CENTRO UNIVERSITÁRIO JORGE AMADO - UNIJORGE 
Bacharelado em Enfermagem – 4º Semestre 
O CUIDADO DE ENFERMAGEM NAS COMPLICA...
1. Introdução 
É de fundamental importância como os 
profissionais de saúde devem reconhecer as 
principais informações so...
1. Introdução 
O aborto é um tema polêmico e um sério problema de 
saúde pública mundial, responsável pela manutenção das ...
2. Metodologia 
Trata-se de um estudo qualitativo, exploratório, do tipo 
revisão sistemática, A pesquisa partiu de uma bu...
3. Resultados e Discussão 
O aborto é a remoção ou expulsão prematura de 
um embrião ou feto do útero, que pode resultar n...
3. Resultados e Discussão 
Abortos cometidos com cuidados imediatos, mediatos 
e tardios podem ter a mínima chance de sofr...
4. Conclusão 
As complicações decorrentes de abortos mal 
realizados, sem condições de higiene ou 
segurança, representam ...
4. Referências 
• BITENCOURT CS, Santos LCG dos. Cuidados Intensivos de Enfermagem 
Frente às Complicações do Aborto Provo...
O CUIDADO DE ENFERMAGEM NAS COMPLICAÇÕES DO PÓS-ABORTO EM MULHERES
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O CUIDADO DE ENFERMAGEM NAS COMPLICAÇÕES DO PÓS-ABORTO EM MULHERES

2.388 visualizações

Publicada em

O aborto é um tema polêmico e um sério problema de saúde pública mundial, responsável pela manutenção das altas taxas de mortalidade materna em muitos países em desenvolvimento. No Brasil, por se tratar de um ato ilegal, muitas mulheres que não desejam manter uma gestação acabam por procurar clínicas clandestinas, submetendo-se ao aborto em condições precárias, o que acarreta graves consequências à sua saúde física e psicológica e à própria vida.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.388
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O CUIDADO DE ENFERMAGEM NAS COMPLICAÇÕES DO PÓS-ABORTO EM MULHERES

  1. 1. CENTRO UNIVERSITÁRIO JORGE AMADO - UNIJORGE Bacharelado em Enfermagem – 4º Semestre O CUIDADO DE ENFERMAGEM NAS COMPLICAÇÕES DO PÓS-ABORTO EM MULHERES ADRIANA OLIVEIRA1 ANDERSON LIMA1 CAROLINA FERREIRA1 EDRIELE PAIXÃO1 GENIVALDO ÍCARO ARAUJO1 JORGE SILVA1 JOSILENE BARRETO1 DOCENTE: JOSIELSON COSTA2 Nursing care for post-abortion complications in women. 1 Alunos do 4º semestre do Curso de Enfermagem no Centro Universitário Jorge Amado 2 Professor da disciplina de Práticas Investigativas II no Centro Universitário Jorge Amado
  2. 2. 1. Introdução É de fundamental importância como os profissionais de saúde devem reconhecer as principais informações sobre o abortamento e suas complicações em relação à mulher, as consequências que a prática do aborto pode provocar, seja ele induzido ou espontâneo, e identificar cuidados de enfermagem que devem ser realizados para a minimização desses danos.
  3. 3. 1. Introdução O aborto é um tema polêmico e um sério problema de saúde pública mundial, responsável pela manutenção das altas taxas de mortalidade materna em muitos países em desenvolvimento. No Brasil, por se tratar de um ato ilegal, muitas mulheres que não desejam manter uma gestação acabam por procurar clínicas clandestinas, submetendo-se ao aborto em condições precárias, o que acarreta graves consequências à sua saúde física e psicológica e à própria vida. (DOMINGOS e MERIGHI, 2010). Assim, o presente trabalho compõe-se, além desta introdução, conceitos, complicações da prática na mulher e no feto, e contemplam também os cuidados de enfermagem que devem ser tomados, além das informações referentes a dados pesquisados.
  4. 4. 2. Metodologia Trata-se de um estudo qualitativo, exploratório, do tipo revisão sistemática, A pesquisa partiu de uma busca de dados em bases anexadas no BIREME, sendo elas: LILACS, SCIELO, MEDLINE, GOOGLE ACADÊMICO no período de agosto a outubro de 2014. Como critério de inclusão utilizou-se artigos publicados nos últimos 05 anos, em língua portuguesa, disponíveis na íntegra. Após a leitura dos resumos foram excluídos todos os artigos que não satisfaziam o objetivo da pesquisa. Após o cruzamento dos descritores mulher, aborto, complicações, cuidados de enfermagem foram encontrados vinte e cinco artigos sendo utilizados apenas seis para fundamentar o trabalho conforme os critérios de inclusão.
  5. 5. 3. Resultados e Discussão O aborto é a remoção ou expulsão prematura de um embrião ou feto do útero, que pode resultar na sua morte e/ou da mulher. Podendo ser espontâneo ou induzido. Este ato pode levar a sérias complicações tanto na mulher adulta como em adolescentes, tais como Laceração do colo uterino provocada pelo uso de dilatadores, perfuração do útero, hemorragias uterinas, endometrite pós-aborto causando infecção uterina secundária, decorrente do aborto, evacuação incompleta da cavidade uterina, tendo a necessidade de prolongar a sucção e de fazer uma curetagem imediata, entre outros. (CORREIA, 2011)
  6. 6. 3. Resultados e Discussão Abortos cometidos com cuidados imediatos, mediatos e tardios podem ter a mínima chance de sofrer intercorrências. Infelizmente não é o que ocorre na maioria dos hospitais do mundo. Mulheres são admitidas apresentando sinais de hemorragia grave podendo evoluir rapidamente para choque hipovolêmico e/ou sepse. Os cuidados frente ao aborto provocado vão além de simples condutas aplicadas isoladamente. Envolve desde a verificação de sinais vitais perpassando cuidados mais intensivos, sendo este direcionado para complicações que surgem aleatoriamente no corpo da mulher interagindo com seus sistemas hemodinâmicos. (BITENCOURT, 2013)
  7. 7. 4. Conclusão As complicações decorrentes de abortos mal realizados, sem condições de higiene ou segurança, representam a grande causa de mortalidade materna, contribuímos na junção de informações relevantes para elaboração do trabalho buscando referências para o seu desenvolvimento. O estudo se fez importante para que na prática como enfermeiros possamos lidar de maneira eficaz com os problemas psicológicos e físicos relacionados ao aborto.
  8. 8. 4. Referências • BITENCOURT CS, Santos LCG dos. Cuidados Intensivos de Enfermagem Frente às Complicações do Aborto Provocado Rev enferm UFPE on line., Recife, 7(esp):977-84, mar., 2013 • CORREIA, Divanise Suruagy, et al. Adolescentes estudantes: conhecimentos das complicações do aborto provocado. Rev. Gaúcha Enfermagem. Porto Alegre (RS) 2011 set;32(3):465-71. • DINIZ, Débora. Aborto e saúde pública no Brasil. Cad Saúde Pública. 2007;23(9):1992-3 • MOTTA, Ilse Sodré da. A relação interpessoal entre profissionais de saúde e a mulher em abortamento incompleto: “o olhar da mulher”. Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. 2005; 5(2):219-22. • SOARES, Gilberta Santos. Profissionais de saúde frente ao aborto legal no Brasil: desafios, conflitos e significados. Cad Saúde Pública [Internet]. 2003 [citado 2009 jan. 13];19 Supl 2:S399-406. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csp/v19s2/a21v19s2.pdf

×