O Infante D.
Henrique

Trabalho realizado por:
André Cálix Nº3
Carina Silva Nº 10
Vanessa Carvalho Nº 34
Biografia e a sua importância para a
História de Portugal
O Infante D. Henrique nasceu no dia 4 de Março de 1394 e faleceu...
Dinis Dias chegou ao rio Senegal e dobrou o Cabo Verde em 1444. A Guiné foi visitada e assim,
os limites a sul do grande d...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Biografia infante

737 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
737
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Biografia infante

  1. 1. O Infante D. Henrique Trabalho realizado por: André Cálix Nº3 Carina Silva Nº 10 Vanessa Carvalho Nº 34
  2. 2. Biografia e a sua importância para a História de Portugal O Infante D. Henrique nasceu no dia 4 de Março de 1394 e faleceu a 13 de Novembro de 1460, sendo um infante português e a mais importante figura do início da era das descobertas, popularmente conhecido como Infante de Sagres ou “O Navegador”. Infante D. Henrique foi o quinto filho de João I de Portugal, fundador da Dinastia de Avis, e de Dona Filipa de Lencastre. Em 1414, convenceu o pai a montar a campanha para a conquista de Ceuta, na costa norteafricano junto ao estreito de Gibraltar. A cidade foi conquistada em Agosto de 1415, assegurando ao reino de Portugal o controlo das rotas marítimas de comércio entre o Atlântico e o Levante. Na ocasião foi armado cavaleiro e recebeu os títulos de Senhor da Covilhã e duque de Viseu. Foi encarregado do governo de Ceuta no dia 18 de Fevereiro de 1416. Em 1418, regressou a Ceuta na companhia de D. João, seu irmão mais novo. Os infantes comandavam uma expedição de socorro à cidade de Ceuta, que tinha sofrido nesse ano o primeiro cerco, feito pelas forças dos reis de Fez e de Granada. Quando o cerco foi levantado, o Infante D. Henrique tentou de imediato atacar Gibraltar, mas devido ao mau tempo não pode desembarcar e acabou por regressar a Ceuta onde recebeu ordens do pai para não atacar Gibraltar. Em 25 de Maio de 1420, D. Henrique foi nomeado Grão-Mestre da Ordem de Cristo, cargo que deteve até ao fim da vida. Em 1427, os navegadores de Infante D. Henrique descobriram as primeiras ilhas dos Açores (possivelmente Gonçalo Velho).
  3. 3. Dinis Dias chegou ao rio Senegal e dobrou o Cabo Verde em 1444. A Guiné foi visitada e assim, os limites a sul do grande deserto do Saara foram ultrapassados. A partir daí, D. Henrique cumpriu um dos seus objectivos que era desviar as rotas do comércio do Saara e aceder às riquezas na África Meridional. Foi também um dos principais organizadores da conquista de Tânger em 1437, que acabou por revelar um grande fracasso, já que o seu irmão mais novo, D. Fernando foi capturado e ali mantido prisioneiro durante 11 anos, até falecer. A reputação militar do Infante D. Henrique sofreu um revés e os seus últimos anos de vida foram dedicados à política e à exploração. Deixou como o principal herdeiro o seu sobrinho, em bens, cargos e títulos, o segundo filho do seu irmão o rei D. Duarte já falecido, o Infante D. Fernando, duque de Beja, e que a partir dessa altura passa a ser Duque de Viseu tal como ele, e a dirigir os Descobrimentos portugueses para o Reino de Portugal tal como o seu tio. Bibliografia http://pt.wikipedia.org/wiki/Infante_D._Henrique http://www.infopedia.pt/$infante-d.-henrique;jsessionid=JzICRl34a-V4o25vGi6lDw__

×