10 e 11 de abril de 2013                                                                  GESTÃO DO SANEAMENTO            ...
Nosso PapelCENÁRIO • O Brasil quer universalizar o acesso aos serviços de • Menos de 30% das obras do PAC Saneamento foram...
Palestrantes confirmados                                                                                                  ...
Gestores públicos e privados estão diante de              Por este quadro a gestão do saneamento já se revela             ...
Programação do Evento                                                           Dia 1 | São Paulo , 10 de abril de 201308h...
Dia 2 | São Paulo , 11 de abril de 201308h00|     Recepção                                                                ...
Quem estará                              Apoios presente•	 Companhias de Saneamento   Estaduais e Privadas•	 Prestadores M...
Últimos Eventos                                                             Em novembro de 2012, reunimos mais de 200 exec...
Como se  inscrever                                                                            Como                        ...
Ideias multiplicadasFuturo inteligente.Hiria®, palavra originária do idioma basco, que significa     Potencializamos as op...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Hiria_Gestão so Saneamento 2013

708 visualizações

Publicada em

Encontro de especialistas em saneamento confirmado para 10 e 11 de abril de 2013 em SP. Mais informações de como participar disponíveis em: http://hiria.com.br/agenda-de-eventos/gestao-do-saneamento/

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Hiria_Gestão so Saneamento 2013

  1. 1. 10 e 11 de abril de 2013 GESTÃO DO SANEAMENTO Blue Tree Premium Faria Lima - São Paulo Planejamento | Regulação | Fiscalização | Prestação de Serviços Os Investimentos em Gestão e Planejamento para o Alcance das Metas de UniversalizaçãoAcylino José Neto Alceu Galvão Álvaro José Costa Carlos Rosito Dante Ragazzi Pauli Édison Carlos Elizabeth Costa Góes Gesner Oliveira Hugo Sérgio José Carlos Barbosa José Luiz Santos Marco Tulio Zanini Conselheiro Coordenador de Presidente - CASAL Conselheiro Presidente - ABES Presidente TRATA Consultora - AESBE Sócio - GO ASSOCIADOS Oliveira Presidente - AESBE Presidente - ABAR Coordenador do Mestrado Diretor - CAESB Saneamento - ARCE Saint-Gobain Canalização BRASIL Diretor - ARSESP Executivo em Gestão de Empresas – FGVNewton Azevedo Paulo Massato Peter Batista Cheung Raul Pinho Ricardo Augusto Roberto Cavalcanti Roberto Muniz Rodrigo Maranhão Rogério de Paula Rui Cunha Marques Sílvio Cesar dos Wagner VicterWORLD WATER COUNCIL Yoshimoto Embaixador Simões Campos Tavares Presidente Executivo - ABCON Manager - BAIN & COMPANY Tavares Partner Santos Rosa Presidente - CEDAE OPTIMALE TECHNICAL Diretor Executivo da Área deVice Presidente - FOZ DO Diretor Metropolitano SOLUTIONS INTERNATIONAL TRATA BRASIL Presidente - COPASA Presidente - COMPESA EBES - PORTUGAL Diretor de Regulação e BRASIL (ODEBRECHT) Infraestrutura e Saneamento SABESP WATER ASSOCIATION Fiscalização - AGESAN CAIXA ECONOMICA FEDERALAlguns dos mais de 30 palestrantes confirmados Apoiadores Patrocinadores www.hiria.com.br • 11 5093 7847
  2. 2. Nosso PapelCENÁRIO • O Brasil quer universalizar o acesso aos serviços de • Menos de 30% das obras do PAC Saneamento foram saneamento básico até 2030, contemplando os concluídas até 2010 (Ministério das Cidades). componentes de abastecimento de água potável, • Estudo do Trata Brasil “De Olho no PAC”, que esgotamento sanitário, limpeza urbana e manejo de acompanha a execução de 114 grandes de resíduos sólidos, e drenagem das águas da chuva. saneamento em municípios acima de 500 mil • Investe-se muito pouco em saneamento, o que habitantes, mostra que apenas 7% de obras foram torna a universalização muito distante. Deveriam concluidas até Dezembro de 2011. 60% destas obras ser investidos 0,63% do PIB, mas efetivamente são estão paralisadas, atrasadas ou ainda não iniciadas. investidos apenas 0,22%. Gabriela Silva Fonte: trata brasil Especialista da Hiria gabriela.silva@hiria.com.br + 55 11 98265.9741 PORQUE NOSNo que acreditamos Resultado REUNIREMOS EM abril Os funcionários, colaboradores e apoiadores O encontro promoverá a troca de A utilização adequada dos recursos, o da Hiria acreditam que este encontro pode conhecimento, o benchmarking e a cumprimento das metas e objetivos contribuir de forma decisiva para acelerar possibilidade de reunir aqueles que buscam estabelecidos pela lei 11.445 e a a melhoria da gestão dos serviços de novas oportunidades de negócios e novas universalização dos serviços de saneamento. saneamento básico no Brasil formas de pensar o saneamento. www.hiria.com.br • 11 5093 7847
  3. 3. Palestrantes confirmados Bruno Ramos Carlos Werlang Acylino José Neto Alceu Galvão Aldo Mattos Álvaro José Costa Carlos Rosito Cleveland Prates Pereira Lebelein Conselheiro Coordenador de Consultor Presidente - CASAL PPP Brasil - Conselheiro Sócio - LMDM – Consultoria Sócio - Pezco Microanalysis Diretor - CAESB Saneamento - ARCE Aldo Mattos Consultoria Advogado - Barbosa e Saint-Gobain Canalização Empresarial - Professor do MBA Spalding Advogados do Setor Elétrico da FGV Dante Ragazzi Elizabeth Costa Frederico Bruno Ramos Hugo Sérgio Carlos Carlos José Werlang Acylino José Neto ÉdisonGalvão Alceu Carlos Aldo Mattos Álvaro José Costa Gesner Oliveira Carlos Rosito Cleveland Prates José Luiz Santos Pauli Góes Turolla Pereira Oliveira Lebelein Barbosa Presidente - ABES Presidente TRATA BRASIL Consultora - AESBE Partner - Pezco Pesquisa e Sócio - GO ASSOCIADOS Diretor - ARSESP Presidente - AESBE Presidente - ABAR Consultoria Karin Heleno Marco Tulio Paulo Massato Peter Batista Ricardo Augusto Acylino José Neto Mauricio Dantas Alceu Galvão Newton Azevedo Raul Pinho Aldo Mattos Álvaro José Costa Araújo Zanini Yoshimoto Cheung Simões Campos Agente Ambiental Superintendente Coordenador do Mestrado Governador pelo Brasil - Diretor Metropolitano Entrepreneur and IT Water Embaixador Presidente Prefeitura De Santo AGENCIA REGULADORA DE Executivo em Gestão de WORLD WATER COUNCIL SABESP Product Developer TRATA BRASIL COPASA - Companhia de SERVIÇOS DELEGADOS DO Vice Presidente - FOZ DO OPTIMALE TECHNICAL SOLU- Saneamento de Minas André Empresas – FGV MUNICIPIO DE ITU BRASIL (ODEBRECHT) TIONS INTERNATIONAL WATER Gerais ASSOCIATION Roberto Rodrigo Rui Cunha Rogério de Paula Rosane Meira de Sílvio Cesar dos Carlos Werlang Roberto Muniz Cleveland Prates Carlos Rosito Wagner Victer Cavalcanti Tavares Maranhão Marques Tavares Menezes Lohbauer Santos Rosa Lebelein Presidente - COMPESA Presidente Executivo Manager Partner - EBES - PORTUGAL Diretor Executivo da Área de Sócia - MHM Sociedade Diretor de Regulação e Presidente - CEDAE ABCON BAIN & COMPANY Infraestrutura e Saneamento de Advogados Fiscalização - AGESAN CAIXA ECONOMICA FEDERAL
  4. 4. Gestores públicos e privados estão diante de Por este quadro a gestão do saneamento já se revela um grande desafio: Universalizar os serviços de critica e exigirá eficiência na utilização dos recursos saneamento básico como direito social até 2030. disponíveis e foco na prestação dos serviços baseada Ou seja: levar o abastecimento de agua, esgotamento nos princípios de universalização e integralidade. sanitário, limpeza urbana, manejo de resíduos e A conferência aqui apresentada está estruturada sobre drenagem de agua de chuva para toda a população os quatro pilares da gestão e tem como principal do país. Para tanto o Brasil necessitará de cerca de objetivo discutí-los, apresentar modelos estratégicos 420 bilhões de reais e os agentes precisarão se adequarO Desafio de gestão e subsidiar os profissionais com informações as e metas propostas e exigências da lei 11.445, práticas e conhecimentos que auxiliem no alcance de o marco regulatório do saneamento. objetivos tão desafiadores. Prestação de Fiscalização Serviços Gestão do Saneamento Planejamento Regulação www.hiria.com.br • 11 5093 7847
  5. 5. Programação do Evento Dia 1 | São Paulo , 10 de abril de 201308h00| Recepção e Credenciamento Recursos Financeiros e Modalidades de Estruturação de08h25| Abertura da Conferência pelo Presidente de Mesa 12h30| Intervalo para Almoço ProjetosGestão do Saneamento Qualidade em Gestão Os desafios e possibilidades para financiar os 17h30| investimentos necessários para universalização dos A importância do fortalecimento das capacidades Modelos de Gestão na prestação dos serviços: serviços de saneamento08h30| gerenciais como fator fundamental para promover o 14h00| municípios e cidades com aplicação de boas práticas desenvolvimento do setor de saneamento de gestão - Rogério de Paula Tavares, Diretor Executivo da Área de Infraestrutura e • Prática de modelos gerenciais compatíveis com as tendências Saneamento -Marco Tulio Zanini, mundiais CAIXA ECONOMICA FEDERAL Coordenador do mestrado executivo em gestão de empresas Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas – FGV • Experiências bem-sucedidas e metodologias utilizadas - Cleveland Prates, Sócio Diretor - SYMBALLEIN EDUCAÇÃO EXECUTIVA • Intercâmbio das melhores práticas PEZCO MICROANALYSIS • Universalização e Urbanização -Carlos Alberto Rosito, Conselheiro Saint Gobain Canalização • Infraestrutura e Programas Ambientais 18h30| Encerramento do primeiro dia • Manejo de resíduos sólidos, tratamento de agua, esgotamento -Raul G. C. Pinho, Embaixador sanitário. INSTITUTO TRATA BRASIL - Wagner Victer, Presidente -Gesner Oliveira, Sócio CEDAE - Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro Um dos diferenciais deste encontro é a possibili- GO ASSOCIADOS -Acylino José dos Santos Neto, Diretor de Operação e Manutenção dade de aproveitar a sua participação para realizar CAESB - Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal reuniões privativas com outros participantes e pal-10h00| Intervalo para café e networking -Álvaro José Menezes da Costa, Presidente estrantes. Temos um processo e uma estrutura pre- CASAL – Companhia de Saneamento de AlagoasPainel de Abertura – O Futuro do Saneamento -Ricardo Augusto Simões Campos, Presidente parada para isso e para potencializar os resultados COPASA - Companhia de Saneamento de Minas Gerais de sua participação. Ao se inscrever, você receberá O Saneamento no Brasil em 2030: Projeção de as instruções de agendamento.10h30| cenários, desafios e estratégias para atingir as metas - Paulo Massato Yoshimoto, Diretor Metropolitano SABESP de universalização dos serviços. • A relação entre saneamento economia, saúde e meio ambiente 16h00| Intervalo para café e networking Normas e a Gestão do Saneamento • Os índices de atendimento dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário no Brasil • As deficiências e o papel dos gestores na aplicação dos recursos • Qualidade da água no Brasil e a gestão de Bacias 16h30| O impactosaneamento ISOBrasil 24511, 24512 na gestão do das Normas no 24510, • Áreas críticas e os investimentos mais urgentes • A bacia hidrográfica como unidade de planejamento A prestação de serviços no Brasil ainda tem sido realizada de forma • Estrutura e planejamento de ações de saneamento nos municípios precária e sem sistematização de processos, levando concessionárias apresentarem resultados de performance, em termos de qualidade - Édison Carlos, Presidente e eficiência, inferiores aos praticados no exterior. Com objetivo de INSTITUTO TRATA BRASIL uniformizar a linguagem, os conceitos e de propor diretrizes e critérios -José Carlos Barbosa, Diretor Presidente de avaliação, as normas ISO, como ferramenta de gestão, trazem uma AESBE enorme contribuição ao setor. Nesta mesa, apresentam-se os desafios de aplicação, sob o ponto de vista do usuário e do prestador, e os -Dante Ragazzi Pauli, Presidente resultados internacionais de aplicação das mesmas. ABES - Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - Karin Heleno Araújo, Agente Ambiental • Conceitos fundamentais das normas ISO PREFEITURA DE SANTO ANDRÉ • Panorama geral da prestação de serviços operacionais de água e esgoto - Roberto Muniz, Presidente Executivo ABCON • A uniformização do sistema de indicadores de desempenho • ases brasileiros e benchmarking internacional C - Newton Azevedo Governador pelo Brasil - WORLD WATER COUNCIL - Peter Batista Cheung Vice Presidente - FOZ DO BRASIL (ODEBRECHT) Entrepreneur and IT Water Product Developer OPTIMALE TECHNICAL SOLUTIONS INTERNATIONAL WATER ASSOCIATION www.hiria.com.br • 11 5093 7847
  6. 6. Dia 2 | São Paulo , 11 de abril de 201308h00| Recepção Painelistas: -Elizabeth Costa de Oliveira Góes, Consultora Jurídica MINI-CURSO: PLANOS MUNICIPAIS DE SANEAMENTO08h25| Abertura da Conferência pelo Presidente de AESBE - Associação das Empresas de Saneamento Básico BÁSICO Mesa EstaduaisParcerias em Saneamento Carga-horária: 4 horas Agenda: Inicio 15h30 | Encerramento 19h30 -José Luiz Lins dos Santos, Presidente ABAR - Associação Brasileira de Agências de Regulação08h30| Modalidades de Parcerias em Saneamento: - Alceu de Castro Galvão Junior Carga-horária: 4 horas Concessão Comum, Patrocinada, Administrativa, Coordenador de Saneamento Básico Programa Locação de Ativos e PPP AGÊNCIA REGULADORA DO ESTADO DO CEARÁ – ARCE - A Informação para elaboração dos Planos Municipais de Saneamento 12h00| Intervalo para Almoço Básico (PMSB) base de dados, captura e tratamento das informações; -Bruno Ramos Pereira, Advogado - Diagnóstico socioeconômico do município e técnico das componentes Regulação Tarifária PPP BRASIL BARBOSA E SPALDING ADVOGADOS do saneamento básico; - Programas, projetos e ações para a universalização dos serviços; -Rosane Meira de Menezes Lohbauer, Sócia MHM SOCIEDADE DE ADVOGADOS 13h30| Desafios e experiência das principais agências - Custos e alternativas para elaboração do PMSB; na fixação, reajuste e revisão de tarifas para os - Análise comparativa de PMSB - Aldo Mattos, Consultor - A análise de viabilidade econômico-financeira dos planos de ALDO MATTOS CONSULTORIA serviços de saneamento saneamento - Rodrigo Maranhão • Prerrogativas regulatórias referentes à questão tarifária • Estruturação de Regras para prestação dos serviços Material Didático: Manager BAIN & COMPANY • Metodologia de Cálculo e Reajuste Tarifário • CD com cerca de 50 PMSBs elaborados em todo o país, envolvendo - Marta Alves, Consultant • Metodologia de Revisão Tarifária todas as componentes do setor de saneamento básico, além de BAIN & COMPANY Mediador: livro e cartilhas (em pdf) sobre elaboração de PMSBs. - Roberto Cavalcanti Tavares, Presidente - Carlos Werlang Lebelein, Gerente Instrutores COMPESA - COMPANHIA PERNAMBUCANA DE SANEAMENTO LMDM - Consultoria Empresarial10h00| Intervalo para café e networking Painelistas:Regulação e Fiscalização - Hugo Sérgio de Oliveira, Diretor Alceu de Castro Galvão Junior ARSESP - Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo Doutor em Saúde Pública (USP). Mestre em Hidráulica e Saneamento.10h30| Panorama da regulação no Brasil e os desafios Engenheiro Civil (UFC). Engenheiro de Obras e Projetos da Sabesp (1992- - Sílvio Cesar dos Santos Rosa, Diretor de Regulação e para o desempenho das funções estabelecidas Fiscalização 2001). Coordenador de Saneamento Básico da Agência Reguladora pela lei 11.445 AGESAN - Agência Reguladora de Serviços de Saneamento do Estado do Ceará – ARCE desde 2001. Autor e editor de livros sobre Básico do Estado de Santa Catarina regulação e planejamento. Coordenador técnico de Planos Municipais • Implantação efetiva da regulação no Brasil - Mauricio Dantas de Saneamento Básico. • Metas e adequação às regras estabelecidas pelo marco Superintendente regulatório AGENCIA REGULADORA DE SERVIÇOS DELEGADOS DO Frederico Araújo Turolla • Análise das despesas e custos dos serviços das agências MUNICÍPIO DE ITU Doutor em Economia de Empresas (FGV-SP); Mestre em Economia • Presença de planos municipais de saneamento 15h00| Café de Encerramento da Conferência Gestão do de Empresas (FGV-SP) com intercâmbio em Economia Internacional • Parcerias das agencias reguladoras e numero de Saneamento e Finanças na Universidade de Brandeis (Estados Unidos); Economista reguladores envolvidos (UFJF). Professor do Programa de Mestrado em Gestão Internacional da ESPM, professor de MBA da FGV-SP. Foi economista do BancoMediador WestLB. Sócio da Pezco Microanalysis (Empresa Brasileira de Consultoria Esta programação está sujeita a alteração sem prévio aviso. -Frederico Turolla, Partner Econômica), onde tem participado de projetos em diversos setores Pezco - Pesquisa & Consultoria © HIRIA 2013 Todos direitos reservados. O formato, diagramação e regulados. conteúdo deste folheto constituem uma marca registrada da Hiria. www.hiria.com.br • 11 5093 7847
  7. 7. Quem estará Apoios presente• Companhias de Saneamento Estaduais e Privadas• Prestadores Municipais Associação Brasileira Associação Brasileira das Associação dos En- de Recursos Hídricos Missão Econômica no Concessionárias Privadas Associação Brasileira de• Agencias Reguladoras Estaduais e genheiros da SABESP www.abrh.org.br Brasil - Consulado Geral de dos Serviços Públicos de Engenharia Sanitária e www.aesabesp.org.br/ Municipais Água e Esgoto Ambiental Israel em São-Paulo http://www.abcon.com.br/ www.abes-dn.org.br/ www.israeltrade.gov.il/brazil• Secretarias de Saneamento Básico, Serviços Públicos, Recursos Hídricos e Meio Ambiente,• Órgãos financiadores públicos e Saneamento Básico, o SITE ! SEESP - Sindicato dos FNE - Federação Nacional dos Pollution Engineering privados http://sfeditora.com.br/ http://www.saneamentobasico.com.br/ Engenheiros no Estado de Engenheiros www.fne.org.br/fne/ São Paulo http://www.seesp.org.br• Construtoras e empresas de engenharia e projetos• Escritórios de advocacia envolvidos com o setor• Consultorias tarifarias e de gestão Sindicato da arquitetura e Sindicato Nacional das da Engenharia Concessionárias Privadasde Instituto Trata Brasil Portal Tratamento de Água www.sinaenco.com.br/ www.tratabrasil.org.br Serviços Públicos de Água e http://www.tratamentodeagua.com.br/R10/ Esgoto home.aspx www.sindcon.com www.hiria.com.br • 11 5093 7847
  8. 8. Últimos Eventos Em novembro de 2012, reunimos mais de 200 execu- tivos em dois importantes encontros: Energy Waste Bras- il 2012 e Cenários para os Preços de Energia 2013/2015. O primeiro , mais focado em discutir o aproveitamento energético de residuos e o segundo, nas recentes me- didas anunciadas pelo Governo e e seus reflexos para o custo da energia no Brasil. Conheça alguns dos prin- cipais momentos registrados durante os três dias de conferência. Para receber o report especial dos encon- tros com o resumo das palestras, entre em contato com gabriela.silva@hiria.com.br Hiria Club®O Hiria Club® foi concebido e formatado para propiciar aos associados o acesso a uma selecionada rede de especialistas através de eventos exclusivos que poderão auxiliá-lo(a)a atingir os seus objetivos profissionais.Oferecemos aceleradores de negócios por meio da participação em executive roundtables exclusivos para convidados, acesso a relatórios de inteligência de mercado restritose a participação em visitas guiadas as mais representativas feiras de negócios no Brasil e no mundo.Além dos encontros de negócios, os membros do Hiria Club® participarão de eventos como campeonatos de golfe e jantares com renomados chefs de cozinha, com a premissade reunir interesses convergentes em ambientes informais.Dessa forma, cada participação em nossos encontros de negócios torna-se uma experiência eficiente e única. www.hiria.com.br • 11 5093 7847Informe-se como se inscrever e participar do Hiria Club® através do hiriaclub@hiria.com.br
  9. 9. Como se inscrever Como patrocinar Para fazer sua inscrição entre em contato pelo telefone 11 5093-7847 A Hiria entende que toda relação de negócio se constroi ou envie um e-mail para deborah.bonifacio@hiria.com.br através de parcerias, e nós sempre buscamos oferecer aos nossos parceiros as melhores oportunidades para se construir negócios, realizando encontros setoriais com seu público alvo. Valor para inscrição apenas na Nossas opções de patrocínio são customizadas para cada Conferência cliente seguindo 3 pilares de benefícios concedidos aos nossos patrocinadores com o objetivo de promover sua r$ 1950,00 empresa e gerar novos negócios, são eles: Ferramentas do Qualificação da base de dados em tempo integral Valor para inscrição na Conferência e ㅡㅡ Planejamento ㅡㅡ Posicionamento de marcano Mini Curso PLANOS MUNICIPAIS DE ㅡㅡ Oportunidade de negócios SANEAMENTO BÁSICO (base de dados da audiência dos eventos) Educação do usuário final 2800,00 ㅡㅡ (e-mails marketing, conteúdos sobre os temas dos r$ eventos disponibilizados em nosso site e enviado através de newsletters) Alianças estratégicas e de mídia Valor para inscrição apenas no Mini ㅡㅡ Curso PLANOS MUNICIPAIS DE Oportunidades de Negócios ㅡㅡ Otimize suas viagens e reuniões encontrando todos os players em um só lugar SANEAMENTO BÁSICO ㅡㅡ Posicione sua marca como um líder de mercado r$ 1500,00 ㅡㅡ Desenvolva a estratégia para o mercado que melhor atenda a necessidade da sua empresa ㅡㅡ Saiba das oportunidades de negócios futuras e imediatas, prospecte novos clientes Consulte-nos sobre condições especiais para mais de 3 participantes. Opções de ㅡㅡ Exposição Marca patrocínio e ㅡㅡ Demonstração de soluções/produtos exposição ㅡㅡ Relacionamento Comercial Oportunidades de Novos Negócios www.hiria.com.br linkedin.com/company/hiria ㅡㅡ +55 (11) 5093-7847 twitter.com/HiriaInfo facebook.com/HiriaInfo www.hiria.com.br • 11 5093 7847
  10. 10. Ideias multiplicadasFuturo inteligente.Hiria®, palavra originária do idioma basco, que significa Potencializamos as oportunidades de encontros dereunião de povos, espaço de troca de conhecimento ou negócios entre as lideranças da iniciativa privada,o que, atualmente, entendemos por cidade, local que poder público e do meio acadêmico, para a formataçãofavorece, por excelência, a comunicação, a conexão e o e execução de decisões eficientes e sustentáveis.intercâmbio de ideias entre pessoas, grupos e organizações. Nossa missão é criar e multiplicar um acervo dePor meio de conteúdos informativos na forma de conhecimento para soluções em cidades, energia,conferências, a Hiria® proporciona um ambiente ideal para a água e resíduos, na direção da construção de umentrega e transferência de conceitos sobre a construção e a amanhã mais inteligente.gestão da infraestrutura no Brasil e na América Latina. www.hiria.com.br • 11 5093 7847

×