Diálogo interno

1.451 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.451
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
111
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Você recebe nesse momento um convite de uma pessoa de sua inteira confiança para realizar um trabalho na região no Afeganistão, uma área extremamente pobre. O trabalho é um desafio dentro de sua carreira profissional e pode lhe gerar, a curto prazo, um enorme crescimento e uma remuneração 5 vezes maior do que a sua atual. Você deve ir sozinho e permanecer lá por no mínimo 2 anos.

    Você tem 5 minutos para responder ao convite.

    RESPONDA SIM ou NÃO e identifique no mínimo 3 motivos que alicercem sua decisão.
  • Diálogo interno

    1. 1. Diálogo Interno
    2. 2. O Diálogo Interior – 3 Esferas DIÁLOGO INTERIOR Ambiente Primário CONVERSA IMEDIATA EXTERNA (STAKEHOLDERS) Comunicação com os selfs das pessoas próximas SELF 1 E SELF 2 DO AMBIENTE PESSOAL E PROFISSIONAL (CULTURA DOS LOCAIS ONDE ESTAMOS INSERIDOS) Regras, valores não declarados da cultura Diálogo Interno
    3. 3. Protagonistas do Diálogo Interno SELF 2 Diálogo Interno
    4. 4. SELF 1 • EU JULGADOR • EU COGNITIVO, RACIONAL • EU CRÍTICO • EU DIRETIVO NO COMANDO • GERADOR DE INTERFERÊNCIAS Diálogo Interno
    5. 5. SELF 2 • É O SER HUMANO POR SI MESMO • MENTE INCONSCIENTE EM SUA FORMA NATURAL • ELE TRAZ CONSIGO TODO O POTENCIAL QUE NOS FOI FORNECIDO • OS JÁ CONHECIDOS E OS AINDA POR SE DESENVOLVER Diálogo Interno
    6. 6. Sombra Luz Crítico Julgador Duro Mente Consciente Limitada Analítica Cognitivo Racional Digital Essência Eu Criança Pureza O melhor de mim Ilimitado Centelha Divina Mente Inconsciente Transcende Eu Quântico Estado de Alma Diálogo Interno
    7. 7. Diálogo Interno Desafio no Afeganistão
    8. 8. Diálogo Interno Objetivo do Self Coaching “Arquitetar e diminuir as interferências do SELF 1 de modo que o SELF 2 possa se expressar por completo, utilizando todo o seu potencial.”
    9. 9. Seres Humanos agem assim... PERCEPÇÃO RESPOSTA (AÇÃO) RESULTADO Diálogo Interno
    10. 10. Distorções do Self 1 PERCEPÇÃO DISTORCIDA RESPOSTA & AÇÃO DISTORCIDAS RESULTADOS DISTORCIDOS DISTORÇÃO DA AUTOIMAGEM APRENDIZADO SELF COACHING CAUSA RAIZ Interpretações APRENDIZADO TRADICIONAL (COMPORTAMENTOS) Ciclo da Autossabotagem Diálogo Interno
    11. 11. COMO SERIA SE? Diálogo Interno 1. ATRAVÉS DO COACHING, A PERCEPÇÃO DE AMEAÇA E MEDO FOSSE SUBSTITUÍDA POR ALGO REAL? 2. AS CRÍTICAS INTERNAS FOSSEM SUBSTITUÍDAS POR OBSERVAÇÕES IMPARCIAIS?
    12. 12. APRENDIZAGEM ACELERATIVA NEUROPLASTICIDADE Diálogo Interno
    13. 13. NOSSA MENTE COMPARADA AO ICEBERG Consciente E o que parece + ou – 10% da psique Pré- Consciente + ou – 10% da psique Inconsciente representa + ou - 80% da psique Nós não vemos o inconsciente, só o sentimos, suas manifestações ocorrem através de: Parapraxias (atos falhos), Sonhos, Alguns chistes (piadas, gracejos), Mecanismos de defesa do EGO, Livres associações de ideias, Resistências ...
    14. 14. O INCONSCIENTE PARECE SER O REINO DA EMOÇÃO  É difícil sentirmos emoções de forma consciente. A parte límbica do cérebro, uma das partes mais antigas da cadeia da evolução, é o centro das emoções.  O inconsciente utiliza comunicação indireta em vez de comunicação direta. Ele responde a símbolos e metáforas mais do que à linguagem, expressando-se de formas indiretas, divertidas e com trocadilhos.  Como não usa linguagem diretamente, não processa negativos. “Assim, “Não faça” X” e “Faça “X” são a mesma coisa para o inconsciente, porque ‘X’ é representado em ambos.
    15. 15.  Todas as nossas habilidades ocorrem em competência inconsciente. A mente consciente quase não possui habilidades. Pode apenas lidar com sete ou menos dois pedaços ou blocos de informações de uma vez. A mente inconsciente pode processar muito mais. Toda mudança ocorre no nível inconsciente.  Todos percebemos a mudança conscientemente quando estamos prontos.
    16. 16. ESTADO DE ATENÇÃO FOCADO Como acessamos os recursos do inconsciente?  Através do estado de atenção focado, que podemos chamar de transe. O transe é um estado de consciência com um foco interno de atenção.  Quanto mais você focaliza o mundo interior de seus próprios pensamentos e sentimentos, menos atenção dá ao mundo externo.
    17. 17. Níveis de Aprendizagem Diálogo Interno
    18. 18. 30% Genética 20% Meio Ambiente Influência de fatores Genéticos e Epigenéticos. 50% Estilo de vida Diálogo Interno
    19. 19. Diálogo Interno AS 3 LEIS DA SUGESTÃO Lei da Atenção Concentrada – Dispõe que quando uma pessoa concentra a sua atenção numa ideia, esta se concretiza por si mesma. Lei do Esforço Contrário – Quando uma pessoa pensa que não pode fazer algo e então tenta, quanto mais pensa, menos capaz fica de fazê-lo. Lei do Sentimento Dominante - Estabelece que uma sugestão ligada à uma emoção, supera qualquer outra sugestão que, no momento, exista na mente.
    20. 20. COMPETÊNCIA DA MENTE INCONSCIENTE RECURSOS INTERIORES O CAMINHO DA MENTE Diálogo Interno
    21. 21. Diálogo Interno A importância do Rapport e Campo Relacional
    22. 22. Diálogo Interno O Campo Relacional e Vibracional
    23. 23. Container de Conhecimento Aprendizado com Transformação Ambiente Seguro
    24. 24. Diálogo Interno Necessidades Básicas do Ser Humano
    25. 25. Diálogo Interno Ser Ouvido na Essência
    26. 26. Ser Notado / Reconhecido Amado Diálogo Interno
    27. 27. Ter o Direito de Errar Perdoar a Si Mesmo e aos Outros Qual é/foi a intenção positiva do seu erro/ação? (Ressignificação) Diálogo Interno
    28. 28. Diálogo Interno A Pirâmide de Maslow
    29. 29. A ARTE DE COCRIAR RECAPITULAÇÃO + EXPANSÃO + RESSIGNIFICAÇÃO = COCRIAÇÃO Diálogo Interno
    30. 30. PSICOGEOGRAFIA – RAPPORT DE ALMA – TRANSE CONVERSACIONAL
    31. 31. Diálogo Interno VIVEMOS O TEMPO PRESENTE???
    32. 32. Eu sou eu ... ... e eu sou o que sou!!!

    ×