SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 45
Governança e Sustentabilidade  como Pilares do Crescimento do Grupo CPFL Energia Augusto Rodrigues Diretor de Comunicação Empresarial 16 de julho de 2009 A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais
Agenda O Grupo CPFL Energia hoje Sustentabilidade, Ética e Transparência como pilares do crescimento Programa de Relacionamento com Acionistas e Mercado de Capitais
O Grupo CPFL Energia é líder nacional nos segmentos de distribuição e comercialização e o 4º maior grupo privado na geração de energia ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],CPFL 2,0% CPFL 13,3% Outros 86,2% Market share* Outros 98,0% Presença no Mercado ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Outros 80,0% CPFL 20,0% Base: 31 de dezembro de 2008 (*) Fonte: Aneel – 4T07 Áreas de Atuação
A CPFL Energia lidera o maior grupo privado do setor elétrico nacional ¹ Inclui participação da empresa Camargo Corrêa S.A.  ² Através das Empresas Jaguari Geração, Paulista Lajeado e Investco COMERCIALIZAÇÃO e SVA DISTRIBUIÇÃO Free Float 25,7%¹ 31,1% 12,7% 30,5% 99,99% 100% 100% 90,15% 87,80% 89,75% 96,56% 100% 6,93% UHE Lajeado² 100% 100% 65% 25,01% 48,72% 51% 100% GERAÇÃO 100% 100% 100% 99,95% 100% 100% 89,81%
Agenda O Grupo CPFL Energia hoje Sustentabilidade, Ética e Transparência como pilares do crescimento Programa de Relacionamento com Acionistas e Mercado de Capitais
No ano 2000 foi definida uma estratégia arrojada de crescimento para a CPFL Crescimento  Sinérgico ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Introdução do tema da Responsabilidade e da Sustentabilidade na agenda corporativa do Grupo CPFL Energia Muita comunicação DIAGNÓSTICO BÁSICO FRENTES DE ATUAÇÃO Alinhamento de todos os programas com a Responsabilidade e Sustentabilidade EFICIÊNCIA OPERACIONAL DISCIPLINA FINANCEIRA MODERNIZAÇÃO EMPRESARIAL DESENVOLVIMENTO DE PESSOAL CRESCIMENTO SINÉRGICO GOVERNANÇA CORPORATIVA RESPONSABILIDADE CORPORATIVA Cuidado com as pessoas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Introdução do tema da Responsabilidade e da Sustentabilidade na agenda corporativa do Grupo CPFL Energia Introdução do tema da Responsabilidade Corporativa no Planejamento Estratégico do Grupo CPFL  (“Plano Millennium”). Construção de orientações para a ação empresarial: Direcionadores Estratégicos (Visão, Missão e Princípios) e Código de Ética e de Conduta Empresarial. Criação de Diretoria responsável pelo tema no Grupo CPFL (Diretoria de Comunicação Empresarial) e da Divisão de Sustentabilidade e Responsabilidade Corporativa. Execução de um programa de sensibilização dos colaboradores a respeito dos Direcionadores Estratégicos do Grupo. Criação de um Sistema de Monitoramento e Controle (Comitê de Ética, Comitê de Sustentabilidade, etc). Apresentação em toda as reuniões semanais da Diretoria Executiva do Grupo CPFL de um relatório das agressões à marca, ocorridas no período (matérias sobre a CPFL publicadas na imprensa, reclamações dos clientes na Ouvidoria do Grupo, denúncias encaminhadas ao Comitê de Ética e Pesquisa de Opinião).
Evolução do conceito de Responsabilidade e Sustentabilidade Corporativa no Grupo CPFL Empresa Responsável Geração de valor  Econômico, Social e Ambiental Empresa com  Responsabilidade Social Ações assistencialistas Não queríamos ser reconhecidos somente pelos nossos programas externos de responsabilidade social Queríamos ser reconhecidos como uma empresa responsável
Evolução do conceito de Responsabilidade e Sustentabilidade Corporativa no Grupo CPFL ,[object Object],[object Object],CONCEITO DE RESPONSABILIDADE CONCEITO DE SUSTENTABILIDADE ,[object Object],[object Object],EMPRESA RESPONSÁVEL    NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS Responsabilidade como estratégia para evitar risco de destruição de valor Sustentabilidade como estratégia de criação de valor
Evolução do conceito de Responsabilidade e Sustentabilidade Corporativa no Grupo CPFL Conceito de responsabilidade cada vez mais abrangente Assistencialismo Até 1999 Doações pontuais (filantropia) Ações externas de apoio à comunidade Responsabilidade  Corporativa 2000 a 2003 Gerenciamento  de processos  (certificações) Busca de  qualidade dos  processos SUSTENTABILIDADE Introdução do Conceito 2004 a 2006 Qualidade nas  relações (otimização) Gestão das relações com stakeholders (relação de longo prazo) Busca do Protagonismo A partir de 2006 Mobilização e  referência  (compartilhamento) Criação de Redes de Valor
Nossa visão de responsabilidade e sustentabilidade Na CPFL Energia, buscamos integrar a responsabilidade e a sustentabilidade à Agenda de Negócios Entendemos que a sustentabilidade não é uma externalidade  (que pode ou não ser monitorada) Ela  deve integrar todos os nossos  processos de gestão
Nossa visão de responsabilidade e sustentabilidade Na CPFL, os princípios da responsabilidade e da sustentabilidade foram integrados aos objetivos empresariais Prevenir riscos   que destroem valor Fortalecer a Marca  e a Imagem corporativa   Construir  cultura organizacional sólida e integrada Estabelecer  relacionamentos de confiança,  credibilidade e respeito com stakheholders Criar valor  sustentado para   perenizar os negócios
Entre 2000 e 2008 foi implantado um sistema abrangente de gestão da responsabilidade e sustentabilidade na CPFL Energia Sistema de Gestão Integrado  SGI (MEG ®  FNQ) Sistema de Gestão e Desenvolvimento da Ética SGDE Sistema de Gestão de Riscos Empresariais (Enterprise Risk Management) Comitê de Sustentabilidade Diretrizes de Governança Corporativa Planejamento Estratégico (Métricas TSR ® ) Direcionadores Estratégicos (Visão, Missão, Princípios) Gestão  da Responsabilidade e da Sustentabilidade
Direcionadores Estratégicos do Grupo CPFL Energia Energia é essencial ao bem-estar das pessoas e ao desenvolvimento da sociedade. Nós acreditamos que  produzir e utilizar energia de forma sustentável¹  é vital para o futuro da humanidade. Visão CPFL O que pensamos sobre o futuro. ¹Produzir e utilizar energia de forma sustentável A perenidade do nosso negócio e o futuro da humanidade dependem cada vez mais do equilíbrio entre a busca de resultados econômicos e a capacidade da sociedade e da natureza suportarem o crescimento. Acreditamos que a integração dessas variáveis na produção e utilização de energia contribui para criar um estilo de vida que não gera desequilíbrio social e ambiental e produz uma sociedade segura, equilibrada, saudável e agradável de viver.
Direcionadores Estratégicos do Grupo CPFL Energia Prover soluções energéticas sustentáveis¹ , com excelência e competitividade, atuando de forma integrada à comunidade. Missão CPFL Transformando a visão em realidade. ¹Soluções energéticas sustentáveis Ao prover soluções energéticas sustentáveis, afirmamos que nossos compromissos não se resumem apenas à geração, distribuição e comercialização de energia e serviços, mas incluem também nossa capacidade de integração e inovação que proporciona ao mercado maior customização dos serviços e agilidade no atendimento de suas necessidades e expectativas.
Direcionadores Estratégicos do Grupo CPFL Energia ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Princípios CPFL A ética da marca.
Diretrizes de Governança Corporativa alinhadas com as melhores práticas internacionais ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Latin Finance e Management & Excellence Melhor Governança da América Latina 2008 e 2009 1ª companhia brasileira Rating  AA+ Annual Client Leadership Award IFC 2008 Membro da Companies Circle  OCDE/IFC ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
No ano 2000 foi implantado o Planejamento Estratégico da CPFL: Plano Millennium ,[object Object],Objetivos a serem conquistados Recursos necessários Ações a serem desenvolvidas Metas a serem alcançadas Responsáveis pelas ações
O crescimento foi baseado em Agenda Estratégica orientada para a criação de valor consistente e perene para todos os  stakeholders ,[object Object],Disciplina Financeira Governança Corporativa Diferenciada Eficiência Operacional Desenvolvimento de Pessoal Crescimento Sinérgico Sustentabilidade e Responsabilidade Corporativa
O Plano Millennium definiu os pilares de criação de valor na CPFL ,[object Object],GERAÇÃO DE VALOR AOS ACIONISTAS Integrar as novas aquisições do grupo Crescimento Garantir as melhores práticas nos Processos-chave Excelência Operacional Manter a CPFL Energia como referência em Governança Corporativa Sustentabilidade Manter a CPFL Energia como referência em Responsabilidade e Sustentabilidade Corporativa Fortalecer a imagem institucional Controlar e reduzir riscos dos processos Promover e gerenciar o sistema de gestão do conhecimento no Grupo CPFL Desenvolver competências chave requeridas pelos negócios Manter clima organizacional saudável e motivador Reduzir despesas e melhorar processos de Gestão de Pessoas Gestão de Pessoas
Nele também foram definidas as métricas de avaliação do desempenho do Grupo ,[object Object],Acompanhamento das metas pelo Portal de Negócios (GVA) Árvore de Valor Painel de Gestão e ICDs Prometa: Acompanhamento dos projetos e iniciativas Valor Pessoal: Contratação de objetivos individuais
O Plano Millennium orientou as ações de todos os colaboradores, de 2000 a 2008 ,[object Object]
Sistema de Gestão Integrado - SGI ,[object Object],ISO 9001 OHSAS  18001 SA 8000 ISO 14001 Certificações  NA NA NA                  Meta 2009/2010
Em 2001 a CPFL implantou a primeira versão do Código de Ética e de Conduta Empresarial. Em 2007 foi publicada a versão revisada do Código ,[object Object],2a. Versão 2007 (Evento de Lançamento dez/06) 1a. Versão 2001
Natureza do Código de Ética CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA EMPRESARIAL DA CPFL ENERGIA Formalização de Compromissos Empresariais Explicitação de  responsabilidades perante Parceiros Guia para a tomada de Decisões Balizas para orientar as ações dos profissionais Um Código de Ética é um instrumento de exteriorização da visão, missão e valores da empresa, que orienta suas ações, e explicita sua conduta ética a todos os públicos com quem se relaciona.
Incorporação de temas relevantes na versão revisada do Código de Ética 1. Sustentabilidade 2. Governança Corporativa (SOx) 3. Excelência 4. Qualidade de Vida 5. Assédio Moral 6. Diversidade 7. Estímulo ao Voluntariado
Sistema de Gestão e Desenvolvimento da Ética - SGDE Os grandes desafios que a CPFL Energia tem buscado enfrentar Como fortalecer, entre os nossos profissionais,  atitudes e comportamentos éticos e responsáveis? Como  garantir que os nossos valores orientem nossas práticas, rotinas e decisões cotidianas? ,[object Object]
Sistema de Gestão e Desenvolvimento da Ética - SGDE Fundamentos Conceituais ,[object Object],[object Object],[object Object]
Sistema de Gestão e Desenvolvimento da Ética - SGDE Objetivos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Sistema de Gestão e Desenvolvimento da Ética - SGDE ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Canal de Conduta Ética transgressões ao Código de Ética ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Canal para Denúncia de fraudes de natureza contábil e fiscal ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Canal “Fale com o Presidente”
Sistema de Gestão e Desenvolvimento da Ética - SGDE ,[object Object],Comitê de Ética é o principal dispositivo do SGDE ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Sistema de Gestão e Desenvolvimento da Ética - SGDE ,[object Object],Rede Ética ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Sistema de Gestão e Desenvolvimento da Ética - SGDE ,[object Object],Mapeamento de Riscos/Vulnerabilidades Éticas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Sistema de Gestão e Desenvolvimento da Ética - SGDE ,[object Object],Plano de Inculturação do Código de Ética ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Sistema de Gestão de Riscos Empresariais ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Estrutura de Controle Interno Relatório de Exposição Financeira ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Comitê de Sustentabilidade ,[object Object],Cadeia  Reversa Balanço de Carbono Consumo Consciente Energia  para  o futuro Biodiversidade Sustentabilidade envolvendo as usinas ,[object Object],[object Object],Histórico e Composição Frentes de atuação ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Agenda O Grupo CPFL Energia hoje Sustentabilidade, Ética e Transparência como pilares do crescimento Programa de Relacionamento com Acionistas e Mercado de Capitais
Programa de Relacionamento com Acionistas e Mercado de Capitas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Apimec - RJ Apimec - SP
Programa de Relacionamento com Acionistas e Mercado de Capitas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Site de RI - www.cpfl.com.br/ri Versões Português/Inglês Newsletter  Investidor Fact Sheet
Programa de Relacionamento com Acionistas e Mercado de Capitas ,[object Object],Nov/2008 Local: 3º Encontro com Investidores em São Paulo e visita a UHE Campos Novos Nº participantes: 160 Nov/2006 Local: 1º Encontro com Investidores na sede, em Campinas Nº participantes: 75 Nov/2007 Local: 2º Encontro com Investidores na sede em Campinas e visita a PCH Salto Grande  Nº participantes: 80
Programa de Relacionamento com Acionistas e Mercado de Capitas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Circuito Expo Money  São Paulo - SP Curitiba - PR Rio de Janeiro - RJ
Programa de Relacionamento com Acionistas e Mercado de Capitas ,[object Object],A CPFL Energia foi a primeira empresa do setor elétrico brasileiro e a segunda do País, a incorporar as diretrizes da  Global Reporting Initiative  – GRI em seu Relatório Anual ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Acesse: www.cpfl.com.br/ri  2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008
Obrigado ! Augusto Rodrigues Fone: (19)3756-8923 E-mail: augustorodrigues@cpfl.com.br
Governança e Sustentabilidade  como Pilares do Crescimento do Grupo CPFL Energia Augusto Rodrigues Diretor de Comunicação Empresarial 16 de julho de 2009 A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

etica no trabalho
 etica no trabalho etica no trabalho
etica no trabalhoMila Rosa
 
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIALAPRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIALINSTITUTO VOZ POPULAR
 
Orientação de carreira para jovens do ensino médio
Orientação de carreira para jovens do ensino médioOrientação de carreira para jovens do ensino médio
Orientação de carreira para jovens do ensino médioEdson Carli
 
O Processo Empreendedor
O Processo EmpreendedorO Processo Empreendedor
O Processo EmpreendedorKátia Jucá
 
Palestra carreira e profissões jovens igreja são judas
Palestra carreira e profissões jovens igreja são judasPalestra carreira e profissões jovens igreja são judas
Palestra carreira e profissões jovens igreja são judasSandra Marques
 
Empreendedorismo social - Dinâmica ministrada no Colégio Liceu
Empreendedorismo social - Dinâmica ministrada no Colégio LiceuEmpreendedorismo social - Dinâmica ministrada no Colégio Liceu
Empreendedorismo social - Dinâmica ministrada no Colégio LiceuRafael Art
 
Slide Qualidade de Vida no Trabalho
Slide Qualidade de Vida no TrabalhoSlide Qualidade de Vida no Trabalho
Slide Qualidade de Vida no TrabalhoCrícia Silva
 
éTica e formação profissional
éTica e formação profissional   éTica e formação profissional
éTica e formação profissional Darlan Campos
 
A evolução da mulher no mercado de trabalho
A evolução da mulher no mercado de trabalhoA evolução da mulher no mercado de trabalho
A evolução da mulher no mercado de trabalhoJéssica Martins
 
Tudo sobre o programa de ensino integral
Tudo sobre o programa de ensino integralTudo sobre o programa de ensino integral
Tudo sobre o programa de ensino integralLu Rossetto
 
Trabalho de etica e deontologia profissional
Trabalho de etica e deontologia profissionalTrabalho de etica e deontologia profissional
Trabalho de etica e deontologia profissionalOsvaldo Gimo
 
A Escolha de uma Profissão
A Escolha de uma ProfissãoA Escolha de uma Profissão
A Escolha de uma ProfissãoCassia Dias
 

Mais procurados (20)

etica no trabalho
 etica no trabalho etica no trabalho
etica no trabalho
 
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIALAPRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
 
Orientação de carreira para jovens do ensino médio
Orientação de carreira para jovens do ensino médioOrientação de carreira para jovens do ensino médio
Orientação de carreira para jovens do ensino médio
 
O Processo Empreendedor
O Processo EmpreendedorO Processo Empreendedor
O Processo Empreendedor
 
Palestra carreira e profissões jovens igreja são judas
Palestra carreira e profissões jovens igreja são judasPalestra carreira e profissões jovens igreja são judas
Palestra carreira e profissões jovens igreja são judas
 
Empreendedorismo social - Dinâmica ministrada no Colégio Liceu
Empreendedorismo social - Dinâmica ministrada no Colégio LiceuEmpreendedorismo social - Dinâmica ministrada no Colégio Liceu
Empreendedorismo social - Dinâmica ministrada no Colégio Liceu
 
Slide Qualidade de Vida no Trabalho
Slide Qualidade de Vida no TrabalhoSlide Qualidade de Vida no Trabalho
Slide Qualidade de Vida no Trabalho
 
Planejamento de carreira v4 - 06042017
Planejamento de carreira   v4 - 06042017Planejamento de carreira   v4 - 06042017
Planejamento de carreira v4 - 06042017
 
Ética e Responsabilidade Social
Ética e Responsabilidade SocialÉtica e Responsabilidade Social
Ética e Responsabilidade Social
 
Mercado de trabalho
Mercado de trabalhoMercado de trabalho
Mercado de trabalho
 
Ética no trabalho
Ética no trabalhoÉtica no trabalho
Ética no trabalho
 
éTica e formação profissional
éTica e formação profissional   éTica e formação profissional
éTica e formação profissional
 
A evolução da mulher no mercado de trabalho
A evolução da mulher no mercado de trabalhoA evolução da mulher no mercado de trabalho
A evolução da mulher no mercado de trabalho
 
Tudo sobre o programa de ensino integral
Tudo sobre o programa de ensino integralTudo sobre o programa de ensino integral
Tudo sobre o programa de ensino integral
 
Palestra - Mercado de Trabalho
Palestra - Mercado de TrabalhoPalestra - Mercado de Trabalho
Palestra - Mercado de Trabalho
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
 
Trabalho de etica e deontologia profissional
Trabalho de etica e deontologia profissionalTrabalho de etica e deontologia profissional
Trabalho de etica e deontologia profissional
 
A Escolha de uma Profissão
A Escolha de uma ProfissãoA Escolha de uma Profissão
A Escolha de uma Profissão
 
Programa Jovem Aprendiz
Programa Jovem AprendizPrograma Jovem Aprendiz
Programa Jovem Aprendiz
 
Codigo de etica
Codigo de eticaCodigo de etica
Codigo de etica
 

Destaque

Destaque (20)

Helllennn 33 mp
Helllennn 33 mpHelllennn 33 mp
Helllennn 33 mp
 
Projeto Copa - Santa Marta
Projeto Copa - Santa MartaProjeto Copa - Santa Marta
Projeto Copa - Santa Marta
 
201 - FILOSOFIA
201 - FILOSOFIA201 - FILOSOFIA
201 - FILOSOFIA
 
Filosofia milena 22
Filosofia milena 22Filosofia milena 22
Filosofia milena 22
 
Aulas EspecíFicas Filosofia 2 Fase Aula 05 E 06 2007 Revisado
Aulas EspecíFicas Filosofia 2 Fase Aula 05 E 06 2007 RevisadoAulas EspecíFicas Filosofia 2 Fase Aula 05 E 06 2007 Revisado
Aulas EspecíFicas Filosofia 2 Fase Aula 05 E 06 2007 Revisado
 
Dualismo de propriedades
Dualismo de propriedadesDualismo de propriedades
Dualismo de propriedades
 
Huberto Rohden - De Alma Para Alma
Huberto Rohden - De Alma Para AlmaHuberto Rohden - De Alma Para Alma
Huberto Rohden - De Alma Para Alma
 
Amor e filosofia
Amor e filosofiaAmor e filosofia
Amor e filosofia
 
Sensação, percepção e razão
Sensação, percepção e razãoSensação, percepção e razão
Sensação, percepção e razão
 
Filosofia II bimestre -1º ano
Filosofia II  bimestre -1º anoFilosofia II  bimestre -1º ano
Filosofia II bimestre -1º ano
 
Plano de ensino filisofia
Plano de ensino filisofiaPlano de ensino filisofia
Plano de ensino filisofia
 
Desenvolvimento humano
Desenvolvimento humanoDesenvolvimento humano
Desenvolvimento humano
 
Sentido do Amor na filosofia
Sentido do Amor na filosofiaSentido do Amor na filosofia
Sentido do Amor na filosofia
 
Filosofia passagem do mito para a razão
Filosofia passagem do mito para a razãoFilosofia passagem do mito para a razão
Filosofia passagem do mito para a razão
 
Cap 15 Filosofia Estética
Cap 15  Filosofia EstéticaCap 15  Filosofia Estética
Cap 15 Filosofia Estética
 
Etica e cidadania 2
Etica e cidadania 2Etica e cidadania 2
Etica e cidadania 2
 
NOÇÕES DE DIREITO
NOÇÕES DE DIREITONOÇÕES DE DIREITO
NOÇÕES DE DIREITO
 
Ética e Moral
Ética e Moral   Ética e Moral
Ética e Moral
 
Passagem do mito à filosofia
Passagem do mito à filosofiaPassagem do mito à filosofia
Passagem do mito à filosofia
 
ÉTica e cidadania 2
ÉTica e cidadania 2ÉTica e cidadania 2
ÉTica e cidadania 2
 

Semelhante a Governança e Sustentabilidade como Pilares do Crescimento do Grupo CPFL Energia - Augusto Rodrigues Diretor de Comunicação Empresarial

CPFL Energia Gerando Valor Contínuo - Sr. Augusto Rodrigues
CPFL Energia Gerando Valor Contínuo - Sr. Augusto RodriguesCPFL Energia Gerando Valor Contínuo - Sr. Augusto Rodrigues
CPFL Energia Gerando Valor Contínuo - Sr. Augusto RodriguesCPFL RI
 
Cpfl energia gerando valor contínuo sr. augusto rodrigues
Cpfl energia gerando valor contínuo   sr. augusto rodriguesCpfl energia gerando valor contínuo   sr. augusto rodrigues
Cpfl energia gerando valor contínuo sr. augusto rodriguesCPFL RI
 
Congresso Apimec José Luiz AlquéRes
Congresso Apimec José Luiz AlquéResCongresso Apimec José Luiz AlquéRes
Congresso Apimec José Luiz AlquéResapimec
 
Panorama da Eficiência Energética na Indústria e Comércio
Panorama da Eficiência Energética na Indústria e ComércioPanorama da Eficiência Energética na Indústria e Comércio
Panorama da Eficiência Energética na Indústria e Comércioslides-mci
 
Gestão do ciclo de vida de produtos
Gestão do ciclo de vida de produtosGestão do ciclo de vida de produtos
Gestão do ciclo de vida de produtosGAVOLUNTARIA
 
Impsa relatório de sustentabilidade 2010-12
Impsa   relatório de sustentabilidade 2010-12Impsa   relatório de sustentabilidade 2010-12
Impsa relatório de sustentabilidade 2010-12wesleyfteixeira
 
Semana do administrador ufsc 2011
Semana do administrador ufsc 2011Semana do administrador ufsc 2011
Semana do administrador ufsc 2011Paulo Bastos
 
Sustentabilidade Empresarial para Transformação Duradoura
Sustentabilidade Empresarial para Transformação DuradouraSustentabilidade Empresarial para Transformação Duradoura
Sustentabilidade Empresarial para Transformação Duradouramarketingoutlierbill
 
Conferência Ethos 360°: Tarcila Reis
Conferência Ethos 360°: Tarcila ReisConferência Ethos 360°: Tarcila Reis
Conferência Ethos 360°: Tarcila Reisinstitutoethos
 
Revista Negócio Sustentável
Revista Negócio SustentávelRevista Negócio Sustentável
Revista Negócio SustentávelSergio Molinari
 
Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade
Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade
Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade Dialogus Consultoria
 
Curso sobre Organizações Sustentáveis
Curso sobre Organizações SustentáveisCurso sobre Organizações Sustentáveis
Curso sobre Organizações SustentáveisEduardo Fagundes
 
Aequo Soluções em sustentabilidade
Aequo Soluções em sustentabilidadeAequo Soluções em sustentabilidade
Aequo Soluções em sustentabilidadeFrancisco Sales
 
Aequo Soluções em Sustentabilidade
Aequo Soluções em SustentabilidadeAequo Soluções em Sustentabilidade
Aequo Soluções em SustentabilidadeAndre Montagna
 
como-atender-requisitos-de-gestão-para-clientes-com-base-no-meg-da-fnq
como-atender-requisitos-de-gestão-para-clientes-com-base-no-meg-da-fnqcomo-atender-requisitos-de-gestão-para-clientes-com-base-no-meg-da-fnq
como-atender-requisitos-de-gestão-para-clientes-com-base-no-meg-da-fnqJéssica Cristina
 
E-Book Sustentabilidade DOM Strategy Partners 2009
 E-Book Sustentabilidade DOM Strategy Partners 2009 E-Book Sustentabilidade DOM Strategy Partners 2009
E-Book Sustentabilidade DOM Strategy Partners 2009DOM Strategy Partners
 

Semelhante a Governança e Sustentabilidade como Pilares do Crescimento do Grupo CPFL Energia - Augusto Rodrigues Diretor de Comunicação Empresarial (20)

CPFL Energia Gerando Valor Contínuo - Sr. Augusto Rodrigues
CPFL Energia Gerando Valor Contínuo - Sr. Augusto RodriguesCPFL Energia Gerando Valor Contínuo - Sr. Augusto Rodrigues
CPFL Energia Gerando Valor Contínuo - Sr. Augusto Rodrigues
 
Cpfl energia gerando valor contínuo sr. augusto rodrigues
Cpfl energia gerando valor contínuo   sr. augusto rodriguesCpfl energia gerando valor contínuo   sr. augusto rodrigues
Cpfl energia gerando valor contínuo sr. augusto rodrigues
 
Congresso Apimec José Luiz AlquéRes
Congresso Apimec José Luiz AlquéResCongresso Apimec José Luiz AlquéRes
Congresso Apimec José Luiz AlquéRes
 
Panorama da Eficiência Energética na Indústria e Comércio
Panorama da Eficiência Energética na Indústria e ComércioPanorama da Eficiência Energética na Indústria e Comércio
Panorama da Eficiência Energética na Indústria e Comércio
 
Gestão do ciclo de vida de produtos
Gestão do ciclo de vida de produtosGestão do ciclo de vida de produtos
Gestão do ciclo de vida de produtos
 
Impsa relatório de sustentabilidade 2010-12
Impsa   relatório de sustentabilidade 2010-12Impsa   relatório de sustentabilidade 2010-12
Impsa relatório de sustentabilidade 2010-12
 
Semana do administrador ufsc 2011
Semana do administrador ufsc 2011Semana do administrador ufsc 2011
Semana do administrador ufsc 2011
 
Sustentabilidade Empresarial para Transformação Duradoura
Sustentabilidade Empresarial para Transformação DuradouraSustentabilidade Empresarial para Transformação Duradoura
Sustentabilidade Empresarial para Transformação Duradoura
 
Conferência Ethos 360°: Tarcila Reis
Conferência Ethos 360°: Tarcila ReisConferência Ethos 360°: Tarcila Reis
Conferência Ethos 360°: Tarcila Reis
 
Guilherme abreu arcelor_mittal_vo_final
Guilherme abreu arcelor_mittal_vo_finalGuilherme abreu arcelor_mittal_vo_final
Guilherme abreu arcelor_mittal_vo_final
 
Revista Negócio Sustentável
Revista Negócio SustentávelRevista Negócio Sustentável
Revista Negócio Sustentável
 
RS2021_RAIZEN_PT.pdf
RS2021_RAIZEN_PT.pdfRS2021_RAIZEN_PT.pdf
RS2021_RAIZEN_PT.pdf
 
Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade
Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade
Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade
 
Curso sobre Organizações Sustentáveis
Curso sobre Organizações SustentáveisCurso sobre Organizações Sustentáveis
Curso sobre Organizações Sustentáveis
 
Aequo
AequoAequo
Aequo
 
Aequo Soluções em sustentabilidade
Aequo Soluções em sustentabilidadeAequo Soluções em sustentabilidade
Aequo Soluções em sustentabilidade
 
Aequo Soluções em Sustentabilidade
Aequo Soluções em SustentabilidadeAequo Soluções em Sustentabilidade
Aequo Soluções em Sustentabilidade
 
GPA_RS2020.pdf
GPA_RS2020.pdfGPA_RS2020.pdf
GPA_RS2020.pdf
 
como-atender-requisitos-de-gestão-para-clientes-com-base-no-meg-da-fnq
como-atender-requisitos-de-gestão-para-clientes-com-base-no-meg-da-fnqcomo-atender-requisitos-de-gestão-para-clientes-com-base-no-meg-da-fnq
como-atender-requisitos-de-gestão-para-clientes-com-base-no-meg-da-fnq
 
E-Book Sustentabilidade DOM Strategy Partners 2009
 E-Book Sustentabilidade DOM Strategy Partners 2009 E-Book Sustentabilidade DOM Strategy Partners 2009
E-Book Sustentabilidade DOM Strategy Partners 2009
 

Mais de IBRI

Apresentacao Geraldo Pesquisa Ibri Cvm
Apresentacao Geraldo   Pesquisa Ibri CvmApresentacao Geraldo   Pesquisa Ibri Cvm
Apresentacao Geraldo Pesquisa Ibri CvmIBRI
 
Apresentação Weg
Apresentação WegApresentação Weg
Apresentação WegIBRI
 
Apresentação Itaú
Apresentação ItaúApresentação Itaú
Apresentação ItaúIBRI
 
IBRI Aspectos Juridicos Midias Sociais_Patricia Peck
IBRI Aspectos Juridicos Midias Sociais_Patricia PeckIBRI Aspectos Juridicos Midias Sociais_Patricia Peck
IBRI Aspectos Juridicos Midias Sociais_Patricia PeckIBRI
 
Fgv Workshop Ir Brazil Awards 2009
Fgv  Workshop Ir Brazil Awards 2009Fgv  Workshop Ir Brazil Awards 2009
Fgv Workshop Ir Brazil Awards 2009IBRI
 
Ir Magazine Neil Stewart Leg
Ir Magazine   Neil Stewart LegIr Magazine   Neil Stewart Leg
Ir Magazine Neil Stewart LegIBRI
 
04 Itaú Ir Awards
04   Itaú   Ir Awards04   Itaú   Ir Awards
04 Itaú Ir AwardsIBRI
 
Magnesita Realizacoes Ri Ago09
Magnesita  Realizacoes Ri Ago09Magnesita  Realizacoes Ri Ago09
Magnesita Realizacoes Ri Ago09IBRI
 
Conceitos e benefícios do Targeting
Conceitos e benefícios do TargetingConceitos e benefícios do Targeting
Conceitos e benefícios do TargetingIBRI
 
As ferramentas de Targeting
As ferramentas de TargetingAs ferramentas de Targeting
As ferramentas de TargetingIBRI
 
Sales - O targeting em ação
Sales - O targeting em açãoSales - O targeting em ação
Sales - O targeting em açãoIBRI
 
A Mídia Social em RI
A Mídia Social em RIA Mídia Social em RI
A Mídia Social em RIIBRI
 
A experiência do CRM em outras áreas da Cia.
A experiência do CRM em outras áreas da Cia.A experiência do CRM em outras áreas da Cia.
A experiência do CRM em outras áreas da Cia.IBRI
 
A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais - Flavia Moura Fe...
A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais - Flavia Moura Fe...A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais - Flavia Moura Fe...
A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais - Flavia Moura Fe...IBRI
 
A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais - Adriana Sanches...
A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais - Adriana Sanches...A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais - Adriana Sanches...
A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais - Adriana Sanches...IBRI
 
TRANSPARÊNCIA E SUSTENTABILIDADE NAS EMPRESAS DO IBOVESPA - 2009 -Willian COX...
TRANSPARÊNCIA E SUSTENTABILIDADE NAS EMPRESAS DO IBOVESPA - 2009 -Willian COX...TRANSPARÊNCIA E SUSTENTABILIDADE NAS EMPRESAS DO IBOVESPA - 2009 -Willian COX...
TRANSPARÊNCIA E SUSTENTABILIDADE NAS EMPRESAS DO IBOVESPA - 2009 -Willian COX...IBRI
 
A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais- Curtis Smith, BN...
A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais- Curtis Smith, BN...A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais- Curtis Smith, BN...
A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais- Curtis Smith, BN...IBRI
 
4ª Pesquisa Profissional de RI
4ª Pesquisa Profissional de RI4ª Pesquisa Profissional de RI
4ª Pesquisa Profissional de RIIBRI
 
29/10/2007 Apresentação NYSE
29/10/2007 Apresentação NYSE29/10/2007 Apresentação NYSE
29/10/2007 Apresentação NYSEIBRI
 
MBA IBRI Fipecafi Nelson Ortega BM&FBovespa
MBA IBRI Fipecafi Nelson Ortega BM&FBovespaMBA IBRI Fipecafi Nelson Ortega BM&FBovespa
MBA IBRI Fipecafi Nelson Ortega BM&FBovespaIBRI
 

Mais de IBRI (20)

Apresentacao Geraldo Pesquisa Ibri Cvm
Apresentacao Geraldo   Pesquisa Ibri CvmApresentacao Geraldo   Pesquisa Ibri Cvm
Apresentacao Geraldo Pesquisa Ibri Cvm
 
Apresentação Weg
Apresentação WegApresentação Weg
Apresentação Weg
 
Apresentação Itaú
Apresentação ItaúApresentação Itaú
Apresentação Itaú
 
IBRI Aspectos Juridicos Midias Sociais_Patricia Peck
IBRI Aspectos Juridicos Midias Sociais_Patricia PeckIBRI Aspectos Juridicos Midias Sociais_Patricia Peck
IBRI Aspectos Juridicos Midias Sociais_Patricia Peck
 
Fgv Workshop Ir Brazil Awards 2009
Fgv  Workshop Ir Brazil Awards 2009Fgv  Workshop Ir Brazil Awards 2009
Fgv Workshop Ir Brazil Awards 2009
 
Ir Magazine Neil Stewart Leg
Ir Magazine   Neil Stewart LegIr Magazine   Neil Stewart Leg
Ir Magazine Neil Stewart Leg
 
04 Itaú Ir Awards
04   Itaú   Ir Awards04   Itaú   Ir Awards
04 Itaú Ir Awards
 
Magnesita Realizacoes Ri Ago09
Magnesita  Realizacoes Ri Ago09Magnesita  Realizacoes Ri Ago09
Magnesita Realizacoes Ri Ago09
 
Conceitos e benefícios do Targeting
Conceitos e benefícios do TargetingConceitos e benefícios do Targeting
Conceitos e benefícios do Targeting
 
As ferramentas de Targeting
As ferramentas de TargetingAs ferramentas de Targeting
As ferramentas de Targeting
 
Sales - O targeting em ação
Sales - O targeting em açãoSales - O targeting em ação
Sales - O targeting em ação
 
A Mídia Social em RI
A Mídia Social em RIA Mídia Social em RI
A Mídia Social em RI
 
A experiência do CRM em outras áreas da Cia.
A experiência do CRM em outras áreas da Cia.A experiência do CRM em outras áreas da Cia.
A experiência do CRM em outras áreas da Cia.
 
A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais - Flavia Moura Fe...
A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais - Flavia Moura Fe...A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais - Flavia Moura Fe...
A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais - Flavia Moura Fe...
 
A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais - Adriana Sanches...
A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais - Adriana Sanches...A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais - Adriana Sanches...
A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais - Adriana Sanches...
 
TRANSPARÊNCIA E SUSTENTABILIDADE NAS EMPRESAS DO IBOVESPA - 2009 -Willian COX...
TRANSPARÊNCIA E SUSTENTABILIDADE NAS EMPRESAS DO IBOVESPA - 2009 -Willian COX...TRANSPARÊNCIA E SUSTENTABILIDADE NAS EMPRESAS DO IBOVESPA - 2009 -Willian COX...
TRANSPARÊNCIA E SUSTENTABILIDADE NAS EMPRESAS DO IBOVESPA - 2009 -Willian COX...
 
A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais- Curtis Smith, BN...
A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais- Curtis Smith, BN...A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais- Curtis Smith, BN...
A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais- Curtis Smith, BN...
 
4ª Pesquisa Profissional de RI
4ª Pesquisa Profissional de RI4ª Pesquisa Profissional de RI
4ª Pesquisa Profissional de RI
 
29/10/2007 Apresentação NYSE
29/10/2007 Apresentação NYSE29/10/2007 Apresentação NYSE
29/10/2007 Apresentação NYSE
 
MBA IBRI Fipecafi Nelson Ortega BM&FBovespa
MBA IBRI Fipecafi Nelson Ortega BM&FBovespaMBA IBRI Fipecafi Nelson Ortega BM&FBovespa
MBA IBRI Fipecafi Nelson Ortega BM&FBovespa
 

Governança e Sustentabilidade como Pilares do Crescimento do Grupo CPFL Energia - Augusto Rodrigues Diretor de Comunicação Empresarial

  • 1. Governança e Sustentabilidade como Pilares do Crescimento do Grupo CPFL Energia Augusto Rodrigues Diretor de Comunicação Empresarial 16 de julho de 2009 A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais
  • 2. Agenda O Grupo CPFL Energia hoje Sustentabilidade, Ética e Transparência como pilares do crescimento Programa de Relacionamento com Acionistas e Mercado de Capitais
  • 3.
  • 4. A CPFL Energia lidera o maior grupo privado do setor elétrico nacional ¹ Inclui participação da empresa Camargo Corrêa S.A. ² Através das Empresas Jaguari Geração, Paulista Lajeado e Investco COMERCIALIZAÇÃO e SVA DISTRIBUIÇÃO Free Float 25,7%¹ 31,1% 12,7% 30,5% 99,99% 100% 100% 90,15% 87,80% 89,75% 96,56% 100% 6,93% UHE Lajeado² 100% 100% 65% 25,01% 48,72% 51% 100% GERAÇÃO 100% 100% 100% 99,95% 100% 100% 89,81%
  • 5. Agenda O Grupo CPFL Energia hoje Sustentabilidade, Ética e Transparência como pilares do crescimento Programa de Relacionamento com Acionistas e Mercado de Capitais
  • 6.
  • 7.
  • 8. Introdução do tema da Responsabilidade e da Sustentabilidade na agenda corporativa do Grupo CPFL Energia Introdução do tema da Responsabilidade Corporativa no Planejamento Estratégico do Grupo CPFL (“Plano Millennium”). Construção de orientações para a ação empresarial: Direcionadores Estratégicos (Visão, Missão e Princípios) e Código de Ética e de Conduta Empresarial. Criação de Diretoria responsável pelo tema no Grupo CPFL (Diretoria de Comunicação Empresarial) e da Divisão de Sustentabilidade e Responsabilidade Corporativa. Execução de um programa de sensibilização dos colaboradores a respeito dos Direcionadores Estratégicos do Grupo. Criação de um Sistema de Monitoramento e Controle (Comitê de Ética, Comitê de Sustentabilidade, etc). Apresentação em toda as reuniões semanais da Diretoria Executiva do Grupo CPFL de um relatório das agressões à marca, ocorridas no período (matérias sobre a CPFL publicadas na imprensa, reclamações dos clientes na Ouvidoria do Grupo, denúncias encaminhadas ao Comitê de Ética e Pesquisa de Opinião).
  • 9. Evolução do conceito de Responsabilidade e Sustentabilidade Corporativa no Grupo CPFL Empresa Responsável Geração de valor Econômico, Social e Ambiental Empresa com Responsabilidade Social Ações assistencialistas Não queríamos ser reconhecidos somente pelos nossos programas externos de responsabilidade social Queríamos ser reconhecidos como uma empresa responsável
  • 10.
  • 11. Evolução do conceito de Responsabilidade e Sustentabilidade Corporativa no Grupo CPFL Conceito de responsabilidade cada vez mais abrangente Assistencialismo Até 1999 Doações pontuais (filantropia) Ações externas de apoio à comunidade Responsabilidade Corporativa 2000 a 2003 Gerenciamento de processos (certificações) Busca de qualidade dos processos SUSTENTABILIDADE Introdução do Conceito 2004 a 2006 Qualidade nas relações (otimização) Gestão das relações com stakeholders (relação de longo prazo) Busca do Protagonismo A partir de 2006 Mobilização e referência (compartilhamento) Criação de Redes de Valor
  • 12. Nossa visão de responsabilidade e sustentabilidade Na CPFL Energia, buscamos integrar a responsabilidade e a sustentabilidade à Agenda de Negócios Entendemos que a sustentabilidade não é uma externalidade (que pode ou não ser monitorada) Ela deve integrar todos os nossos processos de gestão
  • 13. Nossa visão de responsabilidade e sustentabilidade Na CPFL, os princípios da responsabilidade e da sustentabilidade foram integrados aos objetivos empresariais Prevenir riscos que destroem valor Fortalecer a Marca e a Imagem corporativa Construir cultura organizacional sólida e integrada Estabelecer relacionamentos de confiança, credibilidade e respeito com stakheholders Criar valor sustentado para perenizar os negócios
  • 14. Entre 2000 e 2008 foi implantado um sistema abrangente de gestão da responsabilidade e sustentabilidade na CPFL Energia Sistema de Gestão Integrado SGI (MEG ® FNQ) Sistema de Gestão e Desenvolvimento da Ética SGDE Sistema de Gestão de Riscos Empresariais (Enterprise Risk Management) Comitê de Sustentabilidade Diretrizes de Governança Corporativa Planejamento Estratégico (Métricas TSR ® ) Direcionadores Estratégicos (Visão, Missão, Princípios) Gestão da Responsabilidade e da Sustentabilidade
  • 15. Direcionadores Estratégicos do Grupo CPFL Energia Energia é essencial ao bem-estar das pessoas e ao desenvolvimento da sociedade. Nós acreditamos que produzir e utilizar energia de forma sustentável¹ é vital para o futuro da humanidade. Visão CPFL O que pensamos sobre o futuro. ¹Produzir e utilizar energia de forma sustentável A perenidade do nosso negócio e o futuro da humanidade dependem cada vez mais do equilíbrio entre a busca de resultados econômicos e a capacidade da sociedade e da natureza suportarem o crescimento. Acreditamos que a integração dessas variáveis na produção e utilização de energia contribui para criar um estilo de vida que não gera desequilíbrio social e ambiental e produz uma sociedade segura, equilibrada, saudável e agradável de viver.
  • 16. Direcionadores Estratégicos do Grupo CPFL Energia Prover soluções energéticas sustentáveis¹ , com excelência e competitividade, atuando de forma integrada à comunidade. Missão CPFL Transformando a visão em realidade. ¹Soluções energéticas sustentáveis Ao prover soluções energéticas sustentáveis, afirmamos que nossos compromissos não se resumem apenas à geração, distribuição e comercialização de energia e serviços, mas incluem também nossa capacidade de integração e inovação que proporciona ao mercado maior customização dos serviços e agilidade no atendimento de suas necessidades e expectativas.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26. Natureza do Código de Ética CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA EMPRESARIAL DA CPFL ENERGIA Formalização de Compromissos Empresariais Explicitação de responsabilidades perante Parceiros Guia para a tomada de Decisões Balizas para orientar as ações dos profissionais Um Código de Ética é um instrumento de exteriorização da visão, missão e valores da empresa, que orienta suas ações, e explicita sua conduta ética a todos os públicos com quem se relaciona.
  • 27. Incorporação de temas relevantes na versão revisada do Código de Ética 1. Sustentabilidade 2. Governança Corporativa (SOx) 3. Excelência 4. Qualidade de Vida 5. Assédio Moral 6. Diversidade 7. Estímulo ao Voluntariado
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 36.
  • 37.
  • 38. Agenda O Grupo CPFL Energia hoje Sustentabilidade, Ética e Transparência como pilares do crescimento Programa de Relacionamento com Acionistas e Mercado de Capitais
  • 39.
  • 40.
  • 41.
  • 42.
  • 43.
  • 44. Obrigado ! Augusto Rodrigues Fone: (19)3756-8923 E-mail: augustorodrigues@cpfl.com.br
  • 45. Governança e Sustentabilidade como Pilares do Crescimento do Grupo CPFL Energia Augusto Rodrigues Diretor de Comunicação Empresarial 16 de julho de 2009 A Transparência e a Sustentabilidade no Mercado de Capitais

Notas do Editor

  1. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  2. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  3. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  4. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  5. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  6. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  7. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  8. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  9. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  10. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  11. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  12. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  13. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  14. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  15. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  16. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  17. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  18. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  19. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  20. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  21. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  22. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  23. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  24. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  25. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  26. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  27. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  28. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  29. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  30. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  31. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  32. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  33. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  34. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  35. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  36. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  37. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.
  38. Nota: “Atenção: Antes de imprimir, lembre-se de seu compromisso com o Meio Ambiente e do Custo que você pode evitar”.