Componentes: Igor Ribeiro Nº:17; Danilo  Caldas Nº:07; Jefferson Lucas Nº:43;Emilio Carlos; André Dias Nº: 48; Narciso  Nu...
   Cultismo ou Gongorismo;   Conceptismo;   Teocentrismo x Antropocentrismo;   Culto do contraste;   Conflito entre o...
 fugacidade da vida e instabilidade das coisas; morte, expressão máxima da efemeridade dascoisas; concepção do tempo co...
 O cultismo caracteriza-se pelo uso de linguagemrebuscada, culta, extravagante, repleta de jogos depalavras e do emprego ...
 O conceptismo é marcado pelo jogo de ideias, deconceitos, seguindo um raciocínio lógico, nacionalista,que utiliza uma re...
  O rebuscamento da arte barroca é reflexo dodilema em que vivia o homem do seiscentismo (osanos de 1600). Daí as preferê...
 No culto de contraste, o poeta barroco se sentedividido, confuso. A obra é marcada pelo dualismo:carne X espírito, vida ...
 No conflito entre o “eu” e o mundo, o artistaencontra-se dividido entre a fé e a razão. Exemplo:Buscando a CristoA vós ...
 Essa consciência da transitoriedade da vida conduzfrequentemente à ideia de morte, tida como aexpressão máxima da fugaci...
 No fusionismo, todos os artistas barrocos expõemos contrários, querendo assim incluí-los no meio deanalogias sensoriais,...
 Dentro dessa característica, pode-se dizer que oequilíbrio clássico foi rompido, e ao mesmo tempo seopondo à simetria, h...
 Todo o rebuscamento que aflora na arte barroca éreflexo do dilema, do conflito entre o terreno e ocelestial, o homem e D...
O realismo sombrio de algunspintores do Barroco destaca adecadência humana trazida pelapassagem do tempo. Nessa obra,vemos...
Nesse quadro de Caravaggiopodemos observar o uso magistralda técnica do chiaroscuro (misturade luz e sombras), que se torn...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Características do barroco português slide

19.749 visualizações

Publicada em

algumas das caracteristicas do barroco português

Publicada em: Educação
0 comentários
13 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
19.749
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
312
Comentários
0
Gostaram
13
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Características do barroco português slide

  1. 1. Componentes: Igor Ribeiro Nº:17; Danilo Caldas Nº:07; Jefferson Lucas Nº:43;Emilio Carlos; André Dias Nº: 48; Narciso Nunes Nº:27; Thiago Moreira Nº: 37
  2. 2.  Cultismo ou Gongorismo; Conceptismo; Teocentrismo x Antropocentrismo; Culto do contraste; Conflito entre o “eu” e o mundo; Pessimismo; Fusionismo; Feismo; Rebuscamento linguístico.
  3. 3.  fugacidade da vida e instabilidade das coisas; morte, expressão máxima da efemeridade dascoisas; concepção do tempo como agente da morte e dadissolução das coisas; castigo, como decorrência do pecado; arrependimento; narração de cenas trágicas; erotismo; misticismo; apelo à religião.
  4. 4.  O cultismo caracteriza-se pelo uso de linguagemrebuscada, culta, extravagante, repleta de jogos depalavras e do emprego abusivo de figuras de estilo,como a metáfora e a hipérbole.Exemplo: O todo sem a parte não é todo;A parte sem o todo não é parte;Mas se a parte o faz todo, sendo parte,Não se diga que é parte, sendo o todo. (Gregório deMatos)
  5. 5.  O conceptismo é marcado pelo jogo de ideias, deconceitos, seguindo um raciocínio lógico, nacionalista,que utiliza uma retórica aprimorada.Exemplo: Para um homem se ver a si mesmo são necessárias trêscoisas: olhos, espelho e luz. Se tem espelho e é cego,não se pode ver por falta de olhos; se tem espelhos eolhos, e é de noite, não se pode ver por falta de luz.Logo, há mister luz, há mister espelho e há mister olhos.(Pe. Antônio Vieira)
  6. 6.  O rebuscamento da arte barroca é reflexo dodilema em que vivia o homem do seiscentismo (osanos de 1600). Daí as preferências por temas opostos:espírito e matéria, perdão e pecado, bem e mal, céu einferno. Tudo isso gerava a preocupação com abrevidade da vida (carpe diem).
  7. 7.  No culto de contraste, o poeta barroco se sentedividido, confuso. A obra é marcada pelo dualismo:carne X espírito, vida X morte, luz X sombra, racional Xmístico. Por isso, o emprego de antíteses.
  8. 8.  No conflito entre o “eu” e o mundo, o artistaencontra-se dividido entre a fé e a razão. Exemplo:Buscando a CristoA vós correndo vou, braços sagrados,Nessa cruz sacrossanta descobertosQue, para receber-me, estais abertos,E, por não castigar-me, estais cravados (Gregório de Matos)
  9. 9.  Essa consciência da transitoriedade da vida conduzfrequentemente à ideia de morte, tida como aexpressão máxima da fugacidade da vida. A incertezada vida e o medo da morte fazem da arte barroca umaarte pessimista, marcada por um desencantamentocom o próprio homem e com o mundo.
  10. 10.  No fusionismo, todos os artistas barrocos expõemos contrários, querendo assim incluí-los no meio deanalogias sensoriais, de imagens, de metáforas, quemostram a unidade, a identidade, se valendo do jogodo jogo de oposições e contrastes.
  11. 11.  Dentro dessa característica, pode-se dizer que oequilíbrio clássico foi rompido, e ao mesmo tempo seopondo à simetria, harmonia, elegância dos clássicos.O barroco tem preferência pelos aspectossangrentos, dolorosos e cruéis, ou seja, ocorre umaatração pelo belo horrendo, ou seja, pelo espetáculoclássico, acabando com as imagens por causa doexagero.
  12. 12.  Todo o rebuscamento que aflora na arte barroca éreflexo do dilema, do conflito entre o terreno e ocelestial, o homem e Deus (antropocentrismo eteocentrismo), o pecado e o perdão, a religiosidademedieval e o paganismo renascentista, o material e oespiritual, que tanto atormenta o homem do séculoXVII.
  13. 13. O realismo sombrio de algunspintores do Barroco destaca adecadência humana trazida pelapassagem do tempo. Nessa obra,vemos São Paulo no fim de sua vida.O crânio que ele contempla é umametáfora da mortalidade humana (Oeremita, de Jusepe Ribera)
  14. 14. Nesse quadro de Caravaggiopodemos observar o uso magistralda técnica do chiaroscuro (misturade luz e sombras), que se tornouuma das marcas da estéticabarroca (Deposição de Cristo,1602-1603).

×