Indicadores de Desempenho - Ferramenta da Qualidade

13.435 visualizações

Publicada em

A utilização de indicadores para mensuração de desempenho é altamente eficiente, influenciando, inclusive às estratégias estabelecidas pela organização

Publicada em: Negócios
1 comentário
11 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.435
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
662
Comentários
1
Gostaram
11
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Indicadores de Desempenho - Ferramenta da Qualidade

  1. 1.  Consultor Sênior da Ideia Consultoria Empresarial  Administrador com Especialização em Gestão e Administração Industrial.  Professor das disciplinas de O&M, Planejamento Estratégico, RH e Gestão de Projetos.  Atuação como Gerente nas áreas de Qualidade, Produção, Recursos Humanos e Administrativa.  Credenciado no Sistema Sebrae e SESCOOP/PR.  Certificado Auditor Líder da Qualidade pela BVQI.  MBA Finanças, Auditoria e Controladoria na FGV.  Consultor certificado pela ABPMP®
  2. 2. 1. 2. 3. 4. Ato de desempenhar. Cumprimento. Resgate. Modo de representar. Fonte:Dicionário Priberam
  3. 3. Não se gerencia o que não se mede, não se mede o que não se define, não se define o que não se entende. Não há sucesso no que não se gerencia. W. E. Deming
  4. 4. Onde queremos chegar Formalizam uma estratégia a ser seguida para alcance da visão
  5. 5. Métricas que acompanham o progresso frente aos objetivos Definem o sucesso e/ou fracasso dos objetivos Buscam o atingimento das metas.
  6. 6. • O que deve ser medido? • Por que medir o desempenho? • Como medi-lo? • Fazer a medição a cada quanto tempo?
  7. 7. Indicadores de Tendência situações que podem vir a ocorrer permitem a ação Indicadores de Ocorrência  descrevem situações que não podem ser alteradas
  8. 8. 1. Alinhar o desempenho do processo com os objetivos da organização. 2. Conectar a operação à estratégia. Essa é a razão de se gerenciar o desempenho dos processos
  9. 9. TEMPO CUSTO CAPACIDADE QUALIDADE É uma métrica É uma métrica É o montante ou É geralmente da duração do do valor volume de uma expressa como processo, mede monetário saída, produto percentual do real o tempo que leva associado a um ou serviço viável entre o início e o processo. associado a um fim do processo processo. Pode ser: • Custo do recurso • Custo de oportunidade em relação ao ótimo ou máximo de processo e pode ter várias formas: • Satisfação • Variação • Erro ou taxa de defeito
  10. 10. • Crédito • Diretoria • Administrativo • Financeiro • Almoxarifado • Logística • Assistência Técnica • Marketing • Auditoria • Produção • Cobrança • Projeto e Obras • Departamento Comercial • RH • Compras • TI • Controladoria
  11. 11. S M A R T • ESPECÍFICOS • MENSURÁVEIS • ATINGÍVEIS • RELEVANTES • TEMPORAIS
  12. 12. 1. Estabeleça suas metas usando o método SMART 2. Estabeleça Indicadores para os processos que representam esta meta 3. Estabeleça Indicadores Outcome e Driver 4. Integre a Tecnologia da Informação para gerar os resultados em tempo real 5. Implemente os indicadores nos departamentos 6. Treine as pessoas 7. Execute a gestão por indicadores diariamente 8. Monitore diária e semanalmente 9. Avalie os resultados 10. Monte uma sala de Gestão de Resultados dentro de um programa de Gestão a Vista.
  13. 13. 1. Adequação das competências 2. Papéis e responsabilidades 3. Estrutura organizacional 4. Ganho de poder com prestação de conta 5. Objetivos e medições de desempenho 6. Oportunidade de crescimento pessoal
  14. 14. Indicadores Chave de Desempenho Item 1 Métrica Alinhamento 2 Prestação de Contas 3 Previsibilidade Característica KPIs estão sempre alinhados com objetivos e estratégias corporativas. Todo KPI "pertence" a um indivíduo ou grupo da área de negócio que é responsável pelo seu resultado. KPIs medem valores de negócio e desempenho desejado. KPIs são populados com dados atuais e acionáveis de 4 Acionável modo que usuários possam intervir e melhorar o desempenho antes que seja tarde demais. KPIs deveriam focar em usuários e em algumas poucas 5 Poucos em número atividades de alto valor ou na efetividade geral do processo. KPIs deveriam ser diretos, não baseados em índices 6 Fácil de entender complexos que gerentes não sabem como influenciar diretamente.
  15. 15. Indicadores Chave de Desempenho Métrica Item 7 Equilibrada e conectada Característica KPIs devem equilibrar e reforçar um ao outro e não competir e confundir. Do contrário, irá degradar desempenho de processo. Um KPI deve provocar uma reação em cadeia de mudanças 8 Transformativa positivas na organização, especialmente quando é monitorado por um gestor de processo ou dono de processo. KPIs são geralmente mais efetivos quando estão baseados em definições, regras e cálculos padronizados, de modo que possam 9 Padronizada ser integrados em diferentes painéis ao longo da organização utilizados para benchmarking dentro do segmento de negócio e entre segmentos de negócio. 10 Orientada a contexto 11 Reforçada 12 Relevante KPIs colocam desempenho no contexto ao aplicar alvos e limites de modo que usuários podem medir seu progresso no tempo. O impacto de KPIs pode ser aumentado quando associados com remuneração e incentivos. KPIs gradualmente perdem seu impacto ao longo do tempo e, por isso, devem ser revisados e renovados periodicamente.
  16. 16. Exemplo – Indicador de Produtividade Mede a quantidade de atividades realizadas numa operação, por exemplo: • Número de peças produzidas • Quantidade de cobranças executadas • Quantidade de correspondência emitida etc. Este indicador serve de base para medição de outros.
  17. 17. Ferramentas de Apoio
  18. 18. 1. Foco em pessoas tanto quanto em processo 2. Educação 3. Mesmo entendimento do “processo” 4. Todos entendendo porque o processo é importante 5. Pessoas que desenham e aprovam atividades são as mesmas pessoas que executam as atividades 6. Atenção para o “excesso de comunicação”
  19. 19. CONCLUSÃO • Premiar a equipe não somente pelo resultado atingido, mas sim por todo o esforço realizado. • Implantar os indicadores de Desempenho e não mudar os resultados da empresa. • Envolver a Tecnologia da Informação para automação do processo. • Envolver o RH para mudança na cultura e comportamento. • Atinja metas e faça a diferença
  20. 20. Mais de 5.000 colaboradores atendidos. Mais de 2.000 pessoas treinadas. Maiores empresas do Norte e Noroeste do Paraná
  21. 21. A Ideia Consultoria desenvolve soluções de acordo com a necessidade da sua empresa.
  22. 22. Em Londrina.PR Rua Senador Souza Naves, 1255 – Sala 502 Centro – Londrina. PR – CEP 86010 -160 Fones: 43 | 3322-2110 – 43 | 9182-5367 Em Maringá.PR Av. Horácio Racanello Filho, 5570 – Sala 1303 Centro – Maringá. PR – CEP 87020 - 035 Fone: 44 | 3247-1990 – 44 | 9912-9293
  23. 23. Nossos Contatos • Consultor Maicon Putti maicon@ideiaconsultoria.com.br • Marketing e Negócios – Eglair Amaral comercial@ideiaconsultoria.com.br • Contato Comercial – Carla Fantin vendas@ideiaconsultoria.com.br

×