SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 37
4  - Os Romanos na Península Ibérica
A   Conquista da Península Ibérica ,[object Object],[object Object]
A Resistência ,[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
Nesses tempos de resistência, distinguiu-se entre os chefes das tribos lusitanas um pastor proprietário de terras e gado chamado Viriato, que durante anos. tornou inexpugnável aos romanos uma região compreendida entre o Tejo e  o sudoeste da Península. Territórios, hoje em dia, sobretudo portugueses, mas também espanhóis. Mas se a primitiva Lusitânia não pode ser, de facto, confundida territorialmente com a génese de Portugal faz , sem dúvida,  parte dela.  Tal como Viriato, que portugueses e espanhóis mitificaram e  elegeram como herói nacional, durante o salazarismo e o franquismo, em pleno delírio nacionalista, faz parte da História dos dois países.
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],Estatueta Celta Ruínas de Conímbriga Astrolábio Árabe
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
 
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],CERIMÓNIA DE AUGURES
A sua área era delimitada por dois eixos que se cruzavam: O Cardus e o Decomanus. que determinavam a forma rectangular, sempre repetida das cidades romanas. Depois erguiam-se os edifícios do costume: As Basílicas, os Templos, os Pórticos que circundavam o centro - o Fórum - o lugar onde tudo acontecia… FÓRUM ROMANO PLANTA DA ROMA IMPERIAL
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object]
[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object]
ÍNSULA Romana
VILLA  ROMANA
A queda do Império Romano e o Cristianismo ,[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],O “ Baptismo “  de Constantino
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
As Invasões Bárbaras
[object Object],[object Object]
 
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Romanização da Península Ibérica
Romanização da Península IbéricaRomanização da Península Ibérica
Romanização da Península IbéricaCarlos Vieira
 
C3 cristãos e muçulmanos na península
C3 cristãos e muçulmanos na penínsulaC3 cristãos e muçulmanos na península
C3 cristãos e muçulmanos na penínsulaVítor Santos
 
O Modelo Romano - a fixação de modelos artísticos: arquitetura, escultura e...
O Modelo Romano -   a fixação de modelos artísticos: arquitetura, escultura e...O Modelo Romano -   a fixação de modelos artísticos: arquitetura, escultura e...
O Modelo Romano - a fixação de modelos artísticos: arquitetura, escultura e...Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
A economia na Roma antiga
A economia na Roma antigaA economia na Roma antiga
A economia na Roma antigaMaria Gomes
 
A romanização romana
A romanização romanaA romanização romana
A romanização romanaBruno Ganhão
 
Ficha formativa roma
Ficha formativa romaFicha formativa roma
Ficha formativa romaAna Barreiros
 
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
Romanização blogue
Romanização blogueRomanização blogue
Romanização blogueVítor Santos
 
Civilização romana
Civilização romanaCivilização romana
Civilização romanabamp
 
Romanização em portugal
Romanização em portugal Romanização em portugal
Romanização em portugal Soraya Filipa
 
Romanização da Península Ibérica
Romanização da  Península IbéricaRomanização da  Península Ibérica
Romanização da Península IbéricaCarlos Pinheiro
 
O mundo romano no apogeu do império i
O mundo romano no apogeu do império iO mundo romano no apogeu do império i
O mundo romano no apogeu do império iTeresa Maia
 
Romanização da Península Ibérica
Romanização da Península IbéricaRomanização da Península Ibérica
Romanização da Península IbéricaLuisMagina
 

Mais procurados (20)

Os Romanos Em Portugal
Os Romanos Em PortugalOs Romanos Em Portugal
Os Romanos Em Portugal
 
Romanização da Península Ibérica
Romanização da Península IbéricaRomanização da Península Ibérica
Romanização da Península Ibérica
 
C3 cristãos e muçulmanos na península
C3 cristãos e muçulmanos na penínsulaC3 cristãos e muçulmanos na península
C3 cristãos e muçulmanos na península
 
O Modelo Romano - a fixação de modelos artísticos: arquitetura, escultura e...
O Modelo Romano -   a fixação de modelos artísticos: arquitetura, escultura e...O Modelo Romano -   a fixação de modelos artísticos: arquitetura, escultura e...
O Modelo Romano - a fixação de modelos artísticos: arquitetura, escultura e...
 
A economia na Roma antiga
A economia na Roma antigaA economia na Roma antiga
A economia na Roma antiga
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
A romanização romana
A romanização romanaA romanização romana
A romanização romana
 
Império romano
Império romanoImpério romano
Império romano
 
Romanização
RomanizaçãoRomanização
Romanização
 
Ficha formativa roma
Ficha formativa romaFicha formativa roma
Ficha formativa roma
 
A civilização romana
A civilização romanaA civilização romana
A civilização romana
 
Romanização
RomanizaçãoRomanização
Romanização
 
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...
 
Romanização blogue
Romanização blogueRomanização blogue
Romanização blogue
 
Civilização romana
Civilização romanaCivilização romana
Civilização romana
 
Romanização em portugal
Romanização em portugal Romanização em portugal
Romanização em portugal
 
Romanização da Península Ibérica
Romanização da  Península IbéricaRomanização da  Península Ibérica
Romanização da Península Ibérica
 
O mundo romano no apogeu do império i
O mundo romano no apogeu do império iO mundo romano no apogeu do império i
O mundo romano no apogeu do império i
 
Romanização da Península Ibérica
Romanização da Península IbéricaRomanização da Península Ibérica
Romanização da Península Ibérica
 
1. Roma, a cidade que se fez império
1. Roma, a cidade que se fez império1. Roma, a cidade que se fez império
1. Roma, a cidade que se fez império
 

Destaque

Os primeiros povos a habitar a península ibérica
Os primeiros povos a habitar a península ibéricaOs primeiros povos a habitar a península ibérica
Os primeiros povos a habitar a península ibéricapaulasalvador
 
A herança muçulmana em portugal
A herança muçulmana em portugalA herança muçulmana em portugal
A herança muçulmana em portugalLuisa Jesus
 
Os Muçulmanos na Península Ibérica
Os Muçulmanos na Península IbéricaOs Muçulmanos na Península Ibérica
Os Muçulmanos na Península IbéricaHistN
 
Apresenta‡æo 1§s povos
Apresenta‡æo 1§s povosApresenta‡æo 1§s povos
Apresenta‡æo 1§s povosLi Tagarelinhas
 
Romanização em Portugal
Romanização em Portugal   Romanização em Portugal
Romanização em Portugal Filipa Silva
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...
A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...
A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
8. O modelo romano a formação de uma rede escolar urbana uniformizada
8. O modelo romano   a formação de uma rede escolar urbana uniformizada8. O modelo romano   a formação de uma rede escolar urbana uniformizada
8. O modelo romano a formação de uma rede escolar urbana uniformizadaNúcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
Modelo romano parte 3
Modelo romano parte 3Modelo romano parte 3
Modelo romano parte 3cattonia
 
Romanização Ppt
Romanização PptRomanização Ppt
Romanização Pptrukka
 
A historia de portugal
A historia de portugalA historia de portugal
A historia de portugalgracindacasais
 
O Reino de Cartago
O Reino de CartagoO Reino de Cartago
O Reino de Cartago2dot4
 
Mediterrâneo Antigo
Mediterrâneo AntigoMediterrâneo Antigo
Mediterrâneo Antigorenascimento
 
Império Songhai
Império SonghaiImpério Songhai
Império Songhai2dot4
 
Primeiros Povos
Primeiros PovosPrimeiros Povos
Primeiros Povoszialucio
 
5º tema II
5º   tema II5º   tema II
5º tema IIliedson
 

Destaque (20)

Os primeiros povos a habitar a península ibérica
Os primeiros povos a habitar a península ibéricaOs primeiros povos a habitar a península ibérica
Os primeiros povos a habitar a península ibérica
 
Romanos
RomanosRomanos
Romanos
 
A herança muçulmana em portugal
A herança muçulmana em portugalA herança muçulmana em portugal
A herança muçulmana em portugal
 
Os Muçulmanos na Península Ibérica
Os Muçulmanos na Península IbéricaOs Muçulmanos na Península Ibérica
Os Muçulmanos na Península Ibérica
 
Apresenta‡æo 1§s povos
Apresenta‡æo 1§s povosApresenta‡æo 1§s povos
Apresenta‡æo 1§s povos
 
Romanização em Portugal
Romanização em Portugal   Romanização em Portugal
Romanização em Portugal
 
9. O Modelo Romano: A Romanização na Península Ibérica
9. O Modelo Romano: A Romanização na Península Ibérica9. O Modelo Romano: A Romanização na Península Ibérica
9. O Modelo Romano: A Romanização na Península Ibérica
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...
A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...
A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...
 
8. O modelo romano a formação de uma rede escolar urbana uniformizada
8. O modelo romano   a formação de uma rede escolar urbana uniformizada8. O modelo romano   a formação de uma rede escolar urbana uniformizada
8. O modelo romano a formação de uma rede escolar urbana uniformizada
 
Modelo romano parte 3
Modelo romano parte 3Modelo romano parte 3
Modelo romano parte 3
 
Romanização Ppt
Romanização PptRomanização Ppt
Romanização Ppt
 
A historia de portugal
A historia de portugalA historia de portugal
A historia de portugal
 
O Reino de Cartago
O Reino de CartagoO Reino de Cartago
O Reino de Cartago
 
Mediterrâneo Antigo
Mediterrâneo AntigoMediterrâneo Antigo
Mediterrâneo Antigo
 
Fenícios
FeníciosFenícios
Fenícios
 
Império Songhai
Império SonghaiImpério Songhai
Império Songhai
 
Songhai
SonghaiSonghai
Songhai
 
Primeiros Povos
Primeiros PovosPrimeiros Povos
Primeiros Povos
 
5º tema II
5º   tema II5º   tema II
5º tema II
 
Templos Gregos
Templos GregosTemplos Gregos
Templos Gregos
 

Semelhante a Os Romanos na Península Ibérica

2 osromanosnapeninsulaibérica
2 osromanosnapeninsulaibérica2 osromanosnapeninsulaibérica
2 osromanosnapeninsulaibéricaR C
 
Os Romanos em Portugal
Os Romanos em PortugalOs Romanos em Portugal
Os Romanos em PortugalDiogo Mota
 
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma AntigaRevisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma AntigaJanaína Bindá
 
A Civilização Romana
A Civilização RomanaA Civilização Romana
A Civilização Romanacattonia
 
A civilização romana (continuação)
A civilização romana (continuação)A civilização romana (continuação)
A civilização romana (continuação)historiajovem2011
 
História de roma antiga e o império romano/Dica Enem!
História de roma antiga e o império romano/Dica Enem!História de roma antiga e o império romano/Dica Enem!
História de roma antiga e o império romano/Dica Enem!Joemille Leal
 
A queda do império romano bárbaros
A queda do império romano bárbarosA queda do império romano bárbaros
A queda do império romano bárbarosJoão Paulo
 
Romanos monarquia e república
Romanos   monarquia e repúblicaRomanos   monarquia e república
Romanos monarquia e repúblicaFatima Freitas
 
Histriadeportugal 100521111158-phpapp01
Histriadeportugal 100521111158-phpapp01Histriadeportugal 100521111158-phpapp01
Histriadeportugal 100521111158-phpapp01Hélder Raposo
 
História de portugal
História de portugalHistória de portugal
História de portugalJWM V.
 

Semelhante a Os Romanos na Península Ibérica (20)

2 osromanosnapeninsulaibérica
2 osromanosnapeninsulaibérica2 osromanosnapeninsulaibérica
2 osromanosnapeninsulaibérica
 
Os Romanos em Portugal
Os Romanos em PortugalOs Romanos em Portugal
Os Romanos em Portugal
 
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma AntigaRevisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
 
A Civilização Romana
A Civilização RomanaA Civilização Romana
A Civilização Romana
 
A civilização romana (continuação)
A civilização romana (continuação)A civilização romana (continuação)
A civilização romana (continuação)
 
O império romano
O império romanoO império romano
O império romano
 
História de roma antiga e o império romano/Dica Enem!
História de roma antiga e o império romano/Dica Enem!História de roma antiga e o império romano/Dica Enem!
História de roma antiga e o império romano/Dica Enem!
 
Capítulo 10 e 11 - O Imperio e a decadência de Roma
Capítulo 10 e 11 - O Imperio e a decadência de RomaCapítulo 10 e 11 - O Imperio e a decadência de Roma
Capítulo 10 e 11 - O Imperio e a decadência de Roma
 
1 a civilizacao-romana
1 a civilizacao-romana1 a civilizacao-romana
1 a civilizacao-romana
 
O mundo romano
O mundo romanoO mundo romano
O mundo romano
 
Roma, império
Roma, impérioRoma, império
Roma, império
 
A queda do império romano bárbaros
A queda do império romano bárbarosA queda do império romano bárbaros
A queda do império romano bárbaros
 
ROMANOS.pptx
ROMANOS.pptxROMANOS.pptx
ROMANOS.pptx
 
Romanos
RomanosRomanos
Romanos
 
Romanos monarquia e república
Romanos   monarquia e repúblicaRomanos   monarquia e república
Romanos monarquia e república
 
Império Romano
Império RomanoImpério Romano
Império Romano
 
Histriadeportugal
Histriadeportugal Histriadeportugal
Histriadeportugal
 
História de portugal
História de portugalHistória de portugal
História de portugal
 
Histriadeportugal 100521111158-phpapp01
Histriadeportugal 100521111158-phpapp01Histriadeportugal 100521111158-phpapp01
Histriadeportugal 100521111158-phpapp01
 
História de portugal
História de portugalHistória de portugal
História de portugal
 

Mais de HistN

A Crise do Séc. XIV
A Crise  do Séc. XIVA Crise  do Séc. XIV
A Crise do Séc. XIVHistN
 
9 A Afirmação da Monarquia e a Centralização do Poder Real
9 A Afirmação da Monarquia e a  Centralização do Poder Real9 A Afirmação da Monarquia e a  Centralização do Poder Real
9 A Afirmação da Monarquia e a Centralização do Poder RealHistN
 
O Povoamento do Reino-1
O Povoamento do Reino-1O Povoamento do Reino-1
O Povoamento do Reino-1HistN
 
A Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de PortugalA Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de PortugalHistN
 
A Idade dos Metais
A Idade dos MetaisA Idade dos Metais
A Idade dos MetaisHistN
 
O Neolítico
O NeolíticoO Neolítico
O NeolíticoHistN
 
O Paleolítico
O PaleolíticoO Paleolítico
O PaleolíticoHistN
 

Mais de HistN (7)

A Crise do Séc. XIV
A Crise  do Séc. XIVA Crise  do Séc. XIV
A Crise do Séc. XIV
 
9 A Afirmação da Monarquia e a Centralização do Poder Real
9 A Afirmação da Monarquia e a  Centralização do Poder Real9 A Afirmação da Monarquia e a  Centralização do Poder Real
9 A Afirmação da Monarquia e a Centralização do Poder Real
 
O Povoamento do Reino-1
O Povoamento do Reino-1O Povoamento do Reino-1
O Povoamento do Reino-1
 
A Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de PortugalA Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de Portugal
 
A Idade dos Metais
A Idade dos MetaisA Idade dos Metais
A Idade dos Metais
 
O Neolítico
O NeolíticoO Neolítico
O Neolítico
 
O Paleolítico
O PaleolíticoO Paleolítico
O Paleolítico
 

Último

QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 

Último (20)

QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 

Os Romanos na Península Ibérica

  • 1. 4 - Os Romanos na Península Ibérica
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5. Nesses tempos de resistência, distinguiu-se entre os chefes das tribos lusitanas um pastor proprietário de terras e gado chamado Viriato, que durante anos. tornou inexpugnável aos romanos uma região compreendida entre o Tejo e o sudoeste da Península. Territórios, hoje em dia, sobretudo portugueses, mas também espanhóis. Mas se a primitiva Lusitânia não pode ser, de facto, confundida territorialmente com a génese de Portugal faz , sem dúvida, parte dela. Tal como Viriato, que portugueses e espanhóis mitificaram e elegeram como herói nacional, durante o salazarismo e o franquismo, em pleno delírio nacionalista, faz parte da História dos dois países.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.  
  • 15.
  • 16.
  • 17. A sua área era delimitada por dois eixos que se cruzavam: O Cardus e o Decomanus. que determinavam a forma rectangular, sempre repetida das cidades romanas. Depois erguiam-se os edifícios do costume: As Basílicas, os Templos, os Pórticos que circundavam o centro - o Fórum - o lugar onde tudo acontecia… FÓRUM ROMANO PLANTA DA ROMA IMPERIAL
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 34.
  • 35.  
  • 36.
  • 37.