Inclusão Digital no Brasil

2.352 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.352
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
50
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Inclusão Digital no Brasil

  1. 1. Marcelo Fonseca - Unasp/Hortolândia - 2011
  2. 2. Inclusão Digital A inclusão digital significa a democratização do acesso às tecnologias dainformação, na forma que permite a inserção de todos na sociedade da informação.Uma pessoa incluída digitalmente não é a pessoa que apenas utiliza o mundo digitalpara ver e-mails ou usar o MSN, e sim para usar essas tecnologias digitais paramelhorar sua vida. Um dos objetivos da inclusão digital é permitir que a maioria da populaçãotivesse acesso a serviços e informação disponibilizada via internet. Trata-se de umademocratização da informática que parte de iniciativa do Governo, Instituições deensino, empresas privadas e terceiros para ajudar na inclusão. Dados comprovam que a exclusão digital é provocada por várias razões. Comisso muitas pessoas ficam excluídas socialmente de acordo com os gráficos a seguirdemonstrados. O uso da internet e do computador no Brasil depende bastante donível sócio econômico que a pessoa possui ou da região onde essa pessoa vive. Nafigura nota-se que as pessoas que mais usam internet estão concentradas emregiões mais ricas como Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina,Paraná e alguns outros pontos isolados pelo Brasil, e as pessoas que menos usamestão localizadas nos estados do Maranhão, Piauí, Tocantins, Acre e Alagoas.
  3. 3. No geral da população do Brasil as pessoas que utilizam a internet no mínimouma vez em cada três meses são 34%. Existe uma diferença de classe social muitogrande entre os usuários de internet, pois a diferença de uso chega a ser de até 76pontos percentuais entre as classes A (89% e de (13%) como visto na figura 3. Osjovens são os que mais usam a internet no geral de 16 a 24 anos que resultam emum total de 61%, e os adultos entre 45 e 59 anos somente 13% usam internet, e aspessoas mais idosas com idades de 60 anos ou mais somente 2% usam.
  4. 4. Vemos que muitas pessoas tem acesso à internet, porem muitas ainda nãopossui esse privilégio, por várias questões: Uma é a questão de não saberem manusear um computador ou até mesmonão terem condições financeiras para possuir um serviço de internet e as vezes aténão possuir um computador em casa. Para amenizar esses problemas ONGs e projetos que trabalham para ajudaressas pessoas que precisam mais por algum motivo não tem esse acesso.
  5. 5. Resolvendo o problema de exclusão digitalExistem três pilares para a inclusão digital, são elas: renda, educação e TIC’S(tecnologia da informação e comunicação) As TIC’s nas empresas tem causadobastantes vantagens, como propiciar um ambiente competitivo, Promover o declíniode custos de processamento; Influenciar o planejamento e redesenhadoorganizações, e também ajuda muito, pois usam bastantes ferramentas para ajudarna melhoria dos negócios. Hoje em dia para uma pessoa estar inclusa digitalmente em sua casa, ela teráque ter um computador e internet. Juntando o computador e o provedor de serviçode internet essa pessoa pagará muito caro pelo custo, e também se o computadorfor financiado, vai ser pago um alto custo pelo juro cobrado pelos bancos, no qualpode sair de um orçamento mensal. A exclusão sócio - econômica desencadeia aexclusão digital. A inclusão digital deveria ser fruto de uma política pública comdestinação orçamentária a fim de que ações do governo promovam a inclusão eequiparação de oportunidades a todos os cidadãos
  6. 6. A educação é um parceiro muito importante para a inclusão digital, e a inclusãodeve ser a parte do processo de ensino de forma a promover a educaçãocontinuada. Mesmo com ação governamental sendo muito importante, a inclusãodigital precisa da participação de toda a sociedade de modo que todos contribuempara um bom andamento do processo. Escolas, Universidades, empresas privadas, devem firmar parceria com oGoverno, fazendo assim com que o avanço da inclusão digital ocorresse, com essasparcerias todos ganham, pois há disponibilização de acesso a terminais decomputadores para a população, tarifas de sistemas de telecomunicações sãoreduzidas, isenção fiscal, sem burocracia para o recebimento de doações decomputadores, e equipamentos em geral de informática. As escolas também podem contribuir para inclusão digital, pois professores ealunos caminham juntos para o processo de construção de conhecimento. Com tudoisso nota-se que os três pilares do tripé da inclusão digital não podem se separar,eles devem trabalhar em conjunto para que a inclusão funcione, pois não adiantariaas pessoas terem acesso à renda e a tecnologia se essas não possuem acesso aeducação. Então se considera que a inclusão digital é necessária a fim de disponibilizar apopulação serviços prestada pela internet. Esse serviço que a internet oferece aspessoas é cheio de informações e serviços. Todos merecem esses serviços econteúdos, pois seus impostos lhe dão o direito de poder usas desse processo quebeneficiam todos. E quem deve assumir seu papel é o Governo, pois ele tem o dever de garantirque o tripé da inclusão não se quebre. Alguns projetos entre parcerias deram sua contribuição para a inclusão digital,criando Infocentros com computadores disponíveis para qualquer pessoa que queirase conectar a internet totalmente grátis e assim participando desse grande projetode inclusão, tendo acesso à sociedade da informação. Alguns projetos de inclusãodigital surgem por todo Brasil. Mesmo com todos esses projetos ainda está longe deatender uma significativa parcela da população que não podem ter acesso a internet.

×