3 A Contra Reforma

7.159 visualizações

Publicada em

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.159
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
251
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
516
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

3 A Contra Reforma

  1. 1. A Reacção Católica e a Contra-Reforma Francisco de Goya O Tribunal da Inquisição 1812-19 Museo de la Real Academia de San Fernando, Madrid
  2. 2. A Igreja Católica sentiu necessidade de se renovar e combater os avanços do Protestantismo. A esta reacção Católica chamamos a Contra-Reforma. Entre 1545 e 1563, decorre o concílio de Trento , convocado pelo Papa Paulo III para assegurar a unidade da fé contra as heresias protestantes. Reafirmam-se os princípios da ortodoxia doutrinária e da disciplina.
  3. 3. <ul><li>Nesse concílio, reafirmaram-se os princípios fundamentais do catolicismo: </li></ul><ul><li>A salvação pela Fé e pelas obras pias, </li></ul><ul><li>o culto dos Santos e da Virgem Maria, </li></ul><ul><li>os 7 sacramentos, </li></ul><ul><li>a autoridade do Papa e da hierarquia do clero, </li></ul><ul><li>a Bíblia e a tradição da Igreja. </li></ul>Giovanni Maria Butteri Nossa Senhora Entronizada com o Menino e rodeada pelos Santos 1586 Norton Museum of Art, West Palm Beach, Florida
  4. 4. El Greco Estigmatização de S. Francisco; Walters Art Museum, Baltimore; c.1590 El Greco - S. Domingos em Oração colecção privada c.1590
  5. 5. Pasquale Cati da Iesi O Concílio e Trento 1588 Fresco da igreja de Santa Maria in Trastevere Roma <ul><li>Foram ainda tomadas outras medidas com o objectivo de moralizar o clero: </li></ul><ul><li>Criação de novos seminários, </li></ul><ul><li>Proibição de acumulação de cargos, </li></ul><ul><li>celibato dos sacerdotes, </li></ul><ul><li>obrigação de os bispos e sacerdotes residirem nas suas paróquias e dioceses. </li></ul>
  6. 6. Index Librorum Prohibitorum Para combater as heresias foi criado o Index , isto é, uma lista de livros proibidos por veicularem doutrina contrária aos ensinamentos da Igreja. É proibida a posse de livros constantes do index, sob pena de excomunhão. Esses livros eram apreendidos e queimados em cerimónia solene. Todos os livros deveriam ser submetidos à prévia censura do Santo Ofício.
  7. 7. Inácio de Loyola 1491 - 1556 Foi fundada a Companhia de Jesus por Santo Inácio de Loyola, com o objectivo de converter hereges e pagãos. Santo Inácio era natural do País Basco e tinha formação militar. Depois de ferido em combate, dedicou-se à vida religiosa. Redigiu Ejercicios espirituales , fundando a Companhia de Jesus em 1534, sendo aprovada pelo Papa em 1540. Os disciplinados jesuítas obedeciam directamente ao papa, bem como aos seus superiores. A acção dos padres da Companhia distinguiu-se particularmente no ensino e na evangelização.
  8. 8. Os Jesuítas desempenharam um importante papel no ensino. Fundaram e dirigiram colégios, universidades e missões. Sé Velha Goa Igreja de Jesus Roma Sé Nova Coimbra Igreja de S. Paulo Macau Universidade de Évora
  9. 9. No Brasil, os missionários jesuítas, além da pregação, tiveram importante papel na defesa dos índios e no ensino. Salientem-se os nomes de José de Anchieta , Manuel da Nóbrega e António Vieira. Padre António Vieira 1608 - 1697 Colégio da Baía
  10. 10. S. Francisco Xavier despede-se de D. João III antes da partida para a evangelização da Índia (Quadro de André Reinoso; 1619; igreja de S. Roque; Lisboa) No Oriente, destacou-se a acção evangélica de S. Francisco Xavier (1506 – 1552)
  11. 11. sambenito Pedro Berruguete [1450 – 1503] Auto-de-fé ; Museu do Prado A Inquisição fora fundada em 1231 e é agora revigorada por determinação do Concílio de Trento e do Papa Paulo III. Era um tribunal que vigiava, perseguia, acusava, condenava e eliminava todos os suspeitos de heresia.
  12. 12. Cristóvão Lopes D. João III 1545 – 50; MNAA A acção da Inquisição fez-se sentir, principalmente, nos países do Sul da Europa: Portugal, Espanha, França e Itália. Em 1531, D. João III pede ao papa licença para a instalação da Inquisição em Portugal, o que veio a acontecer 5 anos mais tarde. O cardeal D. Henrique foi o inquisidor-geral do reino de 1539 a 1578
  13. 13. Embora já houvesse um inquisidor desde 1534. O primeiro Auto-de-fé realizou-se em 1541
  14. 14. 1379 pessoas foram queimadas até 1684
  15. 15. Domenico Becafumi [1486 – 1551]; desenho conservado no Louvre Tortura da polé
  16. 16. Goya: O Tribunal da Inquisição; Museo de la Real Academia de San Fernando, Madrid; 1819 Em Portugal (…) o judaísmo praticamente monopolizou a actividade inquisitorial durante todo o período de funcionamento Francisco Bethencourt
  17. 17. Os judeus viveram em Portugal, desde o início da nacionalidade até 1497 ( sefarditas ). Apesar de o aparelho mental da cristandade cruzadística possuir uma componente anti-semita que associava os judeus ao deicídio, a Judas e ao demónio, e o mouro ao infiel e a Maomé, a segregação social só tardiamente entraria na realidade quotidiana portuguesa. Placa da sinagoga de Lisboa, fundada em 1306
  18. 18. Além do distintivo pessoal, os nossos reis, depois de D. Pedro I, reservaram-lhes um espaço dentro dos concelhos, para habitarem: as judiarias e as mourarias , arruamentos que se passaram a encerrar com portas que eram abertas ao nascer do sol e fechadas ao entardecer. Castelo de Vide
  19. 19. Em 1492, os Reis Católicos promulgam o édito de expulsão dos judeus dos seus territórios . Parte deles recebe autorização de D. João II para residir em Portugal, tendo sido distribuídos por Lisboa, Porto, Évora e Coimbra. Outros entraram no reino, em trânsito para outras paragens do Mediterrâneo: o norte de África e as cidades italianas.
  20. 20. 5 de Dezembro de 1496 . O casamento de D. Manuel com D. Isabel, filha dos Reis Católicos e viúva do príncipe D. Afonso, exigiria a expulsão dos judeus de Portugal , sob pena de não se efectivar, por recusa da princesa. A esta exigência castelhana, o soberano responderia com a unificação religiosa do reino e a expulsão das minorias moura e judaica.
  21. 21. A matança de Lisboa 1506 No mosteiro de São Domingos está uma capela a que chamam de Jesus, e nela há um Crucifixo, em que foi então visto um sinal, a que deram foros de milagre, embora os que se encontravam na igreja julgassem o contrário, dos quais um Cristão-novo disse que lhe parecia uma candeia acesa ao lado da imagem de Jesus. Ouvindo isto, alguns homens de baixa condição arrastaram-no pelos cabelos, para fora da igreja, e mataram-no e queimaram logo o corpo no Rossio. Ao qual alvoroço acudiu muito povo a quem um frade fez uma pregação convocando-o contra os cristãos-novos após o que sairam dois frades do mosteiro com um crucifixo nas mãos bradando heresia, heresia (…) . Logo se juntou muito povo e começaram a matar todos os cristãos-novos que achavam pelas ruas e os corpos mortos e meio vivos lançavam e queimavam em fogueiras que tinham feitas na Ribeira e no Rossio (…). A esta turma de maus homens (…) se juntaram mais de mil homens da terra (…) que todos juntos, continuaram a maldade com maior crueza, e por já nas ruas não acharem nenhuns cristãos-novos, foram cometer com vaivéns e escadas, as casas em que viviam, ou onde sabiam que estavam, e tirando-os delas arrasto pelas ruas com seus filhos, mulheres e filhas, os lançavam de
  22. 22. mistura vivos e mortos nas fogueiras, sem nenhuma piedade, e era tamanha a crueza que até nos meninos e nas crianças que estavam no berço as executavam, tomando-os pelas pernas, fendendo-os em pedaços, e esborrachando-os de arremesso nas paredes. Nas quais cruezas não se esqueciam de lhes meter a saque as casas, e roubar todo o ouro, prata e enxovais que neles achavam. (…). Nesse dia pereceram na cidade mais de mil almas sem haver quem ousasse de resistir. Ataque ao gueto de Varsóvia 16 de Abril de 1943
  23. 23. Sobretudo em Trás-os-Montes e na Beira Interior, os judeus que não se ausentaram adaptaram-se às imposições, vivendo clandestinamente a sua fé. Israel Solomon (judeu inglês falecido em 1890) constata a existência destas comunidades na década de 20 do séc. XIX. Um pároco de Vimioso também a testemunha em 1852. O fenómeno chega aos nossos dias em Belmonte.

×