SlideShare uma empresa Scribd logo
Noções de Farmacologia
Regras dos 9 certos:
1 - Medicamento certo
2 - Paciente certo
3 - Dose certa
4 - Hora certa
5 - Via certa
6 - Documentação certa
7 - Ação certa
8 - Forma
9 - Resposta
Medidas equivalentes
1 colher de café- 2ml-2g
1 colher de chá- 5ml- 5g
1 colher de sobremesa- 10ml- 10g
1 colher de sopa- 15ml- 15g
1 copo- 250ml
Vias de administração
Via ocular, nasal, pavilhão auditivo, oral, sublingual, região gástrica, tópica, genital, anal.
Vias parenterais: intramuscular (I.M), endovenosa (E.V), subcutânea (S.C), intradermica (I.D).
Via Intramuscular- bisel para baixo. Local: deltóide- 3ml; ventro glúteo ou hockstetter- 4ml; dorso glúteo- 5ml; an
Via Subcutânea- bisel para baixo, limite de líquido até 2ml. Local: escapular, tríceps, bíceps, abaixo da mama, pare
mediana da coxa.
Via Intradermica- utilizada para vacina e teste, para teste é 0,5ml, para vacina 1ml, bisel para cima
Via Endovenosa- não tem limite de liquido, bisel para cima. Local: veia basilica, mediana, cefálica, cubita
epicraniana.
Controle de gotejamento ( Fórmula)
Macrogotas/minuto
Volume/hora x 3
Microgotas/minuto
Volume/Hora
Minutos
Volume x 20/minuto
Exemplo: Um soro de 800ml para correr em 8 horas. Quantas microgotas deverá correr?
800/8=100 microgotas/minuto
Insulina Graduada
Frasco - seringa
prescrição médica - X
Exemplo: Tem uma seringa de 1ml graduada em 40ui e insulina de 40ui/ml, a dose prescrita foi de 25ui/ml
40ui/ml - 40ui
25ui/ml - X
40X= 25x40
40X= 1000
X= 1000/40
X=25ui/ml
Seringa Tuberculina
Prescrição médica x seringa
Frasco
Exemplo: Tem uma seringa tuberculina 100ui em milésimos/ml, sendo que a dose é 40ui e o frasco U-100
40x100 = 4000 = 40 milésimos/ml
100 100
Fórmula em Mínimos ( a seringa será sempre 16mínimos)
16 mínimos= 1ml
Exemplo: Tem uma seringa tuberculina, quantos mínimos de insulina devo administrar, sendo que a prescrição méd
Prescrição médica x seringa
Frasco
25x16 = 400 = 5 mínimos
80 80
16 mínimos - 1ml
5 mínimos - X
16X= 5x1
X= 5
16
X= 0,31ml
Penicilina Cristalizada
Frasco - diluente
prescrição médica- X
Obs: se o problema não der o diluente será sempre 8ml e mais 2ml do pó= 10ml, se o problema der o diluente (exem
será sempre 2ml = 6ml)
Exemplo: Prescrição médica penicilina cristalizada 1.200.000ui, frasco 5.000.000ui, quantos ml devo administrar?
5.000.000ui - 10ml
1.200.000ui - X
5.000.000X= 1.200.000x10
5.000.000X= 12.000.000
X= 12.000.000
5.000.000
X= 2,4ml
Comprimidos, antibióticos
Frasco - diluente
prescrição - X
Obs: Se no problema a prescrição ou frasco estiver em grama você terá que transformar em mg. Exemplo: 0,5g = 50
depois da vírgula coloca-se dois 0)
Exemplo: Prescrição médica de 125mg, de uma medicação subcutânea, frasco é de 0,5g por 2ml. Quanto devo admi
500mg - 2ml
125mg - X
500X= 125x2
500X= 250
X= 250
500
X=0,5ml
Transformação de soro Isotônico para hipertônico
Exemplo:
Numa prescrição médica temos SG(soro glicosado)10% 400ml e eu tenho na enfermaria SG5% 400ml e ampolas de
10%.
1o. Passo(numa prescrição médica temos SG10% 430ml)
100ml ____10g(10% transformado em grama)
400ml ____ x
100x= 400x10
100x= 4000
x=4000
____
100
x= 40g
2o. passo (e eu tenho na enfermaria SG 5% 400ml)
100ml ____5g
400ml ____x
100x= 400x5
100x= 2000
x= 200/100
x= 20g
Diferença
40g(resultado do 1o passo) - 20g(resultado do 2o. passo)= 20g.
3o passo (e ampolas de glicose 25% com 20ml)
100ml ______ 25g
20ml _______ x
100x= 25x20
100x= 500
x= 500
____
100
x= 5 g
O final do problema eu coloco como 4o passo.
4o. passo
5g(resultado do 3o passo)_____20ml(ampolas de glicose25%com 20ml)
20g (resultado da diferença)____x
Então ficou:
5g_______ 20ml
20g______x
5x=20x20
5x= 400
x=400
___
5
x= 80ml
400(do soro) +80(resultado do 4o. passo)= 480ml
Resultado: 480ml
Home | Empregos | Cursos | Loja do site | Nossos Cursos | Cam
O Só Enfermagem não fornece diagnósticos ou tratamentos.
Noções de farmacologia

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cálculos e administração de medicamentos
Cálculos e administração de medicamentosCálculos e administração de medicamentos
Cálculos e administração de medicamentos
Mel010406
 
Calculos medicamentos apostila
Calculos medicamentos apostilaCalculos medicamentos apostila
Calculos medicamentos apostila
Cuca Tolêdo
 
Transformação de soros
Transformação de sorosTransformação de soros
Transformação de soros
Melisse Barbosa
 
Aula cálculo med humboldt
Aula cálculo med humboldtAula cálculo med humboldt
Aula cálculo med humboldt
lorenasc123
 
Calculo de Medicação- Peofº Gilberto de Jesus
Calculo de Medicação- Peofº Gilberto de JesusCalculo de Medicação- Peofº Gilberto de Jesus
Calculo de Medicação- Peofº Gilberto de Jesus
Gilberto de Jesus
 
Administração de medicamentos em enfermagem
Administração de medicamentos em enfermagemAdministração de medicamentos em enfermagem
Administração de medicamentos em enfermagem
Marcio Pinto da Silva
 
Calculo de medicação
Calculo de medicaçãoCalculo de medicação
Calculo de medicação
Andréa Dantas
 
Transformação de soluções
Transformação de soluçõesTransformação de soluções
Transformação de soluções
Viviane Campos
 
Curso de medicacao
Curso de medicacaoCurso de medicacao
Curso de medicacao
Lilian Santos
 
Exercícios medicamentos
Exercícios medicamentosExercícios medicamentos
Exercícios medicamentos
Karen Andrigue
 
Transformando soluções
Transformando soluçõesTransformando soluções
Transformando soluções
Viviane Campos
 
13 atendente de farmácia (calculos na farmacia)
13   atendente de farmácia (calculos na farmacia)13   atendente de farmácia (calculos na farmacia)
13 atendente de farmácia (calculos na farmacia)
Elizeu Ferro
 
Administração de medicamentos iv
Administração de medicamentos ivAdministração de medicamentos iv
Administração de medicamentos iv
Thays Garcia
 
Cálculos i e ii
Cálculos  i e iiCálculos  i e ii
Cálculos i e ii
Ana Laura Sanches
 
Apostila-calculos-1-pdf
Apostila-calculos-1-pdfApostila-calculos-1-pdf
Apostila-calculos-1-pdf
Fernanda Camargo
 
Proporcao
ProporcaoProporcao
Proporcao
Equipe_FAETEC
 
Protocolo sífilis
Protocolo sífilisProtocolo sífilis
Protocolo sífilis
tvf
 
10.calculos farmaceuticos
10.calculos farmaceuticos10.calculos farmaceuticos
10.calculos farmaceuticos
Kamila Domeraska
 

Mais procurados (18)

Cálculos e administração de medicamentos
Cálculos e administração de medicamentosCálculos e administração de medicamentos
Cálculos e administração de medicamentos
 
Calculos medicamentos apostila
Calculos medicamentos apostilaCalculos medicamentos apostila
Calculos medicamentos apostila
 
Transformação de soros
Transformação de sorosTransformação de soros
Transformação de soros
 
Aula cálculo med humboldt
Aula cálculo med humboldtAula cálculo med humboldt
Aula cálculo med humboldt
 
Calculo de Medicação- Peofº Gilberto de Jesus
Calculo de Medicação- Peofº Gilberto de JesusCalculo de Medicação- Peofº Gilberto de Jesus
Calculo de Medicação- Peofº Gilberto de Jesus
 
Administração de medicamentos em enfermagem
Administração de medicamentos em enfermagemAdministração de medicamentos em enfermagem
Administração de medicamentos em enfermagem
 
Calculo de medicação
Calculo de medicaçãoCalculo de medicação
Calculo de medicação
 
Transformação de soluções
Transformação de soluçõesTransformação de soluções
Transformação de soluções
 
Curso de medicacao
Curso de medicacaoCurso de medicacao
Curso de medicacao
 
Exercícios medicamentos
Exercícios medicamentosExercícios medicamentos
Exercícios medicamentos
 
Transformando soluções
Transformando soluçõesTransformando soluções
Transformando soluções
 
13 atendente de farmácia (calculos na farmacia)
13   atendente de farmácia (calculos na farmacia)13   atendente de farmácia (calculos na farmacia)
13 atendente de farmácia (calculos na farmacia)
 
Administração de medicamentos iv
Administração de medicamentos ivAdministração de medicamentos iv
Administração de medicamentos iv
 
Cálculos i e ii
Cálculos  i e iiCálculos  i e ii
Cálculos i e ii
 
Apostila-calculos-1-pdf
Apostila-calculos-1-pdfApostila-calculos-1-pdf
Apostila-calculos-1-pdf
 
Proporcao
ProporcaoProporcao
Proporcao
 
Protocolo sífilis
Protocolo sífilisProtocolo sífilis
Protocolo sífilis
 
10.calculos farmaceuticos
10.calculos farmaceuticos10.calculos farmaceuticos
10.calculos farmaceuticos
 

Destaque

Emergencias clinicas desconhecido
Emergencias clinicas   desconhecidoEmergencias clinicas   desconhecido
Emergencias clinicas desconhecido
Célia Costa
 
Tutorial bases morfológicas
Tutorial  bases morfológicasTutorial  bases morfológicas
Tutorial bases morfológicas
Philype Calazans
 
Dicionário de termos tecnicos em enfermagem
Dicionário de termos tecnicos em enfermagemDicionário de termos tecnicos em enfermagem
Dicionário de termos tecnicos em enfermagem
NannAlmeida
 
Osteomielite e Pioartrite
Osteomielite e PioartriteOsteomielite e Pioartrite
Osteomielite e Pioartrite
Carlos Andrade
 
Cuidados Intra-Hospitalares - Parte 1 ( Mecanismos de Transmissão e Precauções)
Cuidados Intra-Hospitalares - Parte 1 ( Mecanismos de Transmissão e Precauções)Cuidados Intra-Hospitalares - Parte 1 ( Mecanismos de Transmissão e Precauções)
Cuidados Intra-Hospitalares - Parte 1 ( Mecanismos de Transmissão e Precauções)
PCare Fisioterapia
 
Termiologia a z
Termiologia a   zTermiologia a   z
Termiologia a z
maíra angelo
 
Conceitos Iniciais da Ortopedia
Conceitos Iniciais da OrtopediaConceitos Iniciais da Ortopedia
Conceitos Iniciais da Ortopedia
Caio Gonçalves de Souza
 
Breve histórico dos usos de terminologias integração, inclusão, pessoas com d...
Breve histórico dos usos de terminologias integração, inclusão, pessoas com d...Breve histórico dos usos de terminologias integração, inclusão, pessoas com d...
Breve histórico dos usos de terminologias integração, inclusão, pessoas com d...
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
Fisiologia do Tecido Ósseo e Cartilagens
Fisiologia do Tecido Ósseo e CartilagensFisiologia do Tecido Ósseo e Cartilagens
Fisiologia do Tecido Ósseo e Cartilagens
Caio Gonçalves de Souza
 
Precauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalar
Precauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalarPrecauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalar
Precauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalar
Grupo Ivan Ervilha
 
Carrinho de emergencia
Carrinho de emergenciaCarrinho de emergencia
Carrinho de emergencia
Michelle Ribeiro
 
Emergencias clinicas
Emergencias clinicasEmergencias clinicas
Emergencias clinicas
Luísa Romanov
 
Mecanismos de transmissão (Contato, Gotículas e Aéreo)
Mecanismos de transmissão (Contato, Gotículas e Aéreo) Mecanismos de transmissão (Contato, Gotículas e Aéreo)
Mecanismos de transmissão (Contato, Gotículas e Aéreo)
PCare Fisioterapia
 
Epidemiologia das Doenças aula 3
Epidemiologia das Doenças   aula 3Epidemiologia das Doenças   aula 3
Epidemiologia das Doenças aula 3
profsempre
 
Terminologia cirurgica
Terminologia cirurgicaTerminologia cirurgica
Terminologia cirurgica
Rutheford
 
Medicamentos Utilizados em Urgências e Emergências
 Medicamentos Utilizados em Urgências e Emergências Medicamentos Utilizados em Urgências e Emergências
Medicamentos Utilizados em Urgências e Emergências
jaddy xavier
 
Administração medicamentos: regras gerais e tipos de seringas
Administração medicamentos: regras gerais e tipos de seringas Administração medicamentos: regras gerais e tipos de seringas
Administração medicamentos: regras gerais e tipos de seringas
Viviane da Silva
 
Sistema EsqueléTico
Sistema EsqueléTicoSistema EsqueléTico
Sistema EsqueléTico
projeto.postura
 
Manual de anotação de enfermagem hospital samaritano - 2005
Manual de anotação de enfermagem   hospital samaritano - 2005Manual de anotação de enfermagem   hospital samaritano - 2005
Manual de anotação de enfermagem hospital samaritano - 2005
Rodrigo Abreu
 
Aula 1 - Urgência e emergência
Aula 1 - Urgência e emergênciaAula 1 - Urgência e emergência
Aula 1 - Urgência e emergência
Ricardo Augusto
 

Destaque (20)

Emergencias clinicas desconhecido
Emergencias clinicas   desconhecidoEmergencias clinicas   desconhecido
Emergencias clinicas desconhecido
 
Tutorial bases morfológicas
Tutorial  bases morfológicasTutorial  bases morfológicas
Tutorial bases morfológicas
 
Dicionário de termos tecnicos em enfermagem
Dicionário de termos tecnicos em enfermagemDicionário de termos tecnicos em enfermagem
Dicionário de termos tecnicos em enfermagem
 
Osteomielite e Pioartrite
Osteomielite e PioartriteOsteomielite e Pioartrite
Osteomielite e Pioartrite
 
Cuidados Intra-Hospitalares - Parte 1 ( Mecanismos de Transmissão e Precauções)
Cuidados Intra-Hospitalares - Parte 1 ( Mecanismos de Transmissão e Precauções)Cuidados Intra-Hospitalares - Parte 1 ( Mecanismos de Transmissão e Precauções)
Cuidados Intra-Hospitalares - Parte 1 ( Mecanismos de Transmissão e Precauções)
 
Termiologia a z
Termiologia a   zTermiologia a   z
Termiologia a z
 
Conceitos Iniciais da Ortopedia
Conceitos Iniciais da OrtopediaConceitos Iniciais da Ortopedia
Conceitos Iniciais da Ortopedia
 
Breve histórico dos usos de terminologias integração, inclusão, pessoas com d...
Breve histórico dos usos de terminologias integração, inclusão, pessoas com d...Breve histórico dos usos de terminologias integração, inclusão, pessoas com d...
Breve histórico dos usos de terminologias integração, inclusão, pessoas com d...
 
Fisiologia do Tecido Ósseo e Cartilagens
Fisiologia do Tecido Ósseo e CartilagensFisiologia do Tecido Ósseo e Cartilagens
Fisiologia do Tecido Ósseo e Cartilagens
 
Precauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalar
Precauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalarPrecauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalar
Precauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalar
 
Carrinho de emergencia
Carrinho de emergenciaCarrinho de emergencia
Carrinho de emergencia
 
Emergencias clinicas
Emergencias clinicasEmergencias clinicas
Emergencias clinicas
 
Mecanismos de transmissão (Contato, Gotículas e Aéreo)
Mecanismos de transmissão (Contato, Gotículas e Aéreo) Mecanismos de transmissão (Contato, Gotículas e Aéreo)
Mecanismos de transmissão (Contato, Gotículas e Aéreo)
 
Epidemiologia das Doenças aula 3
Epidemiologia das Doenças   aula 3Epidemiologia das Doenças   aula 3
Epidemiologia das Doenças aula 3
 
Terminologia cirurgica
Terminologia cirurgicaTerminologia cirurgica
Terminologia cirurgica
 
Medicamentos Utilizados em Urgências e Emergências
 Medicamentos Utilizados em Urgências e Emergências Medicamentos Utilizados em Urgências e Emergências
Medicamentos Utilizados em Urgências e Emergências
 
Administração medicamentos: regras gerais e tipos de seringas
Administração medicamentos: regras gerais e tipos de seringas Administração medicamentos: regras gerais e tipos de seringas
Administração medicamentos: regras gerais e tipos de seringas
 
Sistema EsqueléTico
Sistema EsqueléTicoSistema EsqueléTico
Sistema EsqueléTico
 
Manual de anotação de enfermagem hospital samaritano - 2005
Manual de anotação de enfermagem   hospital samaritano - 2005Manual de anotação de enfermagem   hospital samaritano - 2005
Manual de anotação de enfermagem hospital samaritano - 2005
 
Aula 1 - Urgência e emergência
Aula 1 - Urgência e emergênciaAula 1 - Urgência e emergência
Aula 1 - Urgência e emergência
 

Semelhante a Noções de farmacologia

9 CALCULO DE MEDICAMENTO.pdf
9 CALCULO DE MEDICAMENTO.pdf9 CALCULO DE MEDICAMENTO.pdf
9 CALCULO DE MEDICAMENTO.pdf
DonlvaroCostaVanessa
 
9 CALCULO DE MEDICAMENTO.pptx
9 CALCULO DE MEDICAMENTO.pptx9 CALCULO DE MEDICAMENTO.pptx
9 CALCULO DE MEDICAMENTO.pptx
lvaroCosta22
 
Webpalestra_MedicamentoCálculoDiluição.pdf
Webpalestra_MedicamentoCálculoDiluição.pdfWebpalestra_MedicamentoCálculoDiluição.pdf
Webpalestra_MedicamentoCálculoDiluição.pdf
ssuser83a40e1
 
Cálculo de medicamento.pptx
Cálculo de medicamento.pptxCálculo de medicamento.pptx
Cálculo de medicamento.pptx
WilliamdaCostaMoreir
 
AULA DE CÁLCULO DE MEDICAMENTO.pdf
AULA DE CÁLCULO DE MEDICAMENTO.pdfAULA DE CÁLCULO DE MEDICAMENTO.pdf
AULA DE CÁLCULO DE MEDICAMENTO.pdf
mauromaumau
 
Aula de Farnacologia 3
Aula de Farnacologia  3Aula de Farnacologia  3
Aula de Farnacologia 3
Gustavo Henrique
 
Calculos de medicação- Profº Gilberto de Jesus
Calculos de medicação- Profº Gilberto de JesusCalculos de medicação- Profº Gilberto de Jesus
Calculos de medicação- Profº Gilberto de Jesus
Gilberto de Jesus
 
aULA 2 - ISULINA HEPARINA PENICILINA.pptx
aULA 2 - ISULINA HEPARINA PENICILINA.pptxaULA 2 - ISULINA HEPARINA PENICILINA.pptx
aULA 2 - ISULINA HEPARINA PENICILINA.pptx
tuttitutti1
 
aula
aula aula
Aula calculo enfermagem 0603.pptx
Aula calculo enfermagem 0603.pptxAula calculo enfermagem 0603.pptx
Aula calculo enfermagem 0603.pptx
lvaroCosta22
 
Aula 6- Cálculo Aplicado à Farmácia.pptx
Aula 6- Cálculo Aplicado à Farmácia.pptxAula 6- Cálculo Aplicado à Farmácia.pptx
Aula 6- Cálculo Aplicado à Farmácia.pptx
5j524g8mtv
 
Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos
Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentosBoas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos
Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos
Stelma Pontes
 
Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos 0
Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos 0Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos 0
Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos 0
pryloock
 
Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos 0
Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos 0Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos 0
Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos 0
Antonioinacioferraz
 
Análise e interpretação de prescrições.pptx
Análise e interpretação de prescrições.pptxAnálise e interpretação de prescrições.pptx
Análise e interpretação de prescrições.pptx
goncalvesdras15
 
Calculoetip06 120703192055-phpapp02
Calculoetip06 120703192055-phpapp02Calculoetip06 120703192055-phpapp02
Calculoetip06 120703192055-phpapp02
Marizete Rodrigues
 
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdfmapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
AdrianoPompiroCarval
 
Guia do plantonista 01 principais drogas utilizadas em pa
Guia do plantonista 01   principais drogas utilizadas em paGuia do plantonista 01   principais drogas utilizadas em pa
Guia do plantonista 01 principais drogas utilizadas em pa
aptonia
 
Medicamentos mais vendidos na Cidade de Caruaru - PE
Medicamentos mais vendidos na Cidade de Caruaru - PEMedicamentos mais vendidos na Cidade de Caruaru - PE
Medicamentos mais vendidos na Cidade de Caruaru - PE
henriquetabosa
 
Ebook cálculo fácil de medicamentos 2020
Ebook cálculo fácil de medicamentos 2020Ebook cálculo fácil de medicamentos 2020
Ebook cálculo fácil de medicamentos 2020
Cleonice das Neves Santiago
 

Semelhante a Noções de farmacologia (20)

9 CALCULO DE MEDICAMENTO.pdf
9 CALCULO DE MEDICAMENTO.pdf9 CALCULO DE MEDICAMENTO.pdf
9 CALCULO DE MEDICAMENTO.pdf
 
9 CALCULO DE MEDICAMENTO.pptx
9 CALCULO DE MEDICAMENTO.pptx9 CALCULO DE MEDICAMENTO.pptx
9 CALCULO DE MEDICAMENTO.pptx
 
Webpalestra_MedicamentoCálculoDiluição.pdf
Webpalestra_MedicamentoCálculoDiluição.pdfWebpalestra_MedicamentoCálculoDiluição.pdf
Webpalestra_MedicamentoCálculoDiluição.pdf
 
Cálculo de medicamento.pptx
Cálculo de medicamento.pptxCálculo de medicamento.pptx
Cálculo de medicamento.pptx
 
AULA DE CÁLCULO DE MEDICAMENTO.pdf
AULA DE CÁLCULO DE MEDICAMENTO.pdfAULA DE CÁLCULO DE MEDICAMENTO.pdf
AULA DE CÁLCULO DE MEDICAMENTO.pdf
 
Aula de Farnacologia 3
Aula de Farnacologia  3Aula de Farnacologia  3
Aula de Farnacologia 3
 
Calculos de medicação- Profº Gilberto de Jesus
Calculos de medicação- Profº Gilberto de JesusCalculos de medicação- Profº Gilberto de Jesus
Calculos de medicação- Profº Gilberto de Jesus
 
aULA 2 - ISULINA HEPARINA PENICILINA.pptx
aULA 2 - ISULINA HEPARINA PENICILINA.pptxaULA 2 - ISULINA HEPARINA PENICILINA.pptx
aULA 2 - ISULINA HEPARINA PENICILINA.pptx
 
aula
aula aula
aula
 
Aula calculo enfermagem 0603.pptx
Aula calculo enfermagem 0603.pptxAula calculo enfermagem 0603.pptx
Aula calculo enfermagem 0603.pptx
 
Aula 6- Cálculo Aplicado à Farmácia.pptx
Aula 6- Cálculo Aplicado à Farmácia.pptxAula 6- Cálculo Aplicado à Farmácia.pptx
Aula 6- Cálculo Aplicado à Farmácia.pptx
 
Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos
Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentosBoas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos
Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos
 
Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos 0
Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos 0Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos 0
Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos 0
 
Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos 0
Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos 0Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos 0
Boas praticas-calculo-seguro-volume-2-calculo-e-diluicao-de-medicamentos 0
 
Análise e interpretação de prescrições.pptx
Análise e interpretação de prescrições.pptxAnálise e interpretação de prescrições.pptx
Análise e interpretação de prescrições.pptx
 
Calculoetip06 120703192055-phpapp02
Calculoetip06 120703192055-phpapp02Calculoetip06 120703192055-phpapp02
Calculoetip06 120703192055-phpapp02
 
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdfmapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
 
Guia do plantonista 01 principais drogas utilizadas em pa
Guia do plantonista 01   principais drogas utilizadas em paGuia do plantonista 01   principais drogas utilizadas em pa
Guia do plantonista 01 principais drogas utilizadas em pa
 
Medicamentos mais vendidos na Cidade de Caruaru - PE
Medicamentos mais vendidos na Cidade de Caruaru - PEMedicamentos mais vendidos na Cidade de Caruaru - PE
Medicamentos mais vendidos na Cidade de Caruaru - PE
 
Ebook cálculo fácil de medicamentos 2020
Ebook cálculo fácil de medicamentos 2020Ebook cálculo fácil de medicamentos 2020
Ebook cálculo fácil de medicamentos 2020
 

Noções de farmacologia

  • 1. Noções de Farmacologia Regras dos 9 certos: 1 - Medicamento certo 2 - Paciente certo 3 - Dose certa 4 - Hora certa 5 - Via certa 6 - Documentação certa 7 - Ação certa 8 - Forma 9 - Resposta Medidas equivalentes 1 colher de café- 2ml-2g 1 colher de chá- 5ml- 5g 1 colher de sobremesa- 10ml- 10g 1 colher de sopa- 15ml- 15g 1 copo- 250ml
  • 2. Vias de administração Via ocular, nasal, pavilhão auditivo, oral, sublingual, região gástrica, tópica, genital, anal. Vias parenterais: intramuscular (I.M), endovenosa (E.V), subcutânea (S.C), intradermica (I.D). Via Intramuscular- bisel para baixo. Local: deltóide- 3ml; ventro glúteo ou hockstetter- 4ml; dorso glúteo- 5ml; an Via Subcutânea- bisel para baixo, limite de líquido até 2ml. Local: escapular, tríceps, bíceps, abaixo da mama, pare mediana da coxa.
  • 3. Via Intradermica- utilizada para vacina e teste, para teste é 0,5ml, para vacina 1ml, bisel para cima Via Endovenosa- não tem limite de liquido, bisel para cima. Local: veia basilica, mediana, cefálica, cubita epicraniana. Controle de gotejamento ( Fórmula) Macrogotas/minuto Volume/hora x 3 Microgotas/minuto Volume/Hora Minutos Volume x 20/minuto Exemplo: Um soro de 800ml para correr em 8 horas. Quantas microgotas deverá correr? 800/8=100 microgotas/minuto Insulina Graduada Frasco - seringa prescrição médica - X Exemplo: Tem uma seringa de 1ml graduada em 40ui e insulina de 40ui/ml, a dose prescrita foi de 25ui/ml 40ui/ml - 40ui 25ui/ml - X 40X= 25x40 40X= 1000
  • 4. X= 1000/40 X=25ui/ml Seringa Tuberculina Prescrição médica x seringa Frasco Exemplo: Tem uma seringa tuberculina 100ui em milésimos/ml, sendo que a dose é 40ui e o frasco U-100 40x100 = 4000 = 40 milésimos/ml 100 100 Fórmula em Mínimos ( a seringa será sempre 16mínimos) 16 mínimos= 1ml Exemplo: Tem uma seringa tuberculina, quantos mínimos de insulina devo administrar, sendo que a prescrição méd Prescrição médica x seringa Frasco 25x16 = 400 = 5 mínimos 80 80 16 mínimos - 1ml 5 mínimos - X 16X= 5x1 X= 5 16 X= 0,31ml Penicilina Cristalizada Frasco - diluente prescrição médica- X Obs: se o problema não der o diluente será sempre 8ml e mais 2ml do pó= 10ml, se o problema der o diluente (exem será sempre 2ml = 6ml)
  • 5. Exemplo: Prescrição médica penicilina cristalizada 1.200.000ui, frasco 5.000.000ui, quantos ml devo administrar? 5.000.000ui - 10ml 1.200.000ui - X 5.000.000X= 1.200.000x10 5.000.000X= 12.000.000 X= 12.000.000 5.000.000 X= 2,4ml Comprimidos, antibióticos Frasco - diluente prescrição - X Obs: Se no problema a prescrição ou frasco estiver em grama você terá que transformar em mg. Exemplo: 0,5g = 50 depois da vírgula coloca-se dois 0) Exemplo: Prescrição médica de 125mg, de uma medicação subcutânea, frasco é de 0,5g por 2ml. Quanto devo admi 500mg - 2ml 125mg - X 500X= 125x2 500X= 250 X= 250 500 X=0,5ml Transformação de soro Isotônico para hipertônico Exemplo: Numa prescrição médica temos SG(soro glicosado)10% 400ml e eu tenho na enfermaria SG5% 400ml e ampolas de 10%.
  • 6. 1o. Passo(numa prescrição médica temos SG10% 430ml) 100ml ____10g(10% transformado em grama) 400ml ____ x 100x= 400x10 100x= 4000 x=4000 ____ 100 x= 40g 2o. passo (e eu tenho na enfermaria SG 5% 400ml) 100ml ____5g 400ml ____x 100x= 400x5 100x= 2000 x= 200/100 x= 20g Diferença 40g(resultado do 1o passo) - 20g(resultado do 2o. passo)= 20g. 3o passo (e ampolas de glicose 25% com 20ml) 100ml ______ 25g 20ml _______ x 100x= 25x20 100x= 500 x= 500 ____ 100 x= 5 g O final do problema eu coloco como 4o passo. 4o. passo 5g(resultado do 3o passo)_____20ml(ampolas de glicose25%com 20ml) 20g (resultado da diferença)____x Então ficou: 5g_______ 20ml 20g______x 5x=20x20 5x= 400 x=400 ___ 5 x= 80ml 400(do soro) +80(resultado do 4o. passo)= 480ml Resultado: 480ml Home | Empregos | Cursos | Loja do site | Nossos Cursos | Cam O Só Enfermagem não fornece diagnósticos ou tratamentos.