uma Unidade de Controloresponsável pela sequência de processamento e uma Unidade Arimética e Logica que realizaas operações de cálculos aritméticos e Lógicos. Os resultados dessas operações deprocessamento podem ser enviados diretamente para um dispositivo de saída ou passaremtemporariamente pela Memoria Central.Pág. 9 T.I.C. – Conceitos Introdutórios
  10. 10. Escola Secundária 2012/2013de Pinhal NovoMotherboardPlaca-mãe, também denominada mainboard ou motherboard, é uma placa de circuito impressoeletrónico. É considerado o elemento mais importante de um computador, pois tem comofunção permitir que o processador se comunique com todos os periféricos instalados. Na placa-mãe encontramos não só o processador, mas também a memória RAM, os circuitos de apoio,as placas controladoras, os conectores do barramento PCI e os chipset, que são os principaiscircuitos integrados da placa-mãe e são responsáveis pelas comunicações entre o processadore os demais componentes.Pág. 10 T.I.C. – Conceitos Introdutórios
  11. 11. Escola Secundária 2012/2013de Pinhal NovoCPU- Unidade Central de ProcessamentoA CPU (Central Processing Unit, ou Unidade Central de Processamento), é a parte de umcomputador que interpreta e leva as instruções contidas no software. Na maioria das CPUs,essa tarefa é dividida entre uma unidade de controlo que dirige o fluxo do programa e uma oumais unidades de execução que executam operações em dados.O termo CPU é frequentemente usado de forma pouco precisa para incluir outras partesimportantes de um computador, tais como caches e controladores de entrada/saída,especialmente quando aquelas funções estão no mesmo chip microprocessador da CPU.Pág. 11 T.I.C. – Conceitos Introdutórios
  12. 12. Escola Secundária 2012/2013de Pinhal NovoMemóriasPrimária:Memória primária também é chamada de memória real, trata-se dos tipos de memória que oprocessador pode endereçar diretamente, sem as quais o computador não pode funcionar.Estas fornecem geralmente uma ponte para as secundárias, mas a sua função principal é a deconter a informação necessária para o processador num determinado momento; estainformação pode ser, por exemplo, os programas em execução. Nesta categoria insere-se amemória RAM (volátil), memória ROM (não volátil), registradores e memórias cache.Secundária:Memória secundária é do tipo que não pode ser endereçada diretamente pela CPU, os dadosprecisa ser carregados na memória principal antes de eles serem tratados pelo processador.Não são estritamente necessárias para a operação do computador. São geralmente não-voláteis, permitindo guardar os dados permanentemente. Incluem-se, nesta categoria, osdiscos rígidos, CDs, DVDs e disquetes.Pág. 12 T.I.C. – Conceitos Introdutórios
  13. 13. Escola Secundária 2012/2013de Pinhal NovoPeriféricos de entrada, saída e entrada/saídaPeriféricos de entrada:Teclado:periférico que permite o usuário inserir dados através de diversas teclas, inclusivecom combinações.Mouse:periférico que permite o usuário posicionar uma seta (apontador) através da interfacegráfica dos aplicativos. O mouse possui 2 botões padrões, o esquerdo e o direito.Botão esquerdo tem a função de selecionar com um clique e executar com 2 cliques.Botão direito tem a função auxiliar e na maioria dos aplicativos aciona um menu contextual deatalhos e comandos.Há diversos tipos de modelos, como:Touchpad: Trackball;Óptico:Pág. 13 T.I.C. – Conceitos Introdutórios
  14. 14. Escola Secundária 2012/2013de Pinhal Novo Webcam:Periférico de entrada que captura imagens estáticas e em movimento. Utilizada para vídeo- conferências. Scanner:Periférico de entrada, também conhecido como digitalizador de imagens. Captura imagens impressas (foto, livros, documentos) através da decodificação de reflexos gerados por impulsos luminosos. Pode ser de mão ou de mesa. Usado em conjunto com um software de OCR (Optical Character Recognition) reconhecimento ótico de caracteres, pode transformar textos impressos em arquivos editáveis.Periféricos de saídaSão todos os dispositivos de saída conectados externamente à placa-mãe do computador Monitor Impressora ColunasPág. 14 T.I.C. – Conceitos Introdutórios
  15. 15. Escola Secundária 2012/2013de Pinhal NovoMonitor –Principal periférico de saída, exibe ao usuário as principais informações do sistema.Os principais tipos são: LCD, CRT, Plasma, OLED.Normalmente operam em frequências entre 60HZ e 80HZ.Resolução de tela: A resolução é dada pelo número de linhas horizontais por linhas verticais. Oencontro dessas linhas forma pontos chamados de pixels, que são a menor unidade visual. Asconfigurações mais comuns são 800×600, 1024×768, 1280×1024 – para o formato padrão 4:3(proporção) e 1280×800 e 1440×900 para formato widescreen, 16:9 (proporção). O tamanho deuma tela é dado pelo diâmetro em polegadas, exemplo: 15″, 17″, 19″, 22″, etc.Pág. 15 T.I.C. – Conceitos Introdutórios
  16. 16. Escola Secundária 2012/2013de Pinhal NovoPeriféricos de Entrada e SaídaSão dispositivos capazes de fornecer dados ao sistema e ao utilitário no mesmo hardware.Principais exemplos: Monitor TouchScreen Joystick (controlos de jogos) Modem PendriveModem –Hardware que pode ser instalado no interior do gabinete ou externamente (logo,torna-se um periférico). Seu nome vem de Modulador e Demodulador de sinais, ou seja,transforma tipos de sinais para o tráfego de dados. Um modem ADSL (de internet de altavelocidade) é capaz de demodular o sinal analógico do telefone e modular o sinal digital docomputador, para troca de dados através do cabo do telefone.Principais exemplos:fax-modem, ADSL modem, cable modem e Wifi modem.Pág. 16 T.I.C. – Conceitos Introdutórios
  17. 17. Escola Secundária 2012/2013de Pinhal NovoSitegrafia http://www.juliomoraes.com/pt/2008/07/perifericos-de-entrada-saida-e-entrada- e-saida/ http://informaticadeconcursos.blogspot.pt/2010/02/o-que-e-memoria-primaria- principal-e.html http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20061025082433AAQkjIq http://www.g-sat.net/informatica-2138/estrutura-e-funcionamento-de-um- computador-243208.html http://www.notapositiva.com/trab_estudantes/trab_estudantes/tic/7softhard.htm http://www.computerdicas.com.br/2008/03/unidade-de-medida-de- informao.html http://www.luis.blog.br/qual-a-diferenca-entre-dados-informacao-e- conhecimento.aspx http://www.infoescola.com/informatica/tecnologia-da-informacao-e- comunicacao/Pág. 17 T.I.C. – Conceitos Introdutórios
  18. 18. Escola Secundária 2012/2013de Pinhal NovoConclusãoCom este trabalho aprendemos muita coisa e gostamos muito de o ter feito.Esperamos que tenham gostado e aprendido tanto como nós.Pág. 18 T.I.C. – Conceitos Introdutórios

×