Fundações Comunitárias: Histórico e Atuação

877 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
877
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fundações Comunitárias: Histórico e Atuação

  1. 1. FUNDAÇÕES COMUNITÁRIAS 2009
  2. 2. Fundações Comunitárias Lucia Dellagnelo, Ed.D. Outubro 2009
  3. 3. Premissas <ul><li>Fundações comunitárias são uma alternativa institucional para organização de atores em prol do desenvolvimento local. </li></ul><ul><li>Fundação comunitária é um conceito e não um modelo organizacional. </li></ul><ul><li>A função social de uma FC depende do contexto local e da intencionalidade de seus fundadores. </li></ul>www.icomfloripa.org.br
  4. 4. Conceito Community Foundation Global Status Report 2008 <ul><li>Fundações comunitárias são organizações que: </li></ul><ul><li>Buscam melhorar a qualidade de vida de todas as pessoas em uma área geográfica definida </li></ul><ul><li>São independentes do controle e influencia de outras org., governo ou doadores </li></ul><ul><li>São governadas por um conselho de cidadãos representativos da comunidade que servem </li></ul><ul><li>Repassam recursos para outros grupos sem fins lucrativos para um grande espectro de temas emergentes e variáveis na comunidade </li></ul>www.icomfloripa.org.br
  5. 5. <ul><li>Buscam criar um fundo permanente para a comunidade, geralmente atraves da criação de um fundo patrimonial por uma ampla gama de doadores, incluindo cidadãos locais, empresas, governo e outras fundações e OSCs. </li></ul><ul><li>Oferece serviços a doadores para ajudá-los a atingir seus objetivos </li></ul><ul><li>Envolve-se em uma gama de atividades de parcerias e liderança comunitária, atuando como catalizadoras, mobilizadoras, colaboradoras e facilitadoras para solução de problemas de importantes questões comunitárias </li></ul><ul><li>Possuem políticas de gestão abertas e transparentes </li></ul><ul><li>Prestam contas regularmente à comunidade informando ao publico em geral seus objetivos, atividades e informações financeiros </li></ul>www.icomfloripa.org.br Conceito Community Foundation Global Status Report 2008
  6. 6. Fundações Comunitárias Conceito- Peter Walkenhorst 2008 <ul><li>Melhora a qualidade de vida de uma comunidade </li></ul><ul><li>e atende as necessidades locais </li></ul>www.icomfloripa.org.br Organização filantrópica independente Cria recursos permanentes Oferece serviços a doadores Financia ou opera programas Exerce liderança comunitária
  7. 7. Conceito (ICom) <ul><li>Foco geográfico/territorial </li></ul><ul><li>Conselho formado por pessoas representativas da comunidade </li></ul><ul><li>Apoio técnico e financeiro à OSCs locais </li></ul><ul><li>Formação de fundos comunitários e específicos </li></ul><ul><li>Formação gradativa de Fundo Permanente </li></ul>www.icomfloripa.org.br
  8. 8. Fundações Comunitárias Fatos <ul><li>1441 FCs operando em 51 paises </li></ul><ul><li>Crescimento de 21% de FC desde 2005 ( e de 80% desde 1990) </li></ul><ul><li>46% das FC existem fora dos USA </li></ul><ul><li>33% das CFs fora dos US estão no Canada e Reino Unido (na Alemanha operam 190 CFs) </li></ul><ul><li>O Global Fund for Community Foundation tornou-se um entidade independente em Abril 2009. </li></ul>www.icomfloripa.org.br
  9. 9. <ul><li>Criação da Cleveland Foundation em 1914 por Frederick Goff. </li></ul><ul><li>Dois motivos: </li></ul><ul><li>Fundos patrimoniais tornavam-se obsoletos devido a mudanças nas necessidades da comunidade </li></ul><ul><li>Os bancos não tinham expertise na concessão de doações que causavam impacto na comunidade </li></ul><ul><li>Idéia inicial: </li></ul><ul><li>Montar uma fundação para juntar vários fundos cujos rendimentos seriam distribuídos a organizações comunitárias segundo a decisão de um comitê de líderes comunitários </li></ul>www.icomfloripa.org.br Fundações Comunitárias Histórico
  10. 10. Fundações Comunitárias Histórico <ul><li>Entre 1914-1924 26 FCs foram criadas nos USA </li></ul><ul><li>Tax reform Act of 1969: fundações comunitárias recebem o status de “public charity” diferenciando-se das fundações privadas Requisito: FC deveriam receber pelo menos 1/3 do seus recursos do público em geral </li></ul><ul><li>Impulso das fundações Mott e Ford para criação de FCs nos USA </li></ul><ul><li>Em 1989 existiam 282 FCs nos USA com ativos de U$ 6 bilhões </li></ul><ul><li>Hoje aprox. 700 FCs operam nos USA com ativos de U$ 49.9 bilhões </li></ul>www.icomfloripa.org.br
  11. 11. Fundações Comunitárias Movimento Internacional <ul><li>Primeiras CFs fora dos USA: The Winnipeg Foundation (1921), Dacurum Community Trust (UK, 1976) e C.F. for Northen Ireland (1979) </li></ul><ul><li>Crescimento acelerado a partir da década de 90 </li></ul><ul><li>Concentração inicial em países europeus: Alemanha (190), UK (55), Polonia (20) Lituania (8), Slovakia (12), Russia (27) Ucrania (4), Africa (14) </li></ul><ul><li>Fatores que impulsionaram a expansão: </li></ul><ul><li>Crescimento acelerado no número de OSCs </li></ul><ul><li>Intercâmbio internacional entre líderes do 3º setor </li></ul><ul><li>Apoio de organizações internacionais como Open Society, Bertelsmann Stiftung, Mott, Ford e Banco Mundial </li></ul>www.icomfloripa.org.br
  12. 12. Fundações Comunitárias Função Social <ul><li>Europa Central e Oriental: </li></ul><ul><li>Re-invenção da filantropia e das OSCs nas sociedades pós-comunistas. Canal para investidores internacionais. Primeira CF Banská Bystrica (Slovakia, 1994) </li></ul><ul><li>Europa Ocidental: </li></ul><ul><li>promoção da filantropia entre ricos emergentes e re-granting para grandes fundações </li></ul><ul><li>Inglaterra: fundos de empresas e governo (programas governamentais para comunidades pobres) </li></ul><ul><li>Alemanha: estímulo da Bertelsmann Foundation em Gutersloh </li></ul><ul><li>Italia: promoção da cultura de doação (Fondazione Cariplo ) </li></ul>www.icomfloripa.org.br
  13. 13. Fundações Comunitárias Função Social <ul><li>Africa: </li></ul><ul><li>Capilariedade de investimentos para grandes doadores (re-granting) </li></ul><ul><li>Asia: </li></ul><ul><li>Programas de desenvolvimento territorial financiados pelo Banco Mundial e por fundações americanas </li></ul><ul><li>Filantropia de Diáspora: </li></ul><ul><li>Indivíduos doam para suas comunidades de origem </li></ul><ul><li>Mexico: </li></ul><ul><li>Investimento nas comunidades de fronteira para redução da emigração para os USA </li></ul>www.icomfloripa.org.br
  14. 14. Fundações Comunitárias Papéis- The Balancing Act -Mott Foundation 2008 <ul><li>1. Financiador (grantmaker) </li></ul><ul><li>2. Canal e serviços para filantropia </li></ul><ul><li>3. Liderança Comunitária </li></ul>www.icomfloripa.org.br
  15. 15. Fundações Comunitárias Princípios de Operação- Community Foundations of Canada 2001 <ul><li>Fortalecer os ativos da comunidade </li></ul><ul><li>Compreender as necessidades da comunidade </li></ul><ul><li>Criar oportunidades de diálogo </li></ul><ul><li>Estabelecer Parcerias </li></ul><ul><li>Refletir a diversidade e fomentar renovação </li></ul><ul><li>Apoiar programas criativos e efetivos </li></ul><ul><li>Criar recursos comunitários e promover a filantropia </li></ul><ul><li>Avaliar e compartilhar resultados </li></ul><ul><li>Implementar processos de prestação de contas </li></ul><ul><li>Equilibrar os recursos entre mobilização de recursos, grants e liderança comunitária </li></ul>www.icomfloripa.org.br
  16. 16. Fundações Comunitárias Brasil <ul><li>2001- criação do Instituto Rio com apoio do Synergos, IAF </li></ul><ul><li>2003-Programa DOAR do IDIS (Organizações de Investimento Social Comunitário-OISCs) </li></ul><ul><li>2005- Criação do ICom </li></ul><ul><li>2009- Criação do Instituto Baixada Maranhense </li></ul>www.icomfloripa.org.br
  17. 17. Fundações Comunitárias Potencial <ul><li>Articulação de recursos e atores locais para investimentos compartilhados em um território. </li></ul><ul><li>Oferecimento do alternativas para investimento social (fundos comunitários e específicos) com diferentes níveis de envolvimento dos investidores. </li></ul><ul><li>Criação de mecanismos de sustentabilidade para longo prazo (fundo patrimonial) </li></ul>www.icomfloripa.org.br
  18. 18. Fundações Comunitárias Potencial para o Brasil <ul><li>Ampliação do perfil socio-economico do investidor social privado </li></ul><ul><li>Plataforma de articulação/potencialização de recursos em nível local </li></ul><ul><li>Fortalecimento da rede social local através do acesso simplificado a recursos técnicos e financeiros </li></ul><ul><li>Comprometimento com a sustentabilidade através da criação de fundos patrimoniais </li></ul>www.icomfloripa.org.br
  19. 19. Fundações Comunitárias Desafios <ul><li>Ultrapassar a lógica de investimentos individuais e corporativos (articulação de interesses plurais) </li></ul><ul><li>Criação de agenda compartilhada para o desenvolvimento local </li></ul><ul><li>Equilibrar investimentos diretos com criação de fundos patrimoniais </li></ul><ul><li>Disseminar o conceito de FC como alternativa para investimento social comunitário (criar legitimidade institucional) </li></ul>www.icomfloripa.org.br
  20. 20. [email_address] www.icomfloripa.org.br Siga: @icomfloripa (48) 3222-5127

×