CURRICULUM VITAE 
 
I  ­  Dados patronímicos 
Nome: Hugo Neto 
Data de Nascimento: 26 de Novembro de 1975 
Naturalidade: P...
 
III – Formação Académica Relevante 
­ Ensino secundário na Escola Secundária Aurélia de Sousa (Porto); 
­ Licenciatura d...
V – Participação em congressos e seminários 
­ Co­organizador do Seminário sobre o turismo juvenil em Portugal – “Turismo ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

CVHugoNetoresumido.docx

346 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
346
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
68
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

CVHugoNetoresumido.docx

  1. 1. CURRICULUM VITAE    I  ­  Dados patronímicos  Nome: Hugo Neto  Data de Nascimento: 26 de Novembro de 1975  Naturalidade: Porto  Estado civil: Casado  Residência: Rua da Póvoa 335, 4000­398 Porto, Portugal  Telemóvel: +351 968517276  E­mail: neto.soares.hugo@gmail.com    II – Experiência profissional  ­ Assessor do Secretário de Estado da Juventude e Desportos, de Abril de 2002 a Julho de                                2003 – principal apoio à coordenação política de todo o setor da juventude;  ­ Presidente da Movijovem – Mobilidade Juvenil Cooperativa de Interesse Público (entidade                      gestora da Rede Nacional de Pousadas de Juventude e do Cartão Jovem), de Julho de 2003                                a Setembro de 2005 – foi neste período que a empresa, após uma profunda reestruturação                              económico­financeira, atingiu, pela primeira e última vez, resultados de exploração positivos;  ­ Consultor na área da juventude e empreendedorismo, de Outubro de 2005 a Janeiro 2007;  ­ Adjunto do Vereador da Educação, Juventude e Inovação da Câmara Municipal do Porto, de                            15 de Janeiro 2007 a Fevereiro de 2008 – desenho dos principais projetos do Pelouro (ex.                                Porto de Futuro e Plano Municipal de Juventude);  ­ Gestor de Zona de Intervenção da Helpo (ONGD Portuguesa) em Moçambique, nas                        Províncias de Nampula e Cabo Delgado, de Fevereiro de 2008 a Dezembro de 2009 –                              conceção e coordenação de toda a implantação da organização no terreno;  ­ Country Manager da Helpo em Moçambique, de Janeiro de 2010 a Junho de 2010 – depois                                da fase de implantação da organização, coordenação da fase da consolidação e                        reconhecimento institucional junto do Governo Moçambicano e restantes parceiros                  institucionais;  ­ Country Manager​ da Helpo no Brasil, de Setembro de 2010 a Março de 2011;  ­ Diretor Geral da PortoLazer, E.M., desde Julho de 2011 a Outubro de 2013 – fase de                                reestruturação da empresa municipal com uma racionalização de meios que, num contexto de                          seriação das empresas do setor, permitiu que a PortoLazer continuasse a existir e                          inclusivamente com aumento de impacto da sua atividade na cidade;  ­ Administrador Executivo da PortoLazer, E.M., de Outubro de 2013 a Março de 2015 –                            coordenação de toda a política de animação e de eventos na cidade;  ­ Diretor de Recursos e Projetos Especiais da Fundação de Serralves, desde Maio de 2015;    Página 1/3 
  2. 2.   III – Formação Académica Relevante  ­ Ensino secundário na Escola Secundária Aurélia de Sousa (Porto);  ­ Licenciatura de 5 anos, em Direito, pela Universidade Católica Portuguesa (C.R. Porto);  ­ Programa “Gerir por Objectivos e Avaliar Resultados” – Católica Executive Education, Lisboa;  ­ MBA Executivo pela Porto Business School;    IV ­ Principais Atividades Desempenhadas  ­ Presidente da Associação de Estudantes da Faculdade de Direito da Universidade Católica                        Portuguesa (1997/98, 1998/99);   ­ 1º Presidente e fundador da Federação Académica da Universidade Católica (1999/2000);  ­ Vice­presidente da Federação Académica do Porto, em 1999;  ­ Presidente da Federação Académica do Porto (Novembro 1999/Janeiro de 2002);  ­ Diretor/fundador do jornal Porto Académico (suplemento do Jornal O Comércio do Porto);  ­ Diretor/fundador da Orquestra Académica do Porto;  ­ Conselheiro da Comissão de Acompanhamento do Programa de Intervenção Comunitária                    EQUAL, em representação da Secretaria de Estado da Juventude e Desportos (SEJD);   ­ Conselheiro do Conselho Nacional para a Prevenção e Eliminação da Exploração do Trabalho                          Infantil, em representação do Ministro­adjunto do Primeiro­ministro;  ­ Conselheiro da Comissão Nacional Para a Promoção do Voluntariado, em representação da                        SEJD;  ­ Representante do SEJD no Conselho Supremo da Cruz Vermelha Portuguesa;  ­ Conselheiro do Conselho Nacional de Acção Social do Ensino Superior, em representação da                          SEJD;   ­ Membro da Comissão Interministerial de Acompanhamento do Plano Nacional de Acção para                        a Inclusão (PNAI), em representação do Ministro­adjunto do Primeiro­ministro;  ­ Membro da Comissão Interministerial de Acompanhamento do Plano Nacional de Emprego                      (PNE), em representação do Ministro­adjunto do Primeiro­ministro;  ­ Membro do Conselho Consultivo da Fundação de Juventude, de Agosto de 2003 a Setembro                            de 2005;   ­ Membro do Conselho de Administração do Instituto Português de Juventude, de Setembro de                          2003 a Setembro de 2005;  ­ Representante da ONG´D HELPO em várias reuniões e grupos de trabalho junto do Governo                            de Moçambique, de que se destacam as participações no Grupo Intersectorial de Acção                          Social, da Mulher e da Criança da Província de Nampula e no Comité de Educação e                                Desenvolvimento da Direcção Provincial de Educação e Cultura de Cabo Delgado;  ­ Membro da direção da Associação de Amigos do Coliseu do Porto em representação da                            CMP, desde Janeiro de 2015;    Página 2/3 
  3. 3. V – Participação em congressos e seminários  ­ Co­organizador do Seminário sobre o turismo juvenil em Portugal – “Turismo Jovem –                          Evolução e Tendências” realizado em Janeiro de 2005 na FIL;  ­ Representante de Portugal na ​International Youth Hostelling World Conference​, em Seoul,                      Novembro de 2004;  ­ Representante de Portugal na ​Ceo´s Anual Meeting da EUFED­ European Union Federation                        of Youth Hostel Associations​ em Hammamet, Fevereiro de 2005;  ­ Representante dos estudantes portugueses, no programa Grande Informação (debate                  televisivo na RTP1), com presença de representantes dos vários parceiros sociais e do                          Ministro da Educação ­ “O Estado do Ensino Superior em Portugal”;  ­ Orador no Seminário “Os Jovens e o Alcoolismo” organizado pela ​European Law Students                          Association ​(ELSA);  ­ Orador no Congresso do Conselho Nacional de Educação (2001);  ­ Moderador do Painel “Associação de Estudantes da Faculdade de Ciências da Nutrição e                          Alimentação da Universidade do Porto: Caminhos, Dificuldades e Expectativas”, painel                    integrado no Congresso Comemorativo dos 25 Anos desta faculdade;  ­ Orador na Conferência/Debate da Universidade Portucalense – “Oportunidades de                  (Des)Emprego”;  ­ Orador no Seminário do Conselho Nacional de Avaliação do Ensino Superior – “Ensino                          Superior e Competitividade”;  ­ Orador no painel “Imprensa Associativa/Associativismo Estudantil” no Encontro Nacional de                    Imprensa Associativa;  ­ Orador no Debate “Consumo de Drogas no Ensino Superior” – organizado pela ​European Law                            Students Association;  ­ Organizador de várias conferências, tertúlias, sessões de esclarecimento e debates sobre o                        futuro da Educação e do Ensino Superior;  ­ Presença e participação activa em todos os Encontros Nacionais de Dirigentes Associativos                        realizados entre 1999 e 2001 bem como, em todas as reuniões mantidas entre o movimento                              associativo e o Governo no mesmo período;  ­ Orador em representação da SEJD no Seminário Agenda Jovem 2002 – co­organizado pela                          Fundação Konrad Adenauer, pela Organização Brasileira de Juventude e pela Organização                      Latino­americana de Juventude realizado no Rio de Janeiro;  ­ Orador em representação do SEJD em diversos seminários e encontros juvenis.  Página 3/3 

×