SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
1
Artigo Referente a Branding e Posicionamento de
Marca
São José, 28 de dezembro de 2008
2
Produção de Artigo Referente à Publicidade e mercado na área de branding,
serviços e pesquisa de mercado, as relações com o consumidor.
RESUMO
Branding significa “trabalhar a personalidade e fixação da marca, não busca um
método específico, mas sim uma maneira de pensar, uma filosofia de trabalho que
utiliza conceitos de design, marketing, administração, antropologia, psicologia,
arquitetura e propaganda para operar com um universo de valores que
representem sua empresa para consolidá-la perante seus clientes.
Branding é mais do que apenas se certificar de que os clientes reconheçam a
logomarca ou o nome de um produto; mas sim uma associação emocional entre o
cliente e um produto, serviço ou empresa por meio de uma mensagem
transparente, clara que desperte o real interesse do consumidor. Uma marca forte
é requisito básico para competir e se sobressair num mercado tão dinâmico em
que vivemos atualmente – vai mais longe quem inova, renova e busca
principalmente entender e compreender seus clientes. O programa bem sucedido
de branding é baseado no conceito da singularidade, onde cria-se na mente do
potencial consumidor uma sensação de que não existe nenhum outro produto no
mercado como o seu produto.No fim dos anos 90 foi que o branding passou a ser
conceituado como “next big thing” do marketing. Proporcionam-lhe a perspectiva
de que necessita para construir a marca que se distinguirá no extremamente
confuso e povoado mercado concorrencial.
Palavras-chave: segmentar, inovar, surpreender.
3
INTRODUÇÃO
Uma das questões mais interessantes do mercado consumidor e
consumerista em que vivemos é o poder que uma marca exerce sobre seus
clientes, e fica uma pergunta dentre tantas – até onde vai a relação de fidelidade
entre o Cliente e a marca que consome?
Estudo de caso em várias situações e empresa, os valores de marca e
todo a sua importância mercadológica nos faz crer que cada vez mais as
empresas estão preocupadas não só com a importância de suas marcas, mas
também em todo o processo que provém desde a produção (dentro de fábrica) até
o instante “final “ onde o consumidor utiliza ou mesmo consome tal produto.
O processo de estudo e preocupação em de manter a excelência da
marca, desenvolver todo um trabalho de imagem e qualificação faz com que o
termo branding apareça cada vez mais no cenário mercadológico, bem como toda
a sua importância e construção de marca.
A importância de desenvolver estudos referentes a tal assunto faz
com que o mercado competitivo e desafiador de nossos dias utilize de estudos e
artifícios como um aprofundamento maior, uma participação e preocupação maior
com o cliente, buscar entender quem compra e seus comportamentos bem como
sua cultura e hábitos.
A busca do diferencial, o chamado Oceano Azul, assim como é
conhecido na administração e marketing é um desafio para todos os profissionais
que trabalham com marca, tanto da área de marketing como na publicidade.
4
DESENVOLVIMENTO
A importância de ressaltarmos que Segundo o livro de Augusto
Nascimento e Robert Lauterborn chamado “Os 4 Es de Marketing e Branding”
inicia sua trajetória contextualizando os leitores a respeito de fatos históricos,
evoluções econômicas e sociais, além de traçar uma linha do tempo no que se
refere à conceituação e prática de marketing.Século XVIII: Predomina a escassez
de bens de consumo e a falta de concorrentes.Século XIX: Com a Revolução
Francesa e a Revolução Industrial surge um novo modelo de organização das
cidades, uma nova relação entre capital e trabalho se solidifica e também um novo
público consumidor se forma (cultura de massa). No entanto, a maior parte dos
produtos ainda não possui marca.
A necessidade das empresas adequarem sua forma de
comercialização e de produção para atender a demanda deste mercado existe,
principalmente em massa que se forma, aumenta o número de produtos, a
diversidade de opções e com isso a concorrência dos mercados.
Aprimorando a Hoje em dia a maior parte dos produtos e dos
serviços são comprados, não vendidos. E o branding favorece este processo. O
branding “pré-vende” o produto ou o serviço ao consumidor. O branding é assim
uma forma mais eficiente de vender coisas além de tratar de ações, sempre no
sentido de dar nome a marca, identificar percepções a fim de despertar interesse
pelos consumidores. Com isso a empresa deixa de ser mais uma no mercado e
com isso a corporação passa a ter um significado maior do que um simplesmente
ato de compra.Para isso ações barata são eficazes e padroniza toda a linguagem
e caracteriza a identidade de uma marca.Tal processo porém, ultrapassa todo os
limites da identidade visual.
A construção de uma marca depende dos seguintes aspectos (que
são tangíveis e intangíveis) tais como: slogan, símbolo(metafórico), palavra, cor,
5
som, cheiro , coerência do marketing de mix bem como o ambientalismo da
marca, segundo Scott Bedbury (2002).
Quanto aos aspectos internos, é preciso destacar: quais são os
parceiros, qual seu público interno, quais os canais de distribuição, os
consumidores intermediários e finais bem como os grupos de referência.
Já os pontos de contatos são: a internet, os funcionários, a
imprensa, layout interno e externo, as experiências pessoas com a marca, as
ações de comunicação, a embalagem, o boca-a-boca, o público intermediário, os
eventos e ações e o material no ponto de venda.
O marketing digital podemos contar com os podcasts, os wikipédias,
caixa de mensagens e os blogs cada vez mais comuns à título de informação das
marcas.
O programa bem sucedido de branding é baseado no conceito da
singularidade, segundo AL Ries e Laura Ries, cria-se na mente do potencial
consumidor uma sensação de que não existe nenhum outro produto no mercado
como o seu produto.
Para uma empresa diferenciar-se no mercado, deve desenvolver
métodos para criar ou fortalecer a imagem da marca, incorporando além das
qualidades técnicas, as qualidades que enfatizem a relação da marca com os
consumidores, ou seja, um conjunto de valores subjetivos associados à imagem
da marca.Isto favorece a competitividade e se constitui em um grande desafio
para as empresas. Porque, para ser competitivo no mercado atual, deve-se
atender não somente a desejos e necessidades, mas também oferecer produtos e
serviços que sejam inovadores e que possam surpreender o consumidor.
O significado literal de branding é atribuir a uma marca ou a um
produto ou serviço. No entanto, o verdadeiro significado do termo vai muito mais
além e significa efetuar a diferenciação de um produto ou serviço e ajudar a definir
um determinado posicionamento através da atribuição de uma marca e/ou nome
identificativo. Este processo de branding tem geralmente associado o conceito de
6
qualidade e os consumidores tendem a assumir as marcas como pontos de
referência.
A filosofia estratégica de branding posiciona a marca, o mercado e os
métodos estratégicos nos quais o produto estará distribuído e apresentado,
porém, além de transcender a próprio da marca.
As diversas linhas de branding pode ser consideradas em áreas como a
administração, as relações públicas, o recurso humano, o design gráfico, a
publicidade e propagada,o aspecto geográfico onde o produto e/ou marca estão
inseridos e por fim o marketing – todos como estratégicas da marca, em
consonância com os objetivos da vantagem competitivas que o mercado
apresenta.
A importância de segmentar, inovar e direcionar faz com que ações
como eventos, parcerias, ações de merchandising (como treinamentos),
promoções agregados a uma comunicação direcionada, e quando preciso renovar
a imagem ou buscar reconstruí-la.
Uma das ações importantes para comprovarmos a qualidade do produto
é o famoso “teste cego”, onde pessoas pré-selecionadas experimentam o mesmo
produto, porém com variadas marcas, e com isso dizem qual a sua preferida – o
principal é como o próprio teste diz, as marcas não aparecem, e com isso torna-se
mais simples a comprovação de qual é a melhor, sem tendências.
Uma das maiores dificuldades hoje encontradas pela agências é a de
criar um relacionamento entre marca e consumidor de forma tão intensa que
passe a ser uma relação quase humana com a marca.Esse consumidor
(advogado da marca, ou believer) é mais que um comprador da marca, ele não só
a defende como a marca faz parte da sua vida.
Sob o ponto de vista comercial é um relacionamento muito poderoso,
pois o believer contribui fortemente no volume de vendas, é mais leal à marca e
menos sensível à preço, demonstra mais lealdade ao fator marca e acaba atraindo
outros believers (futuros compradores).
A arquitetura da marca determina como funciona a sinergia ou
relacionamento entre “proposta de valor” da empresa para o mercado, formada
7
pela lei das oferta e demanda (produtos e serviços) bem como o mercado
construído pelo “ ecossistema “ entre clientes, parceiros e fornecedores, ou seja, é
a maneira como as marcas de uma empresa relacionam entre si. O resultado
dessa personalificação de marca determina a imagem, identidade e essência que
são sentidas fisicamente pelos seus clientes, bem como as sensações de atração
e repulsão soa respectivamente resultados do “ecossistema” previsível ou não
pela empresa.
O brand equity é saber quanto crescer, ganhar mercado, manter
clientes satisfeitos e estar um passo a frente da concorrência são desafios que
exigem das empresas uma combinação entre pensamento estratégico, disciplina
na execução e controle, avaliar o valor da marca.
De um modo geral, culturalmente as marcas influenciam pessoas de
todas as idades, sexos, gostos, raças e credos, pois são como “depósitos” de
valores que nós, consumidores, nutrimos por uma determinada empresa, produto,
serviço, crença, ideologia e até mesmo outras pessoas.
Produtos aparecem e desaparecem respeitando seus ciclos de
maturidade — a marca fica.
Além desses exemplos temos também o termo co-branding que é
estrategicamente uma sinergia (parceria) entre duas marcas, mais do que isso é a
estratégia entre duas marcas por uma união em um certo produto, é uma
associação entre duas ou mais empresas em um mercado que nenhuma delas
poderia entrar isoladamente, quer pelo investimento envolvido, quer pela
especificidade do produto. Existem exemplos como: Renault Clio Sedan Boticário,
Adidas Goodyear, Sony Ericsson, Bob`s e Ovomaltine, etc.
Segundo o Diretor de Marketing Leonardo Damiani ao para
desenvolver ações de co-branding é preciso trazer um duplo valor
agregado afim de o que demonstrar garantia de qualidade, personaliza e
identificação dos clientes com ele, além da criação de diferenciais de
mercado por meio da incorporação de novos acessórios e tecnologias.
Trata-se de uma ação vantajosa para as duas marcas, já que podem
haver divisão dedos investimentos em ações de marketing e publicidade
8
para a divulgação do produto Quanto as tendências, muitas vezes uma marca
junta-se a (mais exemplos de co-branding) outra, ex : Coca-Cola e Avon ou
mesmo Bradesco e Circo de Soleil, assim buscam uma interação maior com os
consumidores de ambas as marcas, ou mesmo para reforçar uma delas ou
ambas.
9
Case de Sucesso: Agência Africa
Falar em branding é associar à Agência Africa e todas as suas ações
– falar em atendimento personalizado é relacionar a marca da Agência de Nizan
Guanaes e toda sua equipe que é dar um novo posicionamento aos seus clientes.
.”Criança é um imbatível. Ela pega uma bengala e a transforma numa espada.
Essa capacidade de ver uma coisa e enxergar outra, esse olhar livre, vai ser
fundamental nos negócios.Crianças e adolescentes são os monitores do futuro.
Ali está o mapa astral do mundo” (Nizan Guanaes). Em um mercado cada vez
mais segmentado e eficiente, é preciso atender as necessidades simplificando e
personalizando os produtos, sendo assim ter clientes como Caninha 51,
Gradiente, Pão de Açúcar, Nívea, Nívea, Assolan,Vale do Rio Doce, Brahma e
Vivo e saber posicioná-los de forma diferenciada no mercado, é falar de
atendimento personalizado – e para isso a própria Agência Africa faz um trabalho
de branding personalizado, especial.
Atendimento personalizado é algo que a Agência Africa faz, a construção
e o cuidado de cada cliente fez com que o atendimento da agência seja
diferenciado –e em se tratando de uma agência ao comando de Nizan Guanaes e
toda sua equipe torna a responsabilidade de sucesso ainda maior, o diferencial
fora que própria agência presta serviço em cada um dos endereços desses seus
clientes, ou seja, participam direto com cada cliente, o trabalho é feito em cada
endereço de cliente, não se restringem ao convencional das paredes de uma
agência – fazem um serviço de atendimento direcionado, participam do
acompanhamento direto não só com seus clientes (as marcas) bem como o final,
aquele que compra os produtos direto no ponto de distribuição – e assim
diferencia seu atendimento das demais agências, o que facilita em feedbacks e
brainstorms para futuros projetos e lançamentos, além é claro deu um melhor
reforço de marca.
10
Uma das maiores vantagens que a Agência Africa diferencia-se das
demais é o atendimento direto ao endereço de seus clientes (pioneiro e
personalizado), o que traz muito mais feedbacks dos clientes finais, que são os
consumidores, além de aproximar a relação clientes com a agência.
Um dos exemplos, a caninha 51 teve uma alteração de marca bastante
considerável – houve uma reformulação de marca, onde a Caninha 51 hoje é uma
das marcas mais respeitadas e valorizadas internacionalmente no ramo de
bebidas alcoólicas.
Com a Nívea (criada em 1911) empresa que está presente em mais de
150 países, tiveram a brilhante idéia de associar a marca a modelo Top do Mundo
(Gisele Bündchen) e assim obtiveram retorno imediato.Lançou também a
campanha “ Nívea 24 horas com você “ que premiava o público com relógios,
conforme aquisição dos produtos.
Com a Vivo , lançou promoções estratégicas e campanhas com Gisele
Bündchen, Naomi Campbell e Luana Piovani – onde após seis meses de
vinculação de mídias tornou-se líder de mercado, e com isso obteve retorno
imediato, uma enorme clientela fora conquistada e o mercado chegou a primeiro
colocado em número de clientes (em 2004).
Com tamanha excelência, nem todos sabiam exatamente a
importância que a Vale do Rio Doce tem para o nosso país, a maior operadora de
logística do Brasil, sendo assim, a Africa teve o papel de humanizar e ganhar
empatia ao povo brasileiro.Trazer um fenômeno Empresarial do porte da
Companhia Vale do Rio Doce para mais próximo dos brasileiros é um dos maiores
desafios da Agência Africa.
A Gradiente passou por uma reformulação de imagem, um
reposicionamento de marca onde seus produtos foram completamente
reestilizados e com nova identidade voltaram ao mercado, conquistando assim um
grande e considerável nicho dos teen de mercado.
A rede de supermercados Pão-de-Acúcar passou a ser gerido por
um grupo de acionistas que reformularam toda a imagem tradicional e com a
divulgação da Africa facilitou o retorno ao sucesso da rede.
11
A cerveja Brahma associou a boa imagem do cantor Zeca
Pagodinho a um produto popular e de fácil comercialização, inclusive nos
menores pontos de distribuição (os bares) – onde a cerveja tem grande parcela de
mercado, sendo que o market share subiu de 17,9% em junho de 2003 para
19,5% e segundo a pesquisa Datafolha foi a cerveja mais preferida e lembrada
pelo público.
Desde 1958 a Assolan produz suas esponjas de aço, porém, foi no
fim de 2002 que a Africa passou assumir as contas da Empresa – sugeriu ao
público mudar os hábitos de compra ao adquirir esponjas de aço- criando o hit
“limpou, passou “.O resultado foi um salto dos 9% para os 26,3% de mercado.
O Banco Itaú foi o primeiro cliente Africa, tornou-se mais uma vez
referência em comunicação bancária, como o segundo maior banco privado do
Brasil, em 2003 tornou-se referência com a campanha “ O Itaú foi feito pra você” –
sucesso tanto em TV, rádio e internet. “ O grande desafio da mídia foi a busca de
pontos adequados às mais de trinta diferentes criações”, avalia Luiz Fernando
Montelone, Diretor de Mídia de Conta.
12
Origem e Razão da Metodológica
O marketing entra com sua função de planejamento, capta informações,
faz pesquisas direta e/ou indireta, coleta dados direta ou indiretamente as
informações do produto, posiciona e/ou posiciona e/ou reposiciona a marca tanto
do cliente como de seu produto ou ponto de distribuição, faz o planejamento da
pesquisa de informações estratégicas e enfim idealiza do produto.
A publicidade faz um trabalho paralelo, capta todas essas informações e
em desenvolve uma campanha baseada em informações como: o perfil do cliente,
o estilo de vida desse cliente – bem como seus hábitos e culturas e cria à partir
desses dados uma divulgação que possa vir ser veiculada nas mais diversas
mídias – tais como: o jornal, a T.V., o rádio,os folders, cartazes, banners, outdoors
ou até mesmo flyers. Após esse processo, tanto a equipe publicitária, como a
equipe de marketing tem como obrigação acompanhar o processo de como estão
sendo veiculados no mercado essas ações – deve também analisar a reação e
aceitação pública (nível de satisfação), bem como se há coerência na qualidade
do produto apresentado como campanha com a qualidade do produto em sim,
seja ele consumido ou mesmo apreciado.
Após todo esse processos e captação de informação podemos
armazenar essas informações e à partir daí buscar novas divulgações e até
mesmo novas tendências para o mercado no qual o produto encontra-se, ou até
mesmo buscar novos nichos de mercado, novas oportunidades para tal produto.
O termo branding ganhou o estatuto de no fim dos anos 90 da “next big
thing” do marketing. As 22 leis imutáveis do branding proporcionam-lhe a
perspectiva de que necessita para construir a marca que se distinguirá no
extremamente confuso e povoado mercado concorrencial.
De acordo com o texto do livro “ A Estratégia do Oceano Azul” , onde
os autores referem que 86% dos lançamentos de serviços e produtos relacionados
a um Oceano Azul provém de extensões de linha, ou seja, melhorias incrementais
13
dentro do Oceano Vermelho e o estudo de um posicionamento para a marca é
essencial dentro desse contexto.
O branding tem a função de gerenciar os diversos discursos de uma
marca, que são oriundos de várias áreas do conhecimento, buscando unidade nas
manifestações de identidade e os benefícios da marca.
Podemos notar também que existem dois tipos de identidade do
cliente com a marca: a identidade nuclear, que não muda e a identidade
expandida que são as tendências de mercado.
Dentro de uma visão de mercado, podemos dizer que uma marca bem
posicionada sabe muito bem qual o seu nicho de mercado, o famoso target.
À partir do saber em qual cliente ou nicho, é preciso através de
entrevistas ou mesmo avaliação de comportamento verificarmos o que esse
cliente quer , bem como suas preferências – através de micro segmentos.Esses
micro segmentos são questões como auto-análise, tendência e concorrências – e
assim buscar o foco, estilo e o posicionamento da marca perante seus
concorrentes. Após essas informações, devemos buscar a culturalização da
marca, e com ela desenvolver ou mesmo fixar a marca no mercado, ser notada
inclusive pelas suas concorrentes, a marca é um dos principais ativos da empresa.
O estudo direcionado em pesquisas quali e/ou quantitativas auxiliam
para futuras ações em estratégias, em busca de novos nichos.
Além disso, podemos identificar também que as marcas seguem
alguns níveis de associações que são: atributos (características desejáveis),bem
como a sua imagem destaca-se no mercado (sua percepção) tais como:
benefícios, valores (ética e transparência), cultura,personalidade e usuário.
Podemos analisar também como tal marca mantêm sua proposta no
mercado – como ela é percebida (a identidade da marca). “ Tratar a marca
somente com aspectos visuais seria como se preocupar mais com a embalagem
do presente do que com seu conteúdo”, explica Carlos Sottovia, sócio da Gia &
Zal, empresa especializada em branding.
14
Ainda dentro da identidade da marca podemos analisar os benefícios
que tal marca oferece a seus clientes que vão desde funcionais, emocionais, e de
auto-expressão.
Segundo David Aaker marca é um nome, termo, sinal, símbolo ou
combinação dos mesmos, que tem propósito de identificar bens ou serviços de u
vendedor ou grupo de vendedores e diferenciá-las dos concorrentes.
Antes de mais nada, devemos saber o que o cliente quer, quais suas
tendências, o que almeja ou mesmo deseja, quais suas expectativas ligadas a
satisfação.Para uma marca que já está no mercado, devemos verificar a situação
atual da empresa – qual a qualidade percebida bem como suas associações
desejáveis.Para isso é preciso analisarmos em termos mercadológicos como
estão seus concorrentes para novos métodos serem comparados.
Algumas das experiências no ramo automobilísticos onde o cliente
pode ter antes de uma possível compra são os test-drives, apreciar o produto
antes da aquisição, em setores de cosméticos e perfumaria surgem as amostra
grátis, bem como nos supermercados os mesmos casos alimentícios.
Além disso, as empresas promovem shows, criam tendências e
relacionamento, formam eventos, ou mesmo datas que caracterizam a
proximidade com o produto, temos por exemplo o Mc Dia Feliz.
O termo brand equity é um conjunto de recursos e qualidades de um
produto e ou serviço, é uma vantagem competitiva sustentável da marca perante
seus concorrentes, onde a marca dificilmente consegue ser copiada pois tem
como diferencial, ou mesmo destaque perante as demais.O conceito mais direto
de brand equitity traduzido de maneira genérica é o de buscar estabelecer uma
relação entre os consumidores e os produtos a eles dirigidos, considerando a
marca como moderador dessa situação – sendo assim, é uma soma de valores
intangíveis que estão associados a um produto identificado por uma marca.
Podemos classificar também como um conjunto de ativos e passivos ligadosa uma
marca, bem como seu nome símbolos, ou logomarcas.
15
Sendo assim, o brand equitity é medido conforme o consumidor conhece
a marca e valoriza ela, é um indicativo de qualidade criando um vínculo entre o
fabricante e o produto, ou seja, um medidor da marca.
16
Processos Metodológicos Gerais
É necessário estabelecer normas como:
Disciplinar para liderar
Princípios de valores como culturas e longo tempo
Personalidade da marca.
Natureza e criação de hábitos
Percepções que envolvem a psicologia da marca, bem como mudança ou não de
hábitos.
Motivar seus clientes através de treinamento e acompanhamento.
Bem Como:
Trabalhar num local agradável
Gostar do que faz
Usar suas habilidades e capacidades
Crescer e desenvolver no campo pessoal
Sentir o que falta de importante
Receber bons benefícios
Ser reconhecido pelo bom desempenho
Trabalhar num local agradável
Receber salário generoso
17
ConsideraçõesFinais
Conforme podemos analisar, o estudo referente ao desenvolvimento de
marca, mais conhecido como branding, desenvolve em nosso mercado conceitos,
ações e criações sempre buscando atrair mais e mais seus clientes e para isso é
preciso desenvolver um trabalho cada vez mais diversificado e dinâmico,
contando sempre com informações obtidas dos clientes, valorizando sempre a
opinião dos mesmo, enfim, buscando assim desenvolver paralelamente duas
linhas: a imagem de seus clientes assim como o conceito da marca.
Todo esse conteúdo é claro, depende de informações como: o perfil e
idade do cliente, as preferências paralelas de produtos e outros bens afins, e
assim desenvolver um planejamento de técnicas e projetos que possam ser
testados e ou diretamente aplicados ao cliente – consumidor final – tais como
ações de merchandising, exposições, divulgação de materiais ou algo do tipo – e
com isso, verificar qual a opinião de quem está consumindo, suas reações, qual as
suas opiniões referentes a tal experimento, enfim, valorizar e focar sempre no que
o consumidor diz.
Sabemos também que em um mercado tão capitalista e consumista
como o nosso a competitividade entre produtos é tamanha que não basta apenas
termos um nome no mercado é preciso sempre desenvolver ações e estratégias, é
preciso ir além. A busca sobre informações e estratégias facilitam, principalmente
tratando-se de um assunto como o branding a marca e toda a sua conjuntura de
valorização bem como encontra-se no mercado.
18
Referências Bibliográficas
http://www.kyu.com.br/branding-
marcas.htmlhttp://emarketingvox.blogspot.com/2007/06/brand-equity-como-
medir-marca-de.html
http://rec6.via6.com/link.php?l=120614
http://www.portaldapropaganda.com.br/portal/index.php?option=com_content
&task=view&id=2754&Itemid=50
http://fido.palermo.edu/servicios_dyc/encuentro2007/02_auspicios_publicacio
nes/actas_diseno/articulos_pdf/A4121.pdf
http://bisturi.shopping.sapo.pt/Default.aspx?tabid=64&CategoryID=148&List
=0&Level=1&ProductID=8609
http://blog.ciadainformacao.com.br/2007/12/25/as-22-leis-imutaveis-do-
branding/
http://www.linkto.com.br/site.busca.php?site_noticia_titulo=branding&site_n
oticia_data=Indiferente&site_noticia_n_votos_mais=0&site_noticia_order=m
ais_novos
http://www.midiaweb.com.br/blog/do-marketing-ao-branding/
JR, José Kozel – O Top do Marketing Brasileiro – editora Scipione Cultural 1ª
edição, 1ª impressão, 1997.
19
BARROS, Aidil Jesus Paes de, LeHFELD, Neide Aparecida de
Souza.Fundamentos de Metodologia: um guia para a iniciação científica.São
Paulo: Mc Graw-Hill, 1986.
LAKATOS, Eva Maria.Metodologia do Trabalho Científico: procedimentos
básicos, pesquisabibliográfica, projeto e relatório, publicações e trabalhos
científicos.São Paulo:Atlas, 1992.
RAUEN, Fábio José. Elementos de Iniciação à Pesquisa: inclui orientações
para a referenciação de documentos eletrônicos.Rio do Sul: Nova Era, 1999.
TACHIZAWA, Takeshy. Como Fazer Monografia na Prática. Rio de Janeiro:
FGV, 1998.
AAKER, David A. The Value of Brand Equitity. Journal of Business Strategy
vol. 3 nº 4 1992.
Revista Africa – nº 1 Editora Gráficos Burti Ltda 178 páginas dezembro de
http://planejamentoestrategico.wordpress.com/category/921-arquitetura-da-
marca/
http://www.brandme.com.br/arquitetura/
confirp magazine (virtual) ano VI nº29 janeiro e fevereiro de 2006
www.confirp.com
http://www.terra.com.br/istoedinheiro/393/negocios/compadres_corporativos.
htm
20
http://www.mundodomarketing.com.br/materia.asp?codmateria=1591
21

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fundamentos do marketing e comunicação e marketing
Fundamentos do marketing e comunicação e marketing   Fundamentos do marketing e comunicação e marketing
Fundamentos do marketing e comunicação e marketing Simone Watt
 
Apresentação Trabalho de Conclusão I
Apresentação Trabalho de Conclusão IApresentação Trabalho de Conclusão I
Apresentação Trabalho de Conclusão ICarolina Afiune
 
Estudo Comunicação & Mkt - Marketing fundamentos e_processos_01
Estudo Comunicação & Mkt - Marketing fundamentos e_processos_01Estudo Comunicação & Mkt - Marketing fundamentos e_processos_01
Estudo Comunicação & Mkt - Marketing fundamentos e_processos_01Professor Sérgio Duarte
 
Aula3 - Mkt de Produto Ao Branding: o contexto em que emergiram as novas mídi...
Aula3 - Mkt de Produto Ao Branding: o contexto em que emergiram as novas mídi...Aula3 - Mkt de Produto Ao Branding: o contexto em que emergiram as novas mídi...
Aula3 - Mkt de Produto Ao Branding: o contexto em que emergiram as novas mídi...gestao em hipermídia Pós-graduação
 
Apresentação Metodologias CREM DOM Strategy Partners 2010
 Apresentação Metodologias CREM DOM Strategy Partners 2010 Apresentação Metodologias CREM DOM Strategy Partners 2010
Apresentação Metodologias CREM DOM Strategy Partners 2010DOM Strategy Partners
 
Aula 8 comunicação de marketing
Aula 8 comunicação de marketing Aula 8 comunicação de marketing
Aula 8 comunicação de marketing Carlos Alves
 
Recomendações para comunicação de marcas de moda.
Recomendações para comunicação de marcas de moda.Recomendações para comunicação de marcas de moda.
Recomendações para comunicação de marcas de moda.Design Archiv UP
 
1 Marketing Financeiro e Estratégia - Mix
1  Marketing Financeiro e Estratégia - Mix1  Marketing Financeiro e Estratégia - Mix
1 Marketing Financeiro e Estratégia - MixMarketing Puro
 
Atps relacionamento com o consumidor
Atps relacionamento com o consumidorAtps relacionamento com o consumidor
Atps relacionamento com o consumidorLais Ramos Virgilio
 
Marketing e suas dimensoes
Marketing  e suas dimensoesMarketing  e suas dimensoes
Marketing e suas dimensoesSergio Grunbaum
 
0. Marketing Financeiro e Estratégia - concept
0. Marketing Financeiro e Estratégia - concept0. Marketing Financeiro e Estratégia - concept
0. Marketing Financeiro e Estratégia - conceptMarketing Puro
 
A Comunicação Integrada de Marketing como diferencial para a competitividade ...
A Comunicação Integrada de Marketing como diferencial para a competitividade ...A Comunicação Integrada de Marketing como diferencial para a competitividade ...
A Comunicação Integrada de Marketing como diferencial para a competitividade ...ingridb1
 
O que faz uma marca forte? Projeto de Branding Digital
O que faz uma marca forte? Projeto de Branding Digital O que faz uma marca forte? Projeto de Branding Digital
O que faz uma marca forte? Projeto de Branding Digital Marcelo Trevisani
 
2012 08-04 - aula 02 - marketing conceitos e evolução
2012 08-04 - aula 02 - marketing conceitos e evolução2012 08-04 - aula 02 - marketing conceitos e evolução
2012 08-04 - aula 02 - marketing conceitos e evoluçãoFernando Monteiro D'Andrea
 
Trabalho sobre Marketing Financeiro - Conceito e Aplicação
Trabalho sobre Marketing Financeiro - Conceito e AplicaçãoTrabalho sobre Marketing Financeiro - Conceito e Aplicação
Trabalho sobre Marketing Financeiro - Conceito e AplicaçãoDouglas R R Santos
 
Marketing relacionamento e mídias sociais by sérgio oliveira
Marketing relacionamento e mídias sociais by sérgio oliveiraMarketing relacionamento e mídias sociais by sérgio oliveira
Marketing relacionamento e mídias sociais by sérgio oliveiraSérgio Oliveira
 

Mais procurados (20)

Fundamentos do marketing e comunicação e marketing
Fundamentos do marketing e comunicação e marketing   Fundamentos do marketing e comunicação e marketing
Fundamentos do marketing e comunicação e marketing
 
Marketing de relacionamento
Marketing de relacionamentoMarketing de relacionamento
Marketing de relacionamento
 
Apresentação Trabalho de Conclusão I
Apresentação Trabalho de Conclusão IApresentação Trabalho de Conclusão I
Apresentação Trabalho de Conclusão I
 
Estudo Comunicação & Mkt - Marketing fundamentos e_processos_01
Estudo Comunicação & Mkt - Marketing fundamentos e_processos_01Estudo Comunicação & Mkt - Marketing fundamentos e_processos_01
Estudo Comunicação & Mkt - Marketing fundamentos e_processos_01
 
Aula3 - Mkt de Produto Ao Branding: o contexto em que emergiram as novas mídi...
Aula3 - Mkt de Produto Ao Branding: o contexto em que emergiram as novas mídi...Aula3 - Mkt de Produto Ao Branding: o contexto em que emergiram as novas mídi...
Aula3 - Mkt de Produto Ao Branding: o contexto em que emergiram as novas mídi...
 
Apresentação Metodologias CREM DOM Strategy Partners 2010
 Apresentação Metodologias CREM DOM Strategy Partners 2010 Apresentação Metodologias CREM DOM Strategy Partners 2010
Apresentação Metodologias CREM DOM Strategy Partners 2010
 
Aula 8 comunicação de marketing
Aula 8 comunicação de marketing Aula 8 comunicação de marketing
Aula 8 comunicação de marketing
 
Recomendações para comunicação de marcas de moda.
Recomendações para comunicação de marcas de moda.Recomendações para comunicação de marcas de moda.
Recomendações para comunicação de marcas de moda.
 
Brand equity
Brand equityBrand equity
Brand equity
 
1 Marketing Financeiro e Estratégia - Mix
1  Marketing Financeiro e Estratégia - Mix1  Marketing Financeiro e Estratégia - Mix
1 Marketing Financeiro e Estratégia - Mix
 
Atps relacionamento com o consumidor
Atps relacionamento com o consumidorAtps relacionamento com o consumidor
Atps relacionamento com o consumidor
 
Marketing e suas dimensoes
Marketing  e suas dimensoesMarketing  e suas dimensoes
Marketing e suas dimensoes
 
0. Marketing Financeiro e Estratégia - concept
0. Marketing Financeiro e Estratégia - concept0. Marketing Financeiro e Estratégia - concept
0. Marketing Financeiro e Estratégia - concept
 
A Comunicação Integrada de Marketing como diferencial para a competitividade ...
A Comunicação Integrada de Marketing como diferencial para a competitividade ...A Comunicação Integrada de Marketing como diferencial para a competitividade ...
A Comunicação Integrada de Marketing como diferencial para a competitividade ...
 
O que faz uma marca forte? Projeto de Branding Digital
O que faz uma marca forte? Projeto de Branding Digital O que faz uma marca forte? Projeto de Branding Digital
O que faz uma marca forte? Projeto de Branding Digital
 
Sustentação Marcária
Sustentação MarcáriaSustentação Marcária
Sustentação Marcária
 
Mix de marketing
Mix de marketingMix de marketing
Mix de marketing
 
2012 08-04 - aula 02 - marketing conceitos e evolução
2012 08-04 - aula 02 - marketing conceitos e evolução2012 08-04 - aula 02 - marketing conceitos e evolução
2012 08-04 - aula 02 - marketing conceitos e evolução
 
Trabalho sobre Marketing Financeiro - Conceito e Aplicação
Trabalho sobre Marketing Financeiro - Conceito e AplicaçãoTrabalho sobre Marketing Financeiro - Conceito e Aplicação
Trabalho sobre Marketing Financeiro - Conceito e Aplicação
 
Marketing relacionamento e mídias sociais by sérgio oliveira
Marketing relacionamento e mídias sociais by sérgio oliveiraMarketing relacionamento e mídias sociais by sérgio oliveira
Marketing relacionamento e mídias sociais by sérgio oliveira
 

Semelhante a Artigo Final - Branding - Posicionamento de Marca - Humberto Waltrick

Gestão de Marcas nos Pontos de Contato com o Consumidor
Gestão de Marcas nos Pontos de Contato com o ConsumidorGestão de Marcas nos Pontos de Contato com o Consumidor
Gestão de Marcas nos Pontos de Contato com o ConsumidorLeandro Araujo
 
Miguel Morgado_Paper_B&CC_11_Março_2015
Miguel Morgado_Paper_B&CC_11_Março_2015Miguel Morgado_Paper_B&CC_11_Março_2015
Miguel Morgado_Paper_B&CC_11_Março_2015Miguel Morgado
 
Conceitos e fundamentos de marketing digital
Conceitos e fundamentos de marketing digitalConceitos e fundamentos de marketing digital
Conceitos e fundamentos de marketing digitalTATIANE BANDEIRA
 
Apresentação Metodologias Marketing & Branding 360º DOM Strategy Partners 2010
 Apresentação Metodologias Marketing & Branding 360º DOM Strategy Partners 2010 Apresentação Metodologias Marketing & Branding 360º DOM Strategy Partners 2010
Apresentação Metodologias Marketing & Branding 360º DOM Strategy Partners 2010DOM Strategy Partners
 
marketing--atualizado 2.pptx
marketing--atualizado 2.pptxmarketing--atualizado 2.pptx
marketing--atualizado 2.pptxBrunaS26
 
Ebook Gestão de Marcas - Deskfy
Ebook Gestão de Marcas - DeskfyEbook Gestão de Marcas - Deskfy
Ebook Gestão de Marcas - DeskfyDeskfy
 
Marketing Digital para PME 1of 6
Marketing Digital para PME 1of 6Marketing Digital para PME 1of 6
Marketing Digital para PME 1of 6Márcio Miranda
 
Chocobranding
ChocobrandingChocobranding
Chocobrandinggoocha!
 
Contributo de Marketing Digital na Sustentabilidade de Marketing Relacional
Contributo de Marketing Digital na Sustentabilidade de Marketing RelacionalContributo de Marketing Digital na Sustentabilidade de Marketing Relacional
Contributo de Marketing Digital na Sustentabilidade de Marketing RelacionalHermínio Mendes
 
O Facebook Como Ferramenta de Marketing do Supermercado Verdemar de Belo Hori...
O Facebook Como Ferramenta de Marketing do Supermercado Verdemar de Belo Hori...O Facebook Como Ferramenta de Marketing do Supermercado Verdemar de Belo Hori...
O Facebook Como Ferramenta de Marketing do Supermercado Verdemar de Belo Hori...Conrado Pimenta
 
[eBook] Etapas Empresariais
[eBook] Etapas Empresariais[eBook] Etapas Empresariais
[eBook] Etapas EmpresariaisLeo Almeida
 
Palestra marketing e vendas completa
Palestra  marketing e vendas   completaPalestra  marketing e vendas   completa
Palestra marketing e vendas completaRodrigo Brito
 
Comunicação integrada de marketing para pequenos negócios de moda
Comunicação integrada de marketing para pequenos negócios de modaComunicação integrada de marketing para pequenos negócios de moda
Comunicação integrada de marketing para pequenos negócios de modaPaula Dorsch
 
Os desafios do Branding no mercado digital
Os desafios do Branding no mercado digitalOs desafios do Branding no mercado digital
Os desafios do Branding no mercado digitalDiogo Ferreira
 

Semelhante a Artigo Final - Branding - Posicionamento de Marca - Humberto Waltrick (20)

Gestão de Marcas nos Pontos de Contato com o Consumidor
Gestão de Marcas nos Pontos de Contato com o ConsumidorGestão de Marcas nos Pontos de Contato com o Consumidor
Gestão de Marcas nos Pontos de Contato com o Consumidor
 
Miguel Morgado_Paper_B&CC_11_Março_2015
Miguel Morgado_Paper_B&CC_11_Março_2015Miguel Morgado_Paper_B&CC_11_Março_2015
Miguel Morgado_Paper_B&CC_11_Março_2015
 
Conceitos e fundamentos de marketing digital
Conceitos e fundamentos de marketing digitalConceitos e fundamentos de marketing digital
Conceitos e fundamentos de marketing digital
 
Marketing
MarketingMarketing
Marketing
 
Gestão de marketing
Gestão de marketingGestão de marketing
Gestão de marketing
 
Apresentação Metodologias Marketing & Branding 360º DOM Strategy Partners 2010
 Apresentação Metodologias Marketing & Branding 360º DOM Strategy Partners 2010 Apresentação Metodologias Marketing & Branding 360º DOM Strategy Partners 2010
Apresentação Metodologias Marketing & Branding 360º DOM Strategy Partners 2010
 
marketing--atualizado 2.pptx
marketing--atualizado 2.pptxmarketing--atualizado 2.pptx
marketing--atualizado 2.pptx
 
Ebook Gestão de Marcas - Deskfy
Ebook Gestão de Marcas - DeskfyEbook Gestão de Marcas - Deskfy
Ebook Gestão de Marcas - Deskfy
 
Marketing Digital para PME 1of 6
Marketing Digital para PME 1of 6Marketing Digital para PME 1of 6
Marketing Digital para PME 1of 6
 
Chocobranding
ChocobrandingChocobranding
Chocobranding
 
Contributo de Marketing Digital na Sustentabilidade de Marketing Relacional
Contributo de Marketing Digital na Sustentabilidade de Marketing RelacionalContributo de Marketing Digital na Sustentabilidade de Marketing Relacional
Contributo de Marketing Digital na Sustentabilidade de Marketing Relacional
 
O Facebook Como Ferramenta de Marketing do Supermercado Verdemar de Belo Hori...
O Facebook Como Ferramenta de Marketing do Supermercado Verdemar de Belo Hori...O Facebook Como Ferramenta de Marketing do Supermercado Verdemar de Belo Hori...
O Facebook Como Ferramenta de Marketing do Supermercado Verdemar de Belo Hori...
 
(Administraçaomercadologicai)
(Administraçaomercadologicai)(Administraçaomercadologicai)
(Administraçaomercadologicai)
 
[eBook] Etapas Empresariais
[eBook] Etapas Empresariais[eBook] Etapas Empresariais
[eBook] Etapas Empresariais
 
Mkt de relacionamento
Mkt de relacionamentoMkt de relacionamento
Mkt de relacionamento
 
Palestra marketing e vendas completa
Palestra  marketing e vendas   completaPalestra  marketing e vendas   completa
Palestra marketing e vendas completa
 
Comunicação integrada de marketing para pequenos negócios de moda
Comunicação integrada de marketing para pequenos negócios de modaComunicação integrada de marketing para pequenos negócios de moda
Comunicação integrada de marketing para pequenos negócios de moda
 
Marketing módulo 1
Marketing   módulo 1Marketing   módulo 1
Marketing módulo 1
 
Marketing digital
Marketing digitalMarketing digital
Marketing digital
 
Os desafios do Branding no mercado digital
Os desafios do Branding no mercado digitalOs desafios do Branding no mercado digital
Os desafios do Branding no mercado digital
 

Mais de Humberto Waltrick

404 Certificados - Humberto Waltrick.pdf
404 Certificados - Humberto Waltrick.pdf404 Certificados - Humberto Waltrick.pdf
404 Certificados - Humberto Waltrick.pdfHumberto Waltrick
 
Projeto Integrador Marketing Digital FrarmaSeSi - Pós Graduação Marketing Di...
Projeto Integrador Marketing Digital FrarmaSeSi  - Pós Graduação Marketing Di...Projeto Integrador Marketing Digital FrarmaSeSi  - Pós Graduação Marketing Di...
Projeto Integrador Marketing Digital FrarmaSeSi - Pós Graduação Marketing Di...Humberto Waltrick
 
Sales Spin Selling - Humberto Waltrick - Pós Graduação Marketing Digital
Sales Spin Selling - Humberto Waltrick - Pós Graduação Marketing Digital Sales Spin Selling - Humberto Waltrick - Pós Graduação Marketing Digital
Sales Spin Selling - Humberto Waltrick - Pós Graduação Marketing Digital Humberto Waltrick
 
Trabalho User Experience - FarmaSeSi - Marketing Digital
Trabalho User Experience - FarmaSeSi - Marketing DigitalTrabalho User Experience - FarmaSeSi - Marketing Digital
Trabalho User Experience - FarmaSeSi - Marketing DigitalHumberto Waltrick
 
Gerenciamento de Crises - Caso Petrobras - Pós Marketing Digital
Gerenciamento de Crises - Caso Petrobras - Pós Marketing Digital Gerenciamento de Crises - Caso Petrobras - Pós Marketing Digital
Gerenciamento de Crises - Caso Petrobras - Pós Marketing Digital Humberto Waltrick
 
Campanhas Black Friday 2020 - Humberto Waltrick - Pós Graduação Marketing Dig...
Campanhas Black Friday 2020 - Humberto Waltrick - Pós Graduação Marketing Dig...Campanhas Black Friday 2020 - Humberto Waltrick - Pós Graduação Marketing Dig...
Campanhas Black Friday 2020 - Humberto Waltrick - Pós Graduação Marketing Dig...Humberto Waltrick
 
Brandkey - FarmaSeSi - Pós Graduação Marketing Digital
Brandkey - FarmaSeSi - Pós Graduação Marketing Digital Brandkey - FarmaSeSi - Pós Graduação Marketing Digital
Brandkey - FarmaSeSi - Pós Graduação Marketing Digital Humberto Waltrick
 
Projeto Pizza Minuto - Curso de Graduação em Marketing
Projeto Pizza Minuto - Curso de Graduação em MarketingProjeto Pizza Minuto - Curso de Graduação em Marketing
Projeto Pizza Minuto - Curso de Graduação em MarketingHumberto Waltrick
 
Tecnologias Digitais - O futuro do mobile - Pós Graduação Marketing Digital
Tecnologias Digitais - O futuro do mobile - Pós Graduação Marketing Digital Tecnologias Digitais - O futuro do mobile - Pós Graduação Marketing Digital
Tecnologias Digitais - O futuro do mobile - Pós Graduação Marketing Digital Humberto Waltrick
 
Avai Futebol Clube - Gestão de Canais - Pós Graduação em Marketing Digital
Avai Futebol Clube - Gestão de Canais - Pós Graduação em Marketing DigitalAvai Futebol Clube - Gestão de Canais - Pós Graduação em Marketing Digital
Avai Futebol Clube - Gestão de Canais - Pós Graduação em Marketing DigitalHumberto Waltrick
 
Mercadolivre Vs OLX - uma breve análise dos seus diferenciais no segmento de ...
Mercadolivre Vs OLX - uma breve análise dos seus diferenciais no segmento de ...Mercadolivre Vs OLX - uma breve análise dos seus diferenciais no segmento de ...
Mercadolivre Vs OLX - uma breve análise dos seus diferenciais no segmento de ...Humberto Waltrick
 
Trabalho Conclusão - Embratel - Humberto Waltrick - Graduação em Marketing -...
 Trabalho Conclusão - Embratel - Humberto Waltrick - Graduação em Marketing -... Trabalho Conclusão - Embratel - Humberto Waltrick - Graduação em Marketing -...
Trabalho Conclusão - Embratel - Humberto Waltrick - Graduação em Marketing -...Humberto Waltrick
 
Projeto Integrador Marketing Digital FarmaSesi - Pós Graduação Marketing Digi...
Projeto Integrador Marketing Digital FarmaSesi - Pós Graduação Marketing Digi...Projeto Integrador Marketing Digital FarmaSesi - Pós Graduação Marketing Digi...
Projeto Integrador Marketing Digital FarmaSesi - Pós Graduação Marketing Digi...Humberto Waltrick
 
Apresentação - Posicionamento de Marca
Apresentação - Posicionamento de MarcaApresentação - Posicionamento de Marca
Apresentação - Posicionamento de MarcaHumberto Waltrick
 
Apresentação FARMASESI - Pós Graduação em Marketing Digital
Apresentação FARMASESI - Pós Graduação em Marketing Digital Apresentação FARMASESI - Pós Graduação em Marketing Digital
Apresentação FARMASESI - Pós Graduação em Marketing Digital Humberto Waltrick
 
Apresentação de Marcas para o público de Games - Faculdades Senac
Apresentação de Marcas para o público de Games - Faculdades SenacApresentação de Marcas para o público de Games - Faculdades Senac
Apresentação de Marcas para o público de Games - Faculdades SenacHumberto Waltrick
 

Mais de Humberto Waltrick (16)

404 Certificados - Humberto Waltrick.pdf
404 Certificados - Humberto Waltrick.pdf404 Certificados - Humberto Waltrick.pdf
404 Certificados - Humberto Waltrick.pdf
 
Projeto Integrador Marketing Digital FrarmaSeSi - Pós Graduação Marketing Di...
Projeto Integrador Marketing Digital FrarmaSeSi  - Pós Graduação Marketing Di...Projeto Integrador Marketing Digital FrarmaSeSi  - Pós Graduação Marketing Di...
Projeto Integrador Marketing Digital FrarmaSeSi - Pós Graduação Marketing Di...
 
Sales Spin Selling - Humberto Waltrick - Pós Graduação Marketing Digital
Sales Spin Selling - Humberto Waltrick - Pós Graduação Marketing Digital Sales Spin Selling - Humberto Waltrick - Pós Graduação Marketing Digital
Sales Spin Selling - Humberto Waltrick - Pós Graduação Marketing Digital
 
Trabalho User Experience - FarmaSeSi - Marketing Digital
Trabalho User Experience - FarmaSeSi - Marketing DigitalTrabalho User Experience - FarmaSeSi - Marketing Digital
Trabalho User Experience - FarmaSeSi - Marketing Digital
 
Gerenciamento de Crises - Caso Petrobras - Pós Marketing Digital
Gerenciamento de Crises - Caso Petrobras - Pós Marketing Digital Gerenciamento de Crises - Caso Petrobras - Pós Marketing Digital
Gerenciamento de Crises - Caso Petrobras - Pós Marketing Digital
 
Campanhas Black Friday 2020 - Humberto Waltrick - Pós Graduação Marketing Dig...
Campanhas Black Friday 2020 - Humberto Waltrick - Pós Graduação Marketing Dig...Campanhas Black Friday 2020 - Humberto Waltrick - Pós Graduação Marketing Dig...
Campanhas Black Friday 2020 - Humberto Waltrick - Pós Graduação Marketing Dig...
 
Brandkey - FarmaSeSi - Pós Graduação Marketing Digital
Brandkey - FarmaSeSi - Pós Graduação Marketing Digital Brandkey - FarmaSeSi - Pós Graduação Marketing Digital
Brandkey - FarmaSeSi - Pós Graduação Marketing Digital
 
Projeto Pizza Minuto - Curso de Graduação em Marketing
Projeto Pizza Minuto - Curso de Graduação em MarketingProjeto Pizza Minuto - Curso de Graduação em Marketing
Projeto Pizza Minuto - Curso de Graduação em Marketing
 
Tecnologias Digitais - O futuro do mobile - Pós Graduação Marketing Digital
Tecnologias Digitais - O futuro do mobile - Pós Graduação Marketing Digital Tecnologias Digitais - O futuro do mobile - Pós Graduação Marketing Digital
Tecnologias Digitais - O futuro do mobile - Pós Graduação Marketing Digital
 
Avai Futebol Clube - Gestão de Canais - Pós Graduação em Marketing Digital
Avai Futebol Clube - Gestão de Canais - Pós Graduação em Marketing DigitalAvai Futebol Clube - Gestão de Canais - Pós Graduação em Marketing Digital
Avai Futebol Clube - Gestão de Canais - Pós Graduação em Marketing Digital
 
Mercadolivre Vs OLX - uma breve análise dos seus diferenciais no segmento de ...
Mercadolivre Vs OLX - uma breve análise dos seus diferenciais no segmento de ...Mercadolivre Vs OLX - uma breve análise dos seus diferenciais no segmento de ...
Mercadolivre Vs OLX - uma breve análise dos seus diferenciais no segmento de ...
 
Trabalho Conclusão - Embratel - Humberto Waltrick - Graduação em Marketing -...
 Trabalho Conclusão - Embratel - Humberto Waltrick - Graduação em Marketing -... Trabalho Conclusão - Embratel - Humberto Waltrick - Graduação em Marketing -...
Trabalho Conclusão - Embratel - Humberto Waltrick - Graduação em Marketing -...
 
Projeto Integrador Marketing Digital FarmaSesi - Pós Graduação Marketing Digi...
Projeto Integrador Marketing Digital FarmaSesi - Pós Graduação Marketing Digi...Projeto Integrador Marketing Digital FarmaSesi - Pós Graduação Marketing Digi...
Projeto Integrador Marketing Digital FarmaSesi - Pós Graduação Marketing Digi...
 
Apresentação - Posicionamento de Marca
Apresentação - Posicionamento de MarcaApresentação - Posicionamento de Marca
Apresentação - Posicionamento de Marca
 
Apresentação FARMASESI - Pós Graduação em Marketing Digital
Apresentação FARMASESI - Pós Graduação em Marketing Digital Apresentação FARMASESI - Pós Graduação em Marketing Digital
Apresentação FARMASESI - Pós Graduação em Marketing Digital
 
Apresentação de Marcas para o público de Games - Faculdades Senac
Apresentação de Marcas para o público de Games - Faculdades SenacApresentação de Marcas para o público de Games - Faculdades Senac
Apresentação de Marcas para o público de Games - Faculdades Senac
 

Artigo Final - Branding - Posicionamento de Marca - Humberto Waltrick

  • 1. 1 Artigo Referente a Branding e Posicionamento de Marca São José, 28 de dezembro de 2008
  • 2. 2 Produção de Artigo Referente à Publicidade e mercado na área de branding, serviços e pesquisa de mercado, as relações com o consumidor. RESUMO Branding significa “trabalhar a personalidade e fixação da marca, não busca um método específico, mas sim uma maneira de pensar, uma filosofia de trabalho que utiliza conceitos de design, marketing, administração, antropologia, psicologia, arquitetura e propaganda para operar com um universo de valores que representem sua empresa para consolidá-la perante seus clientes. Branding é mais do que apenas se certificar de que os clientes reconheçam a logomarca ou o nome de um produto; mas sim uma associação emocional entre o cliente e um produto, serviço ou empresa por meio de uma mensagem transparente, clara que desperte o real interesse do consumidor. Uma marca forte é requisito básico para competir e se sobressair num mercado tão dinâmico em que vivemos atualmente – vai mais longe quem inova, renova e busca principalmente entender e compreender seus clientes. O programa bem sucedido de branding é baseado no conceito da singularidade, onde cria-se na mente do potencial consumidor uma sensação de que não existe nenhum outro produto no mercado como o seu produto.No fim dos anos 90 foi que o branding passou a ser conceituado como “next big thing” do marketing. Proporcionam-lhe a perspectiva de que necessita para construir a marca que se distinguirá no extremamente confuso e povoado mercado concorrencial. Palavras-chave: segmentar, inovar, surpreender.
  • 3. 3 INTRODUÇÃO Uma das questões mais interessantes do mercado consumidor e consumerista em que vivemos é o poder que uma marca exerce sobre seus clientes, e fica uma pergunta dentre tantas – até onde vai a relação de fidelidade entre o Cliente e a marca que consome? Estudo de caso em várias situações e empresa, os valores de marca e todo a sua importância mercadológica nos faz crer que cada vez mais as empresas estão preocupadas não só com a importância de suas marcas, mas também em todo o processo que provém desde a produção (dentro de fábrica) até o instante “final “ onde o consumidor utiliza ou mesmo consome tal produto. O processo de estudo e preocupação em de manter a excelência da marca, desenvolver todo um trabalho de imagem e qualificação faz com que o termo branding apareça cada vez mais no cenário mercadológico, bem como toda a sua importância e construção de marca. A importância de desenvolver estudos referentes a tal assunto faz com que o mercado competitivo e desafiador de nossos dias utilize de estudos e artifícios como um aprofundamento maior, uma participação e preocupação maior com o cliente, buscar entender quem compra e seus comportamentos bem como sua cultura e hábitos. A busca do diferencial, o chamado Oceano Azul, assim como é conhecido na administração e marketing é um desafio para todos os profissionais que trabalham com marca, tanto da área de marketing como na publicidade.
  • 4. 4 DESENVOLVIMENTO A importância de ressaltarmos que Segundo o livro de Augusto Nascimento e Robert Lauterborn chamado “Os 4 Es de Marketing e Branding” inicia sua trajetória contextualizando os leitores a respeito de fatos históricos, evoluções econômicas e sociais, além de traçar uma linha do tempo no que se refere à conceituação e prática de marketing.Século XVIII: Predomina a escassez de bens de consumo e a falta de concorrentes.Século XIX: Com a Revolução Francesa e a Revolução Industrial surge um novo modelo de organização das cidades, uma nova relação entre capital e trabalho se solidifica e também um novo público consumidor se forma (cultura de massa). No entanto, a maior parte dos produtos ainda não possui marca. A necessidade das empresas adequarem sua forma de comercialização e de produção para atender a demanda deste mercado existe, principalmente em massa que se forma, aumenta o número de produtos, a diversidade de opções e com isso a concorrência dos mercados. Aprimorando a Hoje em dia a maior parte dos produtos e dos serviços são comprados, não vendidos. E o branding favorece este processo. O branding “pré-vende” o produto ou o serviço ao consumidor. O branding é assim uma forma mais eficiente de vender coisas além de tratar de ações, sempre no sentido de dar nome a marca, identificar percepções a fim de despertar interesse pelos consumidores. Com isso a empresa deixa de ser mais uma no mercado e com isso a corporação passa a ter um significado maior do que um simplesmente ato de compra.Para isso ações barata são eficazes e padroniza toda a linguagem e caracteriza a identidade de uma marca.Tal processo porém, ultrapassa todo os limites da identidade visual. A construção de uma marca depende dos seguintes aspectos (que são tangíveis e intangíveis) tais como: slogan, símbolo(metafórico), palavra, cor,
  • 5. 5 som, cheiro , coerência do marketing de mix bem como o ambientalismo da marca, segundo Scott Bedbury (2002). Quanto aos aspectos internos, é preciso destacar: quais são os parceiros, qual seu público interno, quais os canais de distribuição, os consumidores intermediários e finais bem como os grupos de referência. Já os pontos de contatos são: a internet, os funcionários, a imprensa, layout interno e externo, as experiências pessoas com a marca, as ações de comunicação, a embalagem, o boca-a-boca, o público intermediário, os eventos e ações e o material no ponto de venda. O marketing digital podemos contar com os podcasts, os wikipédias, caixa de mensagens e os blogs cada vez mais comuns à título de informação das marcas. O programa bem sucedido de branding é baseado no conceito da singularidade, segundo AL Ries e Laura Ries, cria-se na mente do potencial consumidor uma sensação de que não existe nenhum outro produto no mercado como o seu produto. Para uma empresa diferenciar-se no mercado, deve desenvolver métodos para criar ou fortalecer a imagem da marca, incorporando além das qualidades técnicas, as qualidades que enfatizem a relação da marca com os consumidores, ou seja, um conjunto de valores subjetivos associados à imagem da marca.Isto favorece a competitividade e se constitui em um grande desafio para as empresas. Porque, para ser competitivo no mercado atual, deve-se atender não somente a desejos e necessidades, mas também oferecer produtos e serviços que sejam inovadores e que possam surpreender o consumidor. O significado literal de branding é atribuir a uma marca ou a um produto ou serviço. No entanto, o verdadeiro significado do termo vai muito mais além e significa efetuar a diferenciação de um produto ou serviço e ajudar a definir um determinado posicionamento através da atribuição de uma marca e/ou nome identificativo. Este processo de branding tem geralmente associado o conceito de
  • 6. 6 qualidade e os consumidores tendem a assumir as marcas como pontos de referência. A filosofia estratégica de branding posiciona a marca, o mercado e os métodos estratégicos nos quais o produto estará distribuído e apresentado, porém, além de transcender a próprio da marca. As diversas linhas de branding pode ser consideradas em áreas como a administração, as relações públicas, o recurso humano, o design gráfico, a publicidade e propagada,o aspecto geográfico onde o produto e/ou marca estão inseridos e por fim o marketing – todos como estratégicas da marca, em consonância com os objetivos da vantagem competitivas que o mercado apresenta. A importância de segmentar, inovar e direcionar faz com que ações como eventos, parcerias, ações de merchandising (como treinamentos), promoções agregados a uma comunicação direcionada, e quando preciso renovar a imagem ou buscar reconstruí-la. Uma das ações importantes para comprovarmos a qualidade do produto é o famoso “teste cego”, onde pessoas pré-selecionadas experimentam o mesmo produto, porém com variadas marcas, e com isso dizem qual a sua preferida – o principal é como o próprio teste diz, as marcas não aparecem, e com isso torna-se mais simples a comprovação de qual é a melhor, sem tendências. Uma das maiores dificuldades hoje encontradas pela agências é a de criar um relacionamento entre marca e consumidor de forma tão intensa que passe a ser uma relação quase humana com a marca.Esse consumidor (advogado da marca, ou believer) é mais que um comprador da marca, ele não só a defende como a marca faz parte da sua vida. Sob o ponto de vista comercial é um relacionamento muito poderoso, pois o believer contribui fortemente no volume de vendas, é mais leal à marca e menos sensível à preço, demonstra mais lealdade ao fator marca e acaba atraindo outros believers (futuros compradores). A arquitetura da marca determina como funciona a sinergia ou relacionamento entre “proposta de valor” da empresa para o mercado, formada
  • 7. 7 pela lei das oferta e demanda (produtos e serviços) bem como o mercado construído pelo “ ecossistema “ entre clientes, parceiros e fornecedores, ou seja, é a maneira como as marcas de uma empresa relacionam entre si. O resultado dessa personalificação de marca determina a imagem, identidade e essência que são sentidas fisicamente pelos seus clientes, bem como as sensações de atração e repulsão soa respectivamente resultados do “ecossistema” previsível ou não pela empresa. O brand equity é saber quanto crescer, ganhar mercado, manter clientes satisfeitos e estar um passo a frente da concorrência são desafios que exigem das empresas uma combinação entre pensamento estratégico, disciplina na execução e controle, avaliar o valor da marca. De um modo geral, culturalmente as marcas influenciam pessoas de todas as idades, sexos, gostos, raças e credos, pois são como “depósitos” de valores que nós, consumidores, nutrimos por uma determinada empresa, produto, serviço, crença, ideologia e até mesmo outras pessoas. Produtos aparecem e desaparecem respeitando seus ciclos de maturidade — a marca fica. Além desses exemplos temos também o termo co-branding que é estrategicamente uma sinergia (parceria) entre duas marcas, mais do que isso é a estratégia entre duas marcas por uma união em um certo produto, é uma associação entre duas ou mais empresas em um mercado que nenhuma delas poderia entrar isoladamente, quer pelo investimento envolvido, quer pela especificidade do produto. Existem exemplos como: Renault Clio Sedan Boticário, Adidas Goodyear, Sony Ericsson, Bob`s e Ovomaltine, etc. Segundo o Diretor de Marketing Leonardo Damiani ao para desenvolver ações de co-branding é preciso trazer um duplo valor agregado afim de o que demonstrar garantia de qualidade, personaliza e identificação dos clientes com ele, além da criação de diferenciais de mercado por meio da incorporação de novos acessórios e tecnologias. Trata-se de uma ação vantajosa para as duas marcas, já que podem haver divisão dedos investimentos em ações de marketing e publicidade
  • 8. 8 para a divulgação do produto Quanto as tendências, muitas vezes uma marca junta-se a (mais exemplos de co-branding) outra, ex : Coca-Cola e Avon ou mesmo Bradesco e Circo de Soleil, assim buscam uma interação maior com os consumidores de ambas as marcas, ou mesmo para reforçar uma delas ou ambas.
  • 9. 9 Case de Sucesso: Agência Africa Falar em branding é associar à Agência Africa e todas as suas ações – falar em atendimento personalizado é relacionar a marca da Agência de Nizan Guanaes e toda sua equipe que é dar um novo posicionamento aos seus clientes. .”Criança é um imbatível. Ela pega uma bengala e a transforma numa espada. Essa capacidade de ver uma coisa e enxergar outra, esse olhar livre, vai ser fundamental nos negócios.Crianças e adolescentes são os monitores do futuro. Ali está o mapa astral do mundo” (Nizan Guanaes). Em um mercado cada vez mais segmentado e eficiente, é preciso atender as necessidades simplificando e personalizando os produtos, sendo assim ter clientes como Caninha 51, Gradiente, Pão de Açúcar, Nívea, Nívea, Assolan,Vale do Rio Doce, Brahma e Vivo e saber posicioná-los de forma diferenciada no mercado, é falar de atendimento personalizado – e para isso a própria Agência Africa faz um trabalho de branding personalizado, especial. Atendimento personalizado é algo que a Agência Africa faz, a construção e o cuidado de cada cliente fez com que o atendimento da agência seja diferenciado –e em se tratando de uma agência ao comando de Nizan Guanaes e toda sua equipe torna a responsabilidade de sucesso ainda maior, o diferencial fora que própria agência presta serviço em cada um dos endereços desses seus clientes, ou seja, participam direto com cada cliente, o trabalho é feito em cada endereço de cliente, não se restringem ao convencional das paredes de uma agência – fazem um serviço de atendimento direcionado, participam do acompanhamento direto não só com seus clientes (as marcas) bem como o final, aquele que compra os produtos direto no ponto de distribuição – e assim diferencia seu atendimento das demais agências, o que facilita em feedbacks e brainstorms para futuros projetos e lançamentos, além é claro deu um melhor reforço de marca.
  • 10. 10 Uma das maiores vantagens que a Agência Africa diferencia-se das demais é o atendimento direto ao endereço de seus clientes (pioneiro e personalizado), o que traz muito mais feedbacks dos clientes finais, que são os consumidores, além de aproximar a relação clientes com a agência. Um dos exemplos, a caninha 51 teve uma alteração de marca bastante considerável – houve uma reformulação de marca, onde a Caninha 51 hoje é uma das marcas mais respeitadas e valorizadas internacionalmente no ramo de bebidas alcoólicas. Com a Nívea (criada em 1911) empresa que está presente em mais de 150 países, tiveram a brilhante idéia de associar a marca a modelo Top do Mundo (Gisele Bündchen) e assim obtiveram retorno imediato.Lançou também a campanha “ Nívea 24 horas com você “ que premiava o público com relógios, conforme aquisição dos produtos. Com a Vivo , lançou promoções estratégicas e campanhas com Gisele Bündchen, Naomi Campbell e Luana Piovani – onde após seis meses de vinculação de mídias tornou-se líder de mercado, e com isso obteve retorno imediato, uma enorme clientela fora conquistada e o mercado chegou a primeiro colocado em número de clientes (em 2004). Com tamanha excelência, nem todos sabiam exatamente a importância que a Vale do Rio Doce tem para o nosso país, a maior operadora de logística do Brasil, sendo assim, a Africa teve o papel de humanizar e ganhar empatia ao povo brasileiro.Trazer um fenômeno Empresarial do porte da Companhia Vale do Rio Doce para mais próximo dos brasileiros é um dos maiores desafios da Agência Africa. A Gradiente passou por uma reformulação de imagem, um reposicionamento de marca onde seus produtos foram completamente reestilizados e com nova identidade voltaram ao mercado, conquistando assim um grande e considerável nicho dos teen de mercado. A rede de supermercados Pão-de-Acúcar passou a ser gerido por um grupo de acionistas que reformularam toda a imagem tradicional e com a divulgação da Africa facilitou o retorno ao sucesso da rede.
  • 11. 11 A cerveja Brahma associou a boa imagem do cantor Zeca Pagodinho a um produto popular e de fácil comercialização, inclusive nos menores pontos de distribuição (os bares) – onde a cerveja tem grande parcela de mercado, sendo que o market share subiu de 17,9% em junho de 2003 para 19,5% e segundo a pesquisa Datafolha foi a cerveja mais preferida e lembrada pelo público. Desde 1958 a Assolan produz suas esponjas de aço, porém, foi no fim de 2002 que a Africa passou assumir as contas da Empresa – sugeriu ao público mudar os hábitos de compra ao adquirir esponjas de aço- criando o hit “limpou, passou “.O resultado foi um salto dos 9% para os 26,3% de mercado. O Banco Itaú foi o primeiro cliente Africa, tornou-se mais uma vez referência em comunicação bancária, como o segundo maior banco privado do Brasil, em 2003 tornou-se referência com a campanha “ O Itaú foi feito pra você” – sucesso tanto em TV, rádio e internet. “ O grande desafio da mídia foi a busca de pontos adequados às mais de trinta diferentes criações”, avalia Luiz Fernando Montelone, Diretor de Mídia de Conta.
  • 12. 12 Origem e Razão da Metodológica O marketing entra com sua função de planejamento, capta informações, faz pesquisas direta e/ou indireta, coleta dados direta ou indiretamente as informações do produto, posiciona e/ou posiciona e/ou reposiciona a marca tanto do cliente como de seu produto ou ponto de distribuição, faz o planejamento da pesquisa de informações estratégicas e enfim idealiza do produto. A publicidade faz um trabalho paralelo, capta todas essas informações e em desenvolve uma campanha baseada em informações como: o perfil do cliente, o estilo de vida desse cliente – bem como seus hábitos e culturas e cria à partir desses dados uma divulgação que possa vir ser veiculada nas mais diversas mídias – tais como: o jornal, a T.V., o rádio,os folders, cartazes, banners, outdoors ou até mesmo flyers. Após esse processo, tanto a equipe publicitária, como a equipe de marketing tem como obrigação acompanhar o processo de como estão sendo veiculados no mercado essas ações – deve também analisar a reação e aceitação pública (nível de satisfação), bem como se há coerência na qualidade do produto apresentado como campanha com a qualidade do produto em sim, seja ele consumido ou mesmo apreciado. Após todo esse processos e captação de informação podemos armazenar essas informações e à partir daí buscar novas divulgações e até mesmo novas tendências para o mercado no qual o produto encontra-se, ou até mesmo buscar novos nichos de mercado, novas oportunidades para tal produto. O termo branding ganhou o estatuto de no fim dos anos 90 da “next big thing” do marketing. As 22 leis imutáveis do branding proporcionam-lhe a perspectiva de que necessita para construir a marca que se distinguirá no extremamente confuso e povoado mercado concorrencial. De acordo com o texto do livro “ A Estratégia do Oceano Azul” , onde os autores referem que 86% dos lançamentos de serviços e produtos relacionados a um Oceano Azul provém de extensões de linha, ou seja, melhorias incrementais
  • 13. 13 dentro do Oceano Vermelho e o estudo de um posicionamento para a marca é essencial dentro desse contexto. O branding tem a função de gerenciar os diversos discursos de uma marca, que são oriundos de várias áreas do conhecimento, buscando unidade nas manifestações de identidade e os benefícios da marca. Podemos notar também que existem dois tipos de identidade do cliente com a marca: a identidade nuclear, que não muda e a identidade expandida que são as tendências de mercado. Dentro de uma visão de mercado, podemos dizer que uma marca bem posicionada sabe muito bem qual o seu nicho de mercado, o famoso target. À partir do saber em qual cliente ou nicho, é preciso através de entrevistas ou mesmo avaliação de comportamento verificarmos o que esse cliente quer , bem como suas preferências – através de micro segmentos.Esses micro segmentos são questões como auto-análise, tendência e concorrências – e assim buscar o foco, estilo e o posicionamento da marca perante seus concorrentes. Após essas informações, devemos buscar a culturalização da marca, e com ela desenvolver ou mesmo fixar a marca no mercado, ser notada inclusive pelas suas concorrentes, a marca é um dos principais ativos da empresa. O estudo direcionado em pesquisas quali e/ou quantitativas auxiliam para futuras ações em estratégias, em busca de novos nichos. Além disso, podemos identificar também que as marcas seguem alguns níveis de associações que são: atributos (características desejáveis),bem como a sua imagem destaca-se no mercado (sua percepção) tais como: benefícios, valores (ética e transparência), cultura,personalidade e usuário. Podemos analisar também como tal marca mantêm sua proposta no mercado – como ela é percebida (a identidade da marca). “ Tratar a marca somente com aspectos visuais seria como se preocupar mais com a embalagem do presente do que com seu conteúdo”, explica Carlos Sottovia, sócio da Gia & Zal, empresa especializada em branding.
  • 14. 14 Ainda dentro da identidade da marca podemos analisar os benefícios que tal marca oferece a seus clientes que vão desde funcionais, emocionais, e de auto-expressão. Segundo David Aaker marca é um nome, termo, sinal, símbolo ou combinação dos mesmos, que tem propósito de identificar bens ou serviços de u vendedor ou grupo de vendedores e diferenciá-las dos concorrentes. Antes de mais nada, devemos saber o que o cliente quer, quais suas tendências, o que almeja ou mesmo deseja, quais suas expectativas ligadas a satisfação.Para uma marca que já está no mercado, devemos verificar a situação atual da empresa – qual a qualidade percebida bem como suas associações desejáveis.Para isso é preciso analisarmos em termos mercadológicos como estão seus concorrentes para novos métodos serem comparados. Algumas das experiências no ramo automobilísticos onde o cliente pode ter antes de uma possível compra são os test-drives, apreciar o produto antes da aquisição, em setores de cosméticos e perfumaria surgem as amostra grátis, bem como nos supermercados os mesmos casos alimentícios. Além disso, as empresas promovem shows, criam tendências e relacionamento, formam eventos, ou mesmo datas que caracterizam a proximidade com o produto, temos por exemplo o Mc Dia Feliz. O termo brand equity é um conjunto de recursos e qualidades de um produto e ou serviço, é uma vantagem competitiva sustentável da marca perante seus concorrentes, onde a marca dificilmente consegue ser copiada pois tem como diferencial, ou mesmo destaque perante as demais.O conceito mais direto de brand equitity traduzido de maneira genérica é o de buscar estabelecer uma relação entre os consumidores e os produtos a eles dirigidos, considerando a marca como moderador dessa situação – sendo assim, é uma soma de valores intangíveis que estão associados a um produto identificado por uma marca. Podemos classificar também como um conjunto de ativos e passivos ligadosa uma marca, bem como seu nome símbolos, ou logomarcas.
  • 15. 15 Sendo assim, o brand equitity é medido conforme o consumidor conhece a marca e valoriza ela, é um indicativo de qualidade criando um vínculo entre o fabricante e o produto, ou seja, um medidor da marca.
  • 16. 16 Processos Metodológicos Gerais É necessário estabelecer normas como: Disciplinar para liderar Princípios de valores como culturas e longo tempo Personalidade da marca. Natureza e criação de hábitos Percepções que envolvem a psicologia da marca, bem como mudança ou não de hábitos. Motivar seus clientes através de treinamento e acompanhamento. Bem Como: Trabalhar num local agradável Gostar do que faz Usar suas habilidades e capacidades Crescer e desenvolver no campo pessoal Sentir o que falta de importante Receber bons benefícios Ser reconhecido pelo bom desempenho Trabalhar num local agradável Receber salário generoso
  • 17. 17 ConsideraçõesFinais Conforme podemos analisar, o estudo referente ao desenvolvimento de marca, mais conhecido como branding, desenvolve em nosso mercado conceitos, ações e criações sempre buscando atrair mais e mais seus clientes e para isso é preciso desenvolver um trabalho cada vez mais diversificado e dinâmico, contando sempre com informações obtidas dos clientes, valorizando sempre a opinião dos mesmo, enfim, buscando assim desenvolver paralelamente duas linhas: a imagem de seus clientes assim como o conceito da marca. Todo esse conteúdo é claro, depende de informações como: o perfil e idade do cliente, as preferências paralelas de produtos e outros bens afins, e assim desenvolver um planejamento de técnicas e projetos que possam ser testados e ou diretamente aplicados ao cliente – consumidor final – tais como ações de merchandising, exposições, divulgação de materiais ou algo do tipo – e com isso, verificar qual a opinião de quem está consumindo, suas reações, qual as suas opiniões referentes a tal experimento, enfim, valorizar e focar sempre no que o consumidor diz. Sabemos também que em um mercado tão capitalista e consumista como o nosso a competitividade entre produtos é tamanha que não basta apenas termos um nome no mercado é preciso sempre desenvolver ações e estratégias, é preciso ir além. A busca sobre informações e estratégias facilitam, principalmente tratando-se de um assunto como o branding a marca e toda a sua conjuntura de valorização bem como encontra-se no mercado.
  • 18. 18 Referências Bibliográficas http://www.kyu.com.br/branding- marcas.htmlhttp://emarketingvox.blogspot.com/2007/06/brand-equity-como- medir-marca-de.html http://rec6.via6.com/link.php?l=120614 http://www.portaldapropaganda.com.br/portal/index.php?option=com_content &task=view&id=2754&Itemid=50 http://fido.palermo.edu/servicios_dyc/encuentro2007/02_auspicios_publicacio nes/actas_diseno/articulos_pdf/A4121.pdf http://bisturi.shopping.sapo.pt/Default.aspx?tabid=64&CategoryID=148&List =0&Level=1&ProductID=8609 http://blog.ciadainformacao.com.br/2007/12/25/as-22-leis-imutaveis-do- branding/ http://www.linkto.com.br/site.busca.php?site_noticia_titulo=branding&site_n oticia_data=Indiferente&site_noticia_n_votos_mais=0&site_noticia_order=m ais_novos http://www.midiaweb.com.br/blog/do-marketing-ao-branding/ JR, José Kozel – O Top do Marketing Brasileiro – editora Scipione Cultural 1ª edição, 1ª impressão, 1997.
  • 19. 19 BARROS, Aidil Jesus Paes de, LeHFELD, Neide Aparecida de Souza.Fundamentos de Metodologia: um guia para a iniciação científica.São Paulo: Mc Graw-Hill, 1986. LAKATOS, Eva Maria.Metodologia do Trabalho Científico: procedimentos básicos, pesquisabibliográfica, projeto e relatório, publicações e trabalhos científicos.São Paulo:Atlas, 1992. RAUEN, Fábio José. Elementos de Iniciação à Pesquisa: inclui orientações para a referenciação de documentos eletrônicos.Rio do Sul: Nova Era, 1999. TACHIZAWA, Takeshy. Como Fazer Monografia na Prática. Rio de Janeiro: FGV, 1998. AAKER, David A. The Value of Brand Equitity. Journal of Business Strategy vol. 3 nº 4 1992. Revista Africa – nº 1 Editora Gráficos Burti Ltda 178 páginas dezembro de http://planejamentoestrategico.wordpress.com/category/921-arquitetura-da- marca/ http://www.brandme.com.br/arquitetura/ confirp magazine (virtual) ano VI nº29 janeiro e fevereiro de 2006 www.confirp.com http://www.terra.com.br/istoedinheiro/393/negocios/compadres_corporativos. htm
  • 21. 21