Reunião Bloco Pará de Minas – 17/01/2015
Itai Doshin – “Diferentes em corpos, unos em mente”
Cenário histórico:
Acredita-s...
Reunião Bloco Pará de Minas – 17/01/2015
Explanação
• Imagine como seria se vivêssemos em uma vila, no qual todos lá comun...
Reunião Bloco Pará de Minas – 17/01/2015
• Está difícil assimilar o itai doshin em nosso dia-a-dia?
• Pode-se pensar, de f...
Reunião Bloco Pará de Minas – 17/01/2015
Glossário:
• Itai doshin: i = diferença, tai = corpo, do = igual, shin = pensamen...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Itai Doshin - Diferentes em corpos, unos em mente

1.231 visualizações

Publicada em

- Material para explanação sobre Itai Doshin (Diferentes em corpos e unos em mente): como diferentes culturas, etnias, gostos, raças e outras características particulares de cada ser podem juntos impulsionar a concretização de um grande objetivo.
- Budismo Nichiren Daishonin.
- BSGI

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.231
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Itai Doshin - Diferentes em corpos, unos em mente

  1. 1. Reunião Bloco Pará de Minas – 17/01/2015 Itai Doshin – “Diferentes em corpos, unos em mente” Cenário histórico: Acredita-se que esta carta tenha sido enviada ao sacerdote leigo Takahashi, cuja esposa era tia de Nikko Shonin, ou Hoki-bo como era conhecido. Takahashi foi uma figura de destaque entre os seguidores leigos no distrito de Fuji, e sua residência era utilizada como um centro de atividades quando ocorreu a perseguição aos seguidores no vilarejo de Atsuhara. Esta carta está datada no sexto dia do oitavo mês, mas o ano não é informado. No entanto, acredita-se que ela tenha sido escrita entre 1275 – quando as perseguições em Atsuhara começaram devido ao aumento crescente de seguidores locais – e 1280, ano anterior à segunda invasão mongol, a partir da qual essas perseguições cessaram. O ensino enfatiza a importância da união diante das inúmeras maldades perpetradas contra os seguidores de Daishonin, e menciona a iminência de uma segunda invasão mongol que, em ultima analise, poderia servir para pôr fim às calunias contra o ensinamento correto do budismo. Carta: Se o espírito de “diferentes em corpos, unos em mente” (itai doshin) prevalecer entre as pessoas, elas alcançarão todos os seus objetivos, ao passo que se o espirito de “unos em corpos, diferentes em mente” (dotai ishin) predominar, não conseguirão obter nada digno. O rei Zhou conduziu setecentos mil soldados a uma batalha contra o rei Wu com meros oitocentos homens. O exército do rei Zhou, contudo, perdeu por falta de união defronte da unidade dos homens do rei Wu. Mesmo um único indivíduo com propósitos contraditórios consigo é certo terminar em falha, mas uma centena ou um milhar de pessoas unidas em espírito certamente têm sucesso. Muitos fogos enfurecidos são debelados por uma única chuva e muitas forças más são vencidas por uma única grande verdade. Assim são Nitiren e seus seguidores. Todos vocês estão se perguntando se os mongóis realmente atacarão de novo; no entanto, acredito que a invasão seja iminente. Apesar de a destruição de nossa nação ser algo lastimável, se a invasão não ocorrer, os japoneses caluniarão o Sutra de Lotus mais do que nunca e todos cairão no inferno de incessantes sofrimentos. A derrota, neste caso, seria como a cauterização com moxa, que cura as doenças, ou como a acupuntura, que alivia a dor. Ambas são doloridas no momento da aplicação, mas trazem alegria depois. Com profundo respeito. Nichiren No sexto mês do oitavo mês.
  2. 2. Reunião Bloco Pará de Minas – 17/01/2015 Explanação • Imagine como seria se vivêssemos em uma vila, no qual todos lá comungassem da mesma religião e filosofia de vida. Qualquer um poderia entrar nesta vila e se tornar um de nós, caso contrário seria retirado. Oque vocês acham dessa ideia? • Agora imagina se nesta vila tivesse seu próprio meio de comunicação, deslocamento, educação e integração isolados da atual sociedade. Como vocês acham que seria? • Conseguem imaginar que isto não se aplica no nosso dia-dia, uma férias talvez, mas para aqueles que buscam elevar sua consciência humana e atingir sua iluminação isto é totalmente fora de escopo. Será que existe algum lugar no planeta terra assim? Alguém já leu ou conhece a história de um líder nazista, Adolf Hitler, que tinha este proposito? • Por mais perfeito ou satisfatório que possamos pensar como seria não termos contradições culturais e religiosas, aqueles que seguem os ensinamentos do buda Nichiren Daishonin são automaticamente diferentes de toda essa fantasia. Por quê? O propósito maior do ensino do budismo é conduzir todas as pessoas igualmente pelo caminho da iluminação. Sendo assim, o praticante budista deve buscar a consecução da felicidade absoluta e não apenas a satisfação de aspectos transitórios de sua existência como mortal comum. No gosho “A herança da lei última da vida” escrito por Nichiren Daishonin, ele afirma: “Todos os discípulos e crentes de Nitiren devem recitar o Nam-myoho-rengue-kyo transcendendo todas as diferenças entre si, em itai doshin, tal como o peixe e a água são inseparáveis. Aqui está o laço de união entre a nossa vida e a herança da lei última. Esta é a essência que Nitiren está propagando. Quando estão unidos assim, mesmo a grande esperança do Kossen-rufu pode ser realizada sem falha.” Estar em itai doshin é estar primeiramente entre você, corpo e mente. Entre um mestre e um discípulo. Entre um ser e seu ambiente. Às vezes para um bom relacionamento entre diferentes corpos está ligado em um dialogo franco com sabedoria, pois sabemos que “a desgraça vem da boca de uma pessoa e arruína-a enquanto a boa sorte vem da mente e traz-lhe honra” (Carto de ano novo, END, vol. 1, pág 414) e nada mais verdadeiro que a passagem do sutra que diz: “Confie na Lei e não nas pessoas. Confie no significado (do ensino) e não nas palavras. Confie na sabedoria e não no pensamento discriminatório... “ (Como Aqueles que Aspiram Inicialmente ao Caminho Podem Atingir o Estado de Buda Através do Sutra de Lótus, END, vol. VI, pág. 208.).; ter e ser uma influencia forte e positiva, assim como no gosho Três Mestres Tripitaka Oram por Chuva traz que “Quando se transplanta uma árvore, mesmo que possam soprar ventos violentos, ela não tombará se tiver uma firme estaca para mantê-la em pé. Porém, mesmo uma árvore que cresceu em um lugar adequado pode cair caso suas raízes sejam fracas. Uma pessoa débil não sucumbirá se aqueles que a apoiam são fortes, mas uma pessoa de considerável força, quando só, poderá tropeçar num terreno irregular”. (Três Mestres Tripitaka Oram por Chuva, END, vol. VI, pág. 167.)
  3. 3. Reunião Bloco Pará de Minas – 17/01/2015 • Está difícil assimilar o itai doshin em nosso dia-a-dia? • Pode-se pensar, de forma bem básica, da seguinte forma: primeiramente em uma empresa no qual o gerente discute com um funcionário. O diretor passa e percebe essa situação. A quem ele apontará estar certo? • Outra situação é em um ambiente escolar, o professor entrega um trabalho e dois amigos começam a dialogar sobre o assunto. Caso tenham a mesma ideia qual será o resultado? E se tiverem ideias diferentes a cerca do mesmo assunto? E se suas ideias estiverem totalmente distorcidas sobre o assunto, ou seja, um está pensando sobre o assunto do trabalho e o outro na importância deste trabalho quando estiver formando na escola, qual será o resultado? Às vezes, temos a falsa ideia de que itai doshin significa totalitarismo. • Por exemplo, em uma reunião de bloco, todas as pessoas tenham de concordar com tudo o que é dito, sem terem a chance de manifestar suas opiniões? Num grupo de pessoas, é natural que todas expressem suas ideias, divergentes ou não. Isso tem a ver com a realidade de cada um: criação, família, e até seu estado de vida naquele instante. Portanto, itai doshin significa transcender todas as diferenças individuais (itai) como raça, cor, nacionalidade, idioma, religiosidade, caráter, personalidade, entre outras, e abraçar o mesmo pensamento ou objetivo (doshin) que essencialmente é a fé e a prática da Lei Mística. Quando consideramos a Lei Mística como ensino superior a quaisquer diferenças entre os seres humanos, incluindo aquelas originadas do carma, torna-se possível criar a união da nossa vida com a Lei Mística. Caso um praticante não siga essa recomendação, estará destruindo "seu próprio castelo por dentro", isto é, sua própria vida. Por esse motivo, Nitiren Daishonin enfatiza: "O Buda afirma que uma pessoa deve tornar-se mestra de sua própria mente em vez de permitir que ela a domine. A isso me referia quando o exortei enfaticamente a oferecer até mesmo o corpo, e que jamais poupasse sua vida em benefício do Sutra de Lótus." (The Writings of Nichiren Daishonin, págs. 389-390.) O budismo nos ensina que a individualidade e as características pessoais são componentes essenciais de qualquer empreendimento. Apesar de parecer um princípio simples, ele nos dá a chave para superar os conflitos e construir, em qualquer local, um ambiente de paz e felicidade entre todas as pessoas, sem exceção.
  4. 4. Reunião Bloco Pará de Minas – 17/01/2015 Glossário: • Itai doshin: i = diferença, tai = corpo, do = igual, shin = pensamento, objetivo. Portanto, itai doshin significa transcender todas as diferenças individuais (itai) como raça, cor, nacionalidade, idioma, religiosidade, caráter, personalidade, entre outras, e abraçar o mesmo pensamento ou objetivo (doshin) que essencialmente é a fé e a prática da Lei Mística. Quando consideramos a Lei Mística como ensino superior a quaisquer diferenças entre os seres humanos, incluindo aquelas originadas do carma, torna-se possível criar a união da nossa vida com a Lei Mística. Caso um praticante não siga essa recomendação, estará destruindo "seu próprio castelo por dentro", isto é, sua própria vida. • Dotai ishin: é o oposto de itai doshin. Esse princípio indica a diferença de objetivos e intenções das pessoas embora aparentemente demonstrem estar unidas. Aplica-se a um grupo de pessoas e a um indivíduo também. Por exemplo, uma pessoa indecisa, com pensamentos contraditórios e cheia de dúvidas encontra-se em dotai ishin consigo mesma e jamais conseguirá realizar seus objetivos. Fontes: • CEND, vol. 1, pág. 646; • END, vol. 1, pág. 351; • END, vol. 1, pág 414; • END, vol. 6, pág. 167; • END, vol. 6, pág. 208; • The Writings of Nichiren Daishonin, pág. 389; • A Herança da Lei Última da Vida. TC ed. 423, Nov. 2003, pág. 11; • Diferentes corpos, uma única mente (itai doshin). TC ed. 399, Nov. 2001, pág. 12; • Itai doshin (1ª parte). TC ed. 430, Jun. 2004, pág. 54; • Diferentes corpos, uma única mente . TC ed. 499, Mar. 2010, pág. 66. Herbert O. Guimarães

×