Projeto final

166 visualizações

Publicada em

Descrição do Projeto Final

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
166
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
45
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto final

  1. 1. WEBSITE DO MUSEU NACIONAL DA IMPRENSA: UMA PROPOSTA DE REDESIGN Multimédia Editorial II Projeto final Idalina Dias | Mário Branco | Nádia Soares 4/06/2015
  2. 2. OBJETIVOS  Realizar uma análise heurística do website do Museu Nacional da Imprensa;  Proposta de um novo design para o website do Museu Nacional da Imprensa;  Melhorar a usabilidade do website do Museu Nacional da Imprensa.
  3. 3. CONCEITO: A MÁQUINA DO TEMPO  Os museus são os espaços do tempo. Ora, o espólio do Museu Nacional da Imprensa sugere viagens, com idas e voltas frequentes, através dos séculos. Por isso, o seu website deverá ser capaz de abolir fronteiras entre passado, presente e futuro. Afinal, não é possível aprisionar o tempo…  Apoiados nesta ideia, pretendemos apresentar uma proposta de redesign do Museu Nacional da Imprensa capaz de permitir não apenas o acesso ao espaço digital das imagens, dos locais, das itinerâncias e das hiperligações, mas também percorrer o tempo através de um pedagógico friso cronológico, estrategicamente colocado na homepage para facilitar a interação com os visitantes.
  4. 4. MODELO: O SITE DO MUSEU DO LOUVRE
  5. 5. REALIDADE: MUSEU NACIONAL DA IMPRENSA
  6. 6. PRÉ-PRODUÇÃO: ANÁLISE HEURÍSTICA  O acesso ao website do museu é bastante fácil através do URL: http://www.museudaimprensa.pt/  Informa acerca das atividades educativas e lúdicas dinamizadas no museu (por exemplo, festas de aniversário, workshops, Oficinas pedagógicas)  Com ligação à rede social “Facebook”.  Diversidade de páginas com conteúdos múltiplos;  Possibilidade de aceder à loja do museu através do site;  Existência de hiperligações a diversas entidades e instituições.  O website é desorganizado e pouco atrativo com muita informação desatualizada;  Informação disposta apenas em duas colunas sendo que uma delas é quase exclusivamente preenchida com texto;  Dificuldade no acesso ao “Arquivo” do museu;  Foto galeria: coleção de fotografias não editadas, de conteúdo muito idêntico, justapostas sem critério aparente, sem legenda nem informação que situe o visitante do site;  O espólio do museu é apresentado em texto corrido. Pontos fortes Pontos fracos
  7. 7. STORYBOARD
  8. 8. ESTUDO DE INTERFACE  Layout: estruturado a partir de uma coluna central que se subdivide em várias células (com tamanhos variáveis em função dos conteúdos).  Tipografia: Fonte Garamond  Cores: cinza (#CCCCCC), vermelho (#FF0000), preto (#000000), branco (#FFFFFF)  Imagens: retiradas do site do Museu Nacional da Imprensa
  9. 9. ESTUDO DE INTERFACE  Iconografia: logótipo  Organização do conteúdo: O site compõe-se de 11 páginas:  Home | Exposição |Serviço Educativo |Museu em Rede | Sobre Nós | Informações Gerais  -Permanente -Visitas  -Temporária - Atividades  - Porto Cartoon
  10. 10. HOMEPAGE Solução de interação: Timeglider
  11. 11. PÁGINA “EXPOSIÇÕES” O item “Exposições” inclui: Exposições permanentes, Exposições temporárias e Porto cartoon a que é possível aceder através de hotpoints colocados nas imagens
  12. 12. PÁGINA “SERVIÇO EDUCATIVO”

×