O Furacão Katrina foi um grande furacão, que

    aconteceu á um ano, uma tempestade tropical que
    alcançou a categori...
Como consequência da tempestade, muitos problemas

    apareceram. Alguns dos diques que protegiam Nova Orleães não
    c...
O terramoto do Índico de 2004 disparou uma seqüência de tsunamis fatais em 26 de
   
       Dezembro de 2004, com vítimas...
O que é o Ozono?

    O ozono é um gás azulado da família do oxigénio

    que se encontra na estratosfera. Este forma-s...
Um dia, um grupo de cientistas que estudavam a

    Antárctida, descobriram um buraco na camada do
    ozono, e ficaram s...
Os principais responsáveis pela destruição da camada do

    ozono são dois gases - os clorofluorcarbonetos (CFC's) e o
 ...
Existem várias ideias mas até agora quase nada se tem

    feito. A desflorestação é um problema que pode ser
    solucci...
O efeito de estufa é um processo que ocorre quando

    uma parte da radiação solar refletida pela superfície
    terrest...
Poluente                      Principal Fonte
Monóxido de Carbono (CO)    Escape dos veículos motorizados;
               ...
Poluentes                         Prinpais Fontes
                                    Escape dos veículos motorizados;
  Ó...
1- Calor do sol que entra na atmosfera terrestre
2- Algum do calor do sol é absorvido pelos gases causadores do efeito est...
O aquecimento global no Ártico está a afectar milhões de pessoas e

    pode vir a provocar a extinção, em 2100, de vária...
As temperaturas naquela região(Ártico) são a prova

    de que o panorama não está a melhorar.

    As temperaturas estão...
Dado este cenário, os cientistas são peremptórios ao afirmar

    que algumas espécies animais, como os ursos polares, nã...
O relatório revela ainda o aquecimento global nos

    pólos está a afectar 4 milhões de pessoas.

    O degelo está já a...
As geleiras do Himalaia, que representam a

    maior concentração de gelo no planeta
    depois do Ártico, estão retrain...
quot;O rápido derretimento das geleiras do Himalaia

    inicialmente levaria a um aumento no volume de água
    dos rios...
Menos água acarretaria em dificuldades para

    hidrelétricas funcionarem, causando problemas
    na agricultura e na in...
Uma outra pesquisa realizada pelo WWF mostrou

    que as mudanças climáticas podem atingir
    quot;níveis perigososquot...
Inês Gonçalves

        Nº13
         8ºB
MudançA Global
MudançA Global
MudançA Global
MudançA Global
MudançA Global
MudançA Global
MudançA Global
MudançA Global
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

MudançA Global

3.944 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

MudançA Global

  1. 1. O Furacão Katrina foi um grande furacão, que  aconteceu á um ano, uma tempestade tropical que alcançou a categoria 5 da Escala de Furacões de Saffir-Simpson (regredindo a 4 antes de chegar a costa sudeste dos Estados Unidos da América). Os ventos do furacão alcançaram mais de 280  quilômetros por hora, e causaram grandes prejuízos na região litorânea do sul dos Estados Unidos, especialmente em torno da região metropolitana de Nova Orleães, em 29 de agosto de 2005 onde mais de um milhão de pessoas foram evacuadas. Foi a 11ª tempestade de 2005 a receber nome, sendo o quarto entre os furacões.
  2. 2. Como consequência da tempestade, muitos problemas  apareceram. Alguns dos diques que protegiam Nova Orleães não conseguiram conter as águas do Lago Pontchartrain, que afluiu município adentro. Cerca de 200 mil casas ficaram debaixo d'água em Nova Orleans. O furacão causou grandes estragos; entre eles, danos no sistema  de abastecimento sanitário e de esgoto de Nova Orleães. Isto fez com que muitos só pudessem retornar no verão de 2006. A área federal de desastre foi colocada sob o controle da FEMA e  a Guarda Nacional. A interrupção de suprimento de petróleo, importações e  exportações causada pela tempestade tiveram conseqüências para a economia global. By: Correio da Manhã 23 de Agosto de 2006
  3. 3. O terramoto do Índico de 2004 disparou uma seqüência de tsunamis fatais em 26 de  Dezembro de 2004, com vítimas fatais relatadas em mais de 285.000. Após a tragédia, várias organizações de ajuda humanitária e governos de vários países disponibilizaram ajuda. A maior doação particular foi feita pela guru indiana Mata Amritanandamayi, também conhecida como quot;Ammaquot;, a grande mãe. Data Magnitude Alt. Máx. Mortes Local 26 de Dezembro de 2005 9.0 50m +/- 220 000 Oceano Índico 27 Dezembro 2005 By: Correio da Manhã
  4. 4. O que é o Ozono?  O ozono é um gás azulado da família do oxigénio  que se encontra na estratosfera. Este forma-se a partir da separação das moléculas do oxigénio por acção da radiação solar.  O ozono tem maior concentração na estratosfera, (ozono estratosférico), a cerca de 25km de altitude,formando uma camada designada por camada de ozono. O ozono protege-nos filtrando da radiação solar  parte dos raios ultravioletas perigosos para os seres vivos. Existe também ozono na troposfera, (ozono  troposférico),que ao contrário da camada de ozono estratosférico é um poluente bastante agressivo.
  5. 5. Um dia, um grupo de cientistas que estudavam a  Antárctida, descobriram um buraco na camada do ozono, e ficaram surpreendidos pelo facto de ser maior do que a superfície dos Estados Unidos. Mas afinal, o que é o quot;buracoquot; do ozono?  Na verdade, trata-se da diminuição da  concentração do ozono, tornando a camada menos espessa e menos eficaz na filtragem dos raios UV. O buraco é cada vez maior, na Antártida, mas o  Árctico também apresenta uma importante destruição. Contudo, os cientistas prevêem uma recuperação da camada de ozono, em 2010.
  6. 6. Os principais responsáveis pela destruição da camada do  ozono são dois gases - os clorofluorcarbonetos (CFC's) e o halogéneo. Estes dois gases, são ambos substâncias químicas criadas pelo Homem, que quando chegam às altas camadas atmosféricas tornam-se activos e provocam a destruição da camada do ozono, diminuindo a sua espessura.  Essa diminuição deve-se à acção dos CFC's, que entram na composição dos sprays, nos sistemas de refrigeração e das espumas. Por acção da radiação UV, os CFC's libertam átomos de cloro, que vão destruir a camada do ozono. Os CFC's libertos para a atmosfera, mantêm-se activos por mais de 100 anos e basta apenas um átomo de cloro para destruir muitas moléculas de ozono. A Europa consumindo mais de metade dos CFC's de todo o Mundo, é o principal responsável pela sua emissão para a atmosfera.
  7. 7. Existem várias ideias mas até agora quase nada se tem  feito. A desflorestação é um problema que pode ser soluccionado rapidamente, assim maior quantidade de plantas absorveriam ou sequestrariam mais carbono do ambiente através do processo da fotossíntese, daí existem outras como semear o oceano com Ferro, isto ajudaria a um crescimento maior do fitoplâncton e como eles são vegetais absorveriam esse carbono em excesso mas até agora só ficou em experiências pilotos e nada a larga escala. Outro é o sepultamento desse carbono, mas até agora só  poucos países estão fazendo isso, daí existem ideias de colocar até milhares de guarda chuvas no espaço perto da terra, mas o principal é a consciência ambiental de todos, diminuindo e controlando as emissões dos gases.
  8. 8. O efeito de estufa é um processo que ocorre quando  uma parte da radiação solar refletida pela superfície terrestre é absorvida por determinados gases presentes na atmosfera. Como conseqüência disso, o calor fica retido, não sendo liberado ao espaço. O efeito estufa dentro de uma determinada faixa é de  vital importância pois, sem ele, a vida como a conhecemos não poderia existir. O que se pode tornar catastrófico é a ocorrência de um  agravamento do efeito estufa que desestabilize o equilíbrio energético no planeta e origine um fenômeno conhecido como aquecimento global.
  9. 9. Poluente Principal Fonte Monóxido de Carbono (CO) Escape dos veículos motorizados; alguns processos industriais. Centrais termoelétricas a petróleo Dióxido de Enxofre (SO2) ou carvão; fábricas de ácido sulfúrico Escape dos veículos motorizados; Partículas em suspensão processos industriais; centrais termoelétricas; reação dos gases poluentes na atmosfera Escape dos veículos motorizados; Chumbo (Pb) centrais termoelétricas; fábricas de baterias
  10. 10. Poluentes Prinpais Fontes Escape dos veículos motorizados; Óxidos de Azoto (NO, NO2) centrais termoelétricas; fábricas de fertilizantes, de explosivos ou de ácido nítrico Oxidantes fotoquímicos- Ozônio Formados na atmosfera devido a (O3) reação de Óxidos de Azoto, Hidrocarbonos e luz solar Escape dos veículos motorizados; Etano, Etileno, Propano, Butano, evaporação de solventes; Acetileno, Pentano processos industriais; lixos sólidos; utilização de combustíveis Dióxido de Carbono (CO2) Todas as combustões
  11. 11. 1- Calor do sol que entra na atmosfera terrestre 2- Algum do calor do sol é absorvido pelos gases causadores do efeito estufa. 3- Uma parte do calor é absorvida pela Terra 4- Muito do calor absorvido pela Terra é emitido como radiação infravermelha 5- A maioria desse calor é absorvido pelos gases causadores do efeito estufa 6- O calor absorvido pelos gases de efeito estufa é devolvido à Terra 7- O calor absorvido pela Terra é emitido como raios infravermelhos 8- Maiores níveis de CO2 significam que existem mais gases a reter calor e a causar um aumento da temperatura global
  12. 12. O aquecimento global no Ártico está a afectar milhões de pessoas e  pode vir a provocar a extinção, em 2100, de várias espécies animais, como os ursos polares. O degelo no Ártico provocado pelo aquecimento global pode  ameaçar pessoas e espécies animais como os ursos polares. O considerável aquecimento do Ártico está a afectar milhões de  pessoas e, em 2100, poderá causar a extinção dos ursos polares, entre outras espécies. Estas conclusões foram elaboradas num relatório por mais de 200  cientistas dos Estados Unidos, Canadá, Rússia, Dinamarca, Islândia, Suécia, Noruega e Finlândia.
  13. 13. As temperaturas naquela região(Ártico) são a prova  de que o panorama não está a melhorar. As temperaturas estão a subir no Ártico, duas vezes  mais que a generalidade do planeta comparativamente com as projecções dos relatórios das Nações Unidas. O mar gelado no Pólo Norte pode simplesmente  desaparecer no final do século e, para já, os cientistas sabem que a massa de gelo já regrediu entre 15 a 20 por cento nos últimos 30 anos.
  14. 14. Dado este cenário, os cientistas são peremptórios ao afirmar  que algumas espécies animais, como os ursos polares, não deverão resistir a alterações tão acentuadas; quot;Os ursos polares muito provavelmente não terão capacidade para sobreviver como espécie se se verificar a perda quase total da massa de gelo“ Da mesma forma, outros animais como os caribus, alces,  mochos da neve, que vivem na terra e não no gelo, estão a ser ‘levados' para norte em direcção a habitats mais restritos.
  15. 15. O relatório revela ainda o aquecimento global nos  pólos está a afectar 4 milhões de pessoas. O degelo está já a provocar o colapso em alguns  edifícios na Rússia e Canadá, devido à fusão do gelo nas camadas do subsolo que também tem vindo a provocar instabilidade nos oleodutos, estradas e aeroportos.
  16. 16. As geleiras do Himalaia, que representam a  maior concentração de gelo no planeta depois do Ártico, estão retraindo cerca de 10 a 15 metros por ano, diz um relatório do Fundo Mundial para a Natureza (WWF, na sigla em inglês) divulgado nesta semana. O documento culpa o aquecimento global  pela retração das geleiras e alerta que a rápida retração pode levar a uma crise no abastecimento de água que afetaria milhões de pessoas na Ásia.
  17. 17. quot;O rápido derretimento das geleiras do Himalaia  inicialmente levaria a um aumento no volume de água dos rios e lagos asiáticos, causando inundações. Mas com o tempo esta água desapareceria causando  problemas econômicos e ambientais graves no oeste da China, no Nepal e no norte da Índiaquot;, disse Jenniffer Morgan, diretora do programa de mudanças climáticas do WWF. As geleiras do Himalaia alimentam de água sete dos  principais rios asiáticos, assegurando água durante todo o ano para milhões de pessoas nos países que beiram esses rios.
  18. 18. Menos água acarretaria em dificuldades para  hidrelétricas funcionarem, causando problemas na agricultura e na indústria. quot;Precisamos agir em breve contra as mudanças  climáticasquot;, diz Morgan, que apresentará o estudo para líderes mundiais nesta semana, quando acontece em Londres um encontro para discutir formas de combater as mudanças climáticas.
  19. 19. Uma outra pesquisa realizada pelo WWF mostrou  que as mudanças climáticas podem atingir quot;níveis perigososquot; já nos próximos 20 anos. Segundo o estudo, caso nada seja feito, a  temperatura média da Terra pode aumentar em 2ºC entre 2026 e 2060. quot;Dois graus não parecem nada, mas alteram bastante o clima de um paísquot;, alerta a diretora.
  20. 20. Inês Gonçalves   Nº13  8ºB

×