AGENDA:
•BRASIL e a Carne Brasileira
•Por que GTPS?
•Compromissos, Ações e resultados obtidos até agora
•Problemas, desafi...
OCUPAÇÃO E USO DO SOLO NO BRASIL
554 milhões de ha de vegetação nativa
• 107 milhões de ha em Unidades de Conservação
• 10...
Rebanho
208 milhões de cabeças
Importação animais vivos
189 cabeças
Exportação de animais vivos
573.408 cabeças
Abate
43,3...
DRAFT
DRAFT
Global pressure…
LIVESTOCK
189 mi ha -- 212 mi head
(IBGE-2011)
SUGARCANE
8,5 mi/ha (Conab)
GRAINS
50,86 mi/ha (Conab)
SILVICULTURE
7 mi/ha...
“Intensity is key”
Henning Steinfeld, FAO
IMS World Meat Congress
Buenos Aires 2010
Produção de carne bovina
3.36%/ano
Área de Pastagem
21%
Produtividade
79%
Desempenho animal
38%
Taxa de Ocupação
62%
Efeit...
Fonte: Bigma Consultoria - com base no IBGE
0,700
0,800
0,900
1,000
1,100
1,200
1,300
165,0
166,3
167,5
168,8
170,0
171,3
...
| 11
20% da área
It is Happening! Paragominas-PA
* Adaptado de Corsi, M.- resultados extrapolados para 365 dias
Extensiva ...
-
2,00
4,00
6,00
8,00
10,00
12,00
14,00
16,00
-
0,50
1,00
1,50
2,00
2,50
3,00
3,50
jan-13 fev-13 mar-13 abr-13 mai-13 jun-...
Produção Preservação
6,42
4,57
5,84
0
10
20
30
40
50
60
70
80
90
0
5
10
15
20
25
30
1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007...
White Paper - Nota
1. Controle de Desmatamento 2. Aumento de eficiência na pecuária
Mecanismos de controle e redução do
...
1) Monitoramento socioambiental privado
2) Programa de Regularização Ambiental (PRA)
3) Cadastro Ambiental Rural (CAR)
4) ...
•GTPS…
DRAFT
QUEM SOMOS
• criado no final de 2007 e formalmente constituído em junho de 2009.
• É formado por representantes de diferen...
QUEM SOMOS
2007-09
• Criação em 2007 e formação oficial em 09
2010-12
• Planejamento e Validação de objetivos
comuns
2013-...
Pilares
1. Melhoria contínua
2. Transparência e ética
3. Boas práticas agropecuárias
4. Adequação legal
Aprovados na Segun...
72 ASSOCIADOS
72 ASSOCIADOS
72 ASSOCIADOS
GOVERNANÇA
GOVERNANÇA
Comissão Executiva
Presidente
Eduardo Bastos (Dow)
Vice-Presidente
Maurício Campiolo (ACRIMAT)
Tesoureiro
Ferna...
GOVERNANÇA
Conselho Diretor
PRODUTORES
 ACRIMAT – Maurício Campiolo
 ASSOCON – Bruno Andrade
 FAMASUL – Eduardo Riedel
...
GOVERNANÇA
Conselho Fiscal
André Bartocci
Fazenda N.S. das Graças
Paulo Pianez
Carrefour
Sebastião Faria
MSD Saúde Animal
Planejamento Estratégico
Fev e Abr 2014
• Definido o escopo de atuação
• Definido o uso do Padrão
Linhas de atuação Estratégia
Assistência
técnica
O GTPS deve apoiar e cooperar com organizações que atuam com
assistê...
Linhas de atuação Estratégia
Mercado
GTPS deve promover discussões sobre como melhorar a rentabilidade
ao longo da
cadeia...
Comissões
Comissão Técnica Comissão de Incentivos
Econômicos
Comissão de
Disseminação
CDP -
Padrão
Qualificação dos produt...
Publicações
2013 - 2015
Pecuária Sustentável na prática – Fase Piloto
Programa do GTPS co-financiado pelo FSP
Resumo do Programa do GTPS ao FSP
4 componentes
Apoio à implementação de boas práticas
e Compilação do Guia de Pecuária
Su...
FSP
Regiões e Parceiros
BA
Acrioeste,
Profissional
RO
Marfrig, Imaflora
MS
Carrefour, Novilho Precoce
ABPO, WWF, Embrapa P...
States & Projects
Bahia - 1
Rondônia - 1
Mato Grosso do Sul - 2
Pará - 2
Mato Grosso - 1
PARÁ
No dia 4 de maio de 2012, GTPS
assinou um Protocolo de Intenções
com o MAPA para cooperar com o
Governo Federal para ating...
Acordo de Cooperação MMA
The new Forestry Code
(Federal Law No. 12.651/2012)
DRAFT
• MMA – Ministério do Meio Ambiente
Pro...
GRSB – GCSB
- >260 inscritos
- > 30 midias
- 19 paises
GRSB-GTPS Sustainable Livestock Joint Working
Group on Forests
GRSB-GTPS Iniciativa de Florestas (“Joint Working
Group”)
P...
Consumer Goods Forum Companies
Working on Deforestation
GRSB-GTPS Iniciativa de Florestas
(“Joint Working Group”)
Em 2010, o Consumer Goods Forum anunciou uma resolução sobre
des...
• As Metas Respectivas dos Associados – O GTPS, GRSB, CGF, e
outros grupos podem se engajar, mas as políticas, objetivos, ...
QUAIS SÃO AS NOSSAS OPÇÕES PARA ATENDER O MERCADO COSUMIDOR DE CARNES?
Concluindo…
• Aumentar os incentivos para a intensificação
sustentável
• Viabilizar o Pagamento por Serviços Ambientais e
...
secretariado@pecuariasustentavel.net
www.pecuariasustentavel.org.br
Encontro GCF Belém - Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável
Encontro GCF Belém - Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável
Encontro GCF Belém - Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável
Encontro GCF Belém - Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável
Encontro GCF Belém - Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Encontro GCF Belém - Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável

395 visualizações

Publicada em

Nos dias 12 e 13 de novembro, os seis estados brasileiros que integram a Força Tarefa GCF (Governors for Climate and Forests) estiveram reunidos em Belém para a terceira etapa do Programa de Treinamento GCF, organizado pelo Idesam (coordenador nacional das atividades do GCF), com apoio da Sema-PA e Norad.

Publicada em: Meio ambiente
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
395
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
54
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Encontro GCF Belém - Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável

  1. 1. AGENDA: •BRASIL e a Carne Brasileira •Por que GTPS? •Compromissos, Ações e resultados obtidos até agora •Problemas, desafios e avanços no setor com relação aDRAFT
  2. 2. OCUPAÇÃO E USO DO SOLO NO BRASIL 554 milhões de ha de vegetação nativa • 107 milhões de ha em Unidades de Conservação • 103.5 milhões de ha em Terras Indígenas • 274 milhões de ha de vegetação nativa em propriedades privadas • 69.5 milhões de ha em remanescentes de vegetação nativa Fontes: Ministério do Meio Ambiente - MMA; IBGE, 2012 61 milhões de ha de área produtiva (grãos, frutas e florestas plantadas) 38 milhões de ha em urbanização 198 milhões de ha de pastagens (90 milhões ha estão abandonados ou degradados) 851,4 mi ha | Sources: minister of environment- MMA; IBGE – PAM (2010) and agricultural census (2006); INPE – terraclass; agricultural land use and expansion model brazil - aglue-br (gerd sparovek, ESALQ-USP). Notes: 1) the data on conservation units exclude the areas called environmental protection areas (apas); 2) the ppas data include natural vegetation along rivers, hills and top of hills; 3) the data for other natural vegetation areas include quilombola´s areas, public forests non settled and other remaining natural vegetation areas
  3. 3. Rebanho 208 milhões de cabeças Importação animais vivos 189 cabeças Exportação de animais vivos 573.408 cabeças Abate 43,3 milhões de cabeças Produção de carne 10,2 milhões TEC EXPORTAÇÃO (19,6%) 2,00 milhões TEC Mercado Interno (80,9%) 8,27 millhões TEC Consumo per capita : 41kg/ano Desfrute: 20,8% Confinamentos: 4,05 mihões de cabeças (9,3% do abate total) Peso Médio de Carcaça: 234 kg Rendimento Médio Carcaça: (zebu): 51%-55% Rússia: 26% Hong Kong: 18% Venezuela: 13% Outros: 43% UE-27: 49% EUA: 22% Outros: 29% Hong Kong: 45% UE-27: 19% Outros: 35% 76,6 % In Natura 1,5 milhões TEC 96 países 12,7 % Industrializada 254 mil TEC 94 países 10,7 % Miúdos outros 214 mil TEC 123 países Brazilian Beef Perfil 2013
  4. 4. DRAFT
  5. 5. DRAFT Global pressure…
  6. 6. LIVESTOCK 189 mi ha -- 212 mi head (IBGE-2011) SUGARCANE 8,5 mi/ha (Conab) GRAINS 50,86 mi/ha (Conab) SILVICULTURE 7 mi/ha (SAE) OTHERS ~ 16 mi/ha (IBGE) 2012 LIVESTOCK INTENSIFICATION 1,1 para 1,7 Head/ha ou 3,2 para 5 @/ha/yr RELEASING 56 millions ha 2022 CANA 13,1 mi/ha (Fiesp/Icone) SILVICULTURE 14 mi/ha (SAE) LIVESTOCK 133 mi/ha(NIT) 227 mi/cab (Fiesp/Icone) OTHERS ~16 mi/ha FOREST LAW ENFORCEMENTElaborado por: Desafio nos próximos 10 anos Intensificação da Pecuária e o Efeito “Poupa Terra”
  7. 7. “Intensity is key” Henning Steinfeld, FAO IMS World Meat Congress Buenos Aires 2010
  8. 8. Produção de carne bovina 3.36%/ano Área de Pastagem 21% Produtividade 79% Desempenho animal 38% Taxa de Ocupação 62% Efeito “poupa terra” 525 milhões de hectares Fonte: G.B.Martha Jr., E. Alves, E. Contini Em revisão (EMBRAPA) Fatores de Crescimento da Pecuária 1950 a 2006
  9. 9. Fonte: Bigma Consultoria - com base no IBGE 0,700 0,800 0,900 1,000 1,100 1,200 1,300 165,0 166,3 167,5 168,8 170,0 171,3 172,5 173,8 175,0 176,3 177,5 178,8 180,0 cab/ha miha Área de Pastagens Ocupação Bovina Intensificação da Pecuária
  10. 10. | 11 20% da área It is Happening! Paragominas-PA * Adaptado de Corsi, M.- resultados extrapolados para 365 dias Extensiva 2012 Suporte (UA/ha) 1,14 GMD 0,43 Produtividade 7,15 Custo (@/ha) 6,34 Margem (@/ha) 0,81 Margem (%) 12,8% Intensivo 2013 3,6 0,67 30,4 23,29 7,11 30,5% Fazenda 2013 1,63 0,48 11,80 9,73 2,07 0,16 Melhoria 43% 11% 65% 53% 156% 28% 2012 2013 2014 (meta) Produtividade (@/ha) 23,99 30,40 40,00 Margem líquida (@/ha) 3,66 7,1 12 R$/ha 347,7 674,5 1140 Eq. sacos soja/ha 5 10 18 Intensive Area
  11. 11. - 2,00 4,00 6,00 8,00 10,00 12,00 14,00 16,00 - 0,50 1,00 1,50 2,00 2,50 3,00 3,50 jan-13 fev-13 mar-13 abr-13 mai-13 jun-13 jul-13 ago-13 set-13 Área Intensificada Taxa Lotação (UA/ha.) GMD (kg) Produtividade (@/ha) 0,76 1,12 2,22 ESTADO MT MICRORREGIÃO AF URT Occupation Rates UA/ha +100% 3,3 4,7 13,3 ESTADO MT MICRORREGIÃO AF URT Produtividade @/ha/ano + 183% LowCarbonLivestockProjectIt is Happening!
  12. 12. Produção Preservação
  13. 13. 6,42 4,57 5,84 0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 0 5 10 15 20 25 30 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 ProductionintheLegalAmazon (millionmetrictonsormillionanimals) YearlyDeforestation(thousandkm2) Yearly Deforestation Cattle Herd (million animals) Cattle Herd Deforestation x cattle herd Elaborado por: IPAM
  14. 14. White Paper - Nota 1. Controle de Desmatamento 2. Aumento de eficiência na pecuária Mecanismos de controle e redução do desmatamento no Bioma Amazônia Brasileiro – Maio,2013
  15. 15. 1) Monitoramento socioambiental privado 2) Programa de Regularização Ambiental (PRA) 3) Cadastro Ambiental Rural (CAR) 4) Código Florestal Brasileiro 5) Plano de Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia, PPCDAm 6) Monitoramento do desmatamento 7) A lista de áreas embargadas do IBAMA 8) Núcleo de Inteligência Territorial, o NIT 9) Programa Municípios Verdes (PMV) 10)Acordos com Ministério Público Federal MELHORIA DA GOVERNANÇA – 5 ANOS White Paper
  16. 16. •GTPS… DRAFT
  17. 17. QUEM SOMOS • criado no final de 2007 e formalmente constituído em junho de 2009. • É formado por representantes de diferentes segmentos que integram a cadeia de valor da pecuária bovina no Brasil. • debater e formular, de maneira transparente, princípios, padrões e práticas comuns a serem adotados pelo setor, que contribuam para o desenvolvimento de uma pecuária sustentável, socialmente justa, ambientalmente correta, e economicamente viável. Neste contexto, o envolvimento de todos os segmentos que compõem a cadeia de valor, e também da sociedade civil é fundamental para se atingir este objetivo. • Os membros do GT pretendem ser pró-ativos frente a esses desafios, liderando o diálogo e construindo acordos na direção de uma pecuária sustentável, conscientes da responsabilidade socioambiental de todos os envolvidos. Compromisso com o Desmatamento Zero, desde que sejam criadas condições e formas de compensação para que isso seja viável
  18. 18. QUEM SOMOS 2007-09 • Criação em 2007 e formação oficial em 09 2010-12 • Planejamento e Validação de objetivos comuns 2013-15 • Entrega • Revalidação permamente e Ações
  19. 19. Pilares 1. Melhoria contínua 2. Transparência e ética 3. Boas práticas agropecuárias 4. Adequação legal Aprovados na Segunda Assembléia Geral Ordinária do GTPS, em 14 de abril de 2011, São Paulo
  20. 20. 72 ASSOCIADOS
  21. 21. 72 ASSOCIADOS
  22. 22. 72 ASSOCIADOS
  23. 23. GOVERNANÇA
  24. 24. GOVERNANÇA Comissão Executiva Presidente Eduardo Bastos (Dow) Vice-Presidente Maurício Campiolo (ACRIMAT) Tesoureiro Fernando Sampaio (ABIEC) Suplentes – WWF Brasil – Ivens Teixeira e Santander – Christopher Wells Gestão 2012-2015
  25. 25. GOVERNANÇA Conselho Diretor PRODUTORES  ACRIMAT – Maurício Campiolo  ASSOCON – Bruno Andrade  FAMASUL – Eduardo Riedel Suplente – Novilho Precoce INDÚSTRIA  JBS – Márcio Nappo  Marfrig – Mathias Almeida ABIEC – Fernando Sampaio Suplente – Minerva – Taciano Custodio COMÉRCIO E SERVIÇOS Dow – Eduardo Bastos  Stoller – Rodrigo Ferreira  Wal Mart – Tatiana Trevisan Suplente – Agrotools INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS  IFC – Mariel Reyes  Santander – Christopher Wells  Rabobank – Luiz Amaral Suplente – Banco do Brasil Organizações da Sociedade Civil, Organizações Sindicais de Trabalhadores e outros  Aliança da Terra – Marcos Reis  TNC – Francisco Fonseca  WWF Brasil – Ivens Teixeira Suplente – APPS
  26. 26. GOVERNANÇA Conselho Fiscal André Bartocci Fazenda N.S. das Graças Paulo Pianez Carrefour Sebastião Faria MSD Saúde Animal
  27. 27. Planejamento Estratégico Fev e Abr 2014 • Definido o escopo de atuação • Definido o uso do Padrão
  28. 28. Linhas de atuação Estratégia Assistência técnica O GTPS deve apoiar e cooperar com organizações que atuam com assistência técnica e extensão rural. Não deve ser papel do GTPS executar ações neste campo. Adequação legal Tema de grande importância. Papel do GTPS deve ser de apoiar e cooperar com iniciativas relacionadas ao tema. Articulação da cadeia GTPS deve promover fóruns de discussão entre elos da cadeia sobre sustentabilidade e fomentar projetos. O GTPS não deve interferir em relações comerciais entre elos e em definição de preços. Políticas públicas GTPS deve apoiar, cooperar e influenciar a definição de políticas públicas relacionadas à sustentabilidade da cadeia da pecuária. Qualquer posicionamento do GTPS para fins de influenciar políticas públicas deve ser construído de forma transparente, participativa e consensual. Rastreabilidade GTPS deve apoiar, cooperar e executar discussões sobre rastreabilidade Planejamento Estratégico
  29. 29. Linhas de atuação Estratégia Mercado GTPS deve promover discussões sobre como melhorar a rentabilidade ao longo da cadeia, mas não deve se posicionar quanto as relações estritamente comerciais de preço. Informação GTPS (secretariado) deve mapear fontes de informação e direcionar pedidos de informação a fontes adequadas. Comunicação GTPS deve apoiar, cooperar e executar ações de informação e conscientização sobre a pecuária sustentável e a importância da sustentabilidade na cadeia da pecuária. Planejamento Estratégico
  30. 30. Comissões Comissão Técnica Comissão de Incentivos Econômicos Comissão de Disseminação CDP - Padrão Qualificação dos produtores na gestão do negócio pecuário (capacitação gerencial) o que decorre da motivação, conscientização e educação do homem do campo; •Qualificação dos produtores em técnicas de manejo de pastagem; •Criação e divulgação de Programas para aprimorar a genética dos animais; •Investimento em pesquisa (básica e aplicada).  Fomentar a disponibilidade e aumento do volume de crédito para estratégias e ações voltadas à sustentabilidade da cadeia de valor da pecuária bovina;  Promover incentivos econômicos e financeiros para aumentar o engajamento e escala da cadeia de valor da pecuária bovina sustentável;  Identificar, apoiar e promover políticas públicas e programas de incentivos econômicos e financeiros voltados à pecuária sustentável. • Gestão do conhecimento (Guia da Pecuária Sustentável)* • Capacitação de técnicos de ATER • Fazendas modelos (pública e privada) para servir de referência para a produção sustentável de carne bovina por meios de projetos demonstrativos • Promover ações de divulgação do GTPS em áreas estratégicas de pecuária para o conhecimento de sua atuação junto a produtores rurais, lideranças rurais ou setores representativos PLANO DE TRABALHO Comissões Subcomissão Científica
  31. 31. Publicações
  32. 32. 2013 - 2015 Pecuária Sustentável na prática – Fase Piloto Programa do GTPS co-financiado pelo FSP
  33. 33. Resumo do Programa do GTPS ao FSP 4 componentes Apoio à implementação de boas práticas e Compilação do Guia de Pecuária Sustentável Desenvolver e testar um modelo de capacitação de multiplicadores de ATER Desenvolvimento e teste dos indicadores setoriais do GTPS Gestão do programa, coordenação dos parceiros e compilação de lições aprendidas
  34. 34. FSP Regiões e Parceiros BA Acrioeste, Profissional RO Marfrig, Imaflora MS Carrefour, Novilho Precoce ABPO, WWF, Embrapa Pantanal, Sebrae PA TNC, Wal-Mart, Marfrig – SFX TNC, Fundo Vale, Dow – Paragominas. MT ICV, Embrapa Agrossilvipastoril, Prefeitura Municipal Alta Florest, JBS
  35. 35. States & Projects Bahia - 1 Rondônia - 1 Mato Grosso do Sul - 2 Pará - 2 Mato Grosso - 1
  36. 36. PARÁ
  37. 37. No dia 4 de maio de 2012, GTPS assinou um Protocolo de Intenções com o MAPA para cooperar com o Governo Federal para atingir a meta de recuperar 15 milhões de hectares de áreas de pastagens degradadas. DRAFT Protocolo de Intenções Parcerias Nacionais
  38. 38. Acordo de Cooperação MMA The new Forestry Code (Federal Law No. 12.651/2012) DRAFT • MMA – Ministério do Meio Ambiente Promoção do CAR Parcerias Nacionais
  39. 39. GRSB – GCSB - >260 inscritos - > 30 midias - 19 paises
  40. 40. GRSB-GTPS Sustainable Livestock Joint Working Group on Forests GRSB-GTPS Iniciativa de Florestas (“Joint Working Group”) Parcerias Globais
  41. 41. Consumer Goods Forum Companies Working on Deforestation
  42. 42. GRSB-GTPS Iniciativa de Florestas (“Joint Working Group”) Em 2010, o Consumer Goods Forum anunciou uma resolução sobre desmatamento liquido zero até 2020. Em 2012, o Foro apoiou o GRSB como o órgão colaborador para alcançar a meta, e o GRSB formou um Grupo de Trabalho O grupo desenvolveu e concordou com 4 objetivos: 1. Entender as condições nas quais a pecuária contribui para o desmatamento . 2. Fornecimento de carne e couro sem incentivar o desmatamento. 3. Estimular a cadeia da pecuária onde for considerada isenta de desmatamento. 4. Fornecer um ponto de encontro para os principais “stakeholders” interessados em trocar informações.
  43. 43. • As Metas Respectivas dos Associados – O GTPS, GRSB, CGF, e outros grupos podem se engajar, mas as políticas, objetivos, e metas não são sempre os mesmos • GTPS: desmatamento zero com compensação financeira • GRSB: nenhum compromisso formal • CGF: desmatamento líquido zero até 2020 GRSB – The Global Roundtable for Sustainable Beef. Uma mesa redonda global formalmente constituída em 2012. GTPS – O Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável. Uma mesa redonda brasileira formalmente constituída em 2009. CGF – The Consumer Goods Forum. (Foro de Empresas de Bens de Consumo). Um grupo de mais que 400 empresas, liderado por Walmart, Carrefour, Unilever, e outros, que pretendem colaborar em varios assuntos. Um dos 5 pilares estratégicos é sustentabilidade. LWG – The Leather Working Group. Uma mesa redonda sobre couro. Associado do GTPS e a Iniciativa de Florestas. GRSB-GTPS Iniciativa de Florestas (“Joint Working Group”)
  44. 44. QUAIS SÃO AS NOSSAS OPÇÕES PARA ATENDER O MERCADO COSUMIDOR DE CARNES?
  45. 45. Concluindo… • Aumentar os incentivos para a intensificação sustentável • Viabilizar o Pagamento por Serviços Ambientais e a manutenção da Floresta • Aterrisar a agenda de REDD+ para a realidade dos produtores, no campo
  46. 46. secretariado@pecuariasustentavel.net www.pecuariasustentavel.org.br

×